quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Mãos Limpas fará campanha “O Nióbio é Nosso” para evitar perdas de US$ 100 bi/ano ao Brasil

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net/


Por Jorge Serrão

Uma das mais absurdas –me pouco conhecidas – perdas internacionais do Brasil será alvo de um amplo trabalho político de esclarecimento. O economista Adriano Benayon, autor do livro “Globalização versus Desenvolvimento”, vai coordenar a campanha “O Nióbio é nosso”. O movimento será lançado pelo Instituto Mãos Limpas, focado no combate à corrupção e presidido por Mtnos Calil.

Cerca de 98% das reservas planetárias do nióbio estão no Brasil. Nosso Pais exporta 81 mil toneladas do metal por ano. O problema é que o quilograma do metal sai daqui vendido por apenas R$ 16, o que rende R$ 1 bilhão e 296 bilhões – sobre os quais recaem tributos. Acontece que o nióbio brasileiro é negociado no exterior por até U$ 1.200 dólares por quilograma. Se o Brasil não fosse lesado na operação, e empregasse a soberania do País no negócio, a operação com o nióbio renderia (como rende aos ingleses que dominam seu comércio) US$ 97 a 100 bilhões de dólares – sobre os quais recairiam os impostos.

Adriano Benayon apresenta as contas de nossas perdas internacionais com o nióbio: “Fontes dignas de atenção indicam que o minério de nióbio bruto era comprado no garimpo a 400 reais/quilo, cerca de U$ 255,00/quilo (à taxa de câmbio atual e atualizada a inflação do dólar). Ora, se o Brasil exportasse o minério de nióbio a esse preço, o valor anual seria US$ 15.300.000 (quinze bilhões e trezentos milhões de dólares). Se confrontarmos essa cifra com a estatística oficial, ficaremos abismados ao ver que nela consta o total de US$ 16,3 milhões (0,1% daquele valor), e o peso de 515 toneladas (menos de 1% do consumo mundial). Observadores respeitáveis consideram que o prejuízo pode chegar a US$ 100 bilhões anuais”.

Benayon acrescenta: “Mesmo que o nióbio puro seja cotado a somente US$ 180 por quilo, como indica o site chemicool.com, ainda assim, o valor nas exportações brasileiras do minério bruto corresponde a cerca de 1/10 disso. O nióbio não é comercializado nem cotado através das bolsas de mercadorias, como a London Metal Exchange, mas, sim, via transações intra-companhias”. Benayon também chama atenção para a manipulação com os números oficiais sobre as transações com o metal: “A estatística oficial das exportações brasileiras aponta apenas 515 toneladas do minério bruto, incluindo “nióbio, tântalo ou vanádio e seus concentrados”.

Benayon apresenta outros números para comprovar o escândalo do nióbio: “Há, ademais, um item, ligas de ferro-nióbio, em que o total oficial das exportações alcança US$ 1,6 bilhão, valor mais de 100 vezes superior à da exportação do nióbio e de minérios a ele associados, em bruto. O mais notável é que o nióbio entra com somente 0,1% na composição das ligas de ferro-nióbio. Vê-se, assim, o enorme valor que o nióbio agrega num mero insumo industrial, de valor ínfimo em relação aos produtos finais das indústrias altamente tecnológicas que o usam como matéria-prima. Por outro lado, a quantidade oficialmente exportada do ferro-nióbio em 2010 foi 66.947 toneladas. O nióbio entrando com 0,1% implicaria terem saído apenas 67 toneladas de nióbio, fração ínfima da produção mundial quase toda no Brasil e do consumo mundial realizado nas principais potências industriais e militares”.

Promovidos e preteridos

O Alto Comando do Exército escolheu os nomes dos cinco Generais de Divisão que serão promovidos a quatro estrelas:

Bolivar, Silva e Luna, Benzi, Mayer, Adhemar.

Foram preteridos para promoção os Generais Archias, Facioli, SantAnna, Macedo, Sodré e Lanzellote.

Quase caindo

Dependendo da reunião que terá com o ministro-chefe da Casa Civil Antônio Palocci, o ministro do Esporte, Orlando Silva, pode ser a primeira grande baixa do governo Dilma.

Petistas avaliam que Orlando não conseguirá se livras das denúncias feitas pelo jornal “Estado de S. Paulo”, mostrando que o projeto Segundo Tempo, do Ministério do Esporte, só em 2010 distribuiu R$ 30 milhões a ONGs de dirigentes e aliados do PC do B.

Como a petralhada está louca para tirar os comunas do Esporte, Orlando Silva está por um fio.

Raro exemplo

O deputado federal José Antonio Reguffe (PDT-DF), que foi proporcionalmente o mais bem votado do país com 266.465 votos, tendo 18,95% dos votos válidos do DF, abriu mão dos salários extras que os parlamentares recebem (14° e 15° salários), reduziu sua verba de gabinete e o número de assessores a que teria direito, de 25 para apenas 9.

Reduziu em mais de 80% a cota interna do gabinete: de R$ 23.030 para apenas R$ 4.600.

Também largou mão de toda verba indenizatória, de toda cota de passagens aéreas e do auxílio-moradia, tudo também em caráter irrevogável.

Se os outros 512 deputados seguissem seu exemplo, a economia aos cofres públicos seria superior a R$ 1,2 bilhão.

Poder feminino

A síria Majd Al Shara é a nova diretora-presidente do Centro Cultural Árabe Sírio, localizado na capital paulista.

Ex-consulesa e ex-embaixatriz no Brasil, Majd usará seu conhecimento e vivência na sociedade Árabe para disseminar aquela cultura no Brasil.

O simbolismo de sua indicação é mais uma vitória das mulheres.

Aprovadíssima

O mundo da petroquímica respira aliviado.

A aquisição da Quattor pela Braskem foi aprovada, integralmente, pelo CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

As negociações para aquisição da Quattor foram concluídas em janeiro de 2010, por meio de um Acordo de Investimento celebrado entre Odebrecht, Petrobras, Braskem e Unipar.

Oscar no Lixão

Candidato ao Oscar de melhor documentário, o filme "Lixo extraordinário" será exibido para a comunidade de Jardim Gramacho, no ´róximo domingo, a partir das 21 horas.

Os catadores da região de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, poderão assistir ao longa-metragem, que retrata o trabalho do artista plástico Vik Muniz no aterro sanitário do bairro de Duque de Caxias.

Cinco mil pessoas são aguardadas no evento, que também terá o show da banda Afro Samba, além da transmissão ao vivo da maior premiação da indústria cinematográfica mundial em um telão instalado na Praça Alcyr Bellucio Cavallini.

Para pensar no poder

Para a petralhada que infesta o País, circula na Internet uma famosa frase de Voltaire:
"O melhor governo é aquele em que há o menor número de homens inúteis".
Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 24 de Fevereiro de 2011.

4 comentários:

Anônimo disse...

É POUCO - A NOVA REPÚBLICA É UMA BELEZA, MAS, NÓS TEMOS DEMOCRACIA, TELEFONES CELULAR, TVS. HD - SOMOS IMPORTADORES DE QUINQUILHARIAS E EXPORTADORES DE MATERIA PRIMA BARATA, O PAÍS PASSA POR UMA DESINDUSTRIALIZAÇÃO, NOSSOS RECURSOS ESTRATÉGICOS FORAM ENTREGUES AO INTERESSE INTERNACIONAL - QUE MAIS PODEMOS DESEJAR? É POUCO. DONA DILMA TOME CUIDADO!

José disse...

dilma já marcou como vai ser seu governo durante 4 longos anos: regime de terror ao arrepio da nossa Constituição, ou não fosse ela uma terrorista que se dizia aposentada. Uma ova! Terrorista è sempre terrorista tal como comunista è sempre comunista.

Quem mais deveiua respeitar a Constituição brasileira, está mostrando o que pensa dela, iniciando uma ditadura corrupta do proletariado com o Senado aprovando integralmente ontem o texto do projeto do governo que fixa o salário mínimo deste ano em R$ 545 e o uso de decreto como instrumento para o governo determinar, ano a ano, até 2015, o valor do mínimo.

Aí temos, terrorismo do Estado!

A propósito, lulla entregou mesmo o seu cartão corporativo? Com renda tão baixa, anda fazendo figura de Imperador! De onde vem o dinheiro? Nossos bolsos?

Anônimo disse...

Está bem, o nióbio é nosso. Mas com essa campanha abre-se a possibilidade da criação da Niobrás, mais um belo cabidão de empregos para a cumpanheirada.

Anônimo disse...


Anônimo disse...

Está bem, o nióbio é nosso. Mas com essa campanha abre-se a possibilidade da criação da Niobrás, mais um belo cabidão de empregos para a cumpanheirada.
8:32 PM
======
pois ele e como tudo no BRASIL está na mão dos ESTRANGEIROS mas até agora desde a década de 60, 70, o povo n~so usufrui de nada só ficou só com os prejuízos poluições e até mesmo dos seus lençóis freáticos-etc-