quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Ministros do STF constataram que não existe jantar de graça com a Presidenta Dilma Rousseff?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Chega de gatunagem no Brasil! Deve se tornar viral em todo o País a imitação do miado de gatos, feita por moradores da cidade paranaense de Jacarezinho, em protesto contra vereadores que tentaram menosprezar uma campanha cívica para forçar o corte de salário dos políticos locais. Foi mais uma comprovação de que o maior medo dos políticos é a bronca direta, raivosa e radical, dos eleitores. Nada mais simbólico e encorajador para a grande manifestação de domingo, 16 de agosto.

A pressão popular forçou os parlamentares a cortarem em 30% os salários da próxima legislatura. Quem for eleito em 2016 em vez de R$ 6.200 vai receber R$ 4.340 - o que já é muito dinheiro. Os miados prometem insistir nos protestos para que o valor seja reduzido a um salário mínimo (hoje R$ 788). Enquanto o provento não baixa mais ainda, foi cancelada a decisão que aumentava de nove para 13 o número de vagas na Câmara Municipal de Jacarezinho. Miados idênticos ao de Jacarezinho precisam chegar, urgentemente, a Brasília.     

Tudo bem que ontem foi o famoso "Dia do Pendura" (o 11 de agosto que celebra o Dia do Advogado, e existe uma "tradição" histórica, nem sempre cumprida amigavelmente, de causídicos e estudantes de Direito não pagarem as contas da festa nos restaurantes que aceitam a brincadeira). Mas um jantar com a Dilma Rousseff, em um momento indigesto para o governo, definitivamente não tem preço. Por isso, alguns ministros do Supremo Tribunal Federal preferiram nem comer de graça e, muito menos, pagar para ver tal evento.

Novamente, os marketeiros de Dilma erraram na receita. Foi ingênua e irresponsável a tentativa de aproximar Dilma do órgão máximo do Judiciário, em um momento de gravíssimo impasse político-institucional. Ainda bem que alguns esclarecidos ministros ligaram seu "desconfiômetro" e recusaram o temerário convite para um convescote, em hora inoportuna, no Palácio da Alvorada. Não foram os ministros Celso de Mello, Teori Zavascki (relator dos inquéritos da turma com absurdo foro privilegiado da Lava Jato) e Marco Aurélio de Mello, que detonou:

"De início, eu sou contrário ao comparecimento do colegiado como um grande todo a certos eventos, e esse evento é um deles. A leitura que o cidadão faz não é boa e acaba desgastando indiretamente a instituição. Nós não ficamos submissos por aceitarmos o convite da presidente da República, mas aquele a quem nós devemos contas, que são os cidadãos, eles veem de outra forma, como se fosse algo em termos de cooptação. E isso não é bom, principalmente nessa época".

No jantar, ao qual compareceram apenas cinco dos 11 ministros, Dilma pregou o óbvio: a harmonia entre os poderes... Ricardo Lewandowski foi quem falou o que a Presidenta mais queria ouvir: "compromisso com a estabilidade institucional e com a preservação da legitimidade dos mandatos". Dilma teria ouvido tudo, aceitando com a cabeça. O vice Michel Temer, meio afastado dela, também. Do STF, jantaram Rosa Weber, Dias Toffoli, Luiz Roberto Barroso e o recém nomeado Luiz Edson Fachin.

Conclusão: embora apavorada, a turma do desgoverno continua não enxergando que os efeitos psicossociais do processo do Mensalão (que ficou impune) e da Lava Jato (que está punindo empresários graúdos, com chances de chegar aos políticos corruptos). É por isto que o atual regime nazicomunopetralha vai cair de podre, na hora certa...

Perigosa boia de salvação


Uma perguntinha idiota: Será que Dilma Rousseff tem condições de revelar, publicamente, o completo teor do acordo que fechou com o companheiro Renan Calheiros - que até outro dia parecia odiá-la?

Como a resposta é negativa, vale uma pista sobre as intenções de Dilma usar Renan como sua principal boia de salvação no afundamento do PTitanic.

Como Renan é responsável pela indicação direta de pelo menos três ministros que compõem o Tribunal de Contas da União, além de não ter as contas reprovadas pelas pedaladas fora da lei de responsabilidade, Dilma ainda pode ter a chance de conseguir adiar, para o final do ano, a perigosa avaliação de suas contas.

Moral da História: para não tomar no TCU, e tentar fugir do risco de tomar no Cunha, Dilma topa qualquer negócio...

Tomando no Cunha


Reportagem de O Globo explica, direitinho, em três frases, como ocorre a operação de toma-lá-dá-cá entre a chefia do governo e o comando do Senado, para tentar neutralizar a oposição aberta do timoneiro da Câmara:

"Após meses de artilharia contra o governo, que começou quando se tornou público que estava entre os investigados na Lava-Jato, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), passou agora a dar sinais de que pretende atuar como fiel da balança na governabilidade".

"A despeito da pressa do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) — também alvo da operação — em votar as contas de Dilma, Renan tem dito que o trâmite para a apreciação será mais demorado".

"A rejeição das contas do governo pelo TCU, se confirmada pelo Congresso, pode dar início a um processo por crime de responsabilidade contra a presidente".

Apenas convidado

Adivinha quem poderá ser a primeira pessoa ouvida na CPI do BNDES, no próximo dia 20 de agosto?

Ninguém menos que o Presidente do BNDES e conselheiro da Petrobras, Luciano Coutinho.

O problema é que, como foi convidado, e não convocado, Coutinho poderá alegar que tem outro compromisso na agenda, e não comparecer ao circo de horrores.

A mesma CPI também ameaça convidar ou convocar Luiz Inácio Lula da Silva para falar do belo trabalho de articulação empresarial internacional...

Bomba

A comissão de inquérito pretende investigar os financiamentos concedidos pelo BNDES, entre 2003 e 2015, a empresas investigadas pela Operação Lava Jato e a países africanos e latino-americanos.

A criação da CPI foi autorizada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, exatamente no mesmo dia em que ele anunciou seu rompimento oficial com o governo Dilma.

Essa CPI teria tudo para colaborar para o fim antecipado do governo, não fosse o costume das CPIs importantes do Congresso não acabarem em Pizza...

Modo de usar


Do economista liberal Rodrigo Constantino, comentando o novo livro do economista Fábio Gambiagi (Capitalismo - Modo de Usar, Editora Campus/Elsevier), uma visão otimista e necessária da estratégia de quem não aguenta mais aquela estrutura estatal baseada no laço entre Estado, grandes empresas e sindicatos - que antigamente se chamava de Fascismo, mas que hoje é idolatrado como solução pela esquerda:

"Para progredir, finalmente, o Brasil precisa, de uma vez por todas, se assumir como uma economia capitalista. O papel do Governo será fundamental para liderar uma agenda de reformas. Estas requerem cinco condições: a) um bom diagnóstico; b) convicções firmes; c) energia para implementar a agenda; d) uma enorme capacidade de persuasão; e, finalmente, e) um grande poder de articulação. Se estes requisitos forem cumpridos, o país vai dar um salto".

Brincadeira fora de hora


Eduardo Cunha não se fez de rogado porque Renan Calheiros reclamou que priorizar a votação das contas da Dilma significaria colocar fogo no Brasil:

"Não me considero incendiário e nem acho que ninguém tenha que ser bombeiro. Tem coisas que são atribuições de uma Casa, coisas de outras e coisas que são das duas. Não encaro como agressão. Acho absolutamente normal ter propostas, ideias, podemos concordar ou não. Agora, não adianta só aprovar lá. Ou há um mínimo de entendimento porque vivemos em um sistema bicameral ou então estão jogando para a plateia. Vão vir com uma série de medidas que todos sabem que jamais vão ser praticadas. É preciso que se coloque um pouco de responsabilidade no processo e saiba que o sistema é bicameral. Vivemos, pela Constituição, num sistema bicameral e não unicameral e obviamente as duas Casas têm que aprovar. Não dá para achar que só o Senado funciona ou só a Câmara e nem achar que tramitou no Senado, acabou, não existe Câmara".

O 13 do Bem

Alexandre Ferreira, da Rádio Globo, será o grande homenageado pela Confraria do Garoto em sua próxima data magna neste mês do desgosto.

Nesta quinta-feira, dia 13, às 13 horas e 13 minutos, no Espaço da Confraria, na Avenida 13 de Maio, em frente ao número 13, no Centro do Rio de Janeiro, ele será reverenciado pelo presidente Nelson Couto, o Xerife.

Na festa, o de sempre: muita mulher bonita, banda nota 10 e muita arruda para dar sorte ao evento e ao homenageado.

Alto preço da traição


Colabore com o Alerta Total

Neste momento em que estruturamos mudanças para melhor no Alerta Total, que coincide com uma brutal crise econômica, reforçamos os pedidos de ajuda financeira para a sobrevivência e avanço do projeto.

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente conosco poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 12 de Agosto de 2015.

15 comentários:

Anônimo disse...

Serrão, e a chamada "CPI dos Fundos de Pensão", vai ou não vai??? Ou será que é só para "Boi" dormir??? Fala alguma coisa sobre ela, estamos aguardando!

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Novamente cidadãos deparam com pronunciamentos de membros do judiciário, no caso STF, no sentido de que se preocupam muito é com a opinião pública, a leitura que fazemos do comportamento delles, e não com a moral e Ética, com Leis, conforme reproduzo do Alerta Total...

"De início, eu sou contrário ao comparecimento do colegiado como um grande todo a certos eventos, e esse evento é um deles. A leitura que o cidadão faz não é boa e acaba desgastando indiretamente a instituição. Nós não ficamos submissos por aceitarmos o convite da presidente da República, mas aquele a quem nós devemos contas, que são os cidadãos, eles veem de outra forma, como se fosse algo em termos de cooptação. E isso não é bom, principalmente nessa época".

Ainda cabe ressaltar o comportamento do balcão de negócios que o Senado é, coisa fartamente comprovada pelos comportamentos de senadores, agora especialmente Renan Calheiros no "toma lá, da cá" que estabeleceu com Dillma Vana Roussef; a mim, o Senado aparece como um prostíbulo (peço perdão às cafetinas e cafetões, inclusive as senhoras putas, pela comparação, pois certamente em puteiros existe maior moral e Ética).

Alguém ainda acha que por vias políticas, será resolvida a situação, gravíssima, do Brasil e brasileiros?

Anônimo disse...

Um erro não justifica outro. Que porra é esta que acontece neste pais? Se a chuva cai me atrapalha, se fica sem chove me atrapalha, se o dólar cai me atrapalha, se o dólar sobe me atrapalha, se vende demais o preço sobe se vende de menos o preço sobe, calma ai é estranho muito estranho, antes do PT era assim também, acho que foi nesse blog que acabei de ler que para endireitar o brasil, vamos ter que esquecer os partidos. ENTÃO VAMOS LÁ OS RATOS JÁ HÁ MUITO TEMPO NÃO ESTÃO SÓ NO PORÃO, ELES ESTÃO PELOS QUATRO CANTOS. QUEM REGULAMENTARIZA OS PREÇOS DOS PEDAGIOS? E PORQUE ESTÃO COM ESTE ABUSO E NINGUÉM FAZ NADA PARA CONTER ESSES ABUSOS? ALGUÉM ESTA LEVANDO UM POR FORA... POR QUE TEM CAMBISTA DO JOGO DO BICHO POR TODO O CANTO,PONTOS DE VENDA DE DROGA, LOJAS DE CONTRABANDO,ESTÃO DE PROPÓSITO SECANDO AS REPESAS,AUTORIDADES NA CONHECIDA OPERAÇÃO TERTARUGA,AGORA O CONGRESSO SÓ APROVANDO MERDAS PARA ACABAR DE QUEBRAR TUDO, ESTOU CIENTE QUE O PT É MERDA, AGORA TEMOS QUE CAÇA OS LOBOS EM PELE DE CORDEIRO...

Anônimo disse...

Primeiro veio Roberto Carlos
Depois Erasmo Carlos
Por fim Lula Carlo:

Mesmo que o culpado seu eu
quem vai preso é o Zé Dirceu
Mesmo que o culpado seja eu
quem vai preso é o Zé Dirceu

É antigamente a Jovem Guarda prendia todos esses picaretas
e Velha guarda vai prender?


Chico Trevas

Anônimo disse...

cara, suas ilustrações são demais!

Anônimo disse...

Teatro de Vampiros:

Vamos lá:

Fernando Collor de Mello
Celso de Mello
Marco Aurélio de Mello
Teori Xavasca

O próximo presidente ou Ministro do STJ será:

Temelo Rego Homem de bem

Nois sofre mais noís goza, eles goza sem sofrer.


Chico Trevas

Anônimo disse...

Também seria salutar para o progresso do País, a instalação de uma CPI para investigar essa máfia de blogueiros MAÇONS que recebem muito dinheiro como "DOAÇÕES" FINANCEIRAS e não prestam contas à sociedade brasileira, tudo camuflado num autêntico golpe criminoso de LAVAGEM DE DINHEIRO. Vamos lá Polícia Federal, já passou da hora de botar as mãos nesses VAGABUNDOS MARGINAIS.

ARS disse...

Quem paga são os otários que pagam impostos.

Anônimo disse...

A TIADILMINHA que preste atenção no Eduardo Cunha(O CUNHÃO),pois ele não está pra brincadeira,depois do caldo derramado, ela vai ter segurar o CUNHÃO pra evitar o tal processo do Impeachment.
Lá vem de novo os "LÃO" depois do mensalão,petrolão e outros "lão" da vida vem mais o BNDES-LÃO agora a cobra vai fumar.

O SOMBRA disse...

CARO JORNALISTA SERRÃO
AS REUNIÕES DE NADA ADIANTARÃO AO GOVERNO FEDERAL PARA APLACAR O DESCRÉDITO QUE ESTE GOVERNO CAUSOU AO POVO INOCENTE ÚTIL NESTES 13 ANOS DE DESGOVERNO DO PT. ESTÃO APELANDO PRA TUDO, VEJAM:

Alexandre Garcia da rede Globo disse no Bom Dia Brasil O APELO DO MINISTRO DA JUSTIÇA
PAREM DE VALORIZAR O BANDIDO
O EXEMPLO VEM DE CIMA

O Governo brasileiro desde 2003, no primeiro Governo do PT e do Presidente LULA, ARQUITETOU e colocou em execução O MONUMENTAL E FANTÁSTICO PLANO DO PT, para Governar o Brasil por vários anos, implantando o socialismo comunista a qualquer custo.

A ERA DA SEDE DE PODER EM ANDAMENTO

Não é O POVO INOCENTE ÚTIL que esta VALORIZANDO O BANDIDO é o GOVERNO com as interferências e tentativas de obstrução nas investigações da OPERAÇÃO LAVA-JATO.

Com a ASCENSÃO do SR. LULA e do PT ao Governo e o aparelhamento da ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, nos Governos FEDERAL, ESTADUAIS E MUNICIPAIS, por políticos corruptos em todas as esferas ADMINISTRATIVAS PÚBLICAS e na maior empresa estatal brasileira a PETROBRAS.

Conseguiram a maior MÁQUINA de sacar dinheiro da PETROBRAS, já vista num País democrático, colocando pessoas certas nos lugares certos e começaram a esvaziar os cofres dela para abastecer o caixa dos partidos PT e seus coligados, para as campanhas eleitorais de 2006, 2010, 2014, com êxito.

Para dar consistência e permanência a este GOVERNO CORRUPTO E SEDENTO DE PODER, com uso do DINHEIRO DA PETROBRAS, compraram SENADORES E DEPUTADOS, no CONGRESSO NACIONAL, desencadeando vários ESCÂNDALOS, tais como :

ESCÂNDALOS DOS CORREIOS - que originou a descoberta do MENSALÃO( compra de PARLAMENTARES NO CONGRESSO NACIONAL), com a delação do DEPUTADO ROBERTO JEFFERSON do PTB, partido coligado.

Estes escândalos foram abafados e empurrados com a barriga com as demissões no GOVERNO DO SR. LULA, de seus maiores amigos (MENTORES E ARQUITETOS DO PLANO) e futuros substitutos do SR.LULA na PRESIDÊNCIA.

Os Ministros da Casa Civil JOSE DIRCEU e Ministro da Fazenda ANTÔNIO PALOCCI.

ESCÂNDALOS esses que atravessaram 8 longos anos sem solução nos GOVERNOS do SR. LULA e transpirou para o primeiro GOVERNO DA PRESIDENTE DILMA, onde ocorreu o desfecho final da condenação dos RÉUS DO MENSALÃO.

Ainda no primeiro GOVERNO DA PRESIDENTE DILMA, surgiu a investigação sobre OPERAÇÃO LAVA-JATO, que apura ROUBO, DESVIO E LAVAGEM DE DINHEIRO da PETROBRAS.

Hoje, nós sabemos que esta OPERAÇÃO LAVA-JATO, começou em 2003, com a EXECUÇÃO no inicio do GOVERNO LULA do MONUMENTAL E FANTÁSTICO PLANO, que montou um esquema de corrupção, jamais visto em uma EMPRESA ESTATAL.

O MINISTÉRIO PUBLICO FEDERAL, A POLICIA FEDERAL E O JUIZ SERGIO MORO, fazendo valer as suas atribuições contidas nos seus ESTATUTOS e nas LEIS deste PAÍS, estão enfrentando uma verdadeira GUERRA, desencadeada pelo GOVERNO FEDERAL, para obstar esta investigação em que estão envolvidos vários políticos corruptos, DONOS DE EMPREITEIRAS E OUTROS, que se locupletaram, com DINHEIRO DA PETROBRAS por muitos anos e agora estão prestes a responder por estes crimes contra o POVO INOCENTE ÚTIL.

Após esta exposição do SOMBRA, o POVO INOCENTE ÚTIL, conclui que o COMENTARISTA E JORNALISTA ALEXANDRE GARCIA , disse que o MINISTRO DA JUSTIÇA, falou para o POVO que PAREM DE VALORIZAR O BANDIDO.

O POVO INOCENTE ÚTIL responde ao MINISTRO DA JUSTIÇA que o exemplo vem de cima e o GOVERNO FEDERAL é quem esta VALORIZANDO O BANDIDO quando tenta de todas as maneiras inviabilizar e atrapalhar as investigações desenvolvidas na OPERAÇÃO LAVA-JATO, com medo que estas cheguem ao chefe do CRIME ORGANIZADO NO BRASIL o SR. LULA E PT, partido ao qual é FILIADO.
CONTINUA;

O SOMBRA disse...

CONTINUAÇÃO;
Hoje, no CAFÉ da manhã em BRASILIA, (por solicitação do SR. LULA), A PRESIDENTE DILMA vai reunir-se com o EX-PRESIDENTE LULA, o VICE-PRESIDENTE MICHEL TEMER e mais 5 MINISTROS, para discutir como resolver o problema criado por ele com A EXECUÇÃO DO MONUMENTAL E FANTÁSTICO PLANO DO PT, para GOVERNAR ESTE PAÍS POR VÁRIOS ANOS.

O PLANO está sendo desmascarado com a OPERAÇÃO LAVA-JATO e ele (SR. LULA) tem medo de ir para o BANCO DOS RÉUS, como O CHEFE DO CRIME ORGANIZADO no BRASIL.

Não há mais solução para este GOVERNO, senão a INTERVENÇÃO FEDERAL, com aplicação do ART. 142 da CONSTITUIÇÃO FEDERAL de 1988.

BRASIL ACIMA DE TUDO

Anônimo disse...

Partido-PT das falsas propagandas; só conversa fiada!
Porque a falsaria Dilma não corta ministérios para diminuírem os gastos?
Facil: senão os parasitas do Partido dos PiraTas se revoltarão contra ela e aí eles mesmos colaboram para que seja impichada!
Viu Dilma(João Santana) ontem prometendo baixar a luz e altos investimentos na energia?
Desde que entrou estão estancados - só promessas para dia de São Nunca, mais à tarde!
Tudo que temos de energético devidamente acabado foi feito pelo Regime Militar; o Partido das Trevas fez isso apenas noutros países comunistas, como Cuba, Equador, Venezuela etc.!
O Brasil está do lado de fora, não aqui dentro, para esses vampiros anti patriotas e paranoicos do PT!

Anônimo disse...

Convocação criativa para a manifestação de 16 Agosto.
Não deixe de ver e divulgar




http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/2015/08/11/video-manifestantes-dancam-fora-dilma-em-fortaleza/

marcelo victor disse...

A questao do salario dos nossos legisladores é mais um capitulo da novela (ou comedia), chamada: "A FARRA COM DINHEIRO PUBLICO".
Nao existe coerencia nenhuma em dar direito a alguem decidir quanto quer ganhar, enquanto os demais precisam fazer politica e estabelecer conchavos para terem seus salarios aumentados.
Isso que ocorre nesta naçao è um absurdo e jà passou da hora de ser riscado da historia desta pobre naçao, formada, na grande maioria, por pessoas miseraveis e de baixa renda, que lutam pra sobreviver e pra sustentar uma casta de privilegiados.
Uma boa saida pra acabar com essa imoralidade seria adotar, como base para o salario de todo o funcionalismo publico, o salario minimo, fixando quantidades de salarios minimos para cada cargo.
Ou seja, se tomassemos como base a carreira militar, por exemplo, poderiamos fixar 15 salarios minimos para o salario do posto mais alto das Forças Armadas, o General de Quatro Estrelas; o posto subsequente, o General de Tres Estrelas, ganharia 14 salarios minimos e assim sucessivamente até chegar no soldado, que receberia um salario minimo.
Assim sendo, os cargos de Presidente do Executivo, Legislattivo e Judiciario ganhariam 15 salarios minimos. Os cargos imediatamente abaixo desses, receberiam 14 salarios minimos e assim sucessivamente, até o cargo menos remunerado.
Dessa forma, se os parlamentares, por ventura, sentissem que seus salarios estivessem defasados, ou corroidos pela inflaçao, e quisessem aumenta-los, teriam que aumentar o salario minimo, favorecendo, entao, todos os funcionarios publicos.
Se queremos viver numa democracia (como dizem os proprios legisladores que vivemos), nao podemos mais admitir a existenia de castas privilegiadas, as quais ao inves de dar exemplo ficam sò no blà-blà-blà.
Suas condutas morais baseiam-se na maxima antidemocratica: "faça o que eu digo, mas nao faça o que eu faço".
ACORDA BRASIL!!!

Anônimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=HccI7gJE41c



Veja povo brasileiro precisamos sair das trevas comunista


Chico Luz