quinta-feira, 27 de abril de 2017

Greve da Petelândia vira piada na Internet


2ª Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A acuada e desmoralizada Petelândia consegue, facilmente, o feito histórico de virar piada nas redes sociais. A mais recente avacalhação é com a convocação da “Greve Geral” marcada para esta sexta-feira – uma malandragem pura, em agendar uma paralisação inútil e irresponsável, na véspera de um feriadão prolongado. É mais uma prova da aversão da petralhada ao trabalho – ainda mais se for honestamente. Nem um mito decadente como Lula merece ser “defendido”, de maneira tão idiota, por seus fanáticos seguidores.

Os sacanas nas redes sociais elaboraram e viralizaram o “roteiro” grevista de 28 de abril. A gente só fica ma dúvida se o teor é para rir ou para chorar de vergonha – consagrando a incompetência política dos petistas, apeados do poder por um golpe que deram neles mesmos, com a parceria oposicionista de malandros que, até a undécima hora, fingiam ser “aliados”, “parceiros” ou “comparsas” nos 13 anos de gestão temerária (sem trocadilho infame) da Petelândia aloprada. Eis a “agenda”:

Programação da Greve Geral do dia 28 de Abril

7:00h. Primeiramente, "Fora Temer".
7:30h. Café com pão e Mortadela "grátis"
8:30h. Berrar "Lula, guerreiro do povo brasileiro!"
9:30h. Show do Tico Santa Cruz
11:30h. Atos de vandalismo
11:45h. Inalação de gás lacrimogênio
12:30h. Almoço
13:30h. Oficina de língua francesa. Tutora: Dilma Roussef
14:30h. Apanhar da PM
15:30h. Show da Preta Gil
16:30h. Mesa redonda. Convidados especiais: PCC e Comando Vermelho
18:00h. Apanhar da PM
19:00h. Pausa para descanso
20:00h. Apanhar da PM
21:00h. Berrar "Fora Trump!"
22:00h. Apanhar da PM
22:30h. Encerramento

Tudo será coberto pela imparcial mídia da petelândia, pregando a tese de que os trabalhadores foram vítimas da repressão ordenada pela extrema direita reacionária e fascista que teme a volta de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República em 2018 – infelizmente sem poder contar com o amigo Sérgio Cabral para vice, pois ele está “preso” a outros compromissos...

Os impopulares


Consultoria Ipsos constata: Aprovação de Temer em míseros 4%. Nada menos que 92% veem País no rumo errado. E os principais políticos, potenciais candidatos a 2018, carregam níveis históricos recordes de impopularidade e rejeição. Parabéns, Petralhas, tucanalhas, peemedebostas e demais polititicas afins...

Providencial editorial do Estadão

Uma “greve geral” marcada para coincidir com a véspera de um feriado prolongado, encompridando-o um pouco mais, traduz bem o espírito dos organizadores desse movimento. Os chefes das centrais sindicais que convocaram a paralisação certamente esperam que a adesão seja alta, entre outras razões, porque muita gente vai considerar a “greve” uma oportunidade de antecipar a folga. Como ergofóbicos que são, esses sindicalistas conhecem o valor de uma boa desculpa para não ir trabalhar.

E a desculpa da vez são as reformas promovidas pelo governo de Michel Temer, especialmente a trabalhista e a previdenciária. A desonestidade dessa campanha sindical, orquestrada pelo PT, é evidente por si mesma. O partido que governou o Brasil por mais de uma década e é diretamente responsável pelo colapso da economia - sem falar do colapso moral - lidera um movimento destinado justamente a sabotar as únicas soluções possíveis para a crise que os próprios petistas criaram.

Para que o deboche seja completo, o PT, ao mesmo tempo que está organizando a tal greve, tratou de lançar um “plano econômico”, batizado de Seis Medidas Emergenciais para Recuperação da Economia, do Emprego e da Renda. Lá estão, uma a uma, as mesmíssimas medidas que condenaram o Brasil a três anos de profunda recessão, que quase levaram o Estado à bancarrota e que criaram mais de 13 milhões de desempregados.

Os petistas dizem que querem, entre outras coisas, “fortalecer empresas brasileiras para gerar empregos de qualidade”, isto é, voltar a privilegiar empresas amigas do governo; “aumentar o comércio Sul-Sul, principalmente os Brics”, impedindo, por questões ideológicas, que o Brasil faça acordos comerciais muito mais vantajosos; e “investir em infraestrutura para uma economia dinâmica e eficiente”, o que, no governo petista, equivaleu a destinar bilhões de reais para projetos superfaturados que mal saíram do papel. Além disso, o PT pretende “recuperar as empresas de construção civil”, ou seja, dar uma mãozinha aos sócios empreiteiros hoje enrascados na Lava Jato, e também quer “recuperar o papel central da Petrobrás”, impedindo - atenção - “a fragmentação, destruição e privatização da Petrobrás”, como se a estatal não tivesse sido rapinada e arruinada justamente pelos petistas.

A desfaçatez é, portanto, total. O PT, fragorosamente derrotado nas urnas e expelido do poder por ter legado à Nação uma crise econômica sem precedentes e um descomunal escândalo de corrupção, acredita-se em condições morais de denunciar um governo que, a duras penas, luta para consertar uma parte desse estrago. E é espantoso que haja quem, por vício sindical ou político, aceite engrossar esse movimento, deixando de refletir sobre os efeitos nefastos que a rejeição das reformas de Temer teria para o conjunto da sociedade.

Até mesmo algumas escolas particulares de São Paulo decidiram apoiar o movimento grevista de seus professores, em vez de lhes cortar o ponto pela falta, em claro desrespeito aos que pagam mensalidade em troca do serviço. Uma das escolas, resumindo o espírito que presidiu tão esdrúxula decisão, argumentou que as reformas foram encaminhadas “sem o debate qualificado” - como se o Congresso não fosse o local legítimo desse debate.

A maioria dos trabalhadores que deixarão de cumprir expediente amanhã, contudo, será formada não por grevistas, mas por funcionários que não conseguirão chegar ao trabalho em razão da paralisação do transporte público. O mesmo vai acontecer com os estudantes, que deixarão de ir à escola não apenas pela falta de transporte, mas porque muitos professores aderiram à greve.

Tudo isso, caso se confirme, tende a dar a falsa sensação de que a “greve geral” é mesmo geral, isto é, que mobilizou grande parte dos trabalhadores para protestar contra as reformas encaminhadas pelo governo. Num Congresso acuado por denúncias de corrupção e pela perspectiva de grandes e radicais renovações nas eleições de 2018, essa atmosfera pode definir votos contra as mudanças. Ao governo cabe manter a firmeza de propósitos, sem se intimidar pela delinquência daqueles que usam os “direitos do trabalhador” para golpear os trabalhadores pelas costas.

Petelândia em ação!


Releia a primeira edição desta sexta-feira: Delação de Palocci dana Lula e joga Lava Jato sobre bancos e fundos de investimento imobiliários


100 dias da Trump

Na visão sempre imperdoável de “Os Simpsons”...



Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 27 de Abril de 2017.

10 comentários:

Sérgio Alves de Oliveira disse...

Tenho o vício de ficar atento a tudo que sai no "Alerta Total". E concordo com muita coisa que aqui é escrita por um time de craques do pensamento. Como colocado nesse texto, "a aversão que tem a petralhada pelo trabalho" também foi tratada por mim como núcleo de um artigo que escrevi para esse blog: "O PARTIDO DOS TRABALHADORES QUE NÃO TRABALHAM". Segundo a assídua,culta e inteligente comentarista "Loumari",essa seria também a realidade de Moçambique e África do Sul,dentre outros países. Afinal de contas "trabalhador só da boca para fora não é nem nunca foi trabalhador".

Anônimo disse...

Nessa programação da greve da Petelância, no final, faltou colocar a sessão de fotos para a imprensa, das "vítimas" da PM, aqueles imbecis que são capazes de cortarem até o saco, o rosto e sangrar o nariz só para se fazerem de vítimas.

Anônimo disse...

O Maçom é um guri que peida e joga a culpa no outro... Lula e o PT são cria dessa máfia maldita onde apenas a elite caga senta em cima e bate palminha, duvido que algum trabalhador soltou essa mérda na internet e tenho a certeza que foi a maçonaria pois até agora quem está promovendo esses boatos são seus borras botas... Observem o comentário onde diz apanhar da policia, o judiciário ordena a policia para isto mas se prenderem bandidos eles soltam, o judiciário permite que políticos tramem contra o povo e ainda acham bonito pois o povo burro não ficara sabendo dos envelopes, salários e privilégios milionários de todo um esquema que sempre nos levam até o fundo do poço, isto vem acontecendo em todos os governos, faz mais de um século que os políticos, FFAA e o judiciário com a maçonaria sabotam o pais e roubam tudo do povo...

Anônimo disse...

E quer voltar ao poder com uma lei de abuso de autoridades para não serem nunca mais investigados. Aliás, melhoraram o que fez a ditadura militar e pensam que todos voltaram a ignorar suas verdadeiras intenções.

Blog do Anton no Blogger! disse...

http://tinypic.com/view.php?pic=i1cp6t&s=9#.WQKfKzHLeBQ Parece que vai ter chumbo na mesa redonda

Old man disse...

O recente adiamento da convocação do nove dedos para defrontar-se cara a cara com o juiz Sergio Moro, criou pânico nos serviços de segurança porque o exercito do brancaleone (PT) ameaça causar uma revolução no brasil. Seria trágico se não fosse cômico essa ameaça de militantes vagabundos que vivem das migalhas do PT, pudesse causar um tumulto que não pudesse ser controlado em meia hora com jatos de água e algumas bordoadas nos mais atrevidos. A guisa de esclarecimento aos mais jovens, o exercito do brancaleone é um filme italiano satírico de um exercito formado por maltrapilhos velhos, pernetas, cegos etc. só ficou faltando índios que não sabem atirar flechas de bigode e peito peludo. rsrsrsrs......

Anônimo disse...

Engraçado todo esse interesse agora dos gafanhotos agilizar paralização geral, será que estão revoltados com o corte da teta chanada contribuição sindical ? ta na hora de nossa nação acordar e ver a situação decadente da venezuela e outros, não custara a água vater no rabo do brasileiro tambem. Venezuela ta se ardendo agora e isso muitos de la sabem que foi com o grande apoio de lula e dilna que subiram nos palanques da venezuela contando vantagens desse modelo de governo comunada que implantaram aqui.

Anônimo disse...

Temos um grande dilema, odiamos comunismo e os seus, mas convenhamos que poucos sabem como anular esse demonio que tenta arrebatar o mundo desde que existiupolitica. Vai ai uma dica para iniciar combate a comunistas, aprendam como eu que desde criança meus pais me alertacam contra esses vermes, evitem ouvir comunistas, todos eles aprendem tátixas de persuazão, até deixam voce abrir a geladeira da casa deles, isso para te convencer que são humildes e companheiros, a coisa funciona assim na cabeça deles, tudo junto e misturado, outra dica nunxa apoiem um comunista entrar para damilia, faça como eu se descobrir que a mulher se cobre de vermelho dispense, mesmo que diga que te ama acima de tudo, logico que é uma estrategia dela na primeira chance seras enterrado de ponta cabeça no hardim. Entao e assim, alerta total em tudo, pois os comunas estao em todo lugar, e pior estao bas faculdades formando os proximos zumbis, cuidem de seus familiares não deixem essa raça nem frwquentar sua casa, pois se deixar pode virar um QG dessa facçao maudita.

Anônimo disse...

Temos um grande dilema, odiamos comunismo e os seus, mas convenhamos que poucos sabem como anular esse demonio que tenta arrebatar o mundo desde que existiu politica. Vai ai uma dica para iniciar combate a comunistas, aprendam como eu que desde criança meus pais me alertavam contra esses vermes, evitem ouvir comunistas, todos eles aprendem táticas de persuazão, até deixam voce abrir a geladeira da casa deles, isso para te convencer que são humildes e companheiros, a coisa funciona assim na cabeça deles, tudo junto e misturado, outra dica nunca apoiem um comunista entrar para familia, faça como eu se descobrir que a mulher se cobre de vermelho dispense, mesmo que diga que te ama acima de tudo, logico que é uma estrategia dela na primeira chance seras enterrado de ponta cabeça no jardim. Entao e assim, alerta total em tudo, pois os comunas estao em todo lugar, e pior estao nas faculdades formando os proximos zumbis, cuidem de seus familiares não deixem essa raça nem frequentar sua casa, pois se deixar pode virar um QG dessa facçao maudita.

Loumari disse...

Olá Sérgio! Depois de eu ler o teu comentário, peguei-o e comentei-o com um amigo meu que é o homem já de 64 anos, que foi Governador de Manica e depois de Sofala e foi Ministro de Obras Públicas no primeiro mandato de Guebuza, e ele comentou-me o seguinte sobre o assunto dos sindicatos dos trabalhadores em Moçambique: explica ele: "Que pena que os políticos lixam tudo. Quando começam a corromper, manipular a classe trabalhadora é o fim do processo."