quarta-feira, 14 de julho de 2010

CCU – a Cultura Criminal Universal

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Arlindo Montenegro

Uma dessa admiráveis mães de família ativas, estressadas, teimosas, que perseguem a melhor maneira de lidar com uma redação comprometida com a "espiral do silêncio" sobre assuntos de real interesse e o sensacionalismo para encher os olhos e fazer emprenhar pelos ouvidos, disse que gostaria de trabalhar de modo independente, com tempo para viver a vida.

Ouvi daquela pessoa muito querida, que é mal remunerada para garantir o mínimo essencial, contribuindo para a tal "economia doméstica", nome de guerra, para designar a ginástica de pagar contas, impostos, novas taxas e variações semanais no preço dos alimentos e ítens essenciais. São os expedientes safados do estado para arrecadar mais impostos.

É comum a insatisfação das pessoas quando param, pensam, fazem uma continha e descobrem que não ganham nada! Ganho é o que sobra do orçamento mensal. Noutras palavras, ganho é o excedente do custo da satisfação das necessidades: teto, alimentação, locomoção, educação, saúde, vestuário, lazer, férias, atualização profissional, comunicações, são custos mínimos nas megalópoles. Daí jogam no bicho e nas loterias: para ganhar!

No Brasil, o estado socializado, cuja presença parece passar batido prá muita gente "fina", controla loterias e a economia. Lança os anzóis e amplia o crédito para a maioria, cuja contabilidade fica no "vermelho" com a remuneração pelo trabalho, em quase todas as áreas profissionais. Pagam-se os impostos diários na compra do café-com-leite-pão-arroz-feijão e ôvo de cada dia. E o que seria um possível excedente vai para o imposto sobre a renda. Que renda?

Na ginástica de corta a despesa aqui ou acolá, os sobreviventes se penduram nos bancos devendo os juros até morrer. Ou pior, enfrentam situações como este relato recebido por email: "ao receber minha aposentadoria de fevereiro, observei que havia valor menor em relação a meses anteriores, ou seja, por volta de 1% a menos.

"Aguardei o mês de março e abril e, em ambos, o fato se repetiu. Entrei em contato com o fone 135 e o atendente me orientou que eu fosse ao posto mais próximo do INSS onde eu poderia receber melhores informações sobre as ocorrências em meu benefício mensal.O funcionário que me atendeu disse NÃO SE TRATAR DO PRIMEIRO CASO e que estava autorizado em seu benefício UM DESCONTO DE 1% EM FAVOR DA CUT.

"Indignado liguei para a referida Central Sindical manifestando minha indignação e tive a promessa de devolução em conta-corrente (fato que realmente ocorreu após 48 horas) - desde que EU PERMANECESSE CALADO E NADA DIVULGASSE SOBRE TAL OCORRÊNCIA A NINGUÉM - até porque esse valor correspondia aos trabalhos prestados pela CUT através dos deputados do PT a favor dos aposentados."

Esquemão ativo em ministérios que acolhem ongs, que passam notas fiscais frias ou superfaturadas sobre compras fictícias, que beneficiam os partidos abrigados a serviço do poder estatal e pessoas que enriquecem à sombra das normas do crime organizado. Tudo legal, crime institucional! O risco do bordado está descrito e fica o dito pelo não dito!

No Alerta Total, 12 de Julho, Jorge Serrão comenta que o governo " negocia uma fórmula criativa para acelerar a repatriação de U$ 3 bilhões de dólares bloqueados de brasileiros em paraísos fiscais. (...) liberar parte do dinheiro ilegal que voltar para cá para ajudar o UNODC, órgão das Nações Unidas que articula o combate ao crime organizado. Fruto da evasão de divisas, corrupção, tráfico de drogas e crimes contra o sistema financeiro nacional, o dinheiro está depositado em contas nos Estados Unidos, Suíça, Reino Unido, Ilhas Cayman, França, Luxemburgo, Uruguai, Bahamas e China. "

Criatividade não falta! Nem doação. Os deuses globalitários, bem poderiam acionar o Federal Reserve, para imprimir algumas toneladas de dólares, como fizeram para salvar bancos e mega-empresas da mega crise. Assim seriam resolvidos todos os problemas. Uma mentira a mais, um engano a mais... os economistas e os luminares da imprensa aplaudiriam de pé!

Assim os líderes de sangue azul confirmariam o controle do planeta e dos recursos, abrindo espaço para os nossos petistas e anexos, que poderiam unificar as ideologias nazista, integralista, teologia da libertação, comunismo, práticas liberais, tudo uma frente revolucionária com o Foro de São Paulo, para uma nova era de "humanistas" a serviço do estado policial globalizado.

Forneceriamos o homem deus ou a mulher deusa, para oficiar o credo marxista nestas paragens, infestadas pela viciosa cultura cristã que Marx e os coroados da nova ordem tanto abominam. A nova ética, adotando a normalidade da violência e das práticas contrárias à natureza, eliminando o individualismo e as liberdades inadimissíveis – opinião, locomoção, propriedade, auto defesa, crer em Deus, vida familiar, educação de filhos.

As células estão prontas, ativas em todas as instituições governamentais, políticas, comerciais, industriais, educacionais, religiosas, nas Forças Armadas, entre os trabalhadores e aposentados. Os livros, jornais, revistas, espetáculos, rádio e televisão atuam para amenizar, rebatizar todas as práticas subterrâneas da CCU = Cultura Criminal Universal.

Arlindo Montenegro é Apicultor.

Nenhum comentário: