quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Os Vendilhões do Templo


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Um belo exemplo da ira divina nos servirá de roteiro.

A esculhambação estava demais. Ampla, geral e irrestrita.

Do mais finório representante da pérfida Albion ao mais réles eunuco.

Um belo dia, Jesus (Deus junto ao Pai e ao Espírito Santo) resolveu tomar providências.

Assim está D. Onça. Já anda soltando uns bafos. Outro dia, junto ao mourão da cêrca, disse: “O seu tempo não perca a esperar. O castigo não vai tardar!”

Uma canção diz que não há pecado ao sul do equador.

Outra, mais culta (Va Pensiero), prenuncia o fim do cativeiro do povo.

O látego tocará de forma mais intensa na classe de capa preta, que acima dos mortais estar ainda pensa.

O resto é o resto. O boi de piranha está no meio do rio.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

5 comentários:

Loumari disse...

A capitulação definitiva do Brasil como nação.

> Oleográfico (Petroleira)

> Desprezo (a opinião publica)

> Besta (Cachaceiro)

> Burzigada (apostema - ferida moral)

> Amielencéfalo (Monstruosidade caracterizada)

> Compatível

> Cegueira (inércia do povo face a situação)

> Fusilado

> Insurgentes

> Ingressar

> Gabão (o crápula)

> Celebrar

>Pé de porco (china, comunismo ditatorial)

>Importação (de exércitos estrangeiros)

>Cabeçada

>Retrospectivo

>Expecializado

>Incubadora

>Mudança

>Defesa (não são as manobras feitas nas FFAA?)

>Analfabeto (povo inculto; bruto)

>Guerra de interesse

>Dopar (a resistência com que o regime vai resistir)

>Altivez (soberba arrogância)

>Anarquizar (o totalitarismo)

>Abulia: Alteração anormal da vontade caracterizada pela indecisão e pela impotência da acção.

Loumari disse...

O Elogio do Vício

Admiro os viciados. Num mundo em que está toda a gente à espera de uma catástrofe total e aleatória ou de uma doença súbita qualquer, o viciado tem o conforto de saber aquilo que quase de certeza estará à sua espera ao virar da esquina. Adquiriu algum controlo sobre o seu destino final e o vício faz com que a causa da sua morte não seja uma completa surpresa.
De certo modo, ser um viciado é uma coisa bastante proactivista. Um bom vício retira à morte a suposição. Existe mesmo uma coisa que é planear a tua fuga.

"Chuck Palahniuk, in "Asfixia"
Tema: Vício

Loumari disse...

Um Ser Humano não é Grande Coisa

Não tenhamos ilusões: um ser humano não é grande coisa. De facto, há tantos que os governos não sabem o que fazer com eles. Seis mil milhões de humanos à face da Terra e apenas seis ou sete mil tigres de Bengala - ora digam lá qual das espécies necessita de mais proteção, de cuidados especiais. Sim, escolham vocês mesmos. Um negro, um chinês, um escocês, ou um belo tigre que cai vítima de um caçador. Um tigre, com a sua pelagem listrada de cores incomparáveis e os seus olhos coruscantes, é bastante mais belo do que um velhote cheio de varizes como eu. Que diferença de porte. Comparem a agilidade de um com a inépcia do outro. Vejam como se movem. Metam-nos em jaulas do jardim zoológico, lado a lado. Diante da jaula do velho concentram-se as crianças que riem ao vê-lo catar-se e pôr-se de cócoras para defecar; diante da do tigre, arregalam os olhos de admiração. Acabou essa ilusão segundo a qual o homem é o centro do universo. É verdade que no animal humano distinguimos os gestos, os rostos e as vozes, o que estimula a nossa empatia, mas também distinguimos características particulares, que associamos a sentimentos, num gato doméstico, num cão com o qual convivemos. Porém, há a voz humana, sim, e o seu poder de atração é um facto incontestável: por favor, ajude-me a dobrar os lençóis.

"Rafael Chirbes, in "Na Margem"
Espanha 27 Jun 1949 // 15 Ago 2015
Escritor




O egoísmo, a insensibilidade, a frieza de espírito, nascidos de um sistema que liquida os laços sociais de que a humanidade é fundamento, determinam e talvez expliquem este nosso amargo tempo.
(Baptista Bastos)

Loumari disse...

Que Humanidade é Esta?

Se o homem não for capaz de organizar a economia mundial de forma a satisfazer as necessidades de uma humanidade que está a morrer de fome e de tudo, que humanidade é esta? Nós, que enchemos a boca com a palavra humanidade, acho que ainda não chegámos a isso, não somos seres humanos. Talvez cheguemos um dia a sê-lo, mas não somos, falta-nos mesmo muito. Temos aí o espectáculo do mundo e é uma coisa arrepiante. Vivemos ao lado de tudo o que é negativo como se não tivesse qualquer importância, a banalização do horror, a banalização da violência, da morte, sobretudo se for a morte dos outros, claro. Tanto nos faz que esteja a morrer gente em Sarajevo, e também não devemos falar desta cidade, porque o mundo é um imenso Sarajevo. E enquanto a consciência das pessoas não despertar isto continuará igual. Porque muito do que se faz, faz-se para nos manter a todos na abulia, na carência de vontade, para diminuir a nossa capacidade de intervenção cívica.

José Saramago, in 'Canarias7 (1994)'
Portugal 16 Nov 1922 // 18 Jun 2010
Escritor [Nobel 1998]

ALMANAKUT BRASIL disse...

‘Rose’ envolvida com diamantes - Rosemary Noronha

(Correio da Manhã - Portugal)

Os 25 milhões de euros que a ex-chefe de gabinete da presidência brasileira em São Paulo terá depositado em nome de Lula da Silva numa agência do Banco Espírito Santo (BES), no Porto, serão provenientes do comércio ilegal de diamantes. De acordo com o site Alerta Total, Rosemary Noronha fez dezenas de viagens à Europa para negociar a venda das pedras preciosas.

http://www.cmjornal.xl.pt/mundo/detalhe/rose-envolvida-com-diamantes.html