quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Foro do Brasil denuncia que Príncipe Charles está por trás da demarcação da Serra da Lua, em Roraima


Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alerta – www.fiquealerta.net (atualizado nesta quinta)

Por Jorge Serrão


Exclusivo - Roraima corre o risco de perder a soberania sobre mais uma parte de seu território. O mais recente crime de lesa-pátria, em andamento, é a proposta de demarcação da Serra da Lua, no município de Bonfim, para a criação de uma reserva florestal contínua. O projeto conta com o apoio de ONGs financiadas pelo conhecídíssimo Príncipe Charles Philip Arthur George Mountbatten-Windsor. Por mera coincidência, Sua Alteza Real o Príncipe de Gales é dono de terras do outro lado da fronteira, onde mantém uma “reserva florestal”.

Os perigos da demarcação da Serra da Lua serão denunciados por moradores de Bonfim no seminário "O Brasil que desejamos". O encontro acontece no próximo dia 28 de agosto, das 9h às 16h 30min, no Sport Club Corinthians Paulista - Rua São Jorge, 777 – Tatuapé, São Paulo. Haverá palestras debates do General de Exército Augusto Heleno, da Senadora Kátia Abreu, do analista político Heitor de Paola e do Bispo Auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, Dom Joaquim Justino Carreira. Quem quiser participar deve acessar o site http://www.forodobrasil.info/. Ou contactar a Secretaria da ADESG/SP: (11) 3159-2933 - das 13h às 22h.

Vem do Príncipe Charles e de ONGs ligadas a ele a ideia de criar quatro áreas de reserva de conservação contínuas (no Leste do Estado de Roraima, entre a Serra da Lua e o médio rio Tacutu). Ibama,Incra e Instituto Chico Mendes fazem o jogo dos entreguistas apoiando e executando as supostas propostas de “proteção ambiental”. Das ilhas contínuas para o separatismo político é um pequeno passo. Do outro lado da fronteira, na República Cooperativista da Guiana, Charles já mantém uma reserva florestal – só aguardando uma “futura união ambiental” com a “brasileira”.

Desta vez, a meta entreguista é se apossar de uma quantidade de terras equivalente a 155 mil hectares destinados a preservação ambiental de áreas de savanas mais conhecida como Parque do Lavrado, no município de Bonfim. Na região vivem 280 famílias de produtores em pequenas e médias propriedades, que correm o risco de expulsão, igual ao que ocorreu na região da Raposa do Sol. Também em Bonfim, existe a área militar da Serra do Tucano, sob responsabilidade do Exército. Em Roraima já existem três parques nacionais, três estações ecológicas e duas florestas nacionais.

Desde o crime de lesa-pátria que formalizou Terra Indígena Raposa do Sol, reserva contínua mantida com a conivência do Supremo Tribunal Federal (exceto o voto do ministro Marco Aurélio de Mello), o Brasil corre o risco real de perder a soberania sobre grande parte dos 224.298,980 Km2 de Roraima. O estado mais setentrional do país, cortado pela linha do Equador e encravado entre Venezuela e Guiana, é alvo da cobiça internacional (sobretudo inglesa) por causa dos recursos minerais e de sua biodiversidade.

Enquanto a soberania brasileira vai gradualmente para o saco, atendendo a supostos interesses ambientalistas, o Comando Militar da Amazônia, o Comando do Exército, e o Gabinete de Segurança Institucional protelam a decisão se é conveniente ou não abrir um Inquérito Policial Militar para investigar a ação de movimentos separatistas na Reserva Raposa do Sol e operação ilegal de uma milícia indígena autointitulada “Polícia Indígena do Alto Solimões (Piasol), em Umariaçú, no Amazonas.


Releia nosso artigo: Farda Justa: Exército é acionado para abrir IPM e apurar separatismo e milícia indígena na Reserva Raposa do Sol

Releia, também, de Izidro Simões: A História Secreta da Invasão de Roraima, artigo publicado pelo Alerta Total em 11 de setembro de 2008.

Legislação entreguista

O governo entreguista de Lula da Silva já baixou vários decretos que usam o legalismo ambiental como falso argumento para ocultar as reais intenções estrangeiras de se apossar, gradualmente, de áreas em Roraima.

Foi draconiano o decreto publicado no dia 28 de janeiro de 2009, regulamentando a Lei 10.404/2001 (dos tempos de FHC) que dispõe sobre a transferência ao domínio do Estado de Roraima de terras pertencentes à União.

O decreto trata da instituição das unidades de conservação pela União: Reserva Extrativista Baixo Rio Branco Jauapari, Floresta Nacional Jauaperi, unidade de Conservação Lavrados.

Também trata de ampliações do Parque Nacional Viruá e da Estação Ecológica Maracá e as áreas destinadas à redefinição dos limites da reserva Florestal Parima e da Floresta Nacional Pirandirá.

O decreto 7029/2009, que instituiu o programa Mais Ambiente, é outra grande armação do ambientalismo entreguista que merece ser estudado atentamente..

O Índio e a coca

Todo mundo sabe que 80 a 90 por cento da cocaína que chega ao Brasil é proveniente da Bolívia - com quem o Brasil partilha 1000 quilómetros de fronteiras.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros boliviano classifica de "desafortunadas" as denúncias de que o presidente da Bolívia, índio Evo Morales, "seja frouxo" na luta contra o narcotráfico.

Só não dá para ignorar que Morales, há duas décadas, é presidente da união dos sindicatos dos cultivadores de coca do Chaparé.

Justo na Bolívia, onde observadores da ONU constatam sinais da presença dos grandes cartéis de drogas mexicanos (Zetas) e brasileiros (Primeiro Comando da Capital e Comando Vermelho).

Leia, abaixo, o artigo de Arlindo Montenegro: Buracos na Estrada

Relação direta

Morales, o primeiro Presidente com sangue indígena, fez da folha da coca cultivada tradicionalmente pelos índios património cultural do Estado Plurinacional da Bolívia, na Constituição de 2009.

No final de 2008, Morales expulsou da Bolívia a DEA, a agência norte-americana de luta contra o tráfico de droga, acusando os seus agentes de espionagem.

Agora, em recente declaração pública, Evo Morales, que é também cocalero (cultivador de coca), reconheceu pela primeira vez que os traficantes de cocaína estão mais bem equipados do que a polícia e as Forças Armadas do seu país e apelou à ajuda internacional:

"Dei-me conta de que o narcotráfico não é assim tão pequeno. É uma enorme delinquência".

Uso político da miss

Na suposta luta contra as drogas, Morales resolveu apelar para uma figura muito querida e conhecida em seu país: a Miss Bolívia 2006, a lindíssima Jessica Anne Jordan Burton.

Morales nomeou-a sua representante na província de Beni.

A mocinha será uma espécie de "vice-rainha", com poder para lançar projetos de desenvolvimento, para lutar contra a droga

Coca da boa

De acordo com o relatório de 2010 do gabinete da ONU para a droga e a criminalidade (UNODC), a área de cultivo de coca mais do que duplicou (112 por cento) na Bolívia entre 2000 e 2009.

O país, onde podem ser plantados legalmente 12 mil hectares para usos tradicionais, é o terceiro maior produtor de folha de coca, atrás do Peru e da Colômbia.

Entre Janeiro e Agosto, foram apreendidas 20 toneladas de droga, destruídos 17 laboratórios e presas 2446 pessoas, segundo os números oficiais.

A ONU ainda pondera que o tráfico de cocaína na Bolívia ainda é modesto, pois movimentará cerca de US$ 500 milhões de dólares, dos US$ 72 bilhões que o negócio criminoso movimenta em todo o mundo.

Revanchismo stalinista em Campinas

Foi arrancada, no último dia 10 de agosto, a placa que dava o nome do ex-presidente da República general Emílio Garrastazu Médici a uma praça no campus 1 da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).

No melhor estilo Stalinista de reescrever a História, a medida foi tomada após uma reivindicação de movimentos sociais e do Centro Acadêmico XVI de Abril, da Faculdade de Direito, que pede a mudança no nome para Frei Tito de Alencar Lima, endeusado pelas entidades como “vítima do regime militar”.

Na placa retirada estava escrito: “Emílio Garrastazu Médici: Do mobral à universidade, constante preocupação com a educação e a cultura do povo brasileiro” (Campinas, 15 de março de 1973).

O mesmo movimento stalinista já provocou a mudança do nome da Rodovia SP-332, de General Milton Tavares de Souza, para Professor Zeferino Vaz.

Esconder a Stelinha é inconstitucional

Miliares da ativa e da reserva, não-melancias, estão PTs da vida com o presidente do Superior Tribunal Militar.

Tudo porque o ministro Carlos Alberto Marques Soares tomou a decisão absolutamente inconstitucional de colocar em um cofre o processo que levou Dilma Rousseff à cadeia, por terrorismo e assaltos a banco, durante o governo dos presidentes militares.

O ministro adotou tal atitude para evitar que se faça uso eleitoral do processo contra a candidata do PT à presidência da República.

A regra é clara

O procurador do Estado do Rio de Janeiro e professor-adjunto de Direito Administrativo da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, e de pós-graduação da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas, Gustavo Binenbojm, ensina que o artigo 5º, inciso XIV, da Constituição, garante o acesso à informação.

Processos, salvo quando estão em segredo de Justiça, são públicos para qualquer cidadão, portanto, a decisão do Superior Tribunal Militar fere esse direito”.

Em entrevista ao site Consultor Jurídico, Gustavo Binenbojm reclama que o presidente do STM, ao tomar uma atitude unilateral dessa natureza, impede que os cidadãos tenham conhecimento do passado da candidata.

O Ato Normativo 244/2007, do Superior Tribunal Militar, alega que o acesso aos processos que se encontram sob sua guarda só é permitido às partes interessadas ou a agentes públicos em função pública, com a finalidade de resguardar a vida privada, a intimidade e a honra das pessoas, e evitar o uso indevido da imagem dos envolvidos, em especial na esfera política”.

Problema das barragens

Nos últimos oito anos, o país contabilizou 800 acidentes, rupturas e incidentes envolvendo barragens.

Para discutir esses “100 imprevistos por ano”, o Cobramseg (Congresso Brasileiro de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica) reuniu ontem, em Gramado (RS), especialistas de todo o país.

Alberto Sayão, professor de engenharia civil da PUC-RJ e ex-presidente da ABMS (Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica), defende a aplicação da lei de segurança das barragens:

A lei de segurança foi resultado de uma luta da ABMS e do Comitê Brasileiro de Barragens para que os donos das barragens se responsabilizassem pelas estruturas, mas a aplicação desse texto precisa ser colocada em prática”.

E-book desconhecido

Um dos temas da 21ª Bienal Internacional do Livro, que acontece até sábado em São Paulo, o Livro Digital ainda é desconhecido por grande parte da população brasileira.

Pelo menos foi o que demonstrou uma pesquisa realizada pela GfK, 4ª maior empresa de pesquisa de mercado no Brasil e 4º maior grupo mundial do setor.

Nada menos que 67% dos entrevistados não conhecem o e-book, como é chamado o livro digital.

No entanto, mais da metade dos entrevistados que conhecem o e-book, 56%, pretende adquiri-lo se o preço for acessível.

E a maior parte dos participantes da pesquisa, 71%, não acredita que sua chegada ao mercado seja uma ameaça ao livro tradicional.

Widerstand ist zwecklos

A KATHREIN-Werke KG, matriz do Grupo Kathrein com sede em Rosenheim, Alemanha, acaba de adquirir a totalidade da Olimpus Automotive, o maior fabricante de antenas, alarmes e soluções eletrônicas para automóveis da América Latina.

Em 65 anos de existência a Olimpus Automotive se consolidou como um dos mais tradicionais fornecedores de componentes automotivos do mercado brasileiro.

Com a aquisição, a Kathrein reforça a sua divisão automotiva com mais um centro de desenvolvimento de produto e novas instalações fabris na América Latina.

Casa Ronald

A Casa Ronald McDonald São Paulo traz uma alternativa para quem quiser ajudar crianças e adolescentes no combate ao câncer.

Estão á venda na instituição canetas, pins, bonés, camisetas, squeezes e sandálias com o tema "Dá gosto ajudar".

A renda obtida com a venda dos produtos faz parte da arrecadação da campanha McDia Feliz que acontece no dia 28 de agosto, quando todos os sanduíches Big Mac vendidos separadamente ou na promoção (exceto alguns impostos), serão revertidos em doações para 58 instituições em todo o Brasil.

Colaboração

Quem quiser contribuir com a luta contra o câncer infantojuvenil pode adquirir os produtos na Casa Ronald McDonald (Alameda dos Uapés, 690).

Em São Paulo, uma das instituições beneficiadas é o GRAACC que desde 1999 já recebeu R$23,7 milhões.

A verba contribuiu para a construção e o custeio da Casa Ronald McDonald São Paulo, a implantação de um Centro de Transplante de Medula e a reforma da UTI.

Olha a cabeleira da Hebe

De passagem por Miami, Hebe Camargo entregou-se aos cuidados do make-up artist e hair stylist brasileiro Cleber Lopes.

O cabeleireiro inaugurou, no ano passado, a primeira filial internacional do seu Cleber Lopes Beauty & Life Institute, em Coral Gables.

Esta não é a primeira vez que a dona do sofá mais famoso do País visita a unidade, que fica em 330 Miracle Mile – Coral Gables – Florida.

Bad Boy

Mauricio Shogun, atual campeão da categoria meio-pesado do UFC (Ultimate Fight Championship), participa, no sábado, uma tarde de autógrafos no stand da Bad Boy na Expo Fight Championship, que acontece no Clube União Recreativo de Sorocaba, neste fim de semana.

Outra atração promovida será a presença do fisiculturista Jair Gomes que promete mostrar toda sua força ao levantar um carro de passeio.

Nos 50m² de stand da Bad Boy, os apaixonados por artes marciais poderão conferir quais são as últimas novidades e tendências em vestuário e acessórios esportivos comercializados pela marca.

Estratégia do Oceano Azul

A francesa Renée Mauborgne é uma das estrelas do Fórum HSM: Estratégia, realizado pela HSM nos dias 24 e 25 de agosto, no Teatro Alfa - Hotel Transamérica, localizado na Rua Bento Brando de Andrade Filho, 722, em São Paulo.

Coautora, com W. Chan Kim, do best-seller A Estratégia do Oceano Azul e professora de estratégia da INSEAD (França), Renée Mauborgne falará sobre a criação e a execução de estratégias que tornam a concorrência irrelevante, mostrando a importância em criar um espaço de mercado único e inovador, a partir da visualização do todo e não apenas dos números.

A Symnetics, consultoria especializada em gestão da estratégia, será facilitadora da palestra “A estratégia do Oceano Azul em ação”.

Libertadores

O Banco Santander renovou com Pelé por mais três anos, até o final da temporada de 2012, o contrato para embaixador da Copa Santander Libertadores.

O Santander investirá US$ 20 milhões em 2010 ao longo da competição, vencida ontem pelo Internacional de Porto Alegre, e que teve 1 bilhão de espectadores e cerca de 4 milhões de torcedores nos estádios..

Além do “Rei”, neste ano, o banco conta com outros cinco jogadores para promover a Copa, “os cinco magníficos Santander”: Luis Fabiano, do Brasil, Gary Medel, do Chile, Andrés Guardado, do México, Juan Sebastián Verón, da Argentina e Diego Lugano, do Uruguai.

Bola, cerveja e televisão

A cerveja Heineken, única marca global de cerveja presente em mais de 175 países do mundo, será a patrocinadora oficial de todos os campeonatos internacionais de futebol transmitidos pela ESPN em seus três canais de TV por assinatura no Brasil: ESPN Brasil, ESPN Internacional e ESPN HD.

Outros veículos do grupo também serão patrocinados pela marca, como é o caso do site ESPNBrasil.com.br, da revista ESPN e da Rádio Eldorado ESPN.

A Heineken também estará presente em concurso cultural e, como prêmio, dará aos vencedores a oportunidade de assistir a um jogo de futebol internacional.

Cinema de Pedro Costa

De 1º a 12 de setembro, o Centro Cultural Banco do Brasil – São Paulo apresenta " O Cinema de Pedro Costa".


Será uma retrospectiva integral com os 10 filmes do maior diretor do novo cinema português, com o apoio do Instituto Camões.

O diretor estará em São Paulo para participar de um debate sobre sua obra, no dia 8 de setembro (quarta) às 19h.

A mostra passará também por Rio de Janeiro (11 a 23 de setembro) e Brasília (14 a 26

Empresas competitivas

O MPE Brasil – Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas atingiu seu recorde de inscrições este ano.

Mais de 86 mil empresas dos setores de Agronegócio, Comércio, Indústria, Serviços de Educação, Serviços de Saúde, Serviços de Tecnologia de Informação, Serviços de Turismo e Serviços concorrem ao reconhecimento.

Em 2009, 57 mil organizações participaram do MPE Brasil.

Destas, 151 foram reconhecidas em seus estados e oito premiadas nacionalmente.

Numerologia

O Tribunal Superior Eleitoral informa que o Brasil tem 135.804.433 eleitores.

Então, se forem verdadeiras as pesquisas, informando que 4% do eleitorado rejeita o presidente Lula da Silva, ele tem uma grande oposição.

Resta saber o que podem fazer 5.432.177 eleitores insatisfeitos com o governo.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 19 de Agosto de 2010.

5 comentários:

Esperança disse...

É inadimissível que uma pessoa seja lá qual for o cargo possa privar os brasileiros de conhecerem a vida da fulana que se candidata ao cargo mais alto do país, ainda mais quando 90 milhões não tem conhecimento que a dona DILMA FOI PRESA E O MOTIVO.
Não tem nada de privacidade, pessoa pública torna a sua vida pública.
Esse ministro é civil ou militar?

Anônimo disse...

Esse ministro STM merece ficar mesmo sem rancho, igual aos recrutas.

Anônimo disse...

O "jornalista" editor-chefe desse blog comprou aonde seu diploma de jornalismo? Onde está o jornalismo independente a que se propõem? Jornalismo independente é também imparcial, ético, sem tendências. Como estudante de jornalismo, me envergonho de posturas assim. Vamos denunciar sim, mas para todos os lados. Falar de entreguismo para um lado, com a legislação ambiental, mas não esquecer do outro, com as privatizações do patrimônio nacional. Por isso que "jornalistas" tendenciosos precisam criar blogs, pois não conseguem emprego num jornal. Onde está o jornalismo independente???

Manoel Vigas disse...

Saudações.

"legislação ambiental X privatizações do patrimônio nacional" ?

Não possuo "procuração para defender o presente blog", mas estranho que um futuro jornalista comece sua carreira sendo um "ANÔNIMO das 9:26 AM".

Do seu comentário crítico infere-se que ao "estudante" falta ARGUMENTO, DEFINIÇÃO DE PROPÓSITO, e escreve um TEXTO POBRE, "CLICHÊ DOS COOPTADOS CHAPA BRANCA".

COMPARA "ALHOS COM BUGALHOS" !!!

PELO MENOS SEJA ORIGINAL QUANDO FOR ME CHINGAR !!!

POBRE BRASIL DO FUTURO !!!

Atenciosamente.
Manoel Vigas

ORLANDO MATOS disse...

Vamos ficar em alerta contra a nova ordem mundial eles tem a cara de bons samaritanos mais na verdade
são todos umas raposas.