sábado, 29 de julho de 2017

Mau Profeta na Própria Terra


“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

O dilema diante do impasse é alertá-los antes que a batata asse ou continuar menino “bonzinho” assistindo o desastre de mansinho .

O cenário é preto escuro e não amarelo canário como o sorriso de quem nos faz de otário.

Nosso país é diferente de outro mais maduro que hoje vive em briga de foice no escuro.

Lá um tiranete de quinto time, que só tem a escória que o estime, vive num mundo monoproduto. À beira do caos, não há comida nem esperança de vida.

Já a nossa Pindorama vive um falso drama. Setecentos vagabundos nos tratam como defuntos.

Seguros da não reação, em nossas bundas passam a mão.

Mas o fato mais relevante ocorre com dona Onça.

Observa com paciência, delações que estão por vir, que de certo nos mostrarão o quadro completo da corrupção.

Se já tivesse agido, nunca saberíamos a completa felonia dos que vivem na ilha da fantasia.

Mau feitos do efecagácê e de merdandantes mostrar-nos-ão um país que nunca tínhamos visto, antes.

Se após o descortínio a felina nos falhar, então teremos do que nos lamentar. A nação-continente estilhaçada e nós, vítimas da palhaçada.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

2 comentários:

Anônimo disse...

Pode até conseguir empurrar as punições e processos com a barriga, mas a moral já se foi.

jomabastos disse...

BRASIL ÀS AVESSAS
Temos o Brasil virado às avessas, em que o presidente Temer só tem apoio de 6% da população, mas no entanto lá continua a desgovernar o país. O comunista do PT e o seu "associado" PMDB(aonde estava integrado o pró-comunista Temer), desgovernaram e destruíram economicamente e socialmente o país durante 14 anos, conseguindo construir algo parecido com uma ditadura comunista. E o pró-comunista Temer continua a desgovernar e a destruir o país.
No total, o programa Mais Médicos criado pelo PT com o apoio do PMDB, conta com cerca de 18.000 médicos, entre cubanos, brasileiros e de outras nacionalidades. Eles trabalham em mais de 4.000 municípios e 30 distritos indígenas. A bolsa dos profissionais que atuam no programa Mais Médicos é de aproximadamente R$ 11.520. Os médicos cubanos ficam com pouco mais de R$ 2,9 mil. O restante é enviado a Cuba. O auxílio moradia e alimentação pagos a todos os profissionais do Mais Médicos alocados em áreas indígenas é de R$ 2.750. Estamos diretamente a financiar Cuba com o programa Mais Médicos. E o atual executivo e legislativo lá continuam a apoiar Cuba, com aproximadamente quinze milhões de reais mensais deste programa.
Os partidos comunistas do Foro de São Paulo foram apoiados diretamente pela maiores empresas deste Brasil e continuam sendo apoiados pela atual governação através da operação Mais-Médicos, através de empresas corruptas pró-comunistas, através da Rússia tal como são apoiados os governos de Cuba, Uruguai, Bolívia, Equador, Nicarágua e Venezuela.
Atualmente na Câmara, no Senado e no governo, a maioria dos políticos estão "abandonando seus partidos" e juntam-se ao PCU (partido dos corruptos unidos), unidos contra a Justiça e unidos contra o Brasil.
Este Brasil com a política de capitalismo de estado, vem desde sempre sendo uma redoma demasiado protecionista e nada aberta para com o investimento diversificado nacional e internacional. Se o Brasil trabalhar para um livre economia de mercado e reduzir o Estado ao mínimo, em poucos anos e com o resultado de investimento privado nacional e internacional, será auto-sustentável, um grande exportador e uma das maiores potências econômicas do mundo. Portanto, nada de ser subserviente a nenhuma potência mundial, qualquer que seja ela.
Há que acabar com a pobreza e o subdesenvolvimento. Quanto mais e melhor educação acadêmica, saúde, saneamento básico, infraestrutura logística e desenvolvimento tivermos, mais rapidamente os comunistas irão perder terreno e força partidária.
Para acabar com esta sangria das riquezas brasileiras e com o exagerado aumento da dívida pública, há que acontecer uma Intervenção cívica Constitucional, criar um governo provisório de preferência militar para evitar violência, e dar uma renovada cirúrgica na atual Constituição. Há que lembrar que a Constituição tem vindo a ser rasgada ao longo de todas as desgovernações. Temos no Brasil muitas pessoas apartidárias anti-comunistas, com excelentes capacidades e defensores de uma livre economia de mercado, para darem uma caprichada revisão na Constituição de modo que esta nos livre das hostes comunistas que estão a depredar o Brasil.