quinta-feira, 17 de março de 2016

Moro e Força tarefa foram alvos de grampos; Lula tem posse suspensa judicialmente; Protestos aumentam!

Vitória na Guerra, companheiros!

2a Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

O juiz Sérgio Fernando Moro e a Força Tarefa da Lava Jato foram alvos de grampo telefônico e ambiental. A informação já circula nos meios militares e entre magistrados próximos a Moro. A decisão apressada da Presidenta Dilma Rousseff, em expedir o termo de posse para Lula assumir a Casa Civil (ou Covil), foi gerada porque um "grampo" teria revelado que Moro já teria redigido o despacho determinando a prisão de Lula - prevista para a próxima sexta-feira. O fato é tão ou mais grave quanto o teor chulo das conversas telefônicas de Lula que foram divulgadas por transparência judicial.

O novo titular da Advocacia Geral da União, José Eduardo Cardozo, com quem Lula andava magoado, já encara a missão de reverter a suspensão judicial da posse do Presidentro na Casa Civil. O juiz Itagiba Catta Petro Neto, da 4a Vara Federal em Brasília, concedeu uma liminar anulando a posse do Presidentro. O magistrado entendeu que Dilma teria praticado o ato administrativo com o único propósito de transferir da primeira instância para o Supremo Tribunal Federal o foro responsável pelas ações contra Lula. A decisão, em tutela antecipada, será julgada pelo Tribunal Regional Federal da 1a Região. A AGU corre contra o tempo para voltar a valer o espetáculo dantesco de hoje de manhã, no Palácio do Planalto repleto de puxa sacos.

O juiz Itagiba foi direto: “A posse e exercício no cargo podem ensejar intervenção, indevida e odiosa, na atividade policial, do Ministério Público e mesmo no exercício do Poder Judiciário, pelo senhor Luiz Inácio Lula da Silva”. O magistrado argumentou que a liminar não traria prejuízo grave para a administração pública, porque, para seu bom e regular funcionamento, o Poder Executivo não depende da ação direta do ministro-chefe da Casa Civil.

Itagiba atendeu ao pedido em uma ação popular ajuizada pelo advogado Enio Meregalli Junior, de Porto Alegre. O advogado Luís Carlos Crema, responsável por uma série de pedidos de impeachment da presidente Dilma Rousseff protocolados junto à Câmara dos Deputados, também tinha ajuizado nesta quinta-feira um outro mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender o decreto de nomeação do ex-Presidente Lula. O advogado pregou que a nomeação viola uma convenção da Organização das Nações Unidas (ONU) contra a corrupção assinada pelo próprio Lula quando era presidente. A convenção determina que os países adotem medidas para estabelecer equilíbrio entre imunidades e prerrogativas de foro de seus funcionários públicos que são investigados.

Foi patética a posse de Lula - que acabou anulada. Transmitida ao vivo gerou protestos, xingamentos, panelaços e buzinaços nas principais capitais e cidades brasileiras. Dilma fez um discurso ameaçadoramente bolivariano. No fundo, Dilma mandou um recado os integrantes da Lava Jato: "O Brasil não pode se tomar submisso a uma conjuração que invade as prerrogativas constitucionais da Presidenta da República, Se ferem as prerrogativas da presidenta, o que farão com a dos cidadãos? Nós queremos saber quem o autorizou (o grampo), por que o autorizou, e por que foi divulgado quando ele não continha nada, nada, eu repito, que possa levantar qualquer suspeita sobre seu caráter republicano".

As conversas indiscretas com Lula tendem a ferrar Dilma. Na avaliação do ministro Gilmar Mendes, a Presidenta fica enquadrável em crime de responsabilidade, se ficar configurado que tentou obstruir a Justiça com a nomeação do chefão Lula. Gilmar detonou: "Se houver avaliação de que se trata de medida para descredenciar a justiça, obstrução de justiça, certamente está nos tipos de crime de responsabilidade. Pode ter outros dispositivos aplicáveis da legislação penal. Os áudios confirmam que se tratou de realmente de um expediente utilizado para retirar o processo de Curitiba".

Gilmar Mendes ressaltou que o Supremo julga de maneira imparcial. Agora, claro, o tribunal não é uma corte criminal, não sai por aí decretando prisão preventiva, a não ser em casos muito específicos que indicava uma obstrução de provas, e talvez por isso se faça essa opção e que queira levar para o Supremo". O ministro antecipou o destino de Lula: "Vai ser um ministro investigado, com as debilidades de quem é investigado e toda hora tem que prestar depoimento. Certamente, não foi uma das partes mais ilustradas da nossa história".

Vale repetir por 13 x 13: Os próximos atos de ilegalidade e desespero terão a presidência explícita de Lula. O Presidentro vai profissionalizar o aparelhamento do meio de campo do Palácio do Planalto. Não foi à toa que ele escalou Jaques Wagner, rebaixando-o para sua chefia de gabinete. O plano imediato da dupla é usar a máquina e seus recursos, sobretudo financeiros, para iniciar, descaradamente, a campanha presidencial de 2018. Tudo sob a esfarrapada desculpa de "defender o governo Dilma, livrando-a do risco do impeachment, viajando, sem parar, pelo Brasil. As verbas secretas da Presidência serão usadas e abusadas na "Operação Jararaca", que também contará com outro comissário petista de peso: Ricardo Berzoíni, da Secretaria de Governo, a quem estão subordinadas a antiga estrutura do Gabinete de Segurança Institucional e a Agência Brasileira de Inteligência.

A ação da Petelândia, sob comando de Lula, promete ser brutal. Vamos aguardar os próximos capítulos de barbárie, de besteiras e azares... Lula agora tem que se preocupar com o fato da esposa Marisa Letícia ter supostamente contraído o vírus H1N1 - que costuma ser fatal em pessoas de mais idade. Pior que isto é ter a mulher e o filho com prisões preventivas determinadas pela tal "República de Curitiba".

Releia a primeira edição desta quinta: Revolução democrática nas ruas e celulares condena golpe de Lula e Dilma, desnudados pelos "grampos"

Decisão de Moro



Tirando o novo emprego de Lula



Procura-se pelo herói

Ppiadinha que roda na internet feito doida:

“Para os que dizem ‘mas o Cunha é bandido e não tem moral’; eu digo: amigo, você está em Gotham City e o Batman morreu. Torça para o Pinguim matar o Coringa.”

Ficou...

Outra Piadinha canalha que circula nos zaps-zaps:

Pessoal, eu gostaria de aproveitar todo este movimento político que está acontecendo para propor a cassação do deputado Tiririca por fraude de campanha!

Ele prometeu: "Vote Tiririca, pior que tá não fica"...

Pois é, ficou...

Casa do Artista


Colabore com o Alerta Total
Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 17 de Março de 2016.

4 comentários:

Loumari disse...

Hoje, não se sabe falar porque já não se sabe ouvir.
(Jules Renard)

Loumari disse...

Quando temos um pressentimento ou tomamos uma decisão rápida, o que se passa é que o nosso inconsciente analisa a situação, retira o que é irrelevante, permitindo-nos que nos concentremos no que é mais importante. E a verdade é que o nosso inconsciente é uma fonte de informação totalmente fiável, ao ponto deste tipo de dedução, feita a partir de uns quantos dados significativos, oferecer melhor resposta do que as formas de pensamento mais exaustivas e reflectidas.
(Inês Menezes)

Anônimo disse...

Não, o Lula não está sendo "perseguido" porque melhorou a vida do pobre e isso incomoda os "ricos".
Ele está sendo INVESTIGADO porque é um CORRUPTO que ROUBOU o povo (pobres inclusos) e o país.
Ninguém tem raiva do Lula porque ele oferece Fies e dá 60 reais por mês pra algumas famílias.
A gente tem raiva do Lula porque ele depenou as estatais.
A gente tem raiva do Lula e do PT porque eles roubaram o dinheiro da Petrobras, dos Correios, do BNDES, da Caixa Econômica, do FGTS.
A gente tem raiva do Lula porque ele tira dinheiro do povo brasileiro e dá pra DITADURAS da América Latina.
A gente tem raiva do Lula porque ele trata o povo brasileiro (principalmente o pobre) como retardado, com escárnio, dizendo coisas como "o SUS é tão bom que dá vontade de ficar doente", tirando barato da saúde de quem não pode se tratar no Albert Einstein e no Sírio Libanês.
A gente tem raiva do Lula porque ele é bilionário e diz que é operário, chama classe média de rico, e promove o ódio de classes como estratégia de dividir o país para conquistá-lo.
E finalmente: a gente tem raiva do Lula porque, apesar do que diz, ele NÃO resolveu a situação do pobre. Ele apenas deu uma esmola temporária. O pobre continua sem emprego, sem ter como se sustentar, sem saúde e sem educação minimamente dignas.
Lula é um coronel populista, que usa os menos favorecidos como massa de manobra através de medidas eleitoreiras pagas com dinheiro público.

Loumari disse...

O que acabo de escutar de um politólogo francês é que, se o Lula assumir o cargo que ele deve assumir, ele vai fazer maravilhas no Brasil. Ele vai explodir a corte suprema, ele vai explodir o congresso, e vai explodir o poder judiciário. E arrasta a economia com ele.
Lhe foi perguntando ao analista: Qual é a solução para Brasil? Ele respondeu: Temo que não haja alguma. O que se prevê é o país cair num caos de violência.