sábado, 18 de fevereiro de 2017

Leviana Tantã


“País Canalha é o que não paga precatórios”.

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Aquecimento para os folguedos momescos.

Todos esperam pelos sambas-enredo.

Os já enredados e os ainda não.

A escola mais aguardada é a “Unidos no Infortúnio”.

Em lugar de instrumentos apresentará um belíssimo monte de estrumentos.

Um lobinho, com cara de bobinho, poderá alterar a composição do urubuzário ninho?

Tantamborins, pandeiros e afins melhorarão a fama da escola leviana?

Ou todos irão pro brejo devido às águas do Tejo?

Apesar da cara o cara não é amigo da Onça.

Pelo contrário, safar-se pensa o otário.

Mas já chegamos ao ponto do tríduo em que a oncificação é inevitável.

Chova ou faça sol, veremos o arrebol do dia em que iniciar-se-á faxina geral.

Tão certo como macuco no embornal.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: