quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Servidores do Judiciário, com aumento salarial vetado, advertem: "Renan, tua hora já vai chegar"


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A guerra de todos contra todos, no gigantesco impasse institucional que caminha para uma ruptura no Brasil, promete momentos de muita tensão neste final de ano. Parlamentares formalmente suspeitos ou processados por crimes de corrupção (um terço ou até metade do Congresso) já podem se preparar para a retaliação do judiciário. Motivo conjuntural: o veto do legislativo ao reajuste dos servidores - incluindo os magistrados.

O Palhasso do Planalto comemorou a vitória apertadíssima, por apenas dois votos, para que fosse mantida a posição da Presidenta Dilma Rousseff, que já tinha rejeitado os reajustes médios de 56% (que poderiam chegar, em alguns casos, a 78,56%). Prevaleceu, sem muita convicção entre os deputados e senadores, a tese de que o aumento salarial no judiciário causaria um rombo de R$ 36,2 bilhões nas contas públicas. A partir de agora, deve falar mais alto a "sede de vingança".

Servidores do judiciário, injuriados na galeria do Congresso, já mandaram ontem um grito de recado: "Ô, Renan, pode esperar, a tua hora já vai chegar". Da mesma forma como já chegou para o presidente da Câmara, Eduardo Cunha... A "vingança" (para uns) ou "senso de justiça" (para outros) recairá sobre 132 parlamentares que votaram, abertamente, pela manutenção do veto. Mas pode ser que não haja perdão, também, para os 251 que apoiaram a derrubada (eram necessários 257). Os 11 que se abstiveram também ficam com o "filme queimado".

O governo já tinha negociado com a cúpula do Judiciário um reajuste bem menor para os servidores. No Orçamento da União de 2016, previu o reajuste acordado de até 41,5% ao longo de quatro anos, em oito parcelas. O impacto na folha do Judiciário será de 23% do reajuste dado. Descontentes e insatisfeitos, os servidores insistem no reajuste de até 78,56% - que foi perdido. Eles não aceitam as perdas salariais impostas pelos 5,5% dados anualmente a todos os servidores da União.


Por tanta bronca, a hora de muita gente pode estar próxima de chegar...  

Faroeste Caboclo da Petrobras


Sensacional paródia da música de Renato Russo

Futuro perdido


Filme queimadaço


Corrupção colorida


Colabore com o Alerta Total

Neste momento em que estruturamos mudanças para melhor no Alerta Total, que coincide com uma brutal crise econômica, reforçamos os pedidos de ajuda financeira para a sobrevivência e avanço do projeto.

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente conosco poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 18 de Novembro de 2015.

5 comentários:

Anônimo disse...

A OPERAÇÃO TARTARUGA DO JUDICIARIO JÁ É O SUFICIENTE PARA EXONERAR ESSES SABOTADORES DO JUDICIARIO. O JUDICIARIO É O PODER MAS CORRUPTO E CRIMINOSO NO BRASIL, É NESCESSARIO UMA CORREGEDORIA DE VERDADE PARA ESSA MAFIA, A MODIFICAÇÃO DAS LEIS DA MAGISTRATURA E A CRIAÇÃO DE UMA POLICIA ESPECIALIZADA PARA POR FIM NAS ATIVIDADES CRIMININOSAS COMANDADAS POR ESSE PODER MAFIOSO...

Loumari disse...

Ideias de Esquerda

Nunca disse que a esquerda era definitivamente estúpida, disse, sim, que agora mesmo não vejo nada mais estúpido que a esquerda. Porquê? Porque há mais de cinquenta anos que não produz uma única ideia que se diga de esquerda, porque, até quando parecia tê-las, não estava a fazer mais que remastigar ideias do passado sem se dar ao trabalho elementar de as fazer viver sob a luz da actualidade e das suas transformações. A esquerda também é estúpida porque é incapaz de resistir à tentação mórbida que a leva a dividir-se e a subdividir--se sem parar. Quantas vezes será preciso dizer que a esquerda, se o quiser ser, não pode viver sem ideias?

"José Saramago, in 'Contrapunto de América Latina, Buenos Aires, 2007'

reissouza disse...

Hei senhor desinformado ou mentiroso de proposito! O que foi vetado seria a recomposicao das perdas salarias durante os ultimos nove anos de descaso com os servidores. Saiba que AUMENTO para magistrados membros do judiciario e sempre garantido e do ano que vem ja esta garantido, inclusive aumento nos auxilios moradia e outros penduricalhos imorais

Anônimo disse...

Brasil um país de tolos

Anônimo disse...

Esses 78,56% deveriam ser para todos funcionários públicos e não só aos de um poder, pois todos são pagos pelo mesmo cofre.