quarta-feira, 11 de maio de 2016

Decisão sobre afastamento de Dilma só sai na quinta e Temer só deve entrar na sexta-feira 13



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

O PTitanic está afundando. Mas só deve acontecer na madrugada desta quarta para quinta-feira o final da votação do relatório que pede a admissibilidade da abertura de processo de impeachment e o afastamento da Presidenta Dilma Rousseff por 180 dias. Como Dilma só deve ser formalmente comunicada da decisão dos senadores na quinta-feira, na forma e em horário ainda não definidos, a tomada de poder por Michel Temer (com sete ministros envolvidos em corrupção prontos para a escalação) só deve ocorrer na sexta-feira 13.

O ritual de saideira de Dilma será bem curioso. O presidente do Senado, Renan Calheiros, promete comunicá-la sem constrangimentos. Providencialmente aliado da banda petista do Palácio do Planalto até a ultimíssima hora, Renan programou até um ato de malandragem. Não vai votar o relatório de Antonio Anastasia, alegando que só faria isso em caso de voto de minerva, que sabidamente não será necessário pelas circunstâncias. Como bom governista do PMDB, Renan já joga no time de Michel Temer - principalmente naquela partida complicadíssima, programada para dar uma acalmada na Lava Jato.

A última esperança da petelândia para cancelar o julgamento no Senado afundou antes do PTitanic. O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, negou o mandado de segurança do Advogado-Geral de Dilma para anular todo o processo de impeachment. Teori julgou que não houve provas concretas de que o agora presidente afastado da Câmara, o Malvado Favorito Eduardo Cunha, tenha aceito a denúncia contra Dilma, por crime de responsabilidade, motivado pelo sentimento vil de vingança contra o governo.

Teori escreveu: “Desde sua eleição – motivada, aliás, pela sua posição de franca rebeldia ao governo –, o então presidente da Câmara dos Deputados notabilizou-se por uma sistemática oposição ao projeto político do Palácio do Planalto, exercendo diferentes frentes de pressão contra interesses do governo. Mas não há como identificar, na miríade de manchetes instruídas com a inicial, um conjunto probatório capaz de demonstrar, de forma juridicamente incontestável, que aquelas iniciativas tenham ultrapassado os limites da oposição política, que é legítima, como o reconhece a própria impetração, para, de modo evidente, macular a validade do processo de impeachment”.

Sem risco de surpresas jurídicas, a previsão é que admissibilidade do impeachment de Dilma Rousseff passe por um mínimo de 54 e um máximo de 56 votos. Os governistas asseguram ter 22 votos - insuficientes para salvar a Presidenta do afastamento. No julgamento final, daqui a alguns meses, serão necessários 54 votos para cassação definitiva do mandato. Assim que Michel Temer assumir a Presidência, tende a crescer a adesão contra Dilma.

O Alerta Total repete por 13 x 13: Em queda programada e partindo para um ridículo "desgoverno paralelo", viajando pelo Brasil e pelo exterior, Dilma tem tudo para virar alvo da Lava Jato, junta e misturada com o companheiro Lula. Sem o cargo, também pode se tornar ré na ação movida por investidores contra a Petrobras nos EUA. A valentia verbal dela não combina com seu real estágio psicológico de ódio e desespero. Embora se sinta traída, Dilma sofre porque não tem condições de vingança.

Agora, não restará ao PT sequer reclamar ao Papa... Francisco já aproveitou ontem para mandar sua mensagem aos brasileiros: "Peço ao Senhor que derrame abundantemente os dons do seu Espírito, para que o país, nestes momentos de dificuldade, siga por estradas de harmonia e de paz, com a ajuda da oração e do diálogo".

A petelândia não deseja acatar a recomendação do Líder Máximo da Igreja Católica... A promessa, mesmo que seja bravata, é de enfrentamento e oposição dura até derrubar Michel Temer. A máquina pública, em 13 anos de ação nazicomunopetralha, permanecerá aparelhadíssima, apesar da saída de Dilma. Temer não poderá mexer com os que ocuparam cargos pela via de concursos públicos. O velho novo presidente sentirá a pressão e sabotagem internas - difícil de serem neutralizadas.

Com o ministério que escalou, cheio de políticos encalacrados com problemas de corrupção ou práticas habituais de clientelismo e populismo, a previsão é que Michel Temer continue desgovernando o Brasil, agora sem parceria e em confronto aberto com o PT e PC do B. O setor público está a beira da falência a que foi levado pelos 31 anos de governismo federal do PMDB, desde a "proclamação" da tal "Nova República" de 1985, cujo primeiro titular foi o (até outro dia companheiro dos petistas) José Sarney.

As inocentes velhinhas de taubaté, que acreditam piamente que Temer fará um governo maravilhoso, devem se arrepender rapidamente. De viés esquerdista, Michel Temer não será o obstáculo para conter o processo neo gramscista-marxista de poder do Foro de São Paulo. O Brasil continuará Capimunista, rentista e corrupto, com a mesma máquina estatal especializada em moer a cidadania, tomando dinheiro do público para servir aos interesses privados do desgoverno do crime organizado.

Esse é o mundo real no Brasil sob anomia social e em clima de ruptura institucional. Comemorar a saída de Dilma, com a entrada de Temer, é perda de tempo. Nosso modelo econômico, social e político se esgotou. Precisamos de mudanças efetivas, e não de mentirinha. Como reescreveria Machado de Assis, "aos vencedores, as batatas quentes"...


Piada conclusiva

Velha nas redes sociais, e inspirada no gênio Waldir Maranhão, eis uma piadinha perfeita para o fim do desgoverno Dilma - ao qual Temer dará temerária continuidade:

"Collor pede revisão de seu processo de impeachment por alegar supostas irregularidades. D. Pedro II aproveita para pedir revisão da Proclamação da República pelo golpista Marechal Deodoro da Fonseca. Tiradentes viu brecha para pedir seu desenforcamento e Pedro Álvares Cabral se disse arrependido de ter descoberto essa merda e pede para retirar seu nome dos livros de história".   

Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 11 de Maio de 2016.

3 comentários:

Anônimo disse...

Não há motivo de euforia nem esperança, vejam como a burrice e a intolerância com um governo permite que uma máfia se vistam de santos e ninguém enxerga que se DILMA E O PT NÃO SERVEM PARA GOVERNAR O PAIS MUITO MENOS SERVE QUEM SABOTOU E POR PIRRAÇA JOGOU O PAIS NO FUNDO DO POÇO, 60 POR CENTO DE QUEM VAI EXECUTAR O GOLPE CONTRA O POVO QUE A ELEGEU ESTÃO SENDO INVESTIGADOS POR CRIMES PIORES, THEMER E QUEM O APOIA PASSOU O GOVERNO PRATICANDO ESSAS SABOTAGENS E LEVANDO O PAIS PARA O BURACO, O JUDICIARIO E A MAÇONARIA FINGEM QUE ISTO É TUDO NORMAL, POIS FORAM OS MENTORES DESSA PATIFARIA POIS ESTAVAM RETIRANDO O DOCÊ DE SUAS BOCAS POIS A VERGONHA DE APENAS CAGAREM E SENTAREM EM CIMA ESTÁ SENDO DESMASCARADO COM OS MUNICIPIOS E ESTADOS QUE NUNCA FORAM GOVERNADOS PELO PT...

Anônimo disse...

A "bruxa" vai fugir pela janela antes da sexta feira 13.

Anônimo disse...

Professor J.Serrão: Bem lembrada a dificuldade que terá Temer para governar com uma máquina estatal "entupida" de gente colocada lá dentro pelo PT,nos Três Poderes,sabendo-se que os tais "concursos públicos"são verdadeiras caixas pretas manipuladas ao bel prezar do Poder Público.A simples demissão dos detentores de cargo de confiança do governo não vai adiantar muito,porque a grande maioria entrou lá por concursos,"frios",mas "legais". Somente uma nova ordem constitucional poderia corrigir tais problemas,batendo de frente com os chamados "direitos adquiridos".Sérgio A.Oliveira