terça-feira, 11 de outubro de 2011

Carta de Intenções dos Bombeiros Militares do RJ

Documento no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por MOVIMENTO POR DIGNIDADE

O LEVANTE DOS BOMBEIROS aconteceu no primeiro semestre de 2011, e teve seu pico em 03 de junho de 2011.

O que o Governo fez para abafar o movimento?

- Não aceitou o diálogo, preferiu usar a força da Ditadura.

- Substituiu o Comandante Geral, que não se posicionou claramente perante sua tropa.

- Adiantou 06(seis) parcelas de um aumento já existente que os militares contestavam, visto que praticado em 48 parcelas mensais, se resumia em 0,93% ao mês, o que não é considerado aumento e sim correção, mantendo os baixos salários.

- Distribuiu gratificação de R$ 350,00, para uma parcela de Bombeiros da ativa que não tinham nenhuma gratificação, visando abafar o movimento.

- Liberou mais verba para pagar gratificação de R$ 1.000,00 para a Polícia Militar, com receio que a mesma aderisse ao movimento.

- mais uma vez ignorou os inativos, que nada ganham, e são os que mais sofrem.

- Aumentou o nº de vagas para Cabos e Sargentos, que com receio de não serem promovidos, abandonaram a causa, mas, no entanto, se formarão em graduados com o pior salário do Brasil.

- Prometeu aumento de vagas para os Oficiais Administrativos, o que efetivamente não ocorreu em 21 de agosto de 2011.

- Prometeu a criação de um Colégio Militar para os Filhos de Bombeiros, o que não satisfaz, porque beneficia apenas uma parcela da tropa e os demais continuarão tendo despesas com uma educação cara no nosso Estado.

- Substitui vários Comandantes de unidades para conter a tropa.

- Transferiu e continua transferindo vários militares das unidades que participam de um movimento Legítimo por DIGNIDADE.

- Para os militares mais atuantes, os Guardas Vidas, foi criado o Programa de Prevenção e Detecção Precoce do Câncer de Pele na População de Bombeiros Militares Guarda Vidas do Estado do Rio de Janeiro, e promessas de gratificação por horas extras trabalhadas e gratificação por serviço de escala extra.

Ocorre que os Bombeiros, após 05(cinco) meses de manifestações e sofrimento, continuam ser ter suas reivindicações atendidas, e decidiram que não irão retroceder, continuarão a informar a população através de passeatas e outros meios de comunicação, já que a imprensa local, não se interessa com o martírio que os servidores públicos do Estado do Rio de Janeiro estão vivendo, e consequentemente quem sofre é a população que paga seus impostos e o mínimo que poderia receber, seria o respeito do Governador e os Parlamentares que eles elegeram.

O QUE OS BOMBEIROS ESTÃO REIVINDICANDO?

1- Piso único para todos os servidores da Segurança Pública no Estado do Rio de Janeiro.

2- O soldo é o vencimento-base do militar estadual, não pode ser inferior ao salário mínimo estadual, em nenhuma circunstância. Gratificação temporária não é salário.

3- Carta de crédito de imóvel, para o servidor poder escolher onde quer morar.

4- Fim dos descontos do fundo de saúde, que já foi considerada como taxa ilegal na Justiça.

5- Direitos iguais para Inativos e Pensionistas. Não pode haver diferença entre estar em atividade ou na inatividade.

6- Seguro de vida compatível com a profissão.

7- Auxílio de insalubridade e risco de Vida.

8- Auxílio transporte nos mesmos termos da Lei do vale transporte.

9- Escala de serviço 24 x 96, perfazendo 144 horas mensais.

10- Pagamento de hora extra, quando exceder às 144 horas mensais.

11- Auxílio invalidez para o militar que for reformado por doença ou acidente.

12- Curso de capacitação de Praças em outros Países, apenas para os primeiros colocados nos cursos do CBMERJ.

13- Que todos os Oficiais e praças, ao serem promovidos, façam de imediato seus respectivos cursos de capacitação e fiquem aptos para o próximo Posto ou Graduação.

14- Rancho, higienização dos quartéis e viaturas com empresas terceirizadas. Que a verba destinada ao rancho seja para a manutenção dos Quartéis.

15- Fardamento fornecido sem custos de soldado a Subtenente.

16- Auxílio educação e creche. O servidor sem filhos poderá estudar e se capacitar, se tiver filhos e conseguir matrícula em colégio militar ou outro sem custo, ou se se não estudar, não recebe, porque o desconto será em folha em favor da instituição escolar.

17- Que os Comandantes se abstenham de cercear a liberdade de seus militares baseada nos regulamentos disciplinares, por estarem completamente OBSOLETOS, seguindo Portaria do Ministro da Defesa, já que a PMERJ e o CBMERJ são Forças Auxiliares das forças armadas.

18- Que o Estatuto e o RDCBMRJ sejam revistos, porque estão obsoletos e em desacordo com a Constituição Brasileira.

19- Que todas as prisões, detenções e transferências por necessidade de serviço, sejam investigadas, para evitar abuso de autoridade, sendo criada uma Ouvidoria dentro de cada CBA, com militares escolhidos pela tropa, e que tenha autonomia para resolver os problemas dos militares, com BMs formados em Direito, Psicólogos e assistentes Sociais em seu quadro, e a Assessoria Jurídica do CBMERJ seja reestruturada nos mesmos moldes para defender todos os militares, não havendo necessidade dos militares gastarem seus salários com advogados ou recorrerem a Justiça gratuita, que já se encontra sobrecarregada.

20- Que os comandantes de OBMs, tenham autonomia para nomear os representantes dos militares dentro da sua OBM e dar publicidade em boletim ostensivo para a tropa.

21- Chega de cargos indicados, a forma democrática de escolher o melhor Comandante é que o Comando atual deve abrir as inscrições, publicando quais são os requisitos, os candidatos tem que passar pelo crivo dos Comandantes dos Comandos de Área. O nome dos candidatos, no entanto, tem de passar pelo crivo da Corregedoria Interna e pelo Setor de Inteligência da corporação. Apenas após esse trâmite, o nome dos candidatos será apreciado pelo alto escalão: o chefe do Estado-Maior, e o Comandante-Geral da Corporação e publicados para a tropa escolher. Os nomes dos dez mais votados serão entregues ao Governador. Todo o processo com publicidade em Boletim ostensivo e com supervisão de representantes da tropa.

22- Que o comandante escolhido no CBMERJ, ao assumir o cargo seja obrigado a publicar em Boletim ostensivo o seu plano de Comando, com uma previsão do tempo que poderá levar para cumpri-lo, assinando um termo de compromisso com a tropa, e caso não cumpra o prometido, renunciará ao cargo, assumindo o seu suplente.

23- Que a Diretoria da FUNESBOM, seja por antiguidade ou eleita na tropa, com Oficiais e Praças no seu Staff, ou seja, fim das indicações.

23- Que o novo Comandante do CBMRJ, cobre do Sr. GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, os 7 ( sete ) artigos da Indicação Legislativa nº 437 de 1988, apresentada na ALERJ, no dia 07 de agosto de 1998, pelo ainda na época Sr. DEPUTADO SÉRGIO CABRAL FILHO.

24- O Governador SÉRGIO CABRAL já declarou que andar faz bem á saúde, portanto os Bombeiros Militares continuarão andando nas ruas do Estado do Rio de Janeiro, enquanto não houver por parte do nosso Comandante e do Governador, a vontade de resolver a situação caótica que a nossa Corporação atravessa, as intenções devem ser publicadas com prazos para a sua resolução, enquanto não forem atendidas as reivindicações, os bombeiros continuarão com a sua luta por DIGNIDADE.

25- Será distribuído para a população um DVD com as atrocidades cometidas pelo BOPE, com ordens do Sr, Governador onde os Bombeiros com suas mulheres e seus filhos foram humilhados, atacados com bombas e tiros de arma letal no fatídico dia 03 de junho de 2011, que fatalmente entrará para a História, e sempre lembrado como o período em que o Rio de Janeiro teve o seu pior GOVERNADOR.

26- CUMPRA-SE A LEI, com Operação Padrão. Que nenhuma viatura que esteja em desacordo com o código nacional de trânsito saia do dentro do quartel. Seja por falta de manutenção, falta de documentação ou com motorista sem qualificação para dirigi-la.

27- Todas as falcatruas e contratos sem licitação, encontradas dentro das unidades serão expostas na mídia, para a população tomar as providências, CHEGA DE CORRUPÇÃO. O Ministério Público será obrigado a tomar providências.

28- O Governo do Estado do Rio de Janeiro será obrigado a reconhecer a união de todas as Associações da segurança Pública, porque em breve elas se transformarão na ASSOCIAÇÃO ÚNICA DOS SERVIDORES DA SEGURANÇA PÚBLICA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, com eleições diretas, para não ficar contaminada pelos políticos.

BOMBEIROS MILITARES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Mais informações sobre o Movimento, acesse: http://www.sosguardavidas.com/

5 comentários:

léo guedes disse...

Homens e animais, quando ingerem algo que não é compatível com a qualidade e quantidade necessárias à saúde, acabam por vomitar, eliminando o que há de impróprio ao organismo sadio. Mas as atitudes do homem, quando se processam longe do que se considera bom senso, justiça, verdade, beleza, etc., também nos provoca essa angústia física e emocional. Impressões também podem ser consideradas como alimento para uma mente saudável. E existem informações que nos causam verdadeiro constangimento, aversão, inquietude, um verdadeiro mal à nossa psiquê. Isso acontece quando percebemos que um acontecimento gerado pela razão humana está eivado de groteca visão e de escárnio. Somente o tempo se torna uma espécie de Sonrisal para que possamos continuar aprendendo com a vida.

léo guedes disse...

O comentário acima deveria ter saído em outro lugar. Devo ter clicado no lugar errado. O lugar correto é "Distribuindo Injustiças ou Premiando Criminosos".

Anônimo disse...

logo esse frouxo que não gosta do pessoal de saude,e ainda por cima é casado com um profissional de saude que entrou pela janela!!!

Anônimo disse...

como ele e o irmão dele entraram com ajuda do papai cel castro.

Anônimo disse...

Boa Tarde!
Se todas essas reividicações fossem realmente colocadas na prática, todos os GUERREIROS DO FOGO estariam felizes da vida.
Mas enquanto nada disso acontece.
"JUNTOS SOMOS FORTES"
E FORA CABRA!
Sd BM REVOLTADO COM O SISTEMA.