terça-feira, 15 de setembro de 2015

A mais-valia-corrupta do PT


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Sérgio Alves de Oliveira

A exemplo de todos os modelos políticos, sociais e econômicos  já concebidos no mundo através dos séculos,e aplicados no Brasil, também o SOCIALISMO iniciou e prossegue  a sua marcha  na direção  do fracasso e do agravamento da  desgraça do povo, caso ultimado nos limites das propostas  em curso, ditadas a partir do Foro San Pablo.

Os precedentes de modelos que não deram certo  no Brasil são inúmeros.  Dentre os principais, podemos citar o próprio CAPITALISMO, que  falhou  porque com ele o Brasil nunca conseguiu  atingir  um nível de desenvolvimento razoável que  atendesse as necessidades básicas da  população. E apesar das enormes potencialidades humanas e naturais  disponíveis,o  resultado que obtiveram foi uma das pirâmides sociais mais injustas do mundo, com diferenças da remuneração entre o capital e o trabalho, e internamente dentro do próprio trabalho, indo a extremos inimagináveis.

Esse disparate aconteceu  tanto na comparação  dos ganhos  entre os patrões e  os seus empregados, como  entre os próprios trabalhadores. No Serviço Público ,de modo especial , as distorções remuneratórias entre os trabalhadores  se agravam sobejamente. Existe uma “elite” muito bem remunerada ,concorrendo com uma multidão cujos salários  nem mesmo atendem  as necessidades primárias da vida.

O problema não está restrito às relações entre o CAPITAL e o TRABALHO, como alguns imaginam e dizem. Está também dentro da própria força do trabalho. São poucos ganhando muito, e muitos ganhando pouco. Mas nunca ouvi no discurso das “esquerdas”que andam por aí qualquer combate a essa anomalia social. Até “suspeito” que a causa desse silêncio esteja no fato de que seriam justamente “eles”, os esquerdistas, que estariam ocupando os cargos melhor remunerados no Serviço Público, por livre nomeação dos  seus “padrinhos”políticos.

O grande problema,no discurso desses farsantes, continuaria residindo   exclusivamente no  conflito de interesses entre o capital e o trabalho. Todavia esse discurso passou a ser falso. Na área pública o problema aumenta bastante em relação à iniciativa privada.

Por seu turno a DEMOCRACIA “tupiniquim”,a exemplo do CAPITALISMO, igualmente nunca funcionou como deveria. O Brasil pratica uma democracia meramente formal ,só porque ela está escrita nas leis  que regem o país. Na prática, no funcionamento, nos costumes, na dinâmica,o que temos não é a democracia, porém a  sua  contrária, a OCLOCRACIA,que se resume numa  pretensa democracia, porém deturpada, corrompida, praticada pela maioria do povo ignorante ,ingênuo, ou que se vende por um mísero prato de comida,quase sempre em benefício de políticos inescrupulosos, exploradores do povo, que fazem  da atividade pública uma profissão e um balcão para seus negócios, muitos dos quais ilícitos.

Isso que impropriamente chamam de “democracia”, onde se escolhe os dirigentes do país, não passa de uma rotina legal, escrita pelos  que têm interessa nela, onde as pessoas são obrigadas a votar, mas não têm nenhum direito de participar da escolha dos candidatos, privilégio restrito a pequenos grupos  que se apropriam dos partidos políticos. Esse direito/obrigação de votar, poderia  ser equiparado ao “direito” de escolher a  forma  preferida para  morrer, numa hipotética condenação e execução criminal:  se enforcado,  eletrocutado ou decapitado na guilhotina! Aí está a principal explicação para o  “lixo” que sai das urnas para comandar  o  país.

Essas distorções na política tiveram força para fazer com  que o país    andasse  mais para trás do que para a frente, aos  “trancos e barrancos”, desde a sua independência, e já antes ,como Colônia de Portugal, passando pelos períodos da Monarquia e da República, até hoje, num processo crescente de decadência ,principalmente de ordem moral, que chegou a níveis insuportáveis.

Pode-se até afirmar ,sem medo de erro, que as atividades onde o Poder Público  mais investiu de bom tempo para cá foram  nos sistemas ELEITORAL e  TRIBUTÁRIO, únicas atividades  que têm boa organização formal - apesar de desprovidas de grandes méritos de conteúdo - dignas de  Primeiro Mundo. Toda a estrutura governamental e recursos públicos ilimitados são canalizados para essas áreas, que na verdade são as únicas que interessam à podridão política  e administrativa reinante.

Ora, é compreensível que o Sistema Eleitoral tenha que funcionar bem para dar a falsa impressão de legitimidade aos vencedores apontados pelas  urnas,com todas as pompas e solenidades da Justiça Eleitoral,ao passo que a  arrecadação exorbitante de impostos e outros tributos tem só a função de encher os cofres públicos para que nunca falte dinheiro  para ser roubado. Se a EDUCAÇÃO e a SAÚDE recebessem metade do que é gasto para aparelhar o “terrorismo  tributário” e as  eleições (algumas até fraudulentas), certamente essas importantes atividades não estariam no caos em que sempre viveram.

Não bastasse o fracasso do Brasil, em toda a sua história, na contramão das enormes potencialidades  que o país  têm, para alavancar o seu desenvolvimento, devido, principalmente, à má gestão da coisa pública, a partir de 2003, com o início dos Governos do PT, foi reativada  a proposta para implantação do  SOCIALISMO - cuja trajetória havia sido interrompida  antes, com a Contrarrevolução de 64 - a partir das diretrizes do Foro de São Paulo, fundado por Fidel Castro e Lula da Silva.                                                                                                            

Aí está o nascedouro de mais um grande problema que o Brasil  eventualmente terá que  enfrentar. A exemplo do que já aconteceu antes ,com os fracassos da DEMOCRACIA e do CAPITALISMO, também esse anunciado  “SOCIALISMO”, se adotado, tende a ser uma catástrofe  de consequências imprevisíveis, não fosse por outras razões, até pela baixa envergadura moral das suas lideranças implantadoras.

Contudo há, sem dúvida,um certo exagero nas “condenações” precipitadas que são  feitas ao socialismo, como regime político socioeconômico, que não pode ser confundido com a sua versão degenerada brasileira,ante a  perspectiva de sua implantação por aqui. O socialismo também têm alguns aspectos positivos,desde a sua origem, no Iluminismo do Século XVlll, passando por Karl Marx, no Século XIX, e depois  com vários seguidores  da doutrina comunista que  contribuíram com algumas adaptações.

Mas o “ódio” irracional recíproco que os defensores do socialismo e do capitalismo trocam  entre si não permite que um e  outro enxergue na doutrina “concorrente” qualquer mérito. Essa postura não é verdadeira e nada inteligente. Ambos os modelos tem méritos e deméritos. Mas chegará o dia em que as inteligências abandonarão  as suas “raivas” recíprocas cultivadas durante dois  séculos, e desses dois modelos poderá surgir um terceiro, talvez até  fruto da combinação do socialismo e  do capitalismo. Seria o SOCIAL-CAPITALISMO?

O italiano ANTONIO GRAMSCI (1891-1937), fundador do Partido Comunista Italiano,foi um dos pensadores  que deram modelagem especial ao socialismo. Ninguém como ele tinha conseguido  fazer com que o socialismo desse abrigo ao que havia de pior no arsenal humano de uma determinada sociedade. Foi ele quem inventou a DISSIMULAÇÃO como estratégia para implantação do socialismo.

Gramsci defendia  que deveria se chegar  ao comunismo  de Marx sem que a sociedade participasse e  tivesse consciência que estava sendo conduzida nessa direção. As primeiras providências deveriam ser com as crianças nos colégios, através da ideologização (que o Governo local agora batizou com o nome de “Pátria Educadora”), caminhando ao lado do APARELHAMENTO  das instituições públicas e privadas, sempre que possível, sem qualquer alarde.

“Sorrateiramente”, estão conseguindo esse intento. São os ensinamentos de Gramsci na prática. É a dinâmica da pedagogia política sem qualquer escrúpulo agindo criminosamente contra as crianças. Enquanto isso acontece, a Instância Máxima do Poder Judiciário, o Supremo Tribunal Federal-STF, majoritariamente, já está à mercê dos gramscistas, o mesmo acontecendo com a  CNBB, a OAB, e outras organizações importantes, cujo silêncio e omissão  frente à degradação moral na política e à corrupção generalizada ,só podem indicar  concordância ou cumplicidade com o “status quo”.

Mas vou provar o que antes afirmei, ou seja, que o pretenso socialismo , em implantação no Brasil, e no restante da região abrangida pelo Foro San Pablo, não passa de uma  grandiosa farsa. E vou fazê-lo através de incursões do pensamento sobre o princípio da MAIS-VALIA, alvo central de Marx, que segundo a definição dada por ele, seria a parte do valor da força de trabalho não remunerada pelo patrão.

O problema é que a antiga quota da mais-valia não foi suprimida, nem diminuída, apesar dos ingentes “esforços” (de discurso) da esquerda. Ao contrário, ela aumentou. E muito.  Os seus novos “sócios-beneficiários” estão de uma ou outra forma ligados ao Governo.

Ocorre que a mais-valia hoje pode ser bifurcada em duas direções, quando “ontem” era uma só. Sobre ela foi organizado um “consórcio”, tendo de um lado os empresários, como sempre foi,e do outro os agentes públicos corruptos. É evidente que o seu valor teria que aumentar. É necessário mais “alimento” para dois do que para um.

Com isso a parcela de mais-valia do patrão continua como antigamente. Mas o “plus” que passou a incidir sobre ela ,na verdade um sobrevalor, acaba indo para o bolso dos corruptos do serviço público. Significa dizer, antes do império da corrupção , que foi aperfeiçoada no período do PT, mas que também havia antes, porém  em menor escala, a sociedade sustentava uma só mais-valia. Agora são duas.E os novos beneficiários são justamente os que usam o discurso “socialista”... contra a mais-valia.

Mas quem está pagando por essa corrupção?  Pela mais-valia “2”? Como afirmou o juiz Sérgio Moro, para descobrir é preciso percorrer o caminho do dinheiro. É claro que a conta da corrupção não vai ser bancada pelo patrão que negocia com o Serviço Público. Ele sempre vai achar uma maneira de compensar essa perda.

Essa operação, porém, vai afetar toda a sociedade, que terá que pagar mais impostos  para que o Governo consiga pagar  o que comprou com superfaturamento ilícito, ou seja, por preço maior. Aí deve estar a principal razão pela qual o Brasil é o país onde mais se paga impostos no mundo, com uma enorme parcela dos tributos pagos pela sociedade  desviada na corrupção desenfreada. Importante é sublinhar que toda a corrupção envolvendo o Poder Público será paga sempre pelo povo,através dos impostos . Assim não será a Petrobrás,o BNDES,A Caixa Econômica Federal, ou o Tesouro Nacional, que vão pagar os valores da corrupção. Quem vai pagar é o povo mesmo, o verdadeiro titular de tudo que é público. E com seus impostos.

Se Marx tivesse o azar de ver o que estão fazendo com  a sua “mais-valia”no Brasil ,e nos  países “colegas” do Foro San Pablo, certamente ele daria mil cambalhotas na sua tumba, levantaria  e  logo passaria a apontar o seu canhão não mais  a mais-valia dos  patrões, como fazia antigamente, porém na direção da  mais-valia da corrupção dos governos do Brasil, que conseguiram implantar, não o socialismo, porém um Capitalismo de Estado pervertido, onde o beneficiário nem é o Estado, porém seus servidores e políticos corruptos.

Mas com certeza Marx tiraria o “pé-do-acelerador” no antigo combate  que sempre fez à mais-valia dos patrões, que inclusive também  contribuem ,e muito, com seu próprio trabalho, à frente do capital, no ciclo da produção.  Mas a partir daí o seu foco principal de combate passaria a ser a “outra” mais-valia ,aquela oriunda da corrupção, porque não existe nem nunca existirá qualquer argumento capaz de justificá-la, não fosse por outras  razões, pelo simples fato de que uma  surge do trabalho do empresário, e a outra da  pura corrupção, ilegal e imoral, contrariando todos os princípios da decência.

Nota: O título escolhido para esse texto não significa que o “bandido” seja só o PT. O mesmo se aplica não só aos partidos e políticos que lhe dão sustentação, como também aos governos e políticos anteriores a 2003, que não foram muito melhores.

Sérgio Alves de Oliveira é Sociólogo e Advogado.

7 comentários:

Anônimo disse...

SERGIÃO VOCÊ COMEÇOU MUITO BEM AO AFIRMAR SOBRE A CORRUPÇÃO GENERALIZADA, MAS COMO TODO BOM GAUCHO, VOCÊ SE AFEMINOU, ACOVARDOU, DISIMULOU AO TENTAR DIZER QUE NO PERIODO DE 64 A 85 EXISTIU ALGUMA COISA BOA PARA O BRASILEIRO, DEIXA DE VIADAGEM POIS CITE UMA VEZ EM SEUS TEXTOS A VERDADE DO UNIVERSO. COMPARE ESSA ÉPOCA QUE VOCÊ QUER ENCHER DE GLÓRIA E VEJA QUE APESAR DE VOCÊ AMANHÃ HA SE SER OUTRO DIA... FOMOS ESRAVIZADOS SEM DIREITO DE OLHAR PARA TRÁS,NOS ROUBARAM ATÉ O ULTIMO PEDAÇO DE PÃO, NEM QUE O PT CAGUE MAIS CEM VEZES, NÃO ENTREGA O BRASIL NA MERDA QUE ESSES CANALHAS ENTREGARAM, VÁ SE TRATAR QUE PRA MIM VOCÊ JÁ ESTA GAGA... PEÇO QUE DE HOJE ENDIANTE EM SEUS TEXTOS DIGA SOMENTE A VERDADE NADA MAS QUE A VERDADE, NEM QUE ISTO DERRUBE O PT, NEM QUE SEUS COMPARSAS FIQUEM QUERENDO TE FUZILAR, SERGIÃO FAÇA ALGUMA COISA PELO NOSSO AMOR... É PELO BRASIL...

Loumari disse...

O Leão e o Porco

O rei dos animais, o rugidor leão,
Com o porco engraçou, não sei por que razão.
Quis empregá-lo bem para tirar-lhe a sorna
(A quem torpe nasceu nenhum enfeite adorna):
Deu-lhe alta dignidade, e rendas competentes,
Poder de despachar os brutos pretendentes,
De reprimir os maus, fazer aos bons justiça,
E assim cuidou vencer-lhe a natural preguiça;
Mas em vão, porque o porco é bom só para assar,
E a sua ocupação dormir, comer, fossar.
Notando-lhe a ignorância, o desmazelo, a incúria,
Soltavam contra ele injúria sobre injúria
Os outros animais, dizendo-lhe com ira:
«Ora o que o berço dá, somente a cova o tira!»
E ele, apenas grunhindo a vilipêndios tais,
Ficava muito enxuto. Atenção nisto, ó pais!
Dos filhos para o génio olhai com madureza;
Não há poder algum que mude a natureza:
Um porco há-de ser porco, inda que o rei dos bichos
O faça cortesão pelos seus vãos caprichos.

"Bocage, in 'Fábulas'
Portugal 15 Set 1765 // 21 Dez 1805
Poeta

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Esqueceu, senhor Sérgio Alves de Oliveira, sociólogo e advogado, de mencionar a expressiva atuação das FFAA brasileiras na gênese de Lulla e do PT, portanto responsáveis diretos pelo caos que hoje o Brasil vive.

Permita-me perguntar se na produção do texto que comento, atuou mais o advogado do que o sociólogo?

Anônimo disse...

Loumari, aqui a estória é outra, faz treze anos que o leão quer pegar o gato, até que sendo o leão o rei resolve bolar um plano chamou o gato e fez um acordo, me ensina todos seus saltos que eu desisto de te pegar, o gato cismado aceitou, aceitou desconfiando das intenções do rei, depois de fazer o rei acreditar que lhe ensinara todos seus pulos despediu se e saiu, eis que o leão saltou em cima do gato e para a surpresa do leão o gato se esquivou, o leão sentindo se traído indagou, como se você me ensinou todos seus pulos conseguiu escapar das minhas garras??? E O GATO LHE REPONDEU TODOS NÃO, EU SÓ NÃO LHE ENSINEI FOI O PULO DO GATO. EENTÃO ESTA ESTÓRIA DE QUEM NASCEU PARA DEZ REIS NÃO CHEGA A VINTEM É COISA DE PORTUGUÊS BURRO... E EU ESTOU AQUI É PARA CONFUNDIR, NÃO PARA EXPLICAR POIS O CÚ NADA TEM HAVER COM A BOSTA... DO SEU ESTIMADO ANONIMO PREDILETO. KKKKKKKKKKKKKKKK

Loumari disse...

Smile though your heart is aching
Smile even though it's breaking.
When there are clouds in the sky
you'll get by.

If you smile through your fear and sorrow
Smile and maybe tomorrow
You'll see the sun come shining through
For you.

Light up your face with gladness,
Hide every trace of sadness.
Although a tear may be ever so near

That's the time you must keep on trying
Smile, what's the use of crying.
You'll find that life is still worthwhile-
If you just smile.

That's the time you must keep on trying
Smile, what's the use of crying.
You'll find that life is still worthwhile-
If you just smile.

By Charlie Chaplin - Smile



SMILE BY NAT KING COLE

https://youtu.be/YXuB6md9zPk

Anônimo disse...

MEU CORAÇÃO ETÁ DOENDO,E MESMO ASSIM ESTOU SORRINDO. MAS É PORQUE ESTOU ENFARTADO, MASJÁ ESTOU MELHOR... I LOVE YOU...

Anônimo disse...

Perguntem quantas vezes esse advogado fez um habeas corpus ou mandado de segurança para um brasileiro pobre de forma gratuita.