terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Quem "Catilina" deseja derrubar no Brasil?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Até que grau irá a desmoralização da desqualificada classe política brasileira? O ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva é oficialmente investigado por suposta participação em grandes esquemas de corrupção - o que se agrava com o indiciamento do amigo preso José Carlos Bumlai. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, tem suas residências (oficial e particular) "visitadas" pela Polícia Federal, por ordem do Supremo Tribunal Federal, a pedido da Procuradoria Geral da República. O presidente do Senado, Renan Calheiros, sabe que algo parecido pode acontecer com ele, a qualquer momento. E tem o Delcídio Amaral, primeiro senador preso em pleno mandato, que estaria prestes a aderir a uma delação premiada que arrasaria com o desgoverno do qual era líder.

Esse é o clima de completa desmoralização que marca a agonia do desgoverno Dilma Rousseff. Enquanto o STF resolve o que vai definir sobre o rito do pedido de impeachment contra a Presidenta, em uma explícita judicialização da política, é preciso ressaltar que os aliados mais próximos do vice-Presidente Michel Temer são alvos de investigação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. Este probleminha só deixa claro que Temer não tem condições seguras de suceder Dilma, caso consigam derrubá-la ou forçá-la a renunciar (o que, em tese, seria mais difícil, pelo temperamento dela). Temer não tem credibilidade para assumir. A fragilidade de Lula, que seria o grande interessado e possível beneficiário futuro da eventual queda da Dilma, torna a conjuntura política ainda mais complicada.

Os 53 endereços que são alvo da presente Operação Catilinária da Polícia Federal (em torno de sete processos sob investigação) podem esconder documentos e provas que ajudem a indiciar envolvidos no complexo sistema de corrupção brasileiro - constituído "naturalmente" em um Estado Capimunista Rentista que segue a lógica canalha da exploração e da roubalheira. Grandes novidades, com dissabores para os políticos ladrões, são esperadas até o fim deste ano. O único senão é que, sem uma mudança estrutural ampla, qualquer ação contra corruptos será um mero enxugamento de gelo, mais atacando nas consequências que nas causas reais dos esquemas sistêmicos da safadezas.

O fato grave, concreto e objetivo é que o Brasil está parado, na mais grave crise estrutural da História. Se a crise econômica ficar mais grave que a crise política, as mudanças necessárias terão de acontecer, queira ou não a oligarquia (ou zelite) brasileira. O negócio é esperar para ver o que vai acontecer. A previsão é de aumento da instabilidade em clima tenso de salve-se-quem-puder.

O jeito é recordar o Cônsul Romano Marco Túlio Cícero e perguntar: Até quando abusará da nossa paciência, Catilina?

Catilina foi um General (Lúcio Sérgio - 108 AC a 62 AC) que tentou derrubar a República e o Senado... Lá na velha Roma, e não em Brasília...

Conclusão: no Brasil que precisa ser passado a limpo, via Intervenção Constitucional pelo Poder Instituinte do Cidadão, não tem Catilina com coragem ou determinação para afrontar os podres poderes.

Ai, meu Deus... Me dei mal...

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta terça-feira mandado de busca e apreensão na residência oficial do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em Brasília.

O apartamento dele, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, também foi alvo da operação autorizada pelo Supremo Tribunal Federal, a pedido da Procuradoria Geral da República.

Também foram realizadas buscas nas residências do deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE) e do senador Edison Lobão (PMDB-MA).

O grande alvo é o Sergio Machado, ex-presidente da Transpetro, subsidiária da Petrobras que é considerada o mapa da mina sobre grandes escândalos da corrupção...

Mengão culpado?



O jornal irlandês "Irish Examiner" culpou o Flamengo por emprestar o azar para as derrotas, nos últimos 30 dias, de dois poderosos lutadores da UFC que vestiram o manto sagrado rubro-negro:

“Coincidência? Achamos que não. Fique longe do Flamengo. Nada de bom pode sair de lá”.

Foi o conselho que a publicação deu ao irlandês Conor McGregor que derrotou o rubro-negro José Aldo em apenas 13 segundos de luta.

Mês passado, a lindinha Ronda Rousey tomou um pau feio da Holly Holm.

É Yoda, Mestre...

Mais Nova Ordem Mundial, impossível...

O Daily Telegraph, da Inglaterra, informa que a "seita" Jedi está recebendo mais de mil adesões por dia, atingindo a marca de 250 mil seguidores só no Reino Unido.

A "igreja" Jedi, fundada por Daniel Jones, que assumiu o nome jedi de Morda Hehol, prega alguns princípios básicos: "Não existe emoção, existe paz" e "Não existe ignorância, existe conhecimento".

As adesões devem crescer com a estreia do novo filme da saga "Star Wars": Episódio VII - O Despertar da Força.

Como se tornar um Jedi

- Assine um documento no site da igreja e faça um treinamento.

- Creia na Força, "uma energia unificadora, na qual tudo está inserido e sempre retorna a ela".

- Não acredite nos filmes de "Star Wars": "tudo ficção".

- Medite, medite, medite. Meditação é a chave de jedaiismo.

- Não acredita em Deus? Sem problema! Para os jedis, acreditar em Deus é opcional.

Como já disse, "religião" Jedi é Yoda, Amado Mestre...

Amigo do amigo?


Homenagem musical a Lula e Bumlai


Hora da liberação


Colabore com o Alerta Total

Neste momento em que estruturamos mudanças para melhor no Alerta Total, que coincide com uma brutal crise econômica, reforçamos os pedidos de ajuda financeira para a sobrevivência e avanço do projeto.

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente conosco poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 15 de Dezembro de 2015.

7 comentários:

Anônimo disse...



Referências Thelêmicas da trilogia de Star Wars:

- Crowley foi OHO da Ordem dos Templários Oriental (OTO) e Lucas '
nome original para os Cavaleiros Jedi foi o Jedi Templários.

- Nome secreto de Crowley na OTO era suposto ter sido 'Phoenix'
eo símbolo da Aliança Rebelde é um Phoenix estilizado.

- As janelas nas câmaras do Imperador no clímax do retorno do
Feitiço Jedi "OTO".

- A partir do Livro da Lei, ditado a Crowley: 'o obeah eo
wanga, o trabalho da baqueta eo trabalho da espada, estes ele deverá
aprender e ensinar. " Obeah = Obi. Wanga = Wan. Assim, Obi-Wan. E o que
dispositivo é uma varinha em um momento e uma espada ao lado? Um sabre de luz, de
curso; ea relevância do 'aprender e ensinar "é óbvia, uma vez que Obi-Wan
é o professor.

- Sabre de Vader é vermelho, a cor da esfera de Geburah, ou
Gravidade: Obi-Wan é de azul, a cor de sua esfera adversária, Chesed
ou Misericórdia.

- Crowley faz referências a "o anão louco ainda astuto", que é o
fonte da verdadeira sabedoria, obviamente, uma referência ao Yoda.

- A maior provação em uma de Crowley. 'A..'. o sistema é "cruzamento de
o abismo'. Acede-se à beira de um grande abismo e deve ou
render tudo o que se é e pular, ou ficar para trás para se tornar um
'irmão negro "ou" irmão do caminho da mão esquerda ". O 'travessia do
abismo "é prenunciado em Uma Nova Esperança, no ponto em que Lucas e
Leia balançar sobre o abismo, mas é realmente alcançado na íntegra em Empire
Contra-Ataca, no clímax do filme.

No clímax do império, a mão direita de Luke é cortada na altura do punho,
o que implica que ele deve tomar o caminho da esquerda e vire para o lado escuro,
ou seja, tornar-se um 'irmão negro'. Confrontado com a escolha de atravessar a
Abyss ou voltando-se para o "Caminho da Mão Esquerda ', Luke escolhe para saltar, o que é
o ato que ele redime de um futuro de corrupção.

- Lucas é também a figura Hórus, o vingador (como em Revenge of the Jedi,
o título original). No clímax do Império, Vader (anteriormente
identificado com Set, o assassino do pai) é revelado para o _be_
pai, o Osiris escuro - sendo este o mesmo segredo que foi revelado
nos mistérios egípcios, a saber, que "Osíris é um deus negro! '

- O 'Black irmãos "são aqueles que" se fecham ", tornam-se
envolto e fechado a partir do Universo, exatamente como Vader é envolto em
armadura negra. Sua esfera da Árvore da Vida é a falsa esfera
'Da'ath', obviamente, a fonte para 'Darth'.

- Vader fora de sua armadura prova ser um cara careca com uma Inglês
acento, estranhamente reminiscente de Crowley.

Ainda não está convencido? Tente esta citação de um dos Livros Sagrados de Crowley, em
que uma parte do universo de Star Wars é mencionado pelo nome:

"... Teu mensageiro era mais terrível do que a morte de estrelas."

O mensageiro do Imperador é, naturalmente, Vader, que possui (e
representa) um poder muito mais terrível do que a Estrela da Morte - o escuro
lado da própria força. Como Vader se lembra seus companheiros Imperials,
"A capacidade de destruir um planeta é insignificante ao lado do poder de
a força.'

Tradução google

Anônimo disse...

O que se poderia esperar depois de 13 anos de petralhices? Somente o que estamos vendo (mais o que está ainda escondido), nada mais. Corrupção institucional, enriquecimentos de altos escalões, administração bagunçada, irresponsabilidades de toda ordem, vexames, estultices sem fim, etc. Dizem que é carma, mas pode muito bem ser falta de educação política juntamente com falta de amor pelo país.

Loumari disse...

Por um Mundo Escutador

Não existe alternativa: a globalização começou com o primeiro homem. O primeiro homem (se é que alguma vez existiu «um primeiro» homem) era já a humanidade inteira. Essa humanidade produziu infinitas respostas adaptativas. O que podemos fazer, nos dias de hoje, é responder à globalização desumanizante com uma outra globalização, feita à nossa maneira e com os nossos propósitos. Não tanto para contrapor. Mas para criar um mundo plural em que todos possam mundializar e ser mundializados. Sem hegemonia, sem dominação. Um mundo que escuta as vozes diversas, em que todos são, em simultâneo, centro e periferia.

Só há um caminho. Que não é o da imposição. Mas o da sedução. Os outros necessitam conhecer-nos. Porque até aqui «eles» conhecem uma miragem. O nosso retrato - o retrato feito pelos «outros» - foi produzido pela sedimentação de estereótipos. Pior do que a ignorância é essa presunção de saber. O que se globalizou foi, antes de mais, essa ignorância disfarçada de arrogância. Não é o rosto mas a máscara que se veicula como retrato.
A questão é, portanto, a de um outro conhecimento. Se os outros nos conhecerem, se escutarem a nossa voz e, sobretudo, se encontrarem nessa descoberta um motivo de prazer, só então estaremos criando esse território de diversidade e de particularidade.

O problema parece ser o de que nós próprios — os do Terceiro Mundo — nos conhecemos mal. Mais grave ainda: muitos de nós nos olhamos com os olhos dos outros. Um velho ditado africano avisa: não necessitamos de espelho para olhar o que trazemos no pulso. A visão que temos da nossa História e das nossas dinâmicas não foi por nós construída. Não é nossa. Pedimos emprestado aos outros a lógica que levou à nossa própria exclusão e à mistificação do nosso mundo periférico. Temos que aprender a pensar e sentir de acordo com uma racionalidade que seja nossa e que exprima a nossa individualidade.

Fomos empurrados para definir aquilo que se chamam «identidades». Deram-nos para isso um espelho viciado. Só parece reflectir a «nossa» imagem porque o nosso olhar foi educado a identificarmo-nos de uma certa maneira. O espelho deforma o que trazemos amarrado no pulso. Pior que isso: amarra-nos o pulso. E aprisiona o olhar. Onde deveríamos ver dinâmicas vislumbramos essências, onde deveríamos descobrir processos apenas notamos imobilidade.

Mia Couto, in 'Pensatempos'
Moçambique n. 5 Jul 1955
Escritor/Biólogo

Anônimo disse...

Se Temer cometer o ERRO de apoiar o processo de Impeachment contra Dilma, sairá algemado do Jaburu!!!!

Anônimo disse...

Essas investigações só estão acontecendo por pressão. Não pressão social e popular, mais por pressão psicológica, pois uma sociedade, um povo, não conseguiria sobreviver nesse estado calamitoso que as coisas se encontram, sem sucumbir ou reagir. Provavelmente aconteceria a segunda suposição! Mas a podridão da conjuntura está tão alastrada que já atravessou fronteiras há muito tempo. O MP está correndo atrás agora apenas para não ser pego com as calças no meio das pernas, pois está claro que se eles não o fizerem, outros o farão. Como o Maluf que agora é impedido de viajar para o exterior. Ou os diligentes da FIFA sendo acuados e presos pelo FBI tanto na Europa, como em outros países. A Suíça enviando documentos e ajudando a desvendar os “mistérios” de contas secretas dos políticos, e agora o possível pedido de prisão do Lula por Portugal. Fica a impressão de que os últimos a terem uma atitude de retaliação à bandidagem são justamente os da “justiça” brasileira, e eles podem ter começado a se preocupar com as aparências (Estão vendo? É uma questão psicológica.) tentando mostrar serviço para despistar e não parecer o que todos nós sabemos que são; um bando de comprados.

Cadeia ao corrupto-mor.

Anônimo disse...

O ditado continua vivo: quem com porco mexe, farelo come; o PT comprava o PMDB e ao mesmo tempo sabotava suas bases...
Com um Temer temeroso, vacilante, não sabe qual a próxima dele, se pró ou contra, pior ainda!
De uns tempos para cá Dilma parou de usar o vermelho, comunista, mas vestido e blusas de bolinhas, porquê, que disfarce, hem?
Abra o olho, PMDB, deixe de ser otario!

Mtnos Calil disse...

Essa matéria do Serrão é mais um exemplo de como se pode (e se deve) combater a corrupção de uma forma isenta de qualquer distorsão ideológica de esquerda ou de direita. A corrupção no Brasil é sistêmica e não vai acabar com a morte do PT. Aliás não vai acabar nunca. Porém seria possivel reduzir significativamente a quantidade de dinheiro público roubado se outras instituições públicas adotassem a atual linha de atuação da Polícia Federal, a única instituição que está combatendo a corrupção de forma eficaz no Brasil.