domingo, 5 de março de 2017

Cronologia da Revolução Russa


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos I. S. Azambuja

O texto abaixo é um dos capítulos do livro HISTÓRIA CONCISA DA REVOLUÇÃO RUSSA, escrito por RICHARD PIPES.
    
RICHARD PIPES nasceu em Cieszyn, na Polônia. Após a invasão alemã em seu país, na II Guerra Mundial, mudou-se para os EUA, tendo servido na F Ae entre 1943 e 1946. É professor de História na Universidade de Harvard desde 1958, especialista em União Soviética e Leste Europeu. Foi assessor de Segurança Nacional no governo Ronald Reagan entre 1981 e 1982. Politicamente, define-se como um anarquista conservador (!)  
______________________________
    
1889: Fevereiro-Março: greve dos estudantes universitários
    
1902: verão de 1901-1902: fundação do Partido Socialista Revolucionário
    
1903: fundação do Partido Trabalhista Social-Democrata;divisão entre as facções menchevique e bolchevique; fundação, na Suíça, da União de Libertação
    
1904: Fevereiro: os japoneses atacam Porto Arthur, dando inicio à guerra russo-japonesa; Congresso dos zemstva, em São Petersburgo
    
1905: 9 de Janeiro: “domingo sangrento”, em São Petersburgo; 5 de Setembro: é assinada a paz entre a Rússia e o Japão; Outubro: criação do Soviete de São Petersburgo e fundação do Partido Constitucional-Democrata (cadetes); meados de Outubro: greve geral; 17 de Outubro: Manifesto de Outubro
    
1906: Abril: publicação das Leis Fundamentais (Constituição); convocação da Duma; Julho: Stolypin torna-se Primeiro-Ministro
    
1907: é aprovada uma nova e mais restritiva legislação eleitoral para a Duma   
    
1911: Assassinato de Stolypin
    
1914: 19 de julho a 1 de agosto: início da guerra contra a Alemanha; agosto: os russos são derrotados a Leste da Prússia
    
1915: primavera e verão: os alemães invadem e ocupam os territórios da Polônia sob o domínio da Rússia; agosto: Nicolau II assume o comando do Exército russo e parte para a linha de frente; o Bloco Progressista anuncia seu programa
    
1916: Novembro: o governo sofre ataques na Duma; dezembro: assassinato de Rasputin
    
1917: 23 a 27 de Fevereiro: manifestações e motins em Petrogrado; 2 de Março: forma-se o Governo Provisório, de comum acordo com o Soviete de Petrogrado; Nicolau abdica; 3 de Abril: Lenin chega a Petrogrado; 21 de Abril: primeiras manifestações bolcheviques, em Petrogrado e Moscou; 4-5 de Maio: forma-se o governo de coalizão; 4 de Julho: fracasso da tentativa de golpe bolchevique em Petrogrado. Lenin cai na clandestinldade; 11 de Julho: Kerenski torna-se Primeiro-Ministro; 22 a 27 de Agosto: o caso Kornilov; 10 a 25 de Outubro: os bolcheviques se apossam do Poder em Petrogrado;

26 de Outubro: convocado pelos bolcheviques, o II Congresso dos Bolcheviques aprova seu Decreto da Terra e outros atos legislativos; forma-se um “Governo Provisório” bolchevique, chefiado por Lenin; 21 de Novembro: o metropolitano Tikhon é entronizado como Patriarca da Igreja Ortodoxa; 12 a 30 de Novembro: Eleições para a Assembléia Constituinte; 23 de Novembro a 6 de Dezembro: russos, alemães e austríacos acertam um armistício em Brest-Litvosk; 6 de Novembro: criação da Cheka; final de Dezembro: forma-se um Exército Branco, contra os bolcheviques, no sul.
    
1918: 5 de Janeiro: a Assembléia Constituinte reúne-se e é dissolvida, à noite; 20 de Janeiro: os comunistas baixam um decreto regulamentando as relações entre a Igreja e o Estado; 21 de Janeiro: o Soviete Supremo repudia as dívidas internas e internacionais; 28 de Janeiro: os ucranianos proclamam sua independência; 3 de Março: uma delegação soviética assina o termo de paz com os alemães, em Brest-Litovski; início de Março: o governo soviético transfere a capital de Petrogrado para Moscou; 1 de Maio: abolição dos direitos de herança; Maio: início da ofensiva soviética contra as aldeias; 22 de Maio: a Legião Tcheka rebela-se; verão: os camponeses recusam-se a entregar os grãos e a guerra civil explode no campo.
    
6 de Julho: insurreição dos Socialistas Revolucionários de esquerda em Moscou; fechamento de todos os jornais e periódicos não-bolcheviques.
    
Noite de 16 para 17 de Julho: em Ekaterimburg, Nicolau II é assassinado junto com a esposa e filhos, o médico da família e serviçais.
    
29 de Julho: início do recrutamento militar obrigatório.
    
27 de Agosto: é assinado um Tratado suplementar entre a Rússia e a Alemanha, com cláusulas secretas.
    
30 de Agosto: Fannie Kaplan atira em Lenin.
    
4-5 de Setembro: iniciado o Terror Vermelho.
    
17-18 de Novembro: o almirante Kolchak é proclamado supremo governante da Rússia, em Omsk, na Sibéria.
    
1919
    
Janeiro: taxas em gêneros são impostas aos camponeses.
    
Março: criação do Politburo e do Orgburo; fundação da Internacional Comunista.
    
Verão: os Exércitos Brancos, sob o comando de Denikin, ocupam a Ucrânia.
    
Agosto e Setembro: pogroms anti-semitas na Ucrânia.
    
13-14 de Outubro: as forças de Denikin capturam Orel.
    
Novembro: o Exército Vermelho esmaga os Brancos no Sul e na Sibéria.
    
1920
    
7 de Fevereiro: Kolchak é executado em Inkurtsk.
    
25 de Abril: polacos e ucranianos invadem a Ucrânia Soviética.
    
Maio: uma delegação soviética abre negociações comerciais em Londres.
    
Julho: II Congresso da Internacional Comunista; o Exército Vermelho invade a Polônia.
    
Agosto: explode em Tambov a rebelião de Antonov.
    
Meados de agosto: o Exército Vermelho é derrotado às portas de Varsóvia, sendo forçado a uma completa retirada.
    
18 de Outubro: armistício com a Polônia. 
    
Novembro: remanescentes do Exército Branco retiram-se da Criméia.
    
1921
    
Fevereiro: o Exército Vermelho invade e conquista a Geórgia; greves em  massa, em Petrogrado são seguidas pelo motim na Base Naval de Kronstadt.
    
15 de Março: Moscou abandona a requisição forçada de alimentos; tem início a Nova Política Econômica (NEP).
    
17 de Março: tropas vermelhas capturam Kronstadt.
    
Maio: A rebelião camponesa de Tambov é esmagada.
    
Verão-Outono: A fome assola a maior parte da Rússia.
    
1922
    
Fevereiro e Março: ataque contra a Igreja
    
3 de Abril: Stalin torna-se Secretário-Geral do Partido.
    
Abril e Junho: julgamentos públicos de clérigos em Mosou e Petrogrado.
    
16 de Abril: Tratado de Rapallo, entre a Rússia e a Alemanha.
    
Maio: Tikhon é removido do Patriarcado.
    
6 de Junho: Criação do Departamento Centra de Censura (glavit).
    
Dezembro: Lenin dita seu “Testamento” e as “Notas sobre a Questão das Nacionalidades”.
    
 
1923
    
10 de Março: Lenin é vítima de uma paralisia.
    
1924
    
21 de Janeiro: Lenin morre.  


Carlos I. S. Azambuja é Historiador.

Nenhum comentário: