segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

As Noites Grávidas

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Pires

Em 1920, Lênin escreveu um ensaio em que atacava duramente determinados comunistas alemães pelo fato dos mesmos tentarem “separar uma certa elite revolucionária das massas de trabalhadores”. Chamou isso de “Doença Infantil” num ensaio cujo titulo original era “Esquerdismo, Doença Infantil do Comunismo”.

Nada disso tem relação com o que pretendo escrever aqui. Vou simplesmente me aproveitar da expressão que Lênin cunhou – a tal “doença” - para mandar um recado direto a determinados grupos nas redes sociais pois desencadeou-se nelas uma espécie de competição...de maratona..para ver quem é mais “antipetista” do que o outro. A mesma coisa aconteceu na China com os Guardas Vermelhos de Mao Tse Tung que, disputando atenção do Partido, mataram-se uns aos outros acusando-se de “revisionismo”.

Meu recado vai ser muito simples: querem atacar o PT e o seu maldito regime no Brasil? Estudem antes de escrever. Muita gente foi contrariada por esses desgraçados e agora está pegando carona nos grupos de filósofos ou historiadores, ou seja lá quem for, considerando-se a si mesmos como conservadores e antimarxistas de primeira linha. Parem de fingir! Parem de acusar quem estudou muito mais do vocês de estar fazendo “mimimi” (expressão que, confesso, não tenho a mínima ideia do que signifique). 

Respeitem e admirem, mas por favor, não aceitem seguir líderes messiânicos,sejam eles professores de filosofia no exterior, cantores de rock, ex-delegados de polícia ou mesmo médicos perseguidos pelo PT em Porto Alegre! Mais de uma vez já foi dito que, combatendo monstros, você corre o risco de se tornar um deles! Prolifera na internet uma legião de doidos. Existe gente escrevendo inclusive que “minha honra chama-se lealdade” sem ter a mínima ideia que o original disso vem do alemão: "Meine Ehre heißt Treue" e que esse era o lema das SS de Hitler!

Tudo que está sendo escrito na internet hoje em oposição ao PT, principalmente nas redes sociais, só pode ter um (somente UM) efeito prático a curto prazo. Gerar liberdade de pensamento! Durante décadas o PT destruiu todo pensamento brasileiro, aparelhou a Universidade e adestrou a juventude para que fizesse exatamente o que ele, PT, quer. Não vai haver, eu repito, mudança a curto prazo, mas se houver ela não tem nenhum líder messiânico ou partido. Não se sabe o que vai acontecer no Brasil em 2014. Essa é a única verdade. Todo resto não passa de puro charlatanismo vindo do PT ou de quem agora começa a pensar em construir oposição política séria a esses bandidos.

O movimento revolucionário em andamento é completamente imprevisível. Não adianta fazer especulação tentando entender o que executam aqueles que são governo e oposição ao mesmo. Nesse sentido, tudo que se estudou, tudo que se conhece de história política aqui (no Brasil) não tem valor algum. Os exemplos vão precisar ser buscados no estrangeiro – tarefa de Hércules para um povo que não conhece sequer o seu próprio passado. Mencionar as revoluções russa, chinesa e cubana para um brasileiro comum é mais ou menos como explicar a Teoria da Relatividade para um cachorro.

As noites estão grávidas e ninguém conhece o dia que vai nascer” - Conformem-se com isso!


Milton Simon Pires é Médico.

3 comentários:

Anônimo disse...

Dr. Pieres, sim, talvez, buscando fontes estrangeiras para entender o que realmente acontece conosco seja boa indicação.
Por ex., em
http://realcurrencies.wordpress.com/2014/02/10/how-ignoring-usury-makes-us-all-look-like-fools/

Esse blogueiro segue a linha "bitcoin", mas situado na Holanda.

Sua linha de raciocínio aponta a usura como a fonte de todo mal que individual e coletivamente sofremos, pois além dos impostos para sustentar o bem-estar social propiciado pelo Estado, soma-se os juros bancários da dívida contraída pelo próprio Estado para minimamente cumprir promessas eleitoreiras, isto é, impostos mais juros nos preços de todos os produtos e serviços tornam a prosperidade matematicamente impossível.

Anônimo disse...

Brasil, colônia de banqueiros.
de Gustavo Barroso.

(disponível na internet para download)

É o que sempre fomos, somos, e seremos.
Não há solução possível nessa condição.

Anônimo disse...

Todo ser que faz uso da razão, e procura por fatos das mais variadas fontes, confronta as teorias com a realidade, irá ver que existe uma mão oculta nos dois lados da política e economia, que por fim irá ver que os protocolos são a pura verdade.