terça-feira, 4 de agosto de 2009

Wall Street Journal noticia que Lula quer distância de Sarney e classifica de medíocre a popularidade de Dilma

Artigo no Alerta Total - www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão

O Senado brasileiro em chamas, chamuscando o chefão Lula da Silva, ganha mais espaço no noticiário internacional. Depois do britânico Financial Times ontem, hoje é a vez do norte-americano Wall Street Journal noticiar que Lula “quer distância de aliado”. O jornal se refere a José Sarney, que ontem cometeu a ousadia de afirmar que “está firmíssimo” no cargo de presidente do Senado. Sarney confia nos dossiês contra adversários para anular os 11 pedidos de investigação protocolados contra ele no Conselho de Ética.

Mas o ponto que mais vai irritar o Palhaço do Planalto na reportagem de John Lyons, correspondente em São Paulo, é a péssima avaliação da candidatura presidencial de Dilma Rousseff. O Wall Street Journal analisa que Sarney é importante para agregar votos a Dilma: "Depois de dois mandatos no poder, Lula não pode se reeleger, e os índices medíocres de popularidade de Rousseff sugerem que ela vai precisar de uma coalizão multipartidária para vencer".

O WSJ repete a tese de que Sarney ainda teria bala na agulha – como ele mesmo revela a aliados nos fiéis aliados nos bastidores. "Sarney pode enfrentar a tempestade. Mesmo se ele renunciar como presidente do Senado, ele provavelmente continuará sendo senador, dizem muitos analistas. Ainda assim, uma renúncia sacudiria Sarney justo quando o presidente Lula precisa dele para liderar uma investigação no Congresso sobre práticas contábeis na estatal do petróleo”.

O Wall Street Journal pegou na veia. Na verdade, Lula não se importa mesmo com a situação de Sarney. Seu verdadeiro temor é a CPI da Petrobrás. Se a oposição ganhar força no Senado – com uma eventual queda de Sarney e suas conseqüências imediatas -, Lula sabe que a comissão parlamentar de inquérito fará estragos no governo e na sua imagem.

Por falar em drogas

A disseminação das drogas no ocidente, sabe-se hoje, foi determinada pela União Soviética sob direção de Nikita Kruchiov e executada pelos serviços de inteligência da China e da URSS, com o objetivo de quebrantar a moral da civilização ocidental e destruí-la.

Degradar a moral social das pessoas e instituições do ocidente, foi a estratégia elaborada na cadeia por Antonio Gramsci, fundador do Partido Comunista Italiano e teórico de cabeceira dos que governam o Brasil hoje, exceto claro, do Presidente que declara alto e bom som não gostar de leituras.

Leia o artigo de Arlindo Montenegro: Por que eles defendem as drogas?

Dá para esperar muito?

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, evitou comentar a decisão do desembargador Dácio Vieira, do TJ-DF (Tribunal de Justiça) do Distrito Federal de impedir a publicação de reportagens pelo jornal "O Estado de S. Paulo" que contenham informações da operação Boi Barrica, da Polícia Federal, que envolve o empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Ao sair de solenidade de posse dos novos conselheiros do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o ministro pediu para que se aguarde a análise do próprio conselho antes de fazer qualquer avaliação a respeito da suposto ato de censura do desembargador.

"Os senhores entendem que talvez tenhamos que julgar e, portanto, me permitem [não emitir opinião], para que não digam que eu sou suspeito [para julgar o caso].

Leia mais detalhes no Fique Alerta - www.fiquealerta.net

Sindicância pedida

O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), protocolou hoje um denúncia no CNJ contra Vieira pedindo a abertura de uma sindicância.

O protocolo foi distribuído ao corregedor-geral de Justiça, Gilson Dipp a quem cabe analisar se há indícios de inconstitucionalidade na decisão do desembargador e se deve ser aberta uma sindicância no conselho.

Para Virgílio, a ligação pessoal de Vieira com Sarney e com o ex-diretor-geral do Senado Agaciel Maia torna irregular sua atuação no caso.

Mentir é preciso

O ministro do Interior da Venezuela, Tareq El Aissami, condenou o que chamou de ação "criminosa" contra a TV venezuelana Globovisión, atacada ontem com bombas de gás lacrimogêneo por homens armados, liderados pela loura sinistra Lina Ron - conhecida ativista chavista e dirigente da UPV (união Popular Venezuelana).

Tareq El Aissami afirmou que os responsáveis serão levados à Justiça, pois o governo, segundo ele, "não aceita que a violência seja o instrumento para resolver nossas diferenças".

A Globovisión mantém uma linha editorial de confronto com o governo de Chávez, classificando-o sempre de ex-líder golpista que chegou ao poder pelo voto há mais de uma década e diz liderar uma revolução socialista.

Oposição solitária

A Globovisión é a única TV aberta fortemente anti-Chávez que restou na Venezuela.

A Venevisión e a Televen adaptaram as coberturas, diminuindo as críticas, depois que a RCTV (atualmente é um canal a cabo) teve sua renovação de licença de funcionamento recusada por Hugo Chávez, em 2007.

Na sexta-feira passada, Chavez fechou 34 estações de rádio e abriu inquéritos de irregularidades contra mais 120, além de manter vários processos administrativos contra a Globovision.

Explicação

Guillermo Zuloaga presidente da Globovisión, foi direto ao explicar a origem do atentado de ontem:

"Só posso pensar que foi uma encomenda de Miraflores".

Zuloaga em referência ao palácio presidencial.

Senado em chamas

A República de Alagoas está firme na defesa de José Sarney.

Os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Fernando Collor de Mello (PTB-AL) trocaram ofensas ontem com o senador Pedro Simon (PMDB-RS) no plenário do Senado depois que o parlamentar defendeu o afastamento de José Sarney (PMDB-AP) da presidência do Senado, batendo em ambos:

"Vossa excelência foi à China fazer acordo com o Collor. Agora eu estou falando! Na véspera do Collor ser cassado, Vossa Excelência largou o Collor. Lá pelas tantas, apareceu como ministro da Justiça do Fernando Henrique. Lá pelas tantas, largou o FHC. Agora é o homem de confiança do Lula".

Reação nervosa

Renan, que é um dos principais aliados de Sarney, reclamou que Simon tem como "esporte preferido nos últimos 35 anos" falar mal do presidente do Senado, e Collor, reagiu, irritado:

"São palavras que não aceito sobre mim e minhas relações políticas. São palavras que eu quero que o senhor as engula e as digira como achar conveniente".

A vaidade, o nervosismo e a desunião dos Senadores em torno de causas sérias são apenas um retrato de que o nosso Senado anda perto de um “incêndio do Reichstag”.

Novela dos Correios

O Supremo Tribunal Federal concluiu a votação da ação que questiona o monopólio da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) na exploração dos serviços postais no País.

Só que o STF deixou para a próxima sessão o julgamento final do mérito.

A decisão tem peso econômico, já que, m 2008, os Correios transportaram nove bilhões de objetos e faturaram R$ 11,5 bilhões, com lucro líquido de R$ 800 milhões.

Pouco muda

Qualquer que seja o resultado, as cartas pessoais e cartões postais continuam sob o monopólio dos Correios.

O que ainda está em jogo é o futuro das cartas comerciais, como boleto de banco (contas de água, luz, telefone), distribuição de jornais e revistas etc.

O serviço de encomendas, como Sedex, já é aberto à concorrência privada.

Devolve, Paulinho

O Ministério Público estadual de São Paulo protocolou ontem uma ação civil pública pedindo que a família do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) devolva R$ 303 milhões aos cofres públicos.

A quantia teria sido desviada de grandes obras - como o Túnel Ayrton Senna e a Avenida Água Espraiada - quando Maluf era prefeito do São Paulo (1992-96).

O dinheiro teria sido enviado para o exterior e boa parte dele voltou ao Brasil por meio de compra de ações da Eucatex, empresa da família Maluf.

Também são alvo da ação dos promotores Sílvio Marques e Saad Mazloum os quatro filhos de Maluf (Flávio, Lígia, Lina e Otávio), a sua ex-nora (Jacquelline Coutinho Torres), três empresas com sede nas Ilhas Virgens Britânicas, o administrador das offshores (o jordaniano Han Bin Al Kalouti) e a Eucatex.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente (analítico e provocador de novos valores humanos) com análise estratégica, conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 04 de Agosto de 2009.

5 comentários:

Anônimo disse...

SEnado, deputanças, governantes, tudo herança de uma história de feudos oligarquicos.
A historia do colonialismo perpetuado. A nistória de uma nação que foi incapaz de gerar uma inteligência propria e um rumo autônomo.

Anônimo disse...

Estrupa mas não mata, Serrão.
O ex-governador Paulo Malluf, enviou e trouxe de volta os seus dólares para sanear a empresa da família, Eucatex. Esta é um sorverdor de recursos, e logo, logo, se encaminhará para uma nova concordata. Ou seja, ladrão que rouba ladrão merece cem anos de perdão...

Rejane (Mel) disse...

ACORDA BRASIL!!!

VÍDEO Music: "They don't care about us" - Michael Jackson

http://grandeprojetobrasil.blogspot.com/2009/08/acorda-brasil.html

Anônimo disse...

foi morto pelos illuminati segundo comentários bastante convincentes e vídeos no youtube
procurem michael jackson illuminatis e vcs achão com legendas para ativar em portugues.

Anônimo disse...

Acceptance Our Risqu‚ Prices at www.Pharmashack.com, The Creditable [b][url=http://www.pharmashack.com]Online Chemist's look looking for [/url][/b] To [url=http://www.pharmashack.com]Buy Viagra[/url] Online ! You Can also Meet with Humongous Deals When You [url=http://www.pharmashack.com/en/item/cialis.html]Buy Cialis[/url] and When You You [url=http://www.pharmashack.com/en/item/levitra.html]Buy Levitra[/url] Online. We Also Be subjected to a Edifying Generic [url=http://www.pharmashack.com/en/item/phentermine.html]Phentermine[/url] Someone is concerned the gain of Your Regimen ! We Hawk Gear [url=http://www.pharmashack.com/en/item/viagra.html]Viagra[/url] and Also [url=http://www.pharmashack.com/en/item/generic_viagra.html]Generic Viagra[/url] !