sábado, 25 de fevereiro de 2017

Padilha vai para Casa?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

O governo do PMDB-PSDB atravessou o samba neste esquema de mídia cuidadosamente armado para uma “mula involuntária” dar um coice no Eliseu Padilha. Ficou evidente até para os mais otários que o Presidente Michel Temer usou seu amigo José Yunes para amputar seu braço-direito, o ministro-chefe da Casa Civil. Só faltou Temer imitar aquele lendário personagem humorístico de Jô Soares e ordenar: “Vai para casa, Padilha”... Tudo indica que ele vai... Depois da providencial licença para operar a próstata... O golpe da dedada de Yunes doeu...

Ficou claro que Temer deu o anel do Padilha para não correr o risco de perder a mão inteira de um governo impopular. A permanência de Eliseu Padilha é insustentável e insuportável no governo. A equipe econômica (leia-se “Presidente Virtual Henrique Meirelles”) já avalia que o escândalo atrapalha as reformas em complicada negociação com o Congresso Nacional. Para piorar, após o carnaval, o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, tem tudo para pedir ao Supremo Tribunal Federal a abertura de um inquérito para apurar se realmente Padilha recebeu milhões em propina da Odebrecht para o PMDB.

É Carnaval! Temer levou a família para tomar banho na Base Naval de Aratu. Mas as cobras continuam soltas em Brasília, pondo em risco o curto reinado do Momo. Para dar uma dimensão da confusão armada, vale reproduzir as perguntinhas carnavalescas que o jornal O Globo formulou à Presidência da República sobre o escândalo Padilha. O mítico Palácio do Planalto “respondeu” com aquela costumeira “catiguria” de quem tem tudo a esconder, mas que precisa declarar alguma coisa para não atravessar ainda mais o samba da mula involuntária...

O GLOBO: José Yunes é um dos melhores amigos de Michel Temer. Como manter Eliseu Padilha ministro se o próprio Yunes confirma o principal trecho da delação de Cláudio Mello Filho, que trata de caixa 2 organizado pelo presidente?

Presidência da República: Temer manterá, por ora, Padilha no cargo, porque avalia que há questões que precisam ser melhor esclarecidas, caso do conteúdo do pacote entregue pelo doleiro Lúcio Funaro aos cuidados de Padilha. Temer e o ministro da Casa Civil acertaram uma licença médica, em princípio, até o dia 6 de março. A depender do resultado da cirurgia de próstata a que Padilha será submetido e do andamento das investigações, o afastamento poderá ser estendido.

O Globo: Quando a delação veio à tona, em dezembro, Temer divulgou nota em que repudiava as acusações de Cláudio Melo Filho e afirmava que as doações feitas pela Odebrecht ao PMDB foram todas por transferência bancária e declaradas ao TSE. O presidente mantém a posição?

O presidente mantém esta posição.

O Globo - O presidente não admite que o diretório nacional do partido que presidia arrecadou recursos por meio de caixa 2?

O presidente não admite caixa 2 na campanha de 2014. Por meio de nota, diz que a Odebrecht doou R$ 11,3 milhões ao PMDB em 2014. Tudo declarado na prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral.

O Globo - Na delação de Cláudio Melo Filho, o executivo da Odebrecht afirmou que Temer solicitou “direta e pessoalmente” a Marcelo Odebrecht apoio financeiro para as campanhas do PMDB em 2014. O presidente confirma que pediu os valores? Padilha tinha alguma tarefa de arrecadação? Qual era? Ele tinha autonomia para negociar a forma de pagamento das doações?

O presidente Michel Temer confirma que pediu apoio financeiro sem especificação de valor, que Padilha era um dos coordenadores da campanha de 2014, mas não tinha autonomia para negociar formas de pagamento das doações. O presidente não autorizou, nem solicitou que nada fosse feito sem amparo nas regras da Lei Eleitoral.

O Globo - O presidente já teve algum contato com Lúcio Funaro? Quando?

O presidente não conhece nem nunca falou com Funaro.

Tudo respondido? Maravilha... De todo este episódio ainda muito mal explicado, fica uma pergunta incômoda: Quando é que o Brasil vai se livrar da maldição dos ministros da Casa Civil que sempre acabam indiciados na Polícia Civil ou na Federal?

No mais, o triste neste Carnaval é constatar que, por decisão do Supremo Tribunal Federal, o time da penitenciária terá de jogar desfalcado do goleiro Bruno...

No País do Futebol e do Carnaval, é isso que interessa, porque o resto parece não ter pressa...

Vai para casa, Padilha...


Para quem não conhece, do programa Planeta dos Homens, o imortal Padilha, com Jô Soares, que adorava a mulher do Padilha...

Justiçamento

Releia este artigo do historiador Carlos I. S. Azambuja e relembre de um dos mais bárbaros “justiçamentos” cometidos pela extrema esquerda brasileira: O Justiçamento do Delegado Otávio

Lex Luthor, The Great


On the beach


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 25 de Fevereiro de 2017.

24 comentários:

Anônimo disse...

http://www.implicante.org/noticias/so-no-judiciario-ha-mais-de-45-mil-autoridades-com-foro-privilegiado/
Só no judiciário, há mais de 45 mil autoridades com foro privilegiado
Essa bizarrice precisa acabar e logo
A Lava Jato fez as contas e disse que o foro privilegiado atingia 22 mil autoridades no Brasil. E foi muito criticada por isso, disseram que o número estava exagerado, que a força-tarefa praticava “ativismo judicial”.
Bom… A Associação dos Juízes Federais resolveu passar a limpo ao menos as autoridades do judiciário que teriam regalia semelhante. E chegou ao assombroso número de 45,3 mil privilegiados. Repetindo: só no judiciário.
A Lava Jato talvez tenha errado pela primeira vez: a situação era muito pior. Infelizmente.
PS – PIOR DO QUE ISTO SAO DOIS DISSO. ESSE GRUPO E DOS QUE ENTRARAM PELA JANELA DO QUEM INDICA. FORAM PRIVILEGIADOS NAO PELO CONHECIMENTO E MUITO MENOS PELA COMPETENCIA MAS PELA COMPANHEIRICE DE INTERESSES E ALEM DISSO FICARAM SOMENTE FAZENDO FIRULA DENTRO DOS SUPREMOS, SOLTANDO BANDIDOS E CRIMINALISANDO A JUSTIÇA. FIZERAM UM QUADRO EXCELENTE DE VAGABUNDOS QUE ENTRARAM PELA JANELA E FIZERAM O TRABALHO SUJO DE CONTINUAR SENTANDO EM CIMA DOS PROCESSOS OU DESCARADAMENTE SOLTANDO VAGAGUNDOS COM GRANDE PERICULOSIDADE QUE VOLTARAM A DELINQUIR. ATE QUANDO VAMOS CONTINUAR COM A PARVOICE DE ACHAR QUE ESTA TUDO BEM? ATE QUANDO VAMOS CONTINUAR COM NOSSOS RABOS SENTADOS SEM COBRAR DOS SUPREMOS CRETINOS QUE FAÇAM SEUS SERVIÇOS. ELES NAO SAO SUBORDINADOS A EX PRESIDENTES, ELES NAO SAO ADVOGADOS DE DEFESA DE EX PRESIDENTE E PRINCIPALMENTE TEM QUE ACABAR COM ESTAS MORDOMIAS DE FORO PRIVILEGIADO. QUANDO ALGUM AGENTE PUBLICO SEJA ELE QUEM FOR DELINQUIR TEM QUE SER JULGADO PELA JUSTIÇA COMUM. GRAÇAS A ESSES COMUNISTAS VAGABUNDOS DESDE SARNENTO PARA CA QUE FOI UM ACIDENTE TEMOS VISTO COMO ESSES CIVIS CARA DE PAU ESTAO ALIMENTANDO O MESMO RITMO CRETINO DE COMUNISMO. FINGINDO AJUDAR AOS MAIS POBRES ELES ROUBAM A MAOS GRANDES E AINDA TEM A CARA DE PAU DEFILANDO MENTIRAS E MAIS MENTIRAS PARA ZE POVAO. OU SALVAMOS A NAÇAO OU VAMOS TODOS PARA O ESGOTO JUNTO COM O MERDA SUL E MERDA EUROPA. A DECISAO E SOMENTE NOSSA. O FUTURO ESTA EM NOSSAS MAOS.

Anônimo disse...

APROVEITEM: OS SEUS 2 ÚLTIMOS CARNAVAIS: SERÃO NESSE E NO PRÓXIMO ANO - E FIM, FIM!
Os blocos dos sujimundos da Câmara e Senado estarão chegando até novembro de 2018 QUANDO SERÃO POSTOS PARA FORA AOS PÉS NO RABO PELOS ELEITORES, CANSADOS DESSES POLITIQUEIROS PROFISSIONAIS, ESPECIALISTAS NA ARTE DE FRAUDAREM E ROUBAR, E AINDA SE ASSOCIAREM AOS LARAPIOS DOS PARTIDOS COMUNISTAS, CASO DO GOLPISTA E MAFIOSO PT!
Foram iniciadas parcialmente a limpeza com sucesso em 2016 e será completada em 2018!
Esses com mandatos de 2,3,4 até 5 vezes, tadinhos...

Anônimo disse...

DO BLOG A IMPLICANTE

Ponto de Vista
Foro privilegiado: nos EUA, Donald Trump pode ser julgado por juízes como Sérgio Moro

O Brasil é um absurdo que nenhum país civilizado conseguiria entender

O foro privilegiado é um dos maiores males do Brasil. Na dúvida, basta consultar a Constituições de outras nações, em especial as mais desenvolvidas. Foi basicamente o que o Globo fez.

Ao se debruçar sobre o caso de outros 20 países, descobriu que o Brasil é o que possui mais regalias jurídicas para as suas autoridade. E explicou que, nos Estados Unidos, nem o presidente da República goza de privilégio semelhante. Se for o caso, Donald Trump seria julgado por juízes de primeiro grau, ou o cargo que Sérgio Moro exerce por aqui.

É também a situação de Angela Merkel e Theresa May, na Alemanha e Reino Unido, respectivamente.

O foro privilegiado precisa acabar. O Implicante não se cansa de repetir isso.
PS - O FORO E SOMENTE PARA PATROCINAR A VIDA DE BANDIDOS VERMELHOS QUE TEM VARIOS E VARIOS PROCESSOS ESCONDIDOS NO RABO DOS SUPREMOS BESTEIROL. SUPREMO FEDERAL E ELEITORAL COM SUAS MAQUININHAS FAJUTAS. ESTAMOS PAGANDO MUITO ALTO PARA A JUSTIÇA SUPERIOR CHEIAS DE BENESSES E PRIVILEGIOS E SEM CACIFE PARA TOCAR O BONDE PORQUE DEVEM SEUS EMPREGOS E BENESSES A EX PRESIDENTES FAJUTOS TODOS PROCURADOS PELA POLICIA. GRAÇAS A LAVA JATO ESTAMOS VENDO O QUE FOI O PRESIDENCIALISMO COMUNISTA NO PAIS DESDE A RAÇA DOS VARGAS PARA CA. UM BANDO DE IMBECIS QUE AVILTARAM OS TRABALHADORES E ROUBARAM OS COFRES PUBLICOS E AGORA COM O DELINQUENTE TEMER QUEREM VENDER O RESTINHO DE DINHEIRO DOS BRASILEIROS E CORTAR NA PROPRIA CARNE NADA. ESTAMOS OUTRA VEZ COM QUASE QUARENTA MINISTERIOS OUTRA VEZ O HOMEM ESTA CORRENDO DE LA PARA CA PARA MOSTRAR QUE E UM MERDA, NAO MANDA NADA E E UM ZERO A CAMORRA CONTINUA MANDANDO E ELE AMEM AMEM. ESTA TUDO DE VOLTA OUTRA VEZ GRAÇAS AO VAGABUNDO TEMER E A CONSTITUIÇAO PERNETA E NO TOPE COMO CEREJA NO BOLO OS SUPREMA HIPOCRISIA. SOLTANDO TUDO QUANTO E BANDIDO E FAZENDO CARA DE PAISAGEM. VERGONHA NENHUMA, INTERESSE NA NAÇAO E NOSSAS PSEUDO RIQUEZAS NENHUMA. INTERESSE SOMENTE DE AJUDAR MERDA SUL, EUROPA FALIDA E AFRICA TAMBEM FALIDA. SOMENTE PELO PODER DE FICAR COM A CANETA NAS MAOS E JOGAR NOSSO DESTINO EM PROMESSAS QUE JAMAIS, JAMAIS MESMO SERAO CUMPRIDAS. SE FIZERMOS UM RETROSPECTO VEREMOS QUANTOS CIVIS PROMETERAM E NAO CUMPRIRAM E QUANTOS CADAVERES DE BRASILEIRINHOS MORRERAM NESTA ESCRAVATURA DE COALISAO. ESTAO JOGANDO O RESULTADO DA PELADA COM O QUE ESTAO PROMETENDO HOJE PARA DAQUI A VINTE E TRINTA ANOS QUANDO TODOS ESTAREMOS MORTOS INCLUSIVE ESSES VIGARISTAS DOS TRES PODERES QUE JA ESTARAO NA CIDADE DE PE JUNTO E NAO PODERAO SER COBRADOS PELAS BRAVATAS E MENTIRAS. TEMOS QUE TRAZER NOSSO PAIS DE VOLTA E ISSO SO DEPENDE DE NOS. NAO PODEMOS ACREDITAR MAIS EM TRES PODERES ELES ESTAO QUERENDO CALAR O EXCELENTE JUIZ MORO E SEUS VALENTES SOLDADOS. TEMOS QUE FICAR DE OLHO NA CAMORRA E GRITAR A TODOS OS PULMOES E NAO DEIXAR A RAÇA LIVRE LEVE E SOLTA PARA CONTINUAR E DELINQUIR A CEU ABERTO E FAZER CARA DE PAISAGEM. MORARAM OU PRECISAM QUE DESENHEMOS?.

Anônimo disse...

Ponto de Vista DO BLOG IMPLICANTE

Em dois anos, a aprovação de Sérgio Moro saltou de 28% para 65%

09.09.2015 - Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) realiza audiência pública interativa para instruir o PLS 402/2015, que altera o Código de Processo Penal, em relação aos recursos. Em pronunciamento, juiz federal, Sérgio Fernando Moro. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado.

De levantamento com 20 autoridades, ele foi o único a ser aprovado pela maioria

O Barômetro Político é uma pesquisa levantada pelo Instituto Ipsos. A exemplo do que aconteceu há dois anos, foi às ruas ouvir 1.200 brasileiros a respeito da popularidade de 20 personalidades políticas. E só uma delas ganhou o selo de aprovação da maioria. O nome dela? Sérgio Moro.

Em 2015, apenas 28% dos entrevistados diziam aprovar o trabalho do juiz que arbitrava a Lava Jato, contra 33% que reprovavam. Agora, a aprovação atingiu 65%, contra 26% que rejeitam. Apenas 9% dos entrevistados alegaram desconhecer Moro.

O resultado mostra que o maior partido do Brasil hoje se chama Lava Jato.

É o partido para o qual o Implicante pede voto.
PS - E NOS ZE POVAO TAMBEM.

Anônimo disse...

Ponto & Vírgula

Política brasileira e outros temas polêmicos

24 de fevereiro de 2017

O que não faltam são notícias desagradáveis para estressar a sociedade

Vejam as manchetes de um site de notícias que podem ser lidas agora. Tudo isso é um retrato sem retoques do momento político e jurídico pelos quais passa o Brasil:

"Temer nega participação em caso de pedido de propina para sua campanha"

"Eliseu Padilha pede licença do governo para cirurgia na próstata - Afastamento acontece após ex-assessor de Temer citar pacote enviado por Funaro ao ministro"

"Suíça bloqueia contas dos filhos do senador Edison Lobão, do PMDB - Autoridades confirmam investigação sobre senador"

"Temer demite líder do governo na Câmara por telefone - Queda de André Moura foi articulada por Rodrigo Maia"

"Interpol prende em Miami Jorge Luz e Bruno Luz, operadores do PMDB
Postado por Airton Leitão

Anônimo disse...

http://pontoetvirgula.blogspot.com.br/

Petistas criticam indicação de Moraes e esquecem do 'saber jurídico' de Toffoli

A única coerência dos petistas é a incoerência. Quando o presidente Michel Temer indicou Alexandre de Moraes para a vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), os petistas fizeram críticas à indicação, não só pelo lado político mas por uma possível falta de de qualidade jurídica para exercer tão importante cargo do Poder Judiciário. Alexandre de Moraes é autor de vários livros sobre Direito Constitucional e livre docente da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, da Universidade de São Paulo (USP), instituição na qual se graduou, em 1990, e se tornou doutor, em 2000. Ele iniciou a carreira como promotor de Justiça no Ministério Público de São Paulo em 1991, cargo que exerceu até 2002. Como promotor, integrou o Grupo de Atuação Especial da Saúde Pública e do Consumidor, foi primeiro-secretário da Associação Paulista do Ministério Público e assessor do procurador-geral de Justiça. O PT criticou a fato de ele era filiado ao PSDB quando houve a indicação para a Corte. Tão logo o Senado aprovou sua indicação, desfiliou-se do partido;

A incoerência dos petistas ficou evidente quando muita gente reclamou e criticou a indicação de Antonio Dias Toffoli feita pelo ex-presidente Lula, que feria duas exigências da Constituição Federal (Art. 101) para o exercício do cargo: "saber jurídico" e "reputação ilibada". Seu "saber jurídico" estava comprovado na reprovação em dois concursos para Juiz de Direito de 1ª Instância. Quanto à "reputação ilibada", Toffoli já havia sido condenado em primeira instância em processo em tramitação no Amapá. No que se refere à ligação política, Toffoli foi assessor parlamentar da liderança do PT na Câmara, advogado do partido nas campanhas presidenciais de 1998, 2002 e 2006 e subchefe para Assuntos Jurídicos da Casa Civil tendo o condenado José Dirceu como chefe imediato, cujo convívio de 30 meses consolidou sua amizade com o poderoso Zé Dirceu, o que lhe garantiu o emprego. Hoje até que Dias Toffoli parece ter estudado bastante Direito e muitas vezes suas sentenças e decisões não fazem lembrar a forte imagem que tinha de "ministro petista".
Postado por Airton Leitão

Anônimo disse...

BLOG DO ORLANDO TAMBOSI
Liberal e anti-ideológico, combatendo o lulopetismo desde 2005.
sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017
Contra o coletivismo progressista: mais armas, menos crimes.
A esquerda quer o cidadão desarmado. Que vá afagar os bandidos privilegiados com armas clandestinas no inferno. Como cidadão livre e contrário ao fascismo coletivista, quero o direito de possuir armas (de fogo, claro, porque as outras já tenho) para me defender, com perícia e sempre dentro da lei. Leiam os livros de John Lott Jr. (traduzido: "O Preconceito contra as armas"), especialista no assunto, para saber a sacanagem que o Estado faz com o cidadão desarmado. Aliás, "Mais armas, menos crimes" é outro livro do mesmo autor. A propósito do tema, segue texto de Percival Puggina:
Quem se alinha com teses sempre desastrosas, como os defensores do desarmamento, por exemplo, senta-se sobre o lado esquerdo do traseiro. Por que será? As exceções são tão raras que não ocupam lugar na arquibancada dos fatos sociais. Não contentes com fincarem pé nos fracassos, nem com andarem por aí arredondando pilar quadrado até que a casa caia, esse pessoal se esmera em espancar o bom conselho e em desqualificar a divergência. Você é contra o desarmamento? Então você é raivoso, da turma da bala; está a serviço da indústria da guerra. Potencialmente, um assassino de aluguel.
No entanto, a entrega compulsória de todas as armas das pessoas de bem tem lugar de merecido destaque na lista das iniciativas absurdas e maléficas já adotadas em nosso país. Responde, diretamente, pelo aumento da criminalidade, tanto em razão do quantitativo quanto da desfaçatez com que os bandidos passaram a agir nos mais variados ambientes e circunstâncias. Percebem-se – e de fato são – “donos do pedaço”, tocadores de gado para o abatedouro ou para o brete da marcação. Rapidamente vamos adquirindo destreza em preencher boletins de ocorrência, aos quais já tratamos na intimidade como "os meus BOs". CONTINUA...

Anônimo disse...

http://otambosi.blogspot.com.br/ CONTINUA II E TERMINA
Nós, os conservadores, e boa parte dos liberais, cremos que a pessoa humana é titular de direitos aos quais denominamos naturais. Entre eles, o direito à vida, à liberdade e à propriedade dos bens legitimamente havidos. Para os estatistas, socialistas, comunistas e outros totalitários em geral, as coisas não são assim. Entendem que os direitos nos são dados pelo Estado, motivo por que, fonte de todos os direitos, ele se torna, simultaneamente, objeto de reverência e de assédio. Estados vão à falência por conta do assédio. Sociedades são escravizadas por conta da reverência.
O leitor destas linhas pode estar pensando: “Mas se o Estado diz que eu não posso isto ou aquilo, na prática eu não posso mesmo; na prática eu não tenho tais direitos". Ora, se um direito é natural, inerente à condição humana, o Estado pode não o reconhecer, mas ele não deixa de existir. Os criminosos sentenciados têm a liberdade justificadamente tolhida; os presos políticos em regimes não democráticos, tem a liberdade injustificadamente contida. Mas o direito? Ah, o direito permanece na pessoa!
Isso é tão significativo quanto objeto de abuso. Se olharmos a pauta das postulações daqueles corpos políticos a que me referi no início, veremos que atuam invocando o reconhecimento de supostos direitos que seriam naturais aos grupos que manipulam. Normalmente, não são.
Pois bem, a turma das teses desastrosas acabou, simultaneamente, com o sistema penitenciário e com a possibilidade de dar devida vigência repressiva ao Código Penal. A realidade social evidencia que já há mais criminosos soltos do que presos. As baixas contabilizadas pelas estatísticas são indicativas de estado de guerra, e de guerra sangrenta. Em tais condições, nosso direito à vida não pode ser preservado, defendido ou exercido na ausência de legítimo e proporcional direito de defesa. No Brasil de 2017, a posse e o porte de armas deveria ser objeto de clamor nacional ante o Estado omisso no cumprimento das obrigações. Esse não cumprimento se torna ainda mais grave quando, simultaneamente, nos recusa o direito à posse e ao porte de armas de defesa pessoal. Como gado para o abatedouro, não!

Anônimo disse...

O nome certo para o Itamaraty (por que não um diplomata?)
http://otambosi.blogspot.com.br/
Marco Aurélio Garcia, um exemplo de pseudo-diplomata a serviço da ideologia.
Em editorial, o Estadão comenta a saída de José Serra e sugere que Temer nomeie alguém competente e sintonizado com a mudança feita no Itamaraty, antes refém da escória ideológica bolivariana. Pergunto: por que não algum diplomata? Rubens Barbosa seria um bom nome:

Desde o afastamento de Dilma Rousseff, a diplomacia brasileira, sob o comando do chanceler José Serra, deixou de servir ao sectarismo ideológico de um partido político para colocar em pauta a defesa dos verdadeiros interesses nacionais. Passaram para o primeiro plano as preocupações com a ordem econômica mundial, a abertura de mercado para os produtos e serviços brasileiros e o realinhamento do Brasil com as nações e organizações internacionais empenhadas na promoção dos direitos humanos. Passou-se, também, a ver a integração da América Latina, em especial o Mercosul, com outros olhos, mais práticos e ansiosos por resultados concretos. Com o pedido de demissão de Serra por razões de saúde, o desafio que se coloca agora diante do presidente Michel Temer é garantir que, quem quer que venha a ser o novo ministro, esteja assegurada a manutenção pelo Itamaraty da política externa que recolocou o Brasil no mundo moderno e está reabrindo as portas da economia à indispensável participação dos investimentos externos.
A política exterior brasileira vigente durante os quase 13 anos e meio em que o PT esteve no poder se manteve sempre e rigorosamente atrelada às diretrizes políticas e ideológicas do Foro de São Paulo, organização de partidos e movimentos de esquerda da América Latina criada, por iniciativa de dirigentes petistas, num primeiro encontro realizado em junho de 1990 na capital paulista.
Especializou-se essa política, entre outras extravagâncias, a exaltar a personalidade do presidente Lula da Silva. Essa política externa desastrada resultou dos pensamentos enviesados do chanceler Celso Amorim e do todo-poderoso assessor presidencial Marco Aurélio Garcia. Sucedido o governo Lula pelo de Dilma Rousseff, Celso Amorim cedeu lugar para diplomatas que mal esquentaram a cadeira, todos incapazes de atender aos caprichos mal formulados da presidente. CONTINUA...

Anônimo disse...

BLOG DO ORLANDO TAMBOSI CONTINUA II E TERMINA
Marco Aurélio Garcia, no entanto, mesmo sem ter a influência que exerceu no governo Lula, continuou a postos, mantendo a política externa amarrada às confusas visões de mundo concebidas pelo lulopetismo e fecundadas pelo bolivarianismo do coronel Hugo Chávez. A festa acabou quando Garcia foi demitido por Temer em seu primeiro dia de governo provisório.
Já nos primeiros dias da interinidade de Michel Temer, o Itamaraty reagiu energicamente à tentativa bolivariana de estigmatizar como “golpe” o impeachment de Dilma Rousseff. Em nota oficial, sob o título Manifestações sobre a situação interna brasileira, a Chancelaria foi categórica: “O Ministério das Relações Exteriores rejeita enfaticamente as manifestações dos governos da Venezuela, Cuba, Bolívia, Equador e Nicarágua, assim como da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América/Tratado de Cooperação dos Povos (ALBA/TCP), que se permitem opinar e propagar falsidades sobre o processo político interno no Brasil. Esse processo se desenvolve em quadro de absoluto respeito às instituições democráticas e à Constituição Federal. Como qualquer observador isento pode constatar, o processo de impedimento é previsão constitucional; o rito estabelecido na Constituição e na Lei foi seguido rigorosamente, com aval e determinação do STF; e o vice-presidente assumiu a presidência por determinação da Constituição Federal, nos termos por ela fixados”.
Em menos de um ano à frente do Itamaraty José Serra conseguiu desatrelar o Brasil do ideário esquerdista bolivariano, a começar pela neutralização da influência da Venezuela no Mercosul – do qual foi suspensa no fim do ano passado por não ter cumprido acordos e tratados do protocolo de adesão ao bloco. Outra importante conquista do Itamaraty pós-PT foi superar os entraves aos acordos bilaterais de comércio, imposição ideológica altamente prejudicial aos interesses comerciais brasileiros.
A nomeação do novo chanceler já está despertando a cobiça dos políticos insaciáveis por poder que integram a base parlamentar do governo. O País confia, porém, que o presidente Temer saberá escolher um novo chanceler com a competência e determinação necessárias para manter e aperfeiçoar a política externa brasileira.
Postado por Orlando Tambosi

Anônimo disse...

"Alguns juízes são absolutamente incorruptíveis. Ninguém consegue induzi-los a fazer justiça" - Bertold Brecht

http://caranovanocongresso.blogspot.com.br/

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

O que aconteceu em 2017?

Os políticos destruíram o PROGRESSO
Agora o STF aniquila a ORDEM
Não dá mais!
Parem o país que eu quero descer

Postado por Waldemar Martins às sexta-feira, fevereiro 24, 2017

Anônimo disse...

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017




A Odebrecht entrega o "chefão".








ACABOU O MITO! ODEBRECHT ENTREGA LULA, O CHEFÃO DO PETROLÃO

5

3




Lula recebeu propina em dinheiro vivo no escândalo do Petrolão

A revista IstoÉ vem com uma matéria bombástica que enterra de uma vez por todas o mito Luiz Inácio Lula da Silva. O chefão do Petrolão foi finalmente desmascarado por Marcelo Odebrecht, empreiteiro preso pela Operação lava Jato, que resolveu em acordo de delação premiada mostrar ao Brasil o quanto Lula é ladrão do dinheiro público. A matéria da IstoÉ já está disponível na sua plataforma on-line e é devastadora para o PT e seu líder maior. Outros políticos de vários partidos também serão atingidos pela bomba de Marcelo Odebrecht. Todavia, é sobre a cabeça de Lula que caiu o principal “míssel atômico”. Está provado! Lula é corrupto e recebeu propina em dinheiro vivo! Lula é o maior canalha do Brasil ao posar sempre de santinho quando na verdade estava enriquecendo a si mesmo e a toda a sua família às custas de corrupção da grossa, como bem diz o povo brasileiro.
Postado por BLOG DO MARIO FORTES às 08:52 DO BLOG DO MARIO FORTES

Anônimo disse...


O ANTAGONISTA

51 delatores da Odebrecht serão demitidos
Brasil 25.02.17 09:37
Segundo o Radar da Veja, Emílio Odebrecht demitirá 51 dos 77 executivos que assinaram acordos de delação premiada logo após o Carnaval.

Os cortes fazem parte do acordo de leniência assinado com o Departamento de Justiça dos EUA.

Anônimo disse...




O próximo da lista
Brasil 25.02.17 09:14
Quando Michel Temer anunciou sua lista de ministros, O Antagonista se perguntou: quem será o primeiro a cair?

Romero Jucá? Henrique Alves? Geddel Vieira Lima? Eliseu Padilha?

Todos eles caíram. E o próximo, claro, será Moreira Franco.
O ANTAGONISTA

Anônimo disse...

Mesmo sem Cabral, helicópteros oficiais iam à casa de praia
Brasil 25.02.17 09:10
Mesmo quando Sérgio Cabral encontrava-se no exterior, os helicópteros oficiais voavam até sua casa de praia em Mangaratiba. Segundo a Folha, foram, pelo menos, 81 voos nestas circunstâncias.
O ANTAGONISTA

Anônimo disse...

Os operadores do PMDB desembarcam
Brasil 25.02.17 08:57
Os operadores do PMDB, Jorge Luz e Bruno Luz, presos em Miami, desembarcaram em Brasília.

De acordo com a PF, eles só serão levados a Curitiba na quinta-feira, porque as passagens aéreas custam demais nesta época de Carnaval.

Pode levar: O Antagonista paga.

Anônimo disse...

Janot investigará Padilha a partir de março
Brasil 25.02.17 08:55
Rodrigo Janot deve abrir um inquérito para investigar Eliseu Padilha no começo de março, segundo a Folha.

A avaliação é que as declarações de Yunes, “a mula involuntária”, tornou a investigação obrigatória.
O ANTAGONISTA

Anônimo disse...

Lava Jato quer que Cabral delate o Judiciário
Brasil 25.02.17 09:50
O Ministério Público pressiona Sérgio Cabral a entregar nomes do Judiciário. Essa seria a principal condição para um acordo de delação premiada, segundo o Radar da Veja.
O ANTAGONISTA

Anônimo disse...


Início » Notícias » Manchetes » PGR pede à Suíça acesso a contas de filhos de Lobão
DO BLOG CONGRESSO EM FOCO

PGR pede à Suíça acesso a contas de filhos de Lobão

Márcio e Lobão Filho respondem a processo criminal e estão com contas bloqueadas no país europeu devido à suspeita de que dinheiro movimentado era propina por contratos no setor elétrico. Ex-ministro de Minas e Energia, senador é investigado na Lava Jato

Anônimo disse...

Pedro França/Ag. Senado
http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/pgr-pede-a-suica-acesso-a-contas-de-filhos-de-lobao/

Defesa diz que Lobão não tem contas no exterior nem motivo para se preocupar com bloqueio que alcança os filhos

O Ministério Público da Suíça confirmou, nessa sexta-feira (24), que bloqueou contas bancárias em nome de Edison Lobão Filho e Márcio Lobão, filhos do senador Edison Lobão (PMDB-MA), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. A Procuradoria-Geral da República já solicitou a autoridades suíças a manutenção do bloqueio e o envio de dados sobre o caso ao Brasil. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

De acordo com a publicação, diante da suspeita de que as contas receberam depósitos de origem criminosa, os recursos foram bloqueados em fevereiro de 2015, com a abertura de um processo criminal contra Márcio e Lobão Filho. As autoridades suíças confirmam também que o senador está entre os políticos brasileiros que fazem parte de uma investigação por corrupção.

Segundo a reportagem de Jamil Chade, não foram revelados os valores das contas. Os procuradores suspeitam que elas foram utilizadas para receber dinheiro de propina no setor elétrico, como no caso da usina de Belo Monte. Lobão foi ministro de Minas e Energia.

Márcio e Lobão Filho recorreram para derrubar o bloqueio e impedir a transmissão dos dados ao Brasil, alegando que não há prova de irregularidade na origem dos recursos. Seus pedidos, porém, foram rejeitados duas vezes. O advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, que defende o senador, afirmou que o presidente da CCJ não tem contas no exterior nem motivos para se preocupar com o bloqueio das contas dos filhos.

No último dia 16, Márcio Lobão se tornou um dos principais alvos de uma nova fase da Lava Jato, a Leviatã. Mandados de busca e apreensão foram executados em Brasília, no Rio e em Belém contra ele e o ex-senador Luiz Otávio Campos (PMDB-PA).

A investigação apura pagamento de propina a partidos políticos por empresas que integram o consórcio responsável pela construção da Hidrelétrica de Belo Monte, no percentual de 1% do valor das obras civis. Os valores seriam divididos entre políticos do PT e do PMDB. As informações surgiram a partir de delações premiadas de ex-executivos da Andrade Gutierrez. Os investigados são acusados pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Anônimo disse...

sábado, 25 de fevereiro de 2017

https://ossamisakamori.blogspot.com.br/

O "pacote" do José Yunes é explosivo!

O depoimento espontâneo do José Yunes à Procuradoria Geral do MPF vai dar desdobramento político inimaginável. O depoimento liga o advogado e amigo do presidente Michel Temer à intermediação da suposta entrega de R$ 1 milhão pelo operador do PMDB Lúcio Funaro ao presidente Michel Temer, via José Yunes, à mando do Eliseu Padilha.

O próprio advogado José Yunes se antecipou à divulgação da delação premiada feito pelo principal executivo da Odebrecht à PGR do MPF. O assunto se refere ao pedido de R$ 10 milhões, do presidente Michel Temer ao Marcelo Odebrecht, na residência oficial do vice-presidente, na presença do Eliseu Padilha.

Sabe-se que, dos R$ 10 milhões de contribuições para o PMDB prometido pelo Marcelo Odebrecht, R$ 6 milhões foi entregue para a campanha do Paulo Skaf, PMDB/SP, ao governo do estado de São Paulo, em 2014. A cota de R$ 4 milhões seria destinado ao ministro da Secretaria de Aviação Civil do governo Dilma, o Eliseu Padilha. Eliseu Padilha teria repassado da sua cota parte, um montante de R$ 1 milhão, em espécie, num "pacote", supostamente, para o presidente Michel Temer, utilizando-se o escritório do advogado José Yunes.

Diante da declaração espontânea do José Yunes, a Procuradoria Geral do MPF deve abrir um inquérito para investigar o destino da doação "eleitoral" de R$ 10 milhões para o PMDB, por parte do grupo empresarial Odebrecht. O processo deverá ocorrer no STF por ter o ministro Eliseu Padilha, o foro privilegiado. No ditado popular, José Yunes, quer tirar o dele da "reta", antes que a "bomba" exploda no seu colo.

O assunto veio como uma "bomba" ao presidente Temer, no momento delicado, da "dança de cadeira" dos ministros e da liderança do governo na Câmara dos Deputados. A semana que seguirá à do carnaval, o assunto José Yunes deverá ferver no Palácio do Planalto e nos bastidores do Congresso Nacional!

O "pacote" do José Yunes caiu como uma "bomba" no colo do Michel Temer.

Ossami Sakamori

Anônimo disse...

sábado, 25 de fevereiro de 2017

INTERVENÇÃO CIVIL, ÚNICA CHANCE

https://youtu.be/qDQWPPjv7gs


Intervenção Civil, única chance.

jose marcio castro alves


25 de fevereiro de 2017


postado por m.americo

Anônimo disse...

VOVÔ TEMER depois de indicar o "HITMAN" recebe um presentão do "MUY AMIGO" José Yunes mandando o Padilha pedir pra testar a próstata sem levar evidentemente aquela dedada.
Será que ele ainda voltará?

Anônimo disse...

Essa Base Naval onde o presidente vai passar o carnaval, não tem uma "energia" positiva. O Lula e Dilma já passaram por lá.