terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Comissão Europeia avalia que Shell-Cosan não impede concorrência e aprova joint venture

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net/


Por Jorge Serrão

O velho “álcool” não é mais nosso, de fato, há muito tempo. Mas, agora, o Brasil perdeu qualquer soberania no futuro mercado de biocombustíveis. A Oligarquia Financeira Transnacional, que comanda os negócios de energia, deu um passo fundamental para assegurar a completa hegemonia sobre o etanol brasileiro, tornando-o um produto transnacional. A Comissão Europeia aprovou hoje a criação da joint venture de US 12 bilhões entre a anglo-holandesa Shell International Petroleum Company Limited (Shell) e a “brasileira” Cosan S.A.

Na verdade, a Shell conseguiu garantir para si a hegemonia global da produção, distribuição e venda de açúcar, etanol e produtos relacionados. Os anglo-holandeses conseguiram, como de costume, a façanha de fazer com que os tecnocratas da União Européia tirassem a conclusão de que a união Shell-Cosan “não impede significativamente a concorrência efetiva na Área Econômica Europeia ou em parte substancial dela". O brasileiro Rubens Ometto Silveira Mello, presidente do Conselho de Administração da Cosan, será o presidente do Conselho de Administração da joint venture.

O negócio é um dos mais promissores do mundo. A Shell trabalha com a perspectiva estratégica de que, ao longo dos próximos 20 anos, os biocombustíveis sustentáveis serão uma das soluções comerciais mais realistas para reduzir as emissões de CO2 do setor de transportes. O grande objetivo da Shell é lançar, no futuro, biocombustíveis de segunda geração. A Shell também vai lucrar alto com a geração de eletricidade a partir de bagaço de cana em todas as usinas da Cosan. A nova empresa também vai explorar oportunidades de produção e venda de etanol e açúcar globalmente.

Para isso, a Shell já tem 50% de participação na Iogen Energy e 14,7% do capital da Codexis. A Iogen Energy é uma empresa de desenvolvimento de tecnologia dedicada ao aperfeiçoamento do etanol celulósico, produzindo-o em larga escala, a partir de palha de trigo em sua planta de demonstração, localizada em Ottawa, Canadá, desde 2004. Já a Codexis é líder no fornecimento de biocatalizadores otimizados, que tornam os processos industriais existentes mais rápidos, limpos e eficientes do que os métodos atuais, além de ter potencial para tornar viáveis novos processos industriais em escala comercial.

A Shell trabalhou taticamente e conseguiu o controle da produção, venda e comercialização de açúcar e etanol no Brasil e no mundo, junto com o desenvolvimento e licenciamento de determinadas tecnologias do etanol, o fornecimento, distribuição e venda de produtos combustíveis para transporte no Brasil e a produção e venda de energia de cogeração em instalações de etanol e açúcar no Brasil.

Piada

Em fevereiro, Shell e Cosan assinam um memorando de entendimento não-vinculante (MOU) para a operação de joint venture - que é literalmente para inglês ver, e brasileiro otário admirar.

No papel, Shell e Cosan permanecem “competidoras”.

Na prática, quem vai mandar em tudo é a Shell, conforme manda o figurino do poder global...

De fora

Os anglo-holandeses sempre jogam para ganhar.

Shell e Cosan não incluirão na joint venture suas atividades relacionadas a Lubrificantes.

A área é uma das mais lucrativas e estratégicas do conglomerado Shell, que não aceita fazer parcerias no quesito...

Salvem em reis

As transnacionais estão com tudo e cada vez mais prosas.

A anglo-holandesa Unilever deve conquistar 70% de suas vendas em países emergentes, em um prazo de 10 anos.

A previsão é de um relatório do Citi publicado em dezembro, nos EUA.

Pelo telefone...

Bronca ouvida, a boca pequena, nos subterrâneos dos negócios de telefonia.

A Telefonica já abocanhou as mais rentáveis operações para a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Quem perderá alto é a OI, e as fofocas do mercado interpretam que esta foi a primeira grande retaliação do esquema Planaltino ao grupo comandado por Carlos Jereissati.

Vai cumprir?

Favorável ao aborto e ao casamento homossexual, a Secretária Nacional de Direitos Humanos, Maria do Rosário, petista radical, garante que vai implementar o PNDH 3.

Também promete fazer de tudo para que o Congresso aprove a formação da Comissão da Verdade para apurar as violações de direitos humanos durante o regime militar.

Alguém tem dúvidas que a Dilma Rousseff apóia os rosários ideológicos da Maria?

Quanto vale?

Qual será o custo político para Dilma caso consiga tirar a turma do deputado Eduardo Cunha do comando de Furnas?

A turma do companheiro José Sarney também não aceita perder o comando da Eletrobrás.

Será que a Dilma ignora que os maiores aliados de ontem se transformam, facilmente, nos piores inimigos de amanhã, sempre que seus interesses são contrariados?

Estupro

O ex-prefeito Cesar Maia denuncia em seu ex-Blog de hoje que a construção de um espigão da Eletrobrás, na Lapa, é um estupro ao corredor cultural do Rio de Janeiro.

A Eletrobrás deve concluir até a semana que vem a compra de dois terrenos na Lapa administrados pelo Rio-Previdência (do governo do Estado do Rio), para construir um prédio de até 44 andares.

Conforme gabarito aprovado lei complementar 106, de dezembro do ano retrasado, o prédio poderá ter dois blocos interligados – o que torna o monstro ainda maior.

A obra será mais um motivo de briga do PT-PMDB para ver quem recebe mais doações da empreiteira que fará o monstrengo.

Só aí?

A Folha exibiu foto de Dorivan Marinho mostrando que a bela Marcela Temer tatuou o nome do maridão na nuca.

Isso justifica o Macaco José Simão ter dito que a loura disputou o Miss SP e ganhou o MISScher Temer...

Agora, os fofoqueiros de plantão na Ilha da Fantasia vão encher o saco para saber se a tatuagem é só na nuca ou em outras regiões mais “temerárias”...

Engana que eu gosto

A decisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de negar o pedido de extradição do ex-ativista político italiano Cesare Battisti não foi tomada por questões ideológicas.

É que jurou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, em entrevista exclusiva à BBC Brasil.

Prova de que para mentir e coçar é só governar...

Engana mais...

O novo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, jura que fará de tudo pela a redução das taxas de juros, pela elevação dos investimentos em infraestrutura e pela redução da carga tributária.

Amigão da Dilma, governo não ficará passivo diante de um fortalecimento do real.

Tem gente intepretando que Dilma prepara alguma intervenção mais drástica na área do câmbio...

Adianta?

O ministro da Educação, Fernando Haddad, quer que a oferta de ensino médio em tempo integral, associado ao ensino técnico, seja uma das marcas do governo Dilma Rousseff.

Mas o que adianta a escola funcionar em horário integral ensinando coisas indevidas aos estudantes?

A ideologização, uma forma refinada de preconceito e que não ensina a pensar com liberdade, é uma das causas da destruição do ensino no Brasil.

Bicho feio

O governador tucano Geraldo Alckmin auditará todos os contratos de terceirização de serviços herdados da gestão de José Serra (PSDB).

Na primeira semana de governo, em 2007, Serra apresentou medidas de austeridade fiscal, que incluíam desde a revisão de contratos até pente-fino no funcionalismo.

Será que o bicho que vai dar será um tucano com ares de vampiro?

Pergunta ao além

Será que Celso Daniel choraria ao ver sua viúva Miriam Belchior assumir o Ministério do Planejamento de Dilma?

Mais fácil que a resposta vinda do além é saber quem realmente matou o ex-prefeito petista de Santo André.

Certamente, Miriam sabe muito bem porque chorou tanto ontem...

Vida que segue...


Ave atque Vale!


Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 4 de Janeiro de 2011.

Nenhum comentário: