quinta-feira, 6 de abril de 2017

Ofensiva


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Pires

De hoje até outubro de 18, data da Eleição, o Brasil há de enfrentar a maior ofensiva da Revolução Cultural desde aquela que aconteceu na China em 1966 - nós veremos reality shows, novelas, seriados, manifestações de pseudo-artistas e "intelectuais" apoiando todo tipo de barbaridade, de aberração comportamental, de falsas denúncias, de histerias coletivas, de perversões psicológicas e intelectuais que esta Nação jamais viu.

A Organização Criminosa Petista perdeu o controle da máquina administrativa e está sem dinheiro. Seus principais chefes, com exceção de Lula e Dilma, estão presos e os criminosos dos demais partidos os estão abandonando cada vez mais. A cultura é a "última trincheira" deles - vão lutar com uma ferocidade e uma eficiência que vocês ainda não conhecem. Preparem-se!


Milton Simon Pires é Médico. Editor do Ataque Aberto.

4 comentários:

Anônimo disse...

O MEU VOTO NÃO INTERESSA PARA NINGUÉM... MAS HOJE DEIXO DECLARADO E PROMETIDO QUE VOTAREI PARA O FDP QUE DECLARAR GUERRA CONTRA ESSA CATEGORIA DE AÇOGUEIROS, CARNICEIROS, SABOTADORES, LADRÕES E MERCENARIOS ESSES URUBUS QUE COM SUAS SABOTAGENS E FALCATRUAS FAZEM OS POLITICOS PARECEREM SANTOS... NO PARTICULAR CHEGAM A COBRAR 6OO REAIS POR UMA CONSULTA MAS NÃO DECLARAM 20, TODOS PROTEGIDOS PELA MAÇONARIA QUANDO TRABALHAM PARA O GOVERNO PARECEM GAFANHOTOS ROUBAM E DETONAM COM TUDO E RECEBEM SEM TRABLHAR, TRAFICANTES DE ORGÇAOS HUMANOS, VENDEDORES DE ATESTADOS, LADRÕES DE PROTESES E DE TUDO QUE VALHA UNS TROCADOS VERDADEIROS MAFIOSOS...

Anônimo disse...

A cultura é o ópio do povo.

Anônimo disse...

Prezado Dr.Milton,
Antes de mais nada, quero declarar que considero o deputado Jair Bolsonaro um medíocre espertalhão, e, a não ser que ele concorra no segundo turno contra lullarápio, dilma ou marina silva, NUNCA votaria nele.
Mas quero destacar que, dado as pesquisas que o incluem entre os preferidos para presidente em 2018, parece que algum alto dirigente das falanges satânicas esquerdopatas deu a ordem para que seus diabinhos teleguiados comecem a campanha difamatória - com ou sem fundamento - contra o tal deputado candidato a candidato.
Tenho presenciado colegas esquerdinhas requentando notícias antigas conta aquele cidadão, além de potencializar qualquer palavra ou gesto dele fora da normalidade. Parece que, nunca antes "nessepaiz" se falou tanto nome do Bolsonaro, para criticá-lo e desacreditá-lo, é claro.
Minha conclusão: os esquerdopatas estão se borrando de medo de que o lullarápio venha a perder a eleição de 2018 para o deputado falastrão.
Aliás, gostaria de ler um comentário seu sobre possíveis candidatos confiáveis a presidente da República em 2018. Será que existe algum?
Abraço.
Paulo Onofre.

Anônimo disse...

Dr. Milton - mantenha-nos informados e mobilizados. Não vamos esmorecer.

No Alerta de ontem seu texto está na sequência do de Renato Sant'Ana. Parabéns aos dois. Atualmente os dois melhores cronistas independentes de nossa web.