domingo, 2 de julho de 2017

Enquanto houver bambu, a rima é outra...


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Agora que todo mundo sabe que a Lava Jato é sabotada pela realidade das atitudes e fatos, chega a ser até ser “fofa” a manifestação tupiniquim do Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, prometendo toda ofensiva até sua saída do cargo, em setembro: “Até dia 17, a  caneta estará na minha mão. Enquanto houver bambu, vai ter flecha”. Foi o que Janot se comprometeu a fazer, no 12º Congresso Nacional de Jornalismo Investigativo, realizado em São Paulo, com a palestra: “Desafios do Combate à Corrupção: A Operação Lava Jato”.

Bambu temos de sobra no Brasil. Da mesma forma como corruptos abundam. Nossa carência também não é de flecha, mas sim de índio com coragem e competência para atingir o alvo. Tem muito cacique corrupto para pouco atirador certeiro. Para piorar, temos uma abundância legal que tem a ilusão de regular tudo. O problema é que o regramento excessivo ajuda a alimentar a insegurança jurídica. Cumprem-se as leis conforme as conveniências. Do mesmo jeitinho como elas são “interpretadas” subjetivamente - conforme circunstâncias e interesses.

Corromper significa, justamente, errar o alvo. A chamada “intelectualidade” de Bruzundanga adora colocar a cueca ou a calcinha apenas na frente. A bunda fica vulnerável para eventuais flechadas de bambu. Precisamos de parar de focar no efeito, esquecendo de combater as causas estruturais dos problemas. A máquina estatal, perdulária e bandida, é a geradora permanente de roubalheiras. Se não for mudada, reinventada urgentemente, a corrupção continuará entranhada. Flechadas seletivas pouco ou nada resolverão. Atingirão alguns, mas a maioria corrupta seguirá agindo.

É aí que o panda (que come bambu) torce o rabo. Aliás, falta panda no País em que sobra flecha, mas o índio só atira em quem e quando lhe convém. É por isso que adianta pouco ter tanto bambu. Também somos um dos poucos lugares do mundo onde há tungstênio (base para fabricação da ponta rolante da caneta esferográfica que ajuda a assinar as coisas no mundo estatal). Melhor nem lembrar do nióbio... É um lamentável exemplo de como o brasileiro otário e permite ser roubado por quem controla, de fato, nossa máquina estatal. Precisamos tomar vergonha na cara. Temos de pressionar para mudar a estrutura injusta do Estado brasileiro.

Passou da hora de debatermos e definirmos o Projeto Estratégico para o Brasil. Sem isso, continuaremos chovendo no molhado, enxugando gelo e fingindo que resolvemos problemas sem atacar as causas reais e estruturais. Atacar a conseqüência e ignorar a causa é o mesmo que flechar a bunda do panda com o bambu que ele come.      

Releia o artigo de sábado: Crime Institucionalizado mata Lava Jato


Mala fala?


Ele não quer ficar preso sozinho...


Atirador de elite


Flechada nele


Dilema temerário


Prepare a palmilha


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 2 de Julho de 2017.

3 comentários:

Anônimo disse...

O melhor critério para se saber quem diz a verdade em Brasília: Minha mãe mandou eu escolher este daqui, mas como sou teimoso eu escolho este daqui...

Anônimo disse...

E haja bambu para o Janot enviar pro ku dos corruptos.Estão todos "discostas", pra ele com medinho de alguma flecha acertar no traseiro de um grande ou pequeno corrupto.

Anônimo disse...

Enquanto continuarmos enxugando gelo não sairemos do mesmo lugar. O povo ingenuo continua implorando a intervenção militar ignorando ou fingindo não acreditar que as FFAA estão vergonhosamente nas mãos dos corruptos poderosos,instalados nesse governo, fazendo cara de paisagem e alegando que as instituições estão funcionando normalmente. O gen Vilas Boas em seus pronunciamentos pueris, nos trata como se fossemos macacas de auditório, que recebem instruções quando devem aplaudir e quando devem vaiar. A desobediência civil, seria viável, se fossemos um povo unido e consciente de seus direitos e deveres, mas estamos a anos luz desse nível infelizmente. Continuaremos clamando no deserto, aguardando um salvador da pátria, que só existe nos contos da carochinha. Acredite se quiser e salve-se quem puder. !!!