sexta-feira, 5 de maio de 2017

Hora de descontinuar a putaria


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Será que o bom velhinho José Dirceu de Oliveira e Silva vai presidir a próxima reunião emergencial do Foro de São Paulo, mesmo usando tornozeleira eletrônica que lhe restringe a saída do prédio onde mora em Brasília – que agora virou “prisão domiciliar”? Se depender da bronca dos brasileiros, tal manobra será dificultada ao máximo. Dirceu só não vai para Cuba que o pariu porque ainda não ousou fugir, nem pedir asilo a Raul Castro. O Zé seria um belo candidato a presidente da Ilha Perdida. Que pena...

Haverá protestos diários na porta da residência do Zé, no sexto andar do Edifício Kopenhagen, no bloco A da quadra 305 do setor sudoeste da capital federal. Condenado no impune Mensalão e, depois, a 34 anos de prisão por corrupção na Lava Jato, com grandes chances de novas condenações, o ideólogo Dirceu vai morar com a jovem mulher Simone Patrícia Tristão Pereira e a filha Maria Antônia, de seis anos – de longe a maior prejudicada nessa história toda, pois estava há um tempão privada da convivência com o pai.

A maioria das pessoas está, definitivamente, de saco cheio. Os honestos pagadores de impostos abusivos e juros estratosféricos, assaltados, roubados e violentados pelo Estado Ladrão, exigem que a “putaria” sofra descontinuidade. A bronca – quase revolta - da população é suprema. Ontem, diante do prédio do Supremo Tribunal Federal, a galera empunhou faixas e cartazes com dizeres bem objetivos: “Estamos com Sérgio Moro”; “Fora Gilmar Mendes! Fora Lewandowski! Fora Toffoli!”; “Juiz que solta ladrão é inimigo da Nação”.

Foi bastante tumultuada a chegada do Zé à “prisão domiciliar”, às 21h 25min de ontem, conforme mostra o vídeo de Josiel Ferreira, no Youtube...


Ainda bem que ontem o Presidente Michel Temer, no melhor estilo Velhinha de Taubaté, em entrevista à Rede TV!, proclamou que o STF não impôs derrotas à Lava Jato: “O Judiciário é feito de instâncias. Tem o primeiro grau de jurisdição, o segundo grau de jurisdição, o teceiro grau de jurisdição e o Supremo Tribunal Federal. É por instâncias. Não há derrota, há revisão”.

Melhor que tal interpretação é a notícia de que todos os casos polêmicos da Lava Jato irão para referendo pelo plenário formado por 11 ministros do Supremo – e não pelas duas turmas isoladamente. A determinação é do ministro relator Luiz Edson Fachin – que ficou muito pt da vida com a soltura de Zé Dirceu e outros réus menos votados. Pelo menos assim, teremos a chance de saber quem realmente está a fim de impedir que as organizações criminosas “continuem com a putaria” – conforme expressão chula usada pelo médico Sérgio Côrtes - ex-secretário de Saúde de Sergio Cabral Filho.

Aliás, já passou da hora de interromper a carreira da bandidagem institucionalizada do Brasil.

Pura avacalhação

O Brasil é tão surreal que torna verossímil a notícia-piada inventada pelo site Humor Político:

Em protesto contra a alta fiança imposta ao ex-marido, Luma de Oliveira passou a usar uma coleira com a palavra LAVA JATO escrita com brilhantes.

De férias no Mediterrâneo, Thor Batista comunicou aos advogados de seu pai que não pagará a fiança de 52 milhões de reais para que Eike cumpra o resto de sua pena em prisão domiciliar.

“Acho estranho que o valor solicitado seja exatamente o mesmo da lancha que estou negociando. É muito opressor experimentar na própria pele os esforços do Judiciário para cercear os direitos dos herdeiros”, afirmou Thor, angustiado, no Snapchat. “Pode parecer que cresci com a vida já ganha, mas batalhar com meu irmão Olin por uma parcela maior da herança, em particular a de vovô Eliezer, não foi fácil. Nada caiu do céu para mim.”

Piada séria

Um delator da OAS também revelou que a empreiteira tinha um departamento de propina:

O tragicômico foi ele contar que o setor que cuidava da putaria era a "Controladoria"...

É a prova de como a corrupção sistêmica transforma a "Compliance" em "Culpaiance"...

Sem fim


Dançando no TSE


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 5 de Maio de 2017.

16 comentários:

Anônimo disse...

QUAL É O ESPANTO??? QUAL A NOVIDADE??? JUIZES E DESEMBARGADORES SEM UMA CORREGEDORIA SÉRIA E COMANDANDO O CRIME ORGANIZADO SOLTAM BANDIDOS A TODO MOMENTO, ISTO DESDE O TEMPO QUE PODIAMOS DIZER QUE CADEIA NO BRASIL FOI FEITA PARA PPP, PRETO, POBRE E PUTA... SÉRGIO MOURO UM COVARDE E CORRUPTO NÃO DENUNCIOU A PRIVATARIA E AGORA ESTÁ COM O RABO PRESO... UM ESQUEMA QUE ENVOLVE TODOS OS MUNICIPIOS DO BRASIL TEM COMO CHEFIA A MAÇONARIA E O JUDICIARIO E POR ISSO PREGAM QUE BANDIDOS SÓ EXISTE EM BRASILIA... NARCOTAFICO, CONTRABANDO E JOGOS ILEGAIS.

Anônimo disse...

PADRE RODRIGO MARIA DETONA O STF, MONTADO POR FHC E LULA, PRECISANDO RETIRÁ-LO POIS ESTARIA ENROLADO NA LAVA-JATO!
É NECESSÁRIO QUE, A PEDIDO DO POVO, OS MILITARES REMOVAM A ATUAL CLASSE POLÍTICA!
https://www.youtube.com/watch?v=kyViM_Sdw6w.
Temos outro igualzinho, tratorando o que acha pela frente, no FACEBOOK e em seu site: FREI CLEMENTE ROJÃO!
CONFIRAM!

Anônimo disse...

sexta-feira, maio 05, 2017
http://aluizioamorim.blogspot.com.br/
LIBERANDO GERAL
Por Maria Lucia Victor Barbosa (*)
Em 5 de dezembro de 2016, durante o 10º Encontro Nacional do Poder Judiciário, em Brasília, a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia afirmou que “a sociedade precisa acreditar no Poder Judiciário para que não faça justiça com as próprias mãos”.
Seria ideal concordar com a ministra, mas a questão é que justiça se faz através do cumprimento das leis o que não é comum no Brasil. Geralmente ocorrem opiniões pessoais, interpretações esdrúxulas das leis, julgamentos políticos e sai livre quem tem recursos financeiros para pagar bons advogados. Acrescente-se a lentidão da justiça, notadamente do STF.
Exceção se faça ao juiz Sérgio Moro, que apoiado no trabalho de promotores e da Polícia Federal tem prendido provisoriamente e depois sentenciado donos das maiores empreiteiras do país, altos executivos dos governos petista, políticos, ou seja, “presos ilustres”, como disse o próprio juiz. Algo inédito no Brasil e sem alongamento de prazos que levam à prescrição dos crimes.
Depois do ministro Joaquim Barbosa, que pôs na cadeia figurões petistas e demais personagens ligadas ao “mensalão”, o juiz Moro faz de modo impressionante a diferença no país da impunidade, dos direitos humanos só para bandidos, que parece ainda seguir o costume do tempo das colônias espanholas quando se dizia: “La ley se acata, pero non se cumple”.
A atuação de Moro na operação Lava Jato não pode atingir o grande número de deputados e senadores envolvidos em crimes variados porque tais parlamentares desfrutam de foro privilegiado e só podem ser julgados pelo STF de conhecida morosidade, onde falta entrosamento entre os ministros e sobram atitudes incoerentes e impróprias a guardiães da Constituição. Nesse último caso recorde-se o espetáculo deprimente dos então presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-Al) e do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, quando estes rasgaram a Constituição para que os direitos políticos de Dilma Rousseff fossem preservados mesmo tendo sido ela cassada.
É verdade que uma comissão do Senado aprovou nesta semana uma emenda que põe fim ao foro privilegiado. Se depois de transitar nos plenários do Senado e da Câmara se tornar definitiva, políticos eleitos serão julgados por juízes de primeira instância e não pelo STF. Entretanto, já apareceu uma pegadinha: cogita-se no Congresso que o político só poderá ser julgado em seu domicílio eleitoral e não onde o crime ocorreu. Isso facilita as coisas, pois pode haver eventual pressão sobre o juiz local. CONTINUA...

Anônimo disse...


http://aluizioamorim.blogspot.com.br/ continua II
Realmente, há sempre a possibilidade de escapar quando se é poderoso. Afinal, no Brasil o crime compensa e os honestos é que são penalizados com a burocracia infernal, com cobranças absurdas e rigorosas, com dificuldades de toda espécie.
E falando em escapar, os ministros da 2ª Turma, Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, contrariando o voto dos ministros Edson Fachin e Celso de Mello libertaram o grande amigo de Lula, José Carlos Bumlai e o ex-tesoureiro do PP, João Cláudio Genu, ambos condenados por Moro. Mantiveram em prisão domiciliar o lobista Fernando Moura e Eike Batista foi para casa com a ajuda providencial do ministro Gilmar Mendes.
A decisão dos três ministros, diferente do entendimento de seus pares da 1ª Turma, baseia-se na opinião de que a pena só pode começar a partir da condenação em segunda instância. Naturalmente, eles ignoram que 34% da população carcerária presa preventivamente apodrece em calabouços pelo país afora. Será que Toffoli, Mendes e Lewandowski pretendem também libertar tais encarcerados na medida em que todos são iguais perante a lei? Isso parece fora de cogitação na medida em que eles não são ilustres, não possuem um exército de advogados bem pagos nem influência política.
Contudo, um outro tipo de “igualdade” continua a favorecer figurões da Lava Jato e, assim, José Dirceu, outrora homem forte do governo Lula, inventor do mensalão, “capitão do time” de mafiosos, acusado de vários crimes foi solto no dia 2 de abril por decisão de Mendes, Toffoli e Lewandowski, que abriram caminho para o fim da Operação Lava Jato. CONTINUA...

Anônimo disse...


http://aluizioamorim.blogspot.com.br/ continua III e termina
Na brecha do modus operandi liberou geral a defesa de Antonio Palocci enviou ao STF pedido de sua libertação, negado em decisão liminar – provisória – pelo ministro Edson Fachin, que decidiu enviar o parecer final para plenário do STF. Resta aguardar a deliberação dos 11 ministros a ser feita, não sabe quando, com longos discursos em “juridiquês” incompreensíveis ao comum dos mortais.
De todo modo, o que já ocorreu no STF indica a dificuldade de se aceitar a exortação da ministra Cármen Lúcia, pois não há como acreditar no Poder judiciário. Diante de tal insegurança jurídica não passamos de um país sem respeito às leis, portanto, sem futuro e sem esperança.
(*) Maria Lucia Victor Barbosa é socióloga

PS – E POR ESSAS E OUTRAS QUE MAGISTRADOS PARA SO SUPREMO DEVERIAM SER ESCOLHIDOS POR JUIZES DE CARREIRA OU SEJA QUE OS JUIZES QUE SAO IGUAIS AO JUIZ MORO QUE TIVERAM QUE RALAR PARA SER JUIZES ESCOLHESSEM QUEM SENTARIA LA E NAO MEQUETREFES DO CONGRESSO, SENADO E ASSEMBLEIA LEGISLATIVA. TODAS AS DUAS CASAS PROVARAM QUE SAO CASAS DE TOLERANCIA. NO SENADO E UMA CASTA QUE PASSA DE PAI PARA FILHO OU SEJA O VAGABUNDO QUE MANDA EM SEU ESTADO TEM GARANTIDO O RABO LA. E NA ASSEMBLEIA OS CINQUENTA PARTIDINHOS DE ALUGUEL MEIA BOCA GRAÇAS AGORA AO NAVEGANTE NA MAIONESE GILMAR FEDES. FEDES EM TODOS OS SENTIDOS PRINCIPALMENTE PORQUE LARGA O PAIS TODA A HORA PARA IR A PORTUGAL FAZER PALESTRAS. QUE PALESTRAS SAO TAO IMPORTANTES DO QUE EXERCER O CARGO QUE JUROU FIDELIDADE E OBVIO Q UE TODOS ELES REPRESENTAM SUAS BANCAS ADVOCATICIAS QUE DEFENDEM OS VAGABUNDOS E VAO PARA PORTUGAL RECEBER PESSOALMENTE SEUS PIXULECOS. PRISAONECESSARIA SEM PARA MOSTRAR A TODO O CIDADAO HONESTO QUE SER DESONESTO NAO TRAZ NENHUMA VANTAGEM PRINCIPALMENTE NUMA JUSTIÇA QUE SEJA REAL E NAO NESTA VAGABUNDAGEM VERMELHA QUE SE INSTALOU NOS SUPREMOS BESTEIROL. NOS SABEMOS MUITO BEM O QUE FIZERAM NA 470 SENTADORES EM CIDA DOS PROCESSOS, PREVARICADORES DE MERDA E TRAIDORES DA NAÇAO E DA CONSTITUIÇAO FARRAPO. FFAA EM CIMA DA VAGABUNDAGEM VERMELHA. ESTA NA HORA DE FAZER O DELETE DE TODO VAGABUNDO VERMELHO EGRESSO DE 64 E OS MANDAREM EM DEFINITIVO PARA OS PAISES QUE TANTO AMAM. ABAIXO O MERDA SUL, MERDA EUROPA E MERDA AFRICA, FERMENTADORES DE ATRAZO DE SUAS NAÇOES.

Anônimo disse...

sexta-feira, 5 de maio de 2017
http://libertatum.blogspot.com.br/

Indicados por desqualificados, o povo, que paga a conta, tem direito de exonerá-los!

PS = TOFFOLIS E LEVANDO WISK AMBOS ESCONDIDOS ATRAZ DE BIGODES E INIMPUTABILIDADES PROVIDENCIAIS PARA SE DEFENDER DOS ILICITOS PRATICADOS CONTRA O BRASIL E O POVO BRASILEIRO E A ESTRELA MAIOR O VAGABUNDO VELHO DE GUERRA COM CARA DE PAISAGEM GILMAR MERDAS. PERGUNTA QUE NAO QUER CALAR. POR QUE TEMOS UM SUPREMO ELEITORAL? PARA QUE ELE REALMENTE SERVE? O QUE FAZ? COMO APLICA A LEI? DE QUE PAIS E A CONSTITUIÇAO QUE ESTAO SEGUINDO? POR QUE EM VEZ DE COLOCAR UM FREIO NA VAGABUNDAGEM E COLOCAR NA CADEIA AS PESSOAS QUE ESTAO PREJUDICANDO NOSSA NAÇAO, SENTAM EM CIMA DOS PROCESSOS, ACHAM BRECHAS NA LEI PARA SOLTAR A MARGINALIDADE? QUAIS SAO OS INTERESSES QUE ESTAO SENDO OBSERVADOS PELA CORJA DO SUPREMO ELEITORAL? POR QUE VAGABUNDOS VERMELHOS QUE ESTAO AGINDO SOBRE NOSSO CEU CONTINUAM DELINQUINDO SEM QUE ESSES VAMPIROS DO ERARIO PUBLICO NAO COLOQUEM ATRAZ DAS GRADES. O QUE ESTAO DEFENDENDO AFINAL? SE SAO APOIADORES DOS VAGABUNDOS NAO DEVERIAM SER PAGOS COM DINHEIRO DE NOSSOS ESFORÇOS, NAO DEVERIAM RECEBER UM TOSTAO DO DINHEIRO DO POVO SOFRIDO BRASILEIRO PORQUE NAO ESTAO NOS DEFENDENDO. ESTA E A RAZAO PRINCIPAL PARA RESTABELECER CRITERIOS NO PAIS. O PAIS NAO PODE FICAR REFEM DA MARGINALIDADE ABOLETADA NO PODER POR SECULOS E SECULORUM. O PAIS TEM QUE PASSAR A REGUA E COMEÇAR E PENSAR EM ELIMINAR ESTES HIPOCRITAS DO PODER. COMEÇANDO COM NOSSAS APOSENTADORIAS AS APOSENTADORIAS DO GOVERNO NAO PODEM ESTAR VINCULADAS COM A APOSENTADORIA DOS ESTROINAS. ELES LEVAM MILHARES E MILHARES DE REAIS PARA SUAS APOSENTADORIAS E DISSERVIÇO A NAÇAO E NOS RALAMOS E NAO TEMOS DIREITO NEM DE TER UMA VELHICE MELHOR PORQUE A CORJA ASSAMBARCOU NOSSOS DIREITOS E DINHEIROS. ELES DERAM O GOLPE DO VIOLINO E AGORA QUEREM RESOLVER O PROBLEMA APAGANDO O ILICITO. TEM QUE DISVINCULAR O PUBLICO DO PRIVADO. O DINHEIRO DA APOSENTADORIA PRIVADA TEM QUE SER DESMEMBRADO DA APOSENTADORIA PUBLICA E OS REAIS VIGARISTAS QUE PAGUEM A CONTA QUE PASSARAM ANOS SEM RECOLHER E USAR NOSSO DINHEIRO PARA FAZER BENESSES COM OS PSEUDOS POBRES. TEM QUE APLICAR A LEI DE MURIÇI QUE CADA UM CUIDE DE SI. NOS CUIDAMOS DO NOSSO E ELES QUE CUIDEM DA MERDA QUE FIZERAM. NOSSO PAIS PRECISA DAR DISCARGA NA FRATULENCIA DE TODOS OS PODERES ELES DEVEM PASSAR ESTA CRISE SOZINHOS. O QUE FIZERAM FOI CRIME DE GUERRA E CRIME DE GUERRA TEM QUE SER EXMINADO POR GENTE DE CACIFE E NAO COM OS DELINQUENTES QUE DELINQUIRAM E QUEREM CONTINUAR A DELINQUIR SAINDO QUE NEM NABABOS COM O RABO CHEIO DE DINHEIRO. FALEI. ESTA NA HORA DE ENFRENTAR A CASERNA. A UNICA FORÇA COM CREDIBILIDADE QUE PODE DEVOLVER NOSSA CREDIBILIDADE SAO NOSSAS FFAA O RESTO E CONVERSA DE SUBDESNVOLVIDO QUE NAO QUER LARGAR O OSSO. O QUE ELES TEMEM? QUEM DELINQUIU TEM QUE PAGAR, PRINCIPALMENTE DEPOIS DE AMEAÇAR O POVO BRASILEIRO QUE TACARIA FOGO NO PAIS DE DENTRO DO PLANALTO. SO ISSO E MAIS DO QUE SUFICIENTE PARA IR A CORTE MARCIAL. O RESTO E CONVERSA DE ENGANA LOURENÇO.

Anônimo disse...



http://mundosujo-tikal.blogspot.com.br/

quinta-feira, 4 de maio de 2017
ACORDA BRASIL! IMIGRANTES ISLÂMICOS COMEÇARAM A ATACAR OS BRASILEIROS.

https://youtu.be/B4AU8_itAmg

https://youtu.be/B4AU8_itAmg

Anônimo disse...

sexta-feira, 5 de maio de 2017
http://vindodospampas.blogspot.com.br/

Efeito STF: assim como Zé Dirceu, outros 20 presos da Lava Jato também podem ser soltos

Como é sabido, o Supremo Tribunal Federal decidiu por soltar José Dirceu, pois ele estava em prisão preventiva sem condenação em segunda instância. Diante disso, outros presos da Lava Jato também podem ser soltos, e a lista não é pequena, pois 20 estão nessa situação.

Entre eles, Eduardo Cunha, Antonio Palocci e Sergio Cabral. Ao mudar o entendimento sobre prisão preventiva, o STF abriu caminho para isso.

TRF 4

Outro viés da decisão do Supremo é que as atenções agora se voltam ao TRF da 4ª Região, que julga os recursos da Lava Jato. É a instância que revisa as sentenças de Sergio Moro. O referido juiz, aliás, já condenou 90 pessoas em 28 processos.

Implicante

Anônimo disse...

rvchudo

sexta-feira, 5 de maio de 2017

O poder 'empalhado' e o ódio do povo

O país que um dia foi o país do futuro, hoje só terá futuro se todas as instituições refletirem e pedirem ao povo que as substitua. Não pode um povo com fome, com desemprego, sem segurança, sem educação e sem saúde assistir ao que está assistindo, em termos de desmoralização do poder constituído.

O que espera esse poder, que não é poder? É "empalhado" no poder. Onde esse poder "empalhado" pode imaginar que o povo possa ter o direito de respeita-lo, quando esses senhores são destruídos por poderes maiores que eles mesmos indicaram, mas que não podem ludibriar o povo dando cobertura a esses marginais. São um terceiro ou quarto escalão de poder, o poder de polícia, e um poder do judiciário que há 30 anos não tinha esse poder que lhe foi auferido por quem hoje esses senhores apontam como corruptos com provas e documentos.

O que espera esse poder ou esses poderes, os escolhidos pelo povo ou também os escolhidos por este poder que o povo escolheu? Já há uma consciência de que o povo escolheu mal. As exceções quase não existem mais. Se existem, há ainda o resquício de dizer que caixa 2 não é crime. Mas o que o povo vê e tem certeza é que uma campanha não pode custar menos do que os salários que esses senhores ganham nos quatro ou oito anos de mandato. Tendo um custo de eleição maior do que os salários que recebe, não se sabe como quase todos aumentaram seu patrimônio. E aqueles que disserem que não aumentaram seu patrimônio, não podem esconder que sua qualidade de vida melhorou muito.

O povo não precisa mais que o enganem. O povo já sabe tudo, vê tudo. Por isso esse ódio que o povo parece nutrir pelos poderes. O povo, o mais sofrido, se solidariza mais com o criminoso nas suas comunidades mais carentes, e vários segmentos da sociedade não entendem. Mas é tão fácil de entender. Como uma comunidade pobre não tem que hipotecar solidariedade àqueles que são os únicos solidários a eles nos momentos de suas necessidades. O poder do Estado foi substituído pelo poder daqueles que atendem, em lugar do Estado, suas necessidades muitas vezes de saúde e da própria morte.

O que mais se estranha neste momento é o silêncio dos poderosos, tanto dos poderosos econômicos como também dos próprios poderosos religiosos, que parecem não acompanhar a solidariedade que até o Vaticano oferece e hipoteca nessa crise que o mundo também assiste na Europa, no Oriente e na África.
JB - Opinião

Anônimo disse...

quinta-feira, 4 de maio de 2017

http://poncheverde.blogspot.com.br/


Veja a lista de todos os políticos que devem mais de 3 bilhões à União e estão aprovando projeto para eliminar suas dívidas

Parlamentares que devem à União R$ 3 bilhões em tributos inscritos na dívida ativa tentam se beneficiar com o perdão de débitos previsto na medida provisória que institui o PRT (Programa de Regularização Tributária). O projeto está sob a relatoria do deputado federal Newton Cardoso Júnior (PMDB-MG), que acumula débitos de R$ 67,8 milhões em nome de suas empresas - legislando em causa própria, obviamente. Veja no link abaixo a lista de todos os deputados federais e senadores que devem à União, além de doadores em débito que financiaram campanhas eleitorais. Também estão lá as empresas desses políticos que estão em dívida. O total supera R$ 90 bilhões. A íntegra da lista divulgada pela Procuradoria Geral da Fazenda Nacional está no link abaixo (O Antagonista)

https://drive.google.com/file/d/0B8_RBOFhHrDUSXBhUmJnYWxzVjg/view?usp=sharing



Postado por Vitor Vieira às 23:28:00

Anônimo disse...

Em qual país os chefões mafiosos não operam da mesma forma que os nossos? Compram políticos, juízes, policias, autoridades diversas, criam empresas de fachada, mandam dinheiro para contas secretas no exterior. Alguns se encantam tanto com o poder que se candidatam e se elegem para cargos no topo da pirâmide política, usando todos os artifícios possíveis e alianças com qualquer facção. O importante é ter o poder sobre todos e ficar mais rico, não interessando os meios. O comportamento do Lula, desde que a Lava-Jato o alcançou, mostra exatamente o "respeito" e a forma como ele vê o poder judiciário: como um poder de segunda categoria sob seus pés. Ele deve ter algum motivo forte para ser tão arrogante. O escárnio desses políticos podres é tanto, que às vezes, gostaria de ter de volta as punições do tempo de Tiradentes.A revolta é demais diante de tantas bênçãos aos bandidos desse país.

Anônimo disse...

Em qual país os chefões mafiosos não operam da mesma forma que os nossos? Compram políticos, juízes, policias, autoridades diversas, criam empresas de fachada, mandam dinheiro para contas secretas no exterior. Alguns se encantam tanto com o poder que se candidatam e se elegem para cargos no topo da pirâmide política, usando todos os artifícios possíveis e alianças com qualquer facção. O importante é ter o poder sobre todos e ficar mais rico, não interessando os meios. O comportamento do Lula, desde que a Lava-Jato o alcançou, mostra exatamente o "respeito" e a forma como ele vê o poder judiciário: como um poder de segunda categoria sob seus pés. Ele deve ter algum motivo forte para ser tão arrogante. O escárnio desses políticos podres é tanto, que às vezes, gostaria de ter de volta as punições do tempo de Tiradentes.A revolta é demais diante de tantas bênçãos aos bandidos desse país.

Anônimo disse...

Isso que é vida boa, a do ZEDIRCEUZINHO, saiu da "prisão" e foi curtir logo numa Mega Pizzaria, agora vai continuar sua curtição num belo condomínio de luxo. até porque ninguém é de ferro.
Perguntar não ofende.De onde saiu essa grana toda para curtir tudo isso?

Anônimo disse...


Fusca Brasil

BLOG QUE NÃO SE VENDE: SEM BOLSA-BLOG NEM COMERCIAL DO BANCO DO BRASIL, PETROBRÁS, CAIXA, GOVERNO, MINISTÉRIOS...
































































3.5.17




Vergonha de toga a serviço dos bandidos






A tradição do STF na soltura, no favorecimento e na proteção de notórios larápios da cena política nacional é notória, desde os tempos de Sarney e Collor.

Os chamados 'embargos infringentes', recurso jabuticaba (só existente no Brasil) utilizado para invalidar o sóbrio e ponderado julgamento do Mensalão (ponderado até demais, na chamada 'dosimetria' que só era adequada e enérgica com os coadjuvantes), as inúmeras protelações, chicanas e manobras para proteger figurões da República são famosas.

O primeiro impeachment "meia boca" da história mundial manchou a reputação do STF, cujo representante no evento, o ex-advogado de Lula e do PT Ricardo Lewandowski, não só rasgou a Constituição Federal, como também garantiu a continuidade do regime lulopetista bolivariano e a impunidade da elite do poder, a começar pelo Chefão de todos os corruPTos.




Agora, o Comissário José Dirceu de Oliveira e Silva, camarada da polícia secreta da ditadura cubana e subcomandante da Organização Criminosa de Lula, foi solto numa manobra de seus (ex?) advogados e ministros do Supremo José Antonio Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, desprezando os fatos e crimes reportados pelo relator Edson Fachin, e tripudiando a fundamentação da não soltura do meliante, apresentada pelo decano José Celso de Mello Filho.




O projeto de poder do PT está mais acelerado do que na época do poste de Lula, pois


•Temer sancionou a lei do "Mais Médicos" que copia literalmente o texto da Medida Provisória de Dilma, eximindo os cubanos do exame Revalida (quantos pobres morrem por falta de conhecimento médico desses estrangeiros, a mídia não divulga ) e mantendo o desvio de centenas de milhões de dólares para a ditadura de Cuba;
•A operação Mela Jato, com leis prevendo punição de promotores, juízes, delegados e policiais que ousarem acusar, julgar ou prender os figurões da República da Odebrecht;
•A destruição do sistema democrático através do Voto Cego (Voto em Lista escolhida pelos corruPTos);
•O financiamento público de campanhas - o povo sustentará as milionárias campanhas dos partidos que hoje são apenas fachadas da mesma facção, ao invés de sustentar médicos, professores, militares e servidores públicos de verdade;
•A Lei da Imigração elaborada pelo ex-terrorista e ex-colega de Dilma, o comunista Aloysio Nunes Ferreira, que garante proteção, SUSTENTO com dinheiro dos trabalhadores brasileiros, fundação de partidos e igrejas de qualquer orientação ou intenção, e impunidade (exceto para condenações transitadas em julgado na última instância, o que nunca ocorrerá com assassinos, estupradores, terroristas ou políticos genocidas ricos), a lei da imigração transformará o Brasil definitivamente no paraíso dos bandidos (fama já antiga) e terroristas (novidade trazida pelos ex-terroristas);
•As milícias do regime lulopetista (MST, MTST, CUT, etc.) assim como seus aliados do terror urbano (acrescidos ontem de terroristas palestinos na Avenida Paulista em São Paulo) estão em plena atividade, assaltando e assassinando trabalhadores, invadindo propriedades urbanas e rurais, jogando bombas em manifestantes brasileiros, incendiando ônibus, criando caos e convulsão social;
•O Supremo Tribunal Federal aparelhado só conta com alguns ministros ainda empenhados em seguir a Lei, a CF e os anseios do povo brasileiro, mas já é utilizado abertamente como "braço jurídico" da organização criminosa criada e comandada por Lula, repetindo a operação Mela Mensalão dos tempos de Lula e seu poste Dilma.

Qualquer semelhança com a Venezuela (país outrora riquíssimo, membro da OPEP, no qual o povo hoje passa fome) não é coincidência.

E podemos agradecer essa desgraça ao eixo do mal formado por Lula e sua gangue, envolvendo os 3 poderes da ex-República.

Anônimo disse...

Eis que a quadrilha está novamente se reagrupando e não demora para continuarem com a pilhagem do Brasil, desta feita até mesmo condenados.
Se o chefe da quadrilha pode até ameaçar juízes pela sua SBT, que limites o boquirroto tem?

Anônimo disse...

Os treis irmãos petralhas do STF estão putos da vida porque a sacanagem deles terminou e os próximos habeas corpus dos corruptos poderosos presos, serão julgados pelo plenário principalmente do italiano Pallocci que ele pronuncia palofi,porque tem a lingua presa mas vai ter que solta-la na delação premiada.Os irmãos petralhas não contavam com a astúcia do ministro Facchin que apoiado pela pres. Carmen Lucia, botou ordem na casa, enquadrando esses facínoras que o povo quer empicha-los do STF.