domingo, 21 de junho de 2015

Confissão ou Testamento do Lula


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Lobistas de Brasília fazem a previsão do fim do mundo: o juiz Sérgio Moro não vai chamar Lula para prestar depoimento. Vai mandar prendê-lo. Neste caso, ou tem confissão de verdade, ou o testamento político de Lula vai acabar no lixo da História. Lula ainda poderá escolher. A não ser que prefira dar uma de Getúlio Vargas... Mas isto é improvável, pois depende de muita honra e coragem...

Morto politicamente Lula já está... Financeiramente, mais vivo que nunca... O problema é que dinheiro e diamantes africanos não resolvem tudo na hora do verdadeiro juízo final - que não é o do judiciário do Brasil da impunidade ampla, geral e irrestrita. O acerto de contas de Lula pode ser impagável. A tendência é que ele somatize o momento crítico, com alto risco para a saúde - que a marketagem afirma estar maravilhosa e perfeita para disputar a sucessão de 2018... Até lá, pau na Dilma!

Véspera de desgraça, para um sujeito hiper-muito-informadíssimo como Luiz Inácio Lula da Silva, parece ser um momento premonitório. Quinta-feira passada, com a voz mais rouca que nunca, como sequela do câncer de laringe que milagrosamente curou, o mito Lula cometeu uma confissão ou proferiu seu testamento em uma histórica reunião com uns 30 dirigentes de entidades religiosas. Deus que os perdoe... E nos livre e guarde...

Lá perto de onde um dia Dom Pedro I deu o famoso grito do Ipiranga, as paredes do auditório do Instituto Lula ouviram Lula cometer um verdadeiro sincericídio político em 50 minutos de conversa. Ou, então, já sabendo que a coisa ficaria preta para os amigos empreiteiros, Lula aproveitou para dar mandar um recadinho. O tom negativo do discurso ficou mais para funeral que para renascimento político. O papo de Lula vazou para O Globo. Ou foi vazado de propósito?


Foram apóstolos das confissões de Lula: seu fiel Gilberto Carvalho, o bispo dom Pedro Luiz Stringhini, o padre Julio Lancelotti, e tantos outros dirigentes de pastorais católicas e um pastor evangélico. Abram-se aspas para $talinácio, em ritmo de velório e detonação da companheira Dilma Rousseff (agora com 10% apenas de aprovação e 65% de reprovação, segundo o Datafolha). Lula também a reprova:

"Dilma está no volume morto, o PT está abaixo do volume morto, e eu estou no volume morto. Todos estão numa situação muito ruim. E olha que o PT ainda é o melhor partido. Estamos perdendo para nós mesmos".

"O momento não está bom; o momento é difícil. Acabamos de fazer uma pesquisa em Santo André e São Bernardo, e a nossa rejeição chega a 75%. Entreguei a pesquisa para Dilma, em que nós só temos 7% de bom e ótimo".

"Aquele gabinete (presidencial) é uma desgraça. Não entra ninguém para dar notícia boa. Os caras só entram para pedir alguma coisa. E como a maioria que vai lá é gente grã-fina... Só entrou hanseniano porque eu tava no governo, só entrou catador de papel porque eu tava no governo. Essa coisa se perdeu".

“Isso não é para você desanimar, não. Isso é para você saber que a gente tem de mudar, que a gente pode se recuperar. E entre o PT, entre eu e você, quem tem mais capacidade de se recuperar é o governo, porque tem iniciativa, tem recurso, tem uma máquina poderosa para poder falar, executar, inaugurar”.

"Os ministros têm de falar. Parece um governo de mudos. Os ministros que viajam são os que não são do PT. Kassab já visitou 23 estados, não sei quem já visitou 40 estados. Aí não dá. Kassab já tá criando outro partido e a gente não tá defendendo nem o da gente!"

"O governo parece um governo de mudos... Falar é uma arma sagrada. Estamos há seis meses discutindo ajuste. Ajuste não é programa de governo. Em vez de falar de ajuste... Depois de ajuste vem o quê? É preciso fazer as pessoas acreditarem que o que vem pela frente é muito bom. Agora parece que acabou o (assunto) do ajuste”.

"Gilberto sabe do sacrifício que é a gente pedir para a companheira Dilma viajar e falar. Porque na hora que a gente abraça, pega na mão, é outra coisa. Política é isso, o olhar no olho, o passar a mão na cabeça, o beijo".

"Nós tivemos as eleições no dia 26 de outubro. De lá pra cá, Gilberto, nós temos que dizer para vocês, porque vocês são companheiros, depois de nossa vitória, qual é a noticia boa que nós demos para este país? Essa pergunta eu fiz para a companheira Dilma no dia 16 de março, na casa dela".

"Eu fiz essa pergunta para Dilma. Companheira, você lembra qual foi a última notícia boa que demos ao Brasil? E ela não lembrava. Como nenhum ministro lembrava. Como eu tinha estado com seis senadores, e eles não lembravam. Como eu tinha estado com 16 deputados federais, e eles não lembravam. Como eu estive com a CUT, e ninguém lembrava".

"Primeiro: inflação. Segundo: aumento da conta de água, que dobrou. Terceiro: aumento da conta de luz, que para algumas pessoas triplicou. Quarto: aumento da gasolina, do diesel, aumento do dólar, aumento das denúncias de corrupção da Lava-Jato, aquela confusão desgraçada que nós fizemos com o Fies (Financiamento Estudantil), que era uma coisa tranquila e que foram mexer e virou uma desgraceira que não tem precedente. E o anúncio do que ia mexer na pensão, na aposentadoria dos trabalhadores".

"Tem uma frase da companheira Dilma que é sagrada: Eu não mexo no direito dos trabalhadores nem que a vaca tussa”. E mexeu. Tem outra frase, Gilberto, que é marcante, que é a frase que diz o seguinte: Eu não vou fazer ajuste, ajuste é coisa de tucano. E fez. E os tucanos sabiamente colocaram Dilma falando isso (no programa de TV do partido) e dizendo que ela mente. Era uma coisa muito forte. E fiquei muito preocupado".

"Não acredito que tenha havido mensalão. Não acredito. Pode ter havido qualquer outra coisa, mas eu duvido que tenha havido compra de voto — disse ele, mencionando que o ex-deputado Luizinho, do PT de Santo André, não poderia ter voto comprado no mensalão porque era, na época do escândalo, em 2005, líder do governo".

"Nós começamos a quebrar a cara ao tratar do mensalão juridicamente. Então, cada um contratou um advogado. Advogado muito sabido, esperto, famoso, desfilando por aí, falando que a gente ia ganhar na Justiça. E a imprensa condenando. Todo dia tinha uma sentença. Quando chegou o dia do julgamento, o pessoal já estava condenado".

"Jamais vi o ódio que está na sociedade. Família brigando dentro de família, companheiro do PT que não pode entrar em restaurante".


Fecha aspas... Parece que a comilança está acabando... Tudo verdade, $talinácio... O líder do DEM, senador José Agripino Maia, interpretou o discurso de Lula aos religiosos com pura e mortal ironia: "A fala dele, com a respeitabilidade que ele tem no PT, significa a decretação da falência do partido e do governo. É um atestado de óbito. Ele mesmo disse que a Dilma não recebe ninguém, não recebe os pobres. Ele qualificou Dilma como elitista, que se aproveita do poder. Na hora em que diz isso, reconhece a falência do projeto do PT e das principais figuras do partido que estão no governo".

Por tudo isso que esbravejou Lula em seu confessionário ou testemunho de despedida, sendo devidamente sacaneado pela "oposição", é preciso perguntar, novamente, sem a menor maldade: Como o Instituto Lula vai conseguir custear sua despesa média mensal elevadíssima sem a ajuda dos grandes doadores - agora presos e cada vez mais enrolados nos processos da Lava Jato?

Antes de ser preso, Marcelo Odebrecht teria feito uma ligação e dito: "É pra resolver essa lambança ou não haverá República na segunda-feira"... Por isso, outra perguntinha, agora bem idiota: Será que o mundo acaba assim que o domingão encerrar? Erga Omnes!

Despacha, Moro!


Detalhe etílico

Empreiteiros deram a Lula o apelido de Brahma - que em hindu significa "Divindade" - e não por causa da marca fabricada pela Ambev.

Na verdade, a cerveja nacional preferida do chefão é a Kaiser.

Lula sempre exige Kaiser - e todo mundo estranha - nos frigobares dos hotéis ou dos eventos em que dá palestras...

E a cachaça predileta de Lula é a Samanaú, lá de Caicó, no Rio Grande do Norte - no que o companheiro $talinácio e eu concordamos em grau etílico...

Logo mais no Direito e Justiça em Foco


Domingo, às 22 horas, estaremos com o desembargador Laércio Laurelli, em seu programa Direito e Justiça em Foco, na Rede Gospel.

Hora e local do despacho


Mudança de nome

Do leitor Mário A. Dente, uma sugestão oportuna:

"Do jeito que a ocupante do Palácio da ALVORADA está conduzindo o Brasil, seria necessário, urgentemente, mudar o nome para Palácio do ANOITECER. A situação dos brasileiros está ficando preta".

Recado do neto do Figueiredo


Colabore com o Alerta Total

Neste momento em que estruturamos mudanças para melhor no Alerta Total, que coincide com uma brutal crise econômica, reforçamos os pedidos de ajuda financeira para a sobrevivência e avanço do projeto.

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente conosco poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 21 de Junho de 2015.

11 comentários:

Anônimo disse...

Nós chegamos a ponto que não tem volta ou DEUS esta do lado do povo ordeiro deste País, e o DIABO esta do lado dessa corja de políticos e empresários.
Quem vencerá esta disputa. Na minha opinião devemos deixar de acreditar em seres mitológicos, e sair as ruas, cade os movimentos que organizaram as passeatas, temos que voltar as Ruas, se for preciso para o País, é o nosso modo de vida que está sendo usurpado.
Quem deve continuar perdendo o emprego vc ou a Dilma, estamos em guerra, na guerra ou é o seu inimigo ou é vc quem morre.

LUZ para o povo ordeiro Brasileiro.
TREVAS para os desgraçados que estão destruindo o Brasil.

Chico

Anônimo disse...

O CARA QUE BEBE KAISER E CACHAÇA 51 NÃO PRECDISA SER CORRUPTO, POIS ISTO SE FAZ GANHANDO 3 CONTO POR MÊS AGORA PRECISAMOS FICAR DE OLHO EM QUEM OSTENTA FORTUNAS. ESTÁ NA HORA DA POLICIA FEDERAL JUNTO COM A RECEITA POR O CALDEIRÃO DE TODA A MAFIA SABOTADORA PARA FERVER... DILMA SOLTE OS CACHORRO PRA CIMA DA BODAIADA...SE GRITA PEGA LADRÃO NÃO FICA UM MEU IRMÃO...

ARS disse...

Trecho revelador dos relatos do Itamarati, liberados para revista Época, mostra quem é que manda ("preconiza", no jargão diplomático) nas negociatas internacionais do governo da organização criminosa:
"4.Tentei, estes dias, uma entrevista com a Sra. Moncada, mas encontrava-se doente. Não obstante, por ser quem e como é, bem como pelo endosso de sua colocação pela Odebrecht, daria crédito a sua sugestão - certamente feita com conhecimento e provavelmente com a aprovação do Presidente Zelaya - no sentido de que, para desbloquear as negociações e diluir os receios recíprocos entre as duas partes, seria muito eficaz uma atuação do Presidente Lula da Silva, amigo que é do Presidente eleito Funes [El Salvador] e admirado que é pelo Presidente Zelaya. Segundo a Sra. Moncada, o comparecimento de ambos mandatários - os Presidentes de Brasil e Honduras - às cerimonias da posse de Mauricio Funes, dia 01 de junho vindouro [2009], poderia constituir oportunidade das mais apropriadas para uma troca de idéias entre os tres Presidentes, possibilitando uma decisão de princípio, de alto nível, nos termos preconizados pela Odebrecht. [Emb. Brasileira em Tegucigalpa - Honduras]"
Em todo documento, o termo "Odebrecht" aparece 988 vezes, enquanto "Lula", ocorre apenas em 234 situações.

Anônimo disse...

Diga-se de passagem que a ala podre/vermelha na direção da CNBB sempre deu apoio aos comunistas - a bolivariana Reforma Política que foi recentemente para as cucuias - mesmo varias seitas protestantes famosas, como a IURD de "seu" Edir Macedo senão essas pestes comunistas nem teriam entrado no poder junto com a esquerdista TL do Boff, aliada do PT, a mesma que ajudou a eleger na Venezuela o "presidente" Chávez - foi suicidado - e hoje o podre Maduro, tal qual sucessor no trono real!
E a farra na Venezuela continua sem jeito de parar; aqui, a coisa anuviou para o asqueroso PT e, para se ter ideia disso, os graudões desse escroto partido estão confinados em seus bunkers, pois se aparecerem em público e reconhecidos, os xingatórios e as vaias soam sonoras!
E POR FALAR NA SAÍDA DA MARTA DO ASQUEROSO PT...
Será que Marta não é FHC de saia: sai do partido, mas o coração FICOU lá?
Todo político que vem do escroto PT não merece credibilidade alguma; antes foi oportunista e maquiavélico - crerá que doravante não será?
Duvido!
Comunista é do capeta mesmo e faz qualquer coisa pelo poder, não importando o quê!

Anônimo disse...

Esse cara mente tanto que mentiria até para o padre durante a confissão. Esses esquerdistas/comunistas brasileiros são farsantes. Pretenderam alavancar a economia utilizando o CONSUMO? Mas o consumo não é coisa de país capitalista? Com essas inteligencias governando, não há nenhum perigo de dar certo.

João Guilherme Maia disse...

Eu acho que o povo brasileiro do bem já chegou em seu limite de paciência com este governo corruPTo e comunista do PT. O povo tem que tomar uma atitude contundente como o povo em 1964 tomou quando os comunistas da época tentaram transformar o Brasil num país comunista como estes comunistas que pregando uma falsa Democracia, conseguiram enganar o povo e chegaram ao poder, estão tentando fazer a mesma coisa que é transformar o Brasil num país comunista. Só que eles não irão conseguir mais uma vez como não conseguiram em 1964, até porque o povo brasileiro de bem que é maioria no país, não permitirão que isso aconteça até porque o brasileiro ama a sua liberdade de expressão e o seu ir e vir e segundo que as nossas Forças Armadas não permitirão como não permitiram em 1964. Agora só tem um porem, dessa vez não vai ter mais asilo político e nem anistia, será cadeia pra cima deles e caso resistam será chumbo grosso pra eles!!

Martim Berto Fuchs disse...

Meu medo é de que esse analfabeto consiga alguém que redija uma Carta Testamento para ele. Aí, assim como Getúlio Vargas, teremosd que ouvir falar dele por muitos anos.
O 2º "pai dos pobres".

Anônimo disse...

JOÃO GUILHERME ESTE GOVERNO POR MAIS CORRUPTO QUE ESTEJA NUNCA VAI SE IGUALAR OS MERDAS QUE AQUI ESTIVERAM ANTES,E O SENHOR PRA FALAR UMA MERDA DESSA TEM QUE TER CIENCIA QUE O QUE DERRUBA UM DERRUBA O OUTRO E COM ESTA SUA CARA É FACIL DE VER QUE NÃO TEM PEITO DE AÇO...

Anônimo disse...

SENHOR SERRÃO COM TODO RESPEITO PEÇO QUE PUBLIQUE A RESPOSTA QUE FIZ AO TEXTO DO NETO DO FIGUEIREDO. POIS QUEM FALA O QUE QUER E´OBRIGADO A OUVIR O QUE NÃO QUER . OBRIGADO PELA MINHA LIBERDADE DE EXPRESSÃO.MESMO SENDO ANONIMA ,POIS É PARA FUGIR DOS ASSASSINOS DESSA MAFIA QUE O AVÔ DESTE MENTIROSO NOS DEIXOU...

Anônimo disse...

Vamos acabar de vez mesmo com os comunas e e seus simpatizantes!
Querem Guerra ? Ah! Vão ter ter , guerra sem quartel! Sem prisioneiro!
Vão ver de que lado o povão vai estar.
Lote de FDPs ,bundões! putas de Fidel!

Loumari disse...


O indivíduo oculto no anônimo de 8:43 PM
A sua muita força só está na sua boca.
Enquanto ele está a latir, os que ele insulta, estão realizando proeza sobre proeza. Nas calmas e numa façanha minuciosa já conquistaram tudo.
E amanhã este mesmo vai se aplacar humilhado a mendigar pão aos que ele está hoje a chamar de putas de Fidel.
Este tipo de coragem não tem nem um pingo.