sexta-feira, 4 de março de 2016

Intervenção Imediata!


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Antônio Ribas Paiva

Excelentíssimos Senhores Generais do Exército Brasileiro, apoiem as Forças Patrióticas e, no cumprimento do artigo 142 da Constituição Federal, protejam os Poderes Constitucionais!

Intervenham  no processo político, afastando a classe política, que usurpou o Poder do Estado, para a prática sistemática de crimes e traições. Nada justifica, que as armas nacionais, sejam usadas para proteger o governo do crime.

O PARÂMETRO DA AUTORIDADE É A LEGALIDADE! A presidente da República, como é público e notório, perdeu a LEGITIMIDADE, porque as eleições não legitimam o crime.

Cumpre às FORÇAS PATRIÓTICAS, civis e militares, afastarem o governo do crime, nomear o Governo de Transição, formado por uma Junta Governativa, que terá o dever de reconduzir o BRASIL, para a verdadeira democracia, que é a SEGURANÇA  DO DIREITO, individual e coletivo.

BRASIL, ACIMA DE TUDO!!!


Antônio José Ribas Paiva é Advogado.

5 comentários:

Anônimo disse...

Apoiado! O Brasil precisa se livrar do crime organizado urgente. Não dá mais pra esperar.

Anônimo disse...

APOIADO !!!

Loumari disse...

Entre um governo que faz o mal e o povo que o consente, há uma certa cumplicidade VERGONHOSA.
(Victor Hugo)

Maria Klyw disse...

Dr. Antônio, aplausos por suas palavras! O Sr. me representaaaaaaaa!

Edison Saenz disse...

Amigo, só resta esta alternativa porque não só todos os poderes estão corrompidos, inclusive os juízes que lutam contra o Lava-Jato. Os advogados são corruptos, na maioria! E todo este quadro impedirá a plena realização de um sonhador que se chama MORO e da maioria da população que quer a instituição de um governo de centro, nem de direita, nem de esquerda!!! Então resta uma única alternativa: a ação das FFAA, exatamente por causa desta situação que todos sabem quem são os criminosos e o que eles fizeram, mas eles saem ainda a público com a cara mais deslavada e acusam o MORO de lhes ter ultrajado o direito de responderem por precatória ou algo parecido, sabendo que neste estado de coisas não há provas contundentes que convençam estas leis medíocres que defendem quem tem dinheiro porque os recursos são inesgotáveis, etc Veja o caso do Paulo Maluf que no Brasil não deu em nada. Foi preciso que a França resolvesse prendê-lo. Mas, as FFAA querem mesmo é ver o circo pegar fogo porque seus comandantes estão rindo dos brasileiros que escolheram estes políticos vendilhões e porque eles entregaram a casa arrumada da outra vez e o que é que receberam em troca? Agradecimentos? Não! Comissão da Verdade Unilateral e a morte de um ex-oficial do tempo da ditadura. Por aí vc avalia a situação, pois nem as FFAA tiveram a ombridade de insistir na investigação de sua morte para apanhar os criminosos. Pode ser que até estava tudo combinado de colocar um tapete sujo por cima da sujeira para assim se concluir que as FFAA fizeram a sua parte desta vez! E agora tudo está em Paz. Infelizmente o brio do patriotismo não brilha nas fardas dos militares de hoje, dos comandantes e oficiais que beberam da água podre das cartilhas comunistas durante a sua formação nas escolas militares e muitos deles estão conspurcados com sua filosofia socialista, colocando em dúvidas de que o patriotismo fosse a melhor solução! Aí então refletem sobre os seus soldos que até hoje não conseguiram que fossem valorizados à altura dos seus esforços patrióticos e concluem: todos querem vantagens, sucesso, realização, participação em lucros, carreiras com enorme futuro, altos salários no serviço público medíocre com aposentadoria excelente e nós continuaremos sendo a máquina de democracia que recebe óleo e outras sujeiras para funcionar!!! Não, obrigado, é melhor continuar na caserna que é onde querem que estejamos! Abraços...