segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Petistas atrapalham obra de porto no Amazonas para coagir Nascimento a manter PR votando com o governo

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net
Leia mais artigos no site Fique Alertawww.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão

Um obstáculo político-ambiental a uma obra portuária privada, no Amazonas, pode azedar, ainda mais, a relação entre o Palácio do Planalto e o PR (Partido da República), que não deixará a base aliada, mas ameaça não votar com o governo Dilma, com a mesma fidelidade. O Senador Alfredo Nascimento, ex-ministro dos Transportes, já desconfia no dedo oculto dos petistas criando embaraços para a construção do Terminal Portuário das Lages, um investimento de R$ 200 milhões na proximidade do famoso Encontro das águas dos rios Negro e Solimões, que dá origem ao Rio Amazonas.

O potencial poluidor e degradador da obra é considerado “grande” pelo próprio Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) que liberou, com 13 restrições, terça-feira passada, o licenciamento de instalação do futuro porto. O movimento SOS Encontro das Águas argumenta que o porto vai causar dano à atividade turística pelo impacto paisagístico. Ambientalistas criticam que a poluição e o trânsito de navios vão prejudicar a pesca e as atividades de lazer da comunidade local. A região do Encontro das Águas no Amazonas, um dos maiores patrimônios paisagísticos do Brasil, é tombada Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

A briga atrapalha os negócios da Lajes Logística S/A. A empresa é uma sociedade de propósito específico (SPE) criada para a captação de recursos para a obra do porto. A carioca Log-In Logística Intermodal S.A. (cujos acionistas com mais de 5% são a Vale, Fama Investimentos, a Petros e a Eton Park Management) detém 70% do capital total. Os outros 30% são da Juma Participações S.A.. É sediada em Manaus e acionista do Grupo Simões - a empresa responsável pelo envasamento dos produtos Coca-Cola no Norte do País. A empresa também atua nos ramos de eletroeletrônicos, veículos e fabricação de gases industriais.

Acionado pelo Ministério Federal, o juiz da 7ª Vara Federal do Amazonas determinou que o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) suspenda o processo de licenciamento ambiental do terminal portuário, até que o Iphan se manifeste sobre o tombamento da área do Encontro das Águas (confluência do Rio Negro, de água escura, com o Rio Solimões, de água barrenta), em Manaus.

O novo “Porto das Lajes” será um empreendimento privado de uso misto próximo ao Pólo Industrial de Manaus (PIM). Na margem esquerda do Encontro das Águas, permitirá que os grandes navios de carga evitem passar por toda a orla de Manaus para desembarcar no porto localizado no centro da cidade. A obra desafogaria a carga e a descarga de contêineres do PIM, que hoje necessitam de grandes custos logísticos até chegar ao porto de Manaus, no centro da cidade. O novo porto terá capacidade para atender até 250 mil TEUS (unidade de contêiner de 22 pés).

Barreiras políticas

Em tese, o licenciamento ambiental para a construção do porto é irregular, uma vez que não foram realizadas audiências públicas sobre o empreendimento.

A obra depende da outorga da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e o posicionamento da prefeitura de Manaus quanto ao estudo de impacto de vigilância.

Como a área é tombada desde novembro do ano passado, qualquer obra que venha a ser feita no local só poderá ser realizada com aprovação do Iphan.

Como a documentação só foi enviada a Brasília no mês passado, a confusão PT-PR pode atrasar ainda mais o empreendimento que interessa à base política do senador Alfredo Nascimento.

Problema ambiental

O novo terminal ficará no Lago do Aleixo, localizado na beira do rio, onde os moradores da Colônia Antônio Aleixo pescam e nadam.

O local previsto também fica nas adjacências do Ponto de Captação de água da Zona Leste de Manaus, construído pelo governo do Estado do Amazonas, investimento de R$ 250 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PACo).

Também fica próxima do Parque Turístico projetado pela Prefeitura de Manaus e ao lado da Unidade de Conservação Federal Reserva Particular de Patrimônio Natural das Lages.

Riscos reais

Com o futuro porto em operação, o derramamento de óleo e dejetos sólidos e líquidos das embarcações, o revolvimento de sedimentos do leito do rio e taludes, e o desmatamento das margens e encostas que o empreendimento provocará alterará a qualidade da água da região e poderá provocar assoreamento e poluição do Lago do Aleixo – principal lago pesqueiro da margem esquerda da região de Manaus.

O impacto na qualidade da água e o aumento do fluxo de grandes embarcações afetará a rica vida aquática do Encontro das Águas, inclusive as populações de boto vermelho (Inia geoffrensis), boto tucuxi (Sotalia fluviatilis) e peixe-boi (Trichechos inunguis), espécies ameaçadas de extinção.

Também é previsto um impacto nas áreas de reprodução, pouso e descanso de espécies de aves locais e migratórias, a exemplo do maçarico solitário e o maçarico pintado, ambos pássaros migratórios provenientes do Hemisfério Norte que param na região das lajes no percurso em direção ao Sul do continente – Argentina e Patagônia – e são protegidas por acordos internacionais.

Outro risco é a contaminação biológica com patógenos e espécies exóticas que serão trazidas pelas balsas e na água de lastro dos navios e que possivelmente encontrarão local propício para procriação, principalmente no Lago do Aleixo, virando pragas de impacto ambiental.

Atropelo legal

O EIA/RIMA da obra deveria ter sido submetido ao IBAMA, que é o órgão licenciador ambiental de esfera federal, e não ao IPAAM, órgão ambiental estadual.

Tudo porque a área do Porto das Lajes esta sob jurisdição federal.

O Rio Negro, o Rio Solimões e o Rio Amazonas são cursos de águas internacionais, bens da União (conforme art. 20, III, da Constituição Federal).

Além disso, o porto fica no Distrito Industrial da Manaus, subordinado a Superintendência da Zonas Franca de Manaus, área de propriedade da União.

Promessas


Os empreendedores alegam que o porto fica a 2,4 Km abaixo da Área de Proteção Ambiental (APA) do Encontro das Águas, o que permite que o Terminal não interfira no belo fenômeno natural.

A obra prevê que o Terminal portuário terá 70% de sua área natural preservada.

Além da preservação ambiental, o Terminal irá destinar uma área para a criação de Parque Botânico, com o objetivo de produzir mudas, contribuir para a preservação de espécies, e oferecer apoio à educação e pesquisas ambientais.

A Lajes Logística deverá promover ações compensatórias, como o Programa de Educação Ambiental e patrimonial, o Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, o Programa de Reabilitação de Áreas Degradadas, e Programa de Gerenciamento de Riscos Ambientais.

Super consultor

O cachê para palestras no exterior de Luiz Inácio Lula da Silva, que começou em US$ 200 mil no início do ano, já passou para US$ 300 mil, líquidos.

O valor é o dobro dos US$ 150 mil cobrados pelo seu antecessor, Fernando Henrique.

O preço cobrado por Extalinácio está alinhado com os valores cobrados internacionalmente por políticos como o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton ou o ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair.

Nos últimos sete meses, o cara já fez 15 palestras remuneradas, 20 viagens ao exterior (nove como palestrante) e 14 pelo Brasil (seis palestras, incluindo três em São Paulo).

Perguntinha

A chefona-em-comando da Faxina Dilma Rousseff nomeou o General Jorge Ernesto Pinto Fraxe, Engenheiro e da turma da AMAN de 1975, para o espinhoso cargo de novo Diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT).

Para o segundo posto mais importante do DNIT (Diretor-executivo) foi nomeado um auditor da Controladoria Geral da União (CGU), Tarcísio Gomes de Freitas.

Resta saber se, na faxina, os dois terão condições políticas de exterminas ratos, baratas e outras pragas que infestam o órgão.

Quase liberado

O Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação do Ministério da Justiça classificou, a obra cinematográfica “A Serbian Film – Terror Sem Limites” como “não recomendado para menores de 18 anos, por conter sexo, pedofilia, violência e crueldade”.

A classificação indicativa não se traduz em autorização ou permissão para a exibição dos filmes.

Portanto, o filme está liberado para exibição em todo o País, menos no Rio de Janeiro, onde ainda vale uma proibição da Vara da Infância e Juventude.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 8 de Agosto de 2011.

9 comentários:

Anônimo disse...

A terrorista, comandante-em-chefe, hoje teve seu máximo explendor. Mostrou sua verdadeira faceta e o que pensa dos milicos que ela combateu e ajudou a matar. Se pudesse continuaria. Existem dúvidas?

dilma, elogiando celso amorim na tomada de posse desse marxista:

"È o homem certo para o lugar certo"!

Maravilha! Cuidado brasileiros, o comissario vermelho menchevique vem aí!

Curioso este artigo acerca desse marxista:

"Qual será a política de Defesa do homem que alinhou o Brasil com Hugo Chávez, Daniel Ortega, Manuel Zelaya, os irmãos Castro, Rafael Correa, Evo Morales e, de um modo um tanto oblíquo, com as Farc? Amorim foi um dos protagonistas do esforço para condenar a Colômbia na OEA quando o país destruiu um acampamento do terrorista Raúl Reys no Equador. Quando armas venezuelanas foram encontradas com os narcoterroristas colombianos — o que o próprio Chávez admitiu — , o nosso então chanceler teve o topete de pôr a informação em dúvida. Também submeteu o Brasil a um vexame planetário como arquiteto do tal “acordo” com o Irã."

http://brasilacimadetudo.lpchat.com/index.php?option=com_content&task=view&id=11049&Itemid=141

Anônimo disse...

Alerta Total,

Sou sua leitora assídua, Garcinha Azul e estou decepcionada com esta postagem. Para a população amazonenese, o Encontro das Aguas é sua identidade cultural, mais ainda que o Teatro Amazonas. É a população amazonenese que está se sentindo afrontada com esta empresa que não respeita a cultura e os valores locais, independentemente de partidos políticos. Toda a população está indignada com os empresários cariocas que só tem um unico objetivo: L.U.C.R.O. É deslavada M.E.N.T.I.R.A que as Lages sejam o único local que possa abrigar um porto próximo ao PIM (Distrito Industrial). A Cidade de Manaus é circundada pelo Rio Negro e na localidade da SIDERAMA, BEM NO CENTRO DO PIM, mais próxima do Distrito que a região das Lajes já funciona um porto que tem infra estrutura adequada para ser ampliada. Qual o real interesse em instalar nas Lajes, um patrimônio ambiental do Brasil? Não insistam em misturar assuntos políticos com a questão deste porto. Eu sou amazonense, sou contra a instalação deste monstrengo e não sou filiada a nenhum partido político, muito menos o PT. E assim como eu, os amazonenses legítimos pensam do mesmo modo. O resto é invenção desta turma, aproveitando-se de uma desventura política para confundir a opinião pública e, infelizmente do Alerta Total. NÃO ao Porto das Lages!!!!!!

Alerta Total de Jorge Serrão disse...

Os caras fazem a politicagem... A obra, onde é, parece mesmo uma catástrofe ambiental anunciada... Vamos ficar atentos... Amazonenses, esvrevam sobre o assunto e vamos publicar aqui...

Anônimo disse...

Рекомендую скачать [url=http://softzero.ru/skachat/abbyy-fine-reader-rus-skachat-besplatno-10-9-8 ] прогу[/url] [url=http://dlya-vzloma.ru/kombohacker.html ]для взлома[/url] , которой я лично [url=http://vzlomal.ru/content/qbandit-programma-dlya-vzloma-aski-icq-skachat-besplatno-programma-dlya ]взломал[/url] данные и [url=http://mailhacker.ru/]пароль[/url] своего знакомого, программа сможет [url=http://vzlomat.ru/soft/28-vzlom-gareny-garena-exp-hack-maphack-garena-garena-gold.html ]взломать[/url] что угодно.
Попробуйте рабочую Программу для взлома Вконтакте Vkracker
Отличная программа для взлома пользователей Вконтакте.ру, которая может взломать страницу любого пользователя, прочитать чужие сообщения, взломать голоса вконтакте, и многое другое.

[url=http://hidesoft.net/]Скачать СЕЙЧАС[/url]

Если есть вопросы можете [url=http://dobavit.com/]добавить[/url] меня в [url=http://skachat-skype-besplatno.ru/download.html ]skype[/url]: Vzl6202OM , [url=http://vzlom-icq.ru/]ICQ[/url]: 91126309 или написать на [url=http://mailhacker.ru/]почтовый ящик[/url],я как закончу [url=http://tour-fly.ru/tags/%FD%EA%F1%F2%F0%E5%EC%E0%EB%FC%ED%FB%E5+%F2%F3%F0%FB/ ]горячий тур[/url] сразу отвечу. Но это однозначно лучшая [url=http://programma-dlya-vzloma.ru/]программа для взлома[/url], я ей пользуюсь [url=http://bez-raboty.ru/]для работы[/url].

Mayara disse...

Ola Sr. Jorge, sou amazonense e sinto-me convocada a postar aqui todo a nossa impotencia enquanto cidadão sobre o que acontece acerca da contraução deste abjeto porto das Lajes, bem no Encontro das Águas. Não posso postar dados tecnicos mas posso indicar a teus leitores o seguinte link que explica com fotos de satelite todo esse assunto complicado http://amigosdemanaus.blogspot.com/2009_03_01_archive.html. O povo caboclo do Amazonas sofre mais uma vez com a "invasão" do capital estrangeiro em busca de commodities de facil acesso nos rincões da Amazonia. Num momento de caos mundial, os olhos voltam-se para as riquezas de um local que devemos preservar nao somente pela memoria, beleza, mas pela sua importancia estrategica e militar bem em frente a nossa cidade. Estamos maarrados a decisão de um jiuiz que resolveu "do além" revogar o porcesso de tombamento, contra todas as evidencias contra esta construção, fica claro a imposicção do poder econômico em detrimento ao bom senso.Nao somos contra a Construção de Porto, mas que se construa em outro lugar como sugeriu a leitora Garcinha Azul.

Darcy Voss disse...

Está explicado o pq do interesse na localização do porto, é para escoar a produção da nova exploração de minério (Nióbio), desta vez na "Cabeça do Cachorro", no meu amado e querido Alto Rio Negro. Peguem um mapa hidrográfico e verifiquem o por quê do encontro das águas., o pq da ponte (leiam no link abaixo)e vejam a facilidade de escoar para o Norte Nordeste, Sudeste e Sul do Brasi.

http://www.dihitt.com.br/barra/reserva-biologica-morro-dos-seis-lagos--am

Darcy Voss disse...

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=reservas-terras-raras-brasil

Anônimo disse...

Promessas e mais promessas, até quando o povo vai continuar ouvindo essas autoridades que não servem pra nada, a não ser apodrecer o País?

Sou 100% a favor do desenvolvimento da infra-estrutura logística no Brasil, mas escolheram o local errado. Como a leitora Darcy Voss escreveu, verifiquem o mapa hidrográfico do Brasil. Existem alternativas eficientes.

É imprecindível a presença de pessoas qualificadas envolvidas para a realização um projeto deste porte, não ratos que só visam o lucro de todas as formas.

Este é um projeto de longo prazo. Quem acredita que 70% será preservado (o que já é bem pouco), é burro. Uma vez que o processo é iniciado não tem volta.
Pensem nisso.

Anônimo disse...

Promessas e mais promessas, até quando o povo vai continuar ouvindo essas autoridades que não servem pra nada, a não ser apodrecer o País?

Sou 100% a favor do desenvolvimento da infra-estrutura logística no Brasil, mas escolheram o local errado. Como a leitora Darcy Voss escreveu, verifiquem o mapa hidrográfico do Brasil. Existem alternativas eficientes.

É imprecindível a presença de pessoas qualificadas envolvidas para a realização um projeto deste porte, não ratos que só visam o lucro de todas as formas.

Este é um projeto de longo prazo. Quem acredita que 70% será preservado (o que já é bem pouco), é burro. Uma vez que o processo é iniciado não tem volta.
Pensem nisso.