domingo, 2 de abril de 2017

Reformas num País governado por marginais


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Pires

Assim como a Pena de Morte, Eutanásia, Aborto, Liberação da Maconha...o debate sobre a Terciarização só tem sentido, só é procedente e justo num país cujo Estado, independente do seu TAMANHO ou de suas DÍVIDAS é regido pelo Princípio da Justiça ...e do Direito...

O Brasil é um País sem Lei, sem Constituição, sem Justiça e Governado por uma Organização Criminosa associada às milícias e ao Tráfico de Cocaína na América Latina.

Será que NINGUÉM consegue ver que não é hora de "debater" coisa NENHUMA no Brasil??

Nem Terciarização, nem Maconha, nem Previdência...NADA!

É hora de colocar pessoas NA CADEIA!


Milton Simon Pires é Médico. Editor do Ataque Aberto.

4 comentários:

Jayme Guedes disse...

Conteúdo e forma irretocáveis. Tudo o que se discute agora tem apenas o objetivo de desviar a atenção daquilo que realmente importa.

Anônimo disse...

Bravo!!!!!

Anônimo disse...

Bravo!!!Objetivo, claro e na hora certa!!!

Anônimo disse...

Queira me perdoar,Dr.Milton,mas se a solução do Brasil fosse a de colocar mais gente na cadeia,o espaço necessário para construir os novos presídios necessários ocuparia mais de metade dos 8,5 milhões de KM/2 do seu território.Não só os politicos merecem cadeia. O grande problema do povo brasileiro é de ordem genética,de uma má formação ,uma deficiência que atinge mais de metade do povo,justamente aquela que ao portar um título eleitoral define os destinos políticos da nação,naquela "coisa" que chamam democracia,mas que não é,e cujos traços correspondem à democracia falsa,degenerada,deturpada,corrompida,ou seja,a OCLOCRACIA,que só beneficia a patifaria política. Quem estudar a genética dos povos verá uma certa coincidência nos tipos humanos que povoaram os países desenvolvidos e os mais atrasados. O Brasil está entre países mais atrasados e com menores PIB per capita do mundo. Sérgio A.Oliveira.