quinta-feira, 8 de junho de 2017

Apesar de novas denúncias, Temer tem apoio parlamentar para barrar denúncias de Janot ao STF


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A classe política, craque no toma-lá-dá-cá, já se articula para uma negociação mais urgente e “lucrativa” que a aprovação das tais “reformas”. Será a Câmara dos Deputados quem aceitará (ou não) a denúncia pesada que o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, oferecerá contra Michel Temer no Supremo Tribunal Federal. A temporada de negociatas fica mais escancarada que nunca, porque apenas 100 a 110 parlamentares da “oposição” tenderiam a ferrar Temer. É muito pouco. Não dá nem para saída...

O Presidente teria 400 votos para se blindar e ficar onde está, mesmo que desmoralizadíssimo... O Procurador-Geral precisa “encontrar” pelo menos 342 votos do total de 513 da Câmara Federal para conseguir que Temer seja formalmente denunciado ao STF. Apesar da gravidade de “fatos novos” que surgem a cada segundo, Temer teria uma maioria folgada para sobreviver. Tudo dependerá de quanto ainda tem para “investir” na consolidação de apoio parlamentar... Os deuses do mercado torcem, envergonhados, para que ele siga no comando do titanic chamado Palácio do Planalto.

Desenhando, para quem ainda não entendeu que, depois do roubo, é possível conter a “roubada”: Michel Temer tem apoio parlamentar de sobra para barrar as denúncias de Janot ao STF. Exatamente por tal “vantagem”, assessores próximos de Temer têm certeza de que enfrentarão um tsunami de denúncias nunca antes visto na História desse País desgovernado por canalhas. A tendência é que o Ministério Público Federal deixe vazar para a mídia amestrada todo o arsenal até agora oculto nas graves delações premiadas que enojam os cidadãos de bem. Amigos e ministros queridos de Temer vão sofrer infernalmente. Festa para os advogados – inclusive os do diabo.

Mais focada em negociar com a base parlamentar que aprovará as “reformas meia-boca” e garantirá a blindagem contra Janot, a turma temerária já teme menos o  julgamento da chapa PT/PMDB no Tribunal Superior Eleitoral. A previsão realista e otimista é que ocorrerá uma “vitória” apertadinha por 4 a 3 (ou até uma “goleada” de 5 a 2), derrubando a denúncia apresentada pelos tucanos, dois anos atrás (em 2014), para anular o triunfo reeleitoral da dupla Dilma/Temer. Muito provavelmente até sexta-feira à noite ou no máximo até sábado, os sete ministros do TSE tomam a decisão, sob a presidência do supremo-ministro Gilmar Mendes.

A eventual decisão do TSE, deixando tudo do jeitinho temerário, vai ampliar a crise institucional. A guerra de todos contra todos os poderes também vai se agravar com a programada rejeição das denúncias de Rodrigo Janot contra Michel Temer e a turma dele. A caneta dourada que assina tudo que vai parar no Diário Oficial da União parece não ter pleno poder para conter o frenético tsunami de delações premiadas. O poder de retaliação do Palácio do Planalto ainda parece limitado. Cortar o crédito da JBS nos bancos oficiais, por exemplo, ou reduzir a publicidade oficial na mídia amiga do clientelismo, não passam de atitudes infantis e (por que não trocadilhar?) temerárias...

Tem um outro fator de instabilidade que pode ser agravado pela manutenção forçadíssima de Temer no poder. As centrais sindicais preparam seu arsenal radical e profissional de protestos violentos contra a aprovação dos “remendos” trabalhista e previdenciário. A previsão, inclusive no meio militar, é de manifestações mais violentas que a do mês de maio em Brasília. A petelândia fará o diabo para arrasar com Temer e antecipar a campanha reeleitoral. O problema é o que pode acontecer com Lula... E Aécio Neves também tem tudo para dançar... Isonomia...

O decadente chefão da petralhada ainda segue “poupado” até que se defina o destino de Temer. Assim que ficar acertado que Temer continua na Presidência, chegará a hora do “juízo final” para Lula. Já Michel Temer tem tudo para seguir morando com a Marcela no Palácio do Jaburu, apesar da gravação clandestina de conversa com Joesley Batista, apesar dos passeios no jatinho da JBS, apesar dos depósitos de propinas para aliados em suas contas correntes, apesar dos amigos próximos serem alvos dos rigores seletivos e apesar de tudo de ruim que ainda vem por aí contra a figura presidencial.

E assim o Brasil segue no regime Capimunista Rentista e Corrupto, com a maioria da população indignada alimentando a ilusão de que a salvação da Pátria será conquistada na próxima eleição... Luz no final do túnel? Só se for a daquela famosa locomotiva estatal que vem para atropelar os cidadãos de bem...

Dane-se o jatinho


Análises relevantes

Recomenda-se a leitura do artigo em Defesanet: A Reunião

E também da análise de Olavo Mendonça: O Brasil está chegando a um beco sem saída?


Segurando o touro na unha


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 8 de Junho de 2017.

17 comentários:

Cavallier Bus disse...

Eu nunca consegui viajar de avião sem antes ter licença do dono para realizar a viagem... sempre paga, porque eu nunca tive amigo para me emprestar ônibus ou avião.

Anônimo disse...

Saber é Vencer
quarta-feira, 7 de junho de 2017
GLEISI SERÁ MAIS UMA MARIONETE NAS MÃOS DE LULA
JORGE OLIVEIRA
Lula é um sujeito previsível. Os seus passos só não são conhecidos por seus fanáticos que não enxergam os seus truques fisiológicos para permanecer no poder a todo custo. Depois de mentir para o juiz Sérgio Moro e jurar de pés juntos que não tem nenhuma influência no PT, eis que aparece em Brasília erguendo a mão de Gleisi, eleita presidente do seu partido, para quem ele cabalou votos. É a segunda mulher que Lula patrocina a eleição e vira cabo eleitoral para continuar manipulando os bastidores da política.
Dessa vez, Lula terá ao seu dispor mais de 100 milhões do fundo partidário (em 2016 foram 98 milhões, segundo o TSE) para começar a sua campanha presidencial, já que, se não for condenado, não contará mais com a boa vontade dos empresários amigos e dos diretores das empresas estatais que roubavam dos cofres públicos para patrocinar as campanhas do PT.
A Gleisi é ré na Lava Jato e o seu destino é incerto daqui para frente se realmente se deixar levar pela conversa de camelô do seu chefe, a exemplo do que ocorreu com os ex-tesoureiros do PT e o José Genoino, ex-presidente, que cumpriu pena por desvio de recursos do partido.
Para disfarçar o autoritarismo e dar um ar democrático a eleição, Lula indicou para disputar a presidência do partido dois aliados: Gleisi e Lindbergh. Um tal de José de Oliveira se vestiu de laranja, mas não teve um voto sequer. Qualquer um dos dois que ganhasse ele estaria bem servido. Mas a Gleisi, na verdade, tinha sua preferência. A exemplo do que aconteceu com a desqualificada Dilma, que levou o país ao caos econômico e ético, Lula agora tem outra mulher para fazer o papel de fantoche. O pretexto é o mesmo: abrir espaço político para as mulheres como se as verdadeiras mulheres necessitassem de um empurrãozinho para sobreviver na política ou em qualquer outra atividade.
Agora vigiado pelos investigadores da Lava Jato, Lula não pode movimentar nem a conta que a JBS mantém à sua disposição e da Dilma no exterior. Precisava, portanto, de uma fonte de renda para usar com gastos pessoais e da campanha dele e de seus comparsas petistas, já que a redução no número de prefeituras em 2016 reduziu o dízimo dos cargos comissionados. Assim, ele escalou a senadora Gleisi que, além de militante, é fanática da seita lulista, com quem ele pode contar incondicionalmente para manipular o dinheiro do fundo partidário. continua....

Anônimo disse...


Saber é Vencer continua II e termina
Praticamente não houve disputa. Escaldados, petistas de outras tendências preferiram não apresentar candidatos. Não quiseram participar do joguete de Lula e acabar na cadeia ou condenados como foram Zé Dirceu, João Vaccari Neto, Genoíno, Delúbio Soares e tantos outros que abriram os cofres para Luiz Inácio da Silva. Pela primeira vez dentro do PT não houve disputa acirrada dos núcleos para chegar à presidência do partido. Ninguém quer ir para a cadeia para satisfazer a ganância e a ambição desenfreada do chefe Lula.
A estratégia de Lula – previsível, mais uma vez – era ter um candidato que não morasse em São Paulo. E isso aconteceu. Gleisi é do Paraná e mora em Brasília com o marido Paulo Bernardo, ex-ministro do Planejamento e da Comunicação que já amargou uns dias de cadeia por corrupção. Assim, a presidência do partido será representada por uma pessoa de confiança de Lula que assumirá toda parte administrativa do partido. Gleisi, coitada!, só vai assinar papel como aconteceu com Dilma impedida de governar pelas mãos ferro de seu protetor.
Depois de homenagear no congresso os presidiários Zé Dirceu e João Vaccari Neto, o fundamentalista Rui Falcão deixou a presidência do partido e o abacaxi nas mãos de Gleisi. A senadora inicia o mandato tendo que responder a processo da Lava Jato. Ela também é líder do PT no Senado e ré juntamente com o marido Paulo Bernardo. O ano passado, o STF aceitou denúncia da PGR que acusava os dois de terem recebido ilegalmente 1 milhão de reais para sua campanha ao Senado em 2010. Eles respondem por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Não se pode aqui achar que Gleisi Hoffmann é ingênua politicamente. Senadora ativa, bem articulada, ex-ministra da Casa Civil de Dilma, várias vezes candidata derrotada em seu estado, ela se vê de uma hora para outra guindada por Lula aos principais cargos importantes do PT. Mas acontece que cego quando vê muita esmola desconfia.
Será que a senadora não desconfia de nada? Será que a cúpula petista tão afoita em disputa iria abrir mão da presidência de um partido que administra mais de 100 milhões reais se alguma trama não tivesse por trás de tudo isso? Senadora, cuidado para não antecipar o seu recolhimento ao presídio da Papuda só para atender a fúria incontrolável de poder do seu chefe.
Postado por Rose às 22:26

Sérgio Alves de Oliveira disse...

O mundo jurídico do Brasil definitivamente é o "fim-do-mundo". É por esse motivo que insisto que o Brasil não vive do propalado "estado-de-direito",como erroneamente dizem,e sim no seu contrário,no estado-de-(anti)direito. Essa regalia dada aos presidentes da república de só poderem ser processados mediante prévia aquiescência do parlamento,negando o princípio de que "todos são iguais perante a lei" (menos para ser processado numa Justiça facciosa),realmente não é princípio de direito,por ter as suas fontes todas "contaminadas",e sim de antidireito,ou seja,do "torto".

Anônimo disse...

SESSÃO DE UM TRIBUNAL E SIM, SERVINDO DE ADVOGADO DE UMA FACÇÃO CRIMINOSA.
Mario 23 minutos atrás
Infelizmente esse vassalo ilustrado do psdb, nas palavras do Procurador Julio Marcelo, faz malabarismo jurídico para atender aos interesses do partido. Pior, sem o menor constrangimento.
No jota tem um artigo imperdível que o coloca como INIMIGO DO SUPREMO e que desnuda este oscilante ministro - para dizer o menos:

https://jota.info/colunas/supra/o-inimigo-do-supremo-05062017
as favas 24 minutos atrás
Boa - Boa merdal
VIVA BENJAMIN! 25 minutos atrás
GILMAR MENDES É AMIGO DE TEMER. USA SEU CARGO PARA ABRAÇAR O AMIGO TEMER. É INDECOROSO!!! PRECISA SER IMPEDIDO!!!
Gilmar, ministro- ostentação, se acha o dono da justiça e do Brasil. Desgraçado! Sequer mantém a formalidade de um julgamento. Interrompe agressivamente seus pares, critica-os com cinismo, bate o pé, é nojento!!!
GILMAR VAI ABSOLVER A CRIMINOSA DILMA. DE NADA VALEU O IMPEACHMENT! FORA, GILMAR MENDES!!!!!!
O ANTAGONISTA
· ·

Anônimo disse...

CLAUDIO HUMBERTO@diariodopoder
9:40
08 de Junho de 2017
O Exército está mais preocupado do que parece com a crise política e as manifestações de rua, cada vez mais violentas. Para discutir esses temas, o comandante do Exército, general Eduardo Villas Boas, reuniu vários generais no QG do Exército, terça (6). Um deles, Augusto Heleno, um dos mais admirados no Exército, admitiu essa preocupação e disse que os “black-blocs” têm praticado um “quase terrorismo”.
Os serviços de inteligência identificaram nos atos violentos técnicas de guerrilha e terrorismo que deixaram o Exército em estado de alerta.
O próprio comandante do Exército informou a reunião em sua página no Twitter, definindo seus participantes como “pró-ativos”.
O ministro Raul Jungmann (Defesa) não estava na reunião, mas garantiu por sua assessoria que sabia da sua realização.
·O general Heleno não vê motivos para preocupação: “o Exército está comprometido com a estabilidade, a Constituição, a Justiça e a ordem”.
PS – QUANDO OS VAGABUNDOS VERMELHOS SE VEEM PERDIDOS VAO SE ESCONDER ATRAZ DOS MILITARES. POR QUE SERA? ELES NAO TEM CREDIBILIDADE PARA MAIS NADA. BY DE WAY NAO SEI O QUE ESTE IDIOTA DO RAUL JUNGMANN EGRESSO DA CASA DE TOLERANCIA CHAMADA CONGRESSO E QUE NAO ENTENDE NADA DE SEGURANÇA DE UM PAIS E PRINCIPALMENTE NAO ENTENDE NADA DE TERROR E MENOS DE GUERRA ESTA FAZENDO COM ESTE RABO SUJO NO MEIO DOS MILITARES. ALEM DE NAO TEM CACIFE, NAO TEM HONRA, NAO TEM RESPEITO NEM POR SI PROPRIO SENAO NAO ACEITARIA UMA PASTA NA QUAL NAO ENTENDE NADA. QUEM TEM QUE ADMINISTRAR A PASTA TEM QUE SER UM MILITAR QUE TEM FORMAÇAO PARA FAZER SEU TRABALHO. BY DE WAY SEGUNDO O VAGABUMBO DO TEMER SAIU CORRENDO ATRAZ DOS MILITARES PORQUE ESTA CAGADO. BASTA VER QUE A CREDIBILIDADE DELE PERANTE ZE POVAO QUE TRABALHA E ZERO E ELE ESTA APLICANDO TUDO QUE A IMUNDICIE MENTAL E ESPIRITUAL DELE POSSUI PARA FICAR COM O RABO PREGADO NO PALACIO, DE OUTRA FORMA JAMAIS SERIA NEM PORTEIRO DE LA TAMANHA E A INEFICIENCIA DELE. BASTA VER COM QUEM ELE ESTA AMAZIADO. TODOS DE SEU PROPRIO PARTIDO ESTAO CAGADOS.

Anônimo disse...

http://congressoemfoco.uol.com.br/
Antes de voar em avião de Joesley, Temer e Marcela fizeram turismo na Bahia com verba pública
Em 2009, o presidente admitiu ter usado a cota parlamentar para custear as passagens de familiares para Porto Seguro. Oito anos depois, outra viagem para a Bahia lhe causa dor de cabeça
Dar explicações sobre um voo não é novidade na vida do presidente Michel Temer (PMDB). Às voltas agora com respostas contraditórias sobre a utilização de um avião do empresário Joesley Batista, do grupo JBS, em 2011, o peemedebista já havia admitido, em 2009, ter utilizado verba pública para fazer turismo com a família na Bahia, curiosamente o mesmo destino para onde ele foi na aeronave do delator da Lava Jato. O caso foi relevado na época pelo Congresso em Foco na série de reportagens sobre a farra das passagens na Câmara e no Senado. Na ocasião, Temer era o presidente da Casa e minimizou a denúncia, alegando que seu ato não era ilegal.

Ao todo, 443 ex-deputados foram denunciados pelo MinisAntes de voar em avião de Joesley, Temer e Marcela fizeram turismo na Bahia com verba públicatério Público no ano passado por uso indevido de dinheiro público. O crime atribuído a eles é de peculato, cuja pena varia de dois a 12 anos de prisão em caso de condenação. Entre os denunciados, estão figuras conhecidas nacionalmente, como o ministro Moreira Franco, hoje secretária-geral da Presidência, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e o ex-governador e presidenciável Ciro Gomes (PDT-CE).
Porto Seguro
Michel Temer viajou com a mulher, Marcela, amigos e familiares para Porto Seguro, em janeiro de 2008, período de recesso parlamentar. Segundo registros da Varig, aos quais o Congresso em Foco teve acesso, os voos foram custeados com a cota parlamentar a que Temer tinha direito para voar entre São Paulo e Brasília. No dia 29 de janeiro daquele ano, o grupo partiu do aeroporto de Congonhas com destino a Ribeirão Preto e, de lá, para Porto Seguro. Viajaram o casal, o irmão dele Adib Temer, Wally Temer, cujo parentesco a reportagem não identificou, e Fernanda Tedeschi, irmã de Marcela. CONTINUA...

Anônimo disse...


http://congressoemfoco.uol.com.br/ CONTINUA II E TERMINA
Na época, Temer admitiu ter usado os bilhetes para os parentes, mas alegou que não havia impedimento pelas regras da Casa. Esse, porém, nunca foi o entendimento do Ministério Público. Tanto que os parlamentares foram obrigados a mudar o ator normativo que tratava do assunto para deixar claro que era proibida a cessão de bilhetes custeados pela Câmara e pelo Congresso a parentes e amigos. Centenas de deputados e senadores utilizavam como bem entendiam, cedendo para amigos e familiares, créditos da generosa cota pública, para fazer turismo. Nova York, Paris, Miami e Londres eram alguns dos destinos preferidos.
A mudança nas regras foi conduzida a contragosto pelo próprio Temer, após a repercussão da série de reportagens do Congresso em Foco sobre a farra das passagens. Inicialmente, a cúpula da Câmara resistia à mudança e chegou a propor a legalização do uso da cota pelos cônjuges dos parlamentares. Mas tiveram de recuar. Estima-se que os gastos indevidos passavam dos R$ 25 milhões – em valores da época – com o uso da verba da Câmara por ano.
Avião e flores
Ontem Temer deu duas versões sobre o uso do Learjet PR-JBS, de Joesley Batista, em 2011, em viagem com Marcela para Comandatuba, no litoral baiano. A viagem aparece nos registros de voo apresentados pelo empresário. Inicialmente, o presidente negou ter voado em avião particular, contou que ele e a mulher haviam voado até lá com a Força Aérea Brasileira (FAB). Mais tarde, divulgou outra nota, admitindo a viagem no Learjet, mas disse que não sabia que a aeronave pertencia a Joesley.
A nova resposta dele se choca, porém, com outro detalhe apresentado pelo delator da Lava Jato. Joesley disse que mandou flores para enfeitar a aeronave. Mas que, ao perceber que Temer havia ficado enciumado, o piloto atribuiu o presente à mãe do empresário. O empresário relatou que o então vice-presidente lhe telefonou para questionar sobre as flores e pedir o telefone de sua mãe para agradecê-la pela gentileza.
PS - ELE ESTA MAIS PARA ASTRO DE FILME PORNO DO QUE PARA PRESIDENTE DA REPUBLICA. BASTA VER O TIPO DE COMANDITA EM QUE VIVE ENFIADO. ISTO LA E ATITUDE DE PRESIDENTE DA REPUBLICA. NOSSO PAIS E UMA FARSA SUBDESENVOLVIDA DE TERCEIRO MUNDO MESMO.

Anônimo disse...

http://poncheverde.blogspot.com.br/
quarta-feira, 7 de junho de 2017
Henrique Meirelles diz que não conversou com seu patrão bucaneiro caipira Joesley Batista sobre interesses da JBS
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira (7) não ter tido conversa com Joesley Batista, um dos donos da J&F, sobre pontos de interesse do empresário ao ser questionado sobre o assunto em Paris. A Polícia Federal enviou 82 perguntas ao presidente Michel Temer no âmbito da investigação em que é acusado de corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa, após delação de executivos do grupo JBS. Em uma delas, Temer é questionado se autorizou que Joesley Batista apresentasse pontos de interesse ao ministro Henrique Meirelles, quais seriam, e se tinha conhecimento se isso realmente tinha ocorrido. "Do meu ponto de vista eu fiquei sabendo disso pelos jornais", afirmou Meirelles após reuniões na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), demonstrando impaciência com a pergunta. Após ser perguntado em coletiva de imprensa se isso significava que a conversa não aconteceu, o ministro acrescentou: "essa conversa, que ele se referiu ao presidente se poderia ter no futuro, não". Falando a jornalistas, Meirelles comemorou a aprovação da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado na véspera a despeito do momento conturbado na cena política. "A reforma trabalhista não parou no Congresso por discussões políticas, essa que é a principal mensagem. Além da atividade econômica. O que estou dizendo é que estou focado na questão de como o Brasil prossegue crescendo de um lado e também com sua agenda de reformas", disse. O ministro também se esquivou de responder qual seria a melhor solução para o País numa eventual saída de Temer da Presidência quando perguntado sobre a possibilidade de eleições diretas. "A minha abordagem no momento é exatamente ficar fora dessa discussão e me concentrar na administração da economia brasileira", afirmou.
PS - A BOSTA CONTINUA A TODO O VAPOR SAINDO PELO LADRAO. O QUE MAIS O PAIS PRECISA PARA CAIR A FICHA QUE TEMOS TRES PODERES DE MERDA QUE NAO TRABALHAM PARA NOSSO DESENVOLVIMENTO FUTURO. TUDO E LERO LERO DE TERCEIRA CATEGORIA DE GENTE INESCRUPULOSA, SEM VERGONHA, SEM PATRIA, SEM FAMILIA QUE NAO ENTENDE O QUE E PUBLICO E O QUE E PRIVADO. ELES VIVEM NO MUNDINHO DE FANTASIAS DELES CHEIOS DE PRIVILEGIOS E INIMPUTABILIDADES. ONDE ESTA O ANDAR DE CIMA DO SUPREMO BESTEIROL. NOSSA CARGA TRIBUTARIA E MUITO GRANDE, ESTA ACIMA DE NOSSAS FORÇAS MAS O PARAISO DELES CONTINUA SEM MEXER NUMA UNICA GOTA SIQUER. O GANGSTERISMO BRASILEIRO JA ATINGIU AO AUGE. ATENÇAO USA. ESTA NA HORA DE INTERFERIR E TRAZER NOSSO PAIS PARA O LUGAR QUE DEVE. NOSSAS FORÇAS JA SE ACABARAM AGORA SO PODEMOS PEDIR INTERVENÇAO A UNCLE SAM ANTES QUE A VACA VA PARA O BREJO. NOSSAS FONTEIRAS ESTAO ABERTAS PARA MERDA SUL, MERDA EUROPA E MERDA AFRICA. E BOM AGIR E RAPIDO. SOS UNCLE SAM.

Anônimo disse...

http://ataqueaberto.blogspot.com.br/
Ataque Aberto
"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)
quinta-feira, 8 de junho de 2017
NÃO SE GASTA PÓLVORA COM CHIMANGO
Existe este velho provérbio muito utilizado no pampa gaúcho, que tem sua origem na América do Sul (o chimango, pra quem não sabe, é um pássaro predador cuja carne não se presta para alimento humano) e era utilizado pelos federalistas (Maragatos) da revolução de 1893 ao referirem-se de forma pejorativa aos republicanos (também conhecidos como Chimangos).

Ou seja, sempre que alguma coisa não valia o custo benefício para se adquiri-la, no RS se usava o ditado: não se gasta pólvora com chimango.

Até hoje ainda se utiliza esta expressão, que vou pegar como “gancho”para este artigo.

Explicado, de forma sucinta, o significado do termo, digo que comentar o fato que motivou este texto de hoje seria o mesmo que gastar pólvora com chimango.

Pois não é que o “patético” deputado federal gaúcho Paulo Pimenta (o mesmo que já foi flagrado numa garagem em Brasília, num encontro nebuloso com o publicitário Marcos Valério, quando ocupava a vice-presidência da CPI do Mensalão) resolveu gravar um vídeo em defesa da sua colega Maria “chororô” do Rosário, referente ao affair envolvendo ela e o apresentador Danilo Gentili.

Dentre as costumeiras mentiras que o deputado gaúcho costuma dizer, no tal vídeo ele fala que a Procuradoria da Câmara foi quem resolveu abrir um inquérito contra o jornalista.

Então tá, deputado! Contra outra porque esta não colou.

Ou o deputado quer que nós acreditemos que a nobre Procuradoria da Casa Legislativa agiu “de ofício”?

Sem ser provocada pela suposta ofendida?

Só se fossemos – todos – analfabetos e ignorantes...

Dito isso, quero mandar um recado ao deputado “chimango”: vou economizar meus neurônios e a minha pólvora, encerrando assim este artigo.

Pois, como ensina o ditado, não se gasta...

Marcelo Aiquel – advogado (07/06/2017)
Postado por Ataque Aberto às 07:19:00

Anônimo disse...

https://jurema-cappelletti.blogspot.com.br/
Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.

quinta-feira, 8 de junho de 2017
Oito longos anos de 'governância" - VÍDEO
O ESTRAGO
- COMO COMEÇOU -
8 ANOS DE EX-PRESIDENTE PETISTA
https://www.youtube.com/watch?v=U1Gm_syn9fI
Depois de acompanhar o estrago que foi feito em diversos países, chegamos à conclusão de que onde os 'esquerdóides" metem a mão, tudo de escangalha. Exemplos: Argentina, Venezuela, Brasil. Sem contar com Cuba, que já vem se escangalhando há muito tempo.
DEVEMOS TER CUIDADO
NÃO APENAS COM A ESQUERDA,
MAS COM QUALQUER POLÍTICO.
Postado por Jurema Cappelletti às 06:07

Anônimo disse...

Ministros recém empossados pelo presidente votam com absoluta tranquilidade, sem qualquer impedimento. Somos todos uns idiotas. O TSE é um suntuosíssimo teatro bancado com nosso dinheiro. É uma grande e onerosa palhaçada.

JESUS disse...

E O TAL DE LOURES!! ( O DIRCEU BORBOLETA DO DRÁCULA ) , SERÁ QUE JÁ O ESTREARAM NO CARCERE?????

Anônimo disse...

Se o vovô Temer continuar falando essas "verdades" vai terminar com o nariz do Pinocchio ou então terá que tomar remédio para esquecimento,é a idade. Como pode pegar carona num avião particular e nem sabe quem é o dono?
Eu, heim?
Interessante é a expressão fisionômica do deputado Darcisio Perondi, quando alguém critica o Temer,ele não gosta.

anonimo disse...

O BRASILEIRO, ASSISTE TUDO NUMA BOA PARECE QUE NÃO ESTA ACONTECENDO NADA! O FUMO ENTRANDO E PERGUNTA SE TEM + E DIZ BOTA + BOTA + BOTA+++++

Anônimo disse...

Essa do jatinho é ridículo. Quer dizer que a família está naquele aeroporto "piruando" carona e, de repente, aparece um jatinho que oferece carona para o mesmo destino da família do ex vice-presidente, que embarca sem saber quem é o dono e as intenções? E se fosse um sequestro? E a matrícula do avião é com as mesmas letras da empresa(JBS), coisa que os ricaços conseguem para deixar o avião ficar exclusivo. deixar a família nas mãos de um falastrão? Santa, inocência, Temer! Só o Lula, depois de muitas doses diria tal asneira. Será que teve alguma influência do Maluf? E ainda corremos o risco dele permanecer como presidente até o final de 2018.

Sérgio Alves de Oliveira disse...

Essa vergonheira de conceder um prefixo ao jatinho igual à sigla do seu dono- JBS,,sob responsabilidade da ANAC,jamais teria acontecido na época do Departamento de Aviação Civil-DAC. Essas são as tais de "reformas para piorar" ,que têm preponderado na gestão da coisa pública.E quem assina este comentário "escreve de cátedra", porque vivenciou na própria "carne" a aviação civil durante mais de 20 anos,não tendo qualquer dúvida que o DAC foi muito melhor do que hoje é tal de ANAC.