sábado, 1 de agosto de 2009

Para onde nos conduzem?

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Arlindo Montenegro

Está ficando cada dia mais difícil entender a maneira como os governantes das Américas manipulam os conceitos sobre o Estado Democrático, cujo direito tem sido desfigurado sem um mínimo protesto das Organizações internacionais que tradicionalmente defendiam os princípios da Democracia de Direito, do exercício dos três poderes independentes, da Lei exercida para todos em obediência aos textos constitucionais.

Dificulta a análise de qualquer observador sobre as realidades do momento a precedência das diretrizes bolivarianas e do Foro de São Paulo, organismos aos quais estão filiados partidos e governantes comunistas (ou socialistas, dá no mesmo!), em aberta intimidade com os grupos de narcotraficantes e terroristas que atacam cidadãos e instituições.

A palavra de ordem do momento é: todo poder aos comunistas nas Américas! E os velhos oligarcas, herdeiros das capitanias hereditárias, estão abrindo o bico diante dos ataques sucessivos de uma força que expõe, minimamente, as técnicas e procedimentos na teia de corrupção que envolve a totalidade de siglas partidárias.

Enquanto eles pensam dividir entre si as sinecuras do poder, vão aprovando todos os decretos que fortalecem o PT do Foro de São Paulo e seus seguidores na construção do governo de um só partido e de um só ditador. Já se mobilizam para fechar o Senado e o próximo passo...

...pode até ser uma eleição no estilo democrático, com todas as cartas bem marcadas, com todas as maquininhas azeitadas, para abrigar nos palácios aqueles que possam abusar das funções e fazer imposições como vem acontecendo na cubanizada Venezuela, que fecha jornais, prende opositores políticos eleitos, ataca o que resta da democracia em Honduras, rompe relações com a Colômbia e repassa armamento de ultima geração para os guerrilheiros narcotraficantes da Colômbia.

Os tais revolucionários presidentes que integram o bloco da Alternativa Bolivariana, Alba, liderados pelo ditador-democrata da Venezuela - Bolívia, Cuba, Equador e Nicarágua - impõem o socialismo em seus países de modo agressivo. E têm livre trânsito na OEA dirigida por um socialista chileno.

O governo socialista do Brasil aprova tudo, apóia tudo e internamente poucos ousam expor que a marcha para o Estado totalitário comunista, dirigido pelo PT e seus seguidores está na ordem do dia. Falta pouco. Queira Deus que esta visão seja errada, precipitada.

Arlindo Montenegro é Apicultor.

Um comentário:

Anônimo disse...

Parabens pela matéria. Muito lucida.O poder é um jogo cujo arbitro é o dinheiro. Nosso Brasil tem muita riqueza. Isso interessa sobremaneira aqueles que efetivamente mandam no mundo.