quinta-feira, 3 de agosto de 2017

A Organização Criminosa Petista tinha razão


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Pires

Enquanto eu escrevo transcorre mais um espetáculo, um show de horrores da Câmara de Deputados Federais – uma mistura de circo, comédia e hospício. Tudo, no espetáculo de hoje, é semelhante àquele que deu início ao processo de impeachment de Dilma Rousseff, a eterna “presidenta”, a “estocadora de vento”, a incompetente irresponsável que conseguiu falir com uma lojinha de “um e noventa e nove” em Porto Alegre antes de destruir o Brasil. 

Há, contudo, uma diferença fundamental: em 2016 nós assistimos aquilo que seria o“início do fim do PT”; hoje estamos vendo o seu renascimento. 

O PT e toda esquerda, todo Foro de São Paulo e seus partidos satélites, renascem hoje com plena força e vigor em virtude de ter sido derrubada a última (na verdade a única) barreira que existia entre a vontade dos milhões de brasileiros que foram às ruas contra Dilma e a própria Organização Criminosa Petista – a barreira MORALque uma parte do Congresso Nacional fingiu representar para derrubar o Regime Petista. 

Quem foi às ruas pelo impeachment não queria “apenas” derrubar Dilma nem o PT – queria (ou afirmava querer) o fim da corrupção no Brasil independente do partido político, da ideologia ou do plano de governo. 

Contra os brasileiros que se manifestaram pelo impeachment, a Organização Criminosa Petista argumentava que o PMDB não tinha moral, que o PMDB não queria o fim da corrupção, mas sim (e unicamente) tomar o Poder para continuar, ele mesmo, com o esquema criminoso que o próprio PT montou com a sua ajuda. 

Hoje, em nome da estabilidade econômica, em nome da fidelidade partidária, em nome da esposa, dos filhos, do cachorro ou da população de Tucunduva, a máfia, a parte não petista da Organização Criminosa que controla o Brasil, mostrou que os psicopatas, que os fanáticos do Foro de São Paulo, que os apoiadores de Maduro, viúvas de Fidel Castro e de Mao Zedong, tinham toda razão. 

Em termos morais – os únicos capazes de diferenciar os brasileiros da sua classe política – a distinção entre o Governo de Marginais Petistas, que destruíram a Nação usando o BNDES para enviar trilhões de dólares dos brasileiros para os cofres estrangeiros de regimes corruptos, e a base parlamentar do Governo Temer acabou para sempre. 

Sim, o PT é uma Organização Criminosa, e sim: em relação a Temer e ao PMDB, o PT tinha toda razão! Quem derrubou Dilma não o fez em virtude da ética na Política mas por interesse próprio: milhões de brasileiros foram, mais uma vez, enganados e o arquivamento da denúncia contra um BANDIDO como Michel Temer é a prova inquestionável disso.


Milton Simon Pires é Médico. Editor do Ataque Aberto.

5 comentários:

Anônimo disse...

Em política analisa-se o contexto. O contexto indica que afastando o temer, pois certamente faz parte do processo de corrupção que envolve o pt, permitiria a possibilidade de eleições diretas, o que, em nosso estágio de percepção política da classe C e D, que é quem elege o presidente, voltaria o lula e catrefa. Pedro Mass

Carlos Bonasser disse...

ESTIMADO PIRES...CONCORDO COM NOVENTA POR CENTO DO QUE DIZ EM TÃO POUCO ESPAÇO...MAS VOTO FACULTATIVO SERVERIA SOMENTE PARA REELEGER O SALAFRA DO LULA OU QUALQUER IGNARO DOS PETRALHAS...ENQUANTO PERMANECER ESSES TAIS PROGRAMAS SOCIAIS, COMPRA DE VOTOS OFICIALIZADOS, ESSE MERDAS VERMELHOS CONTINUARÃO NA LIDERANÇA, OS IGNORANTES ACREDITAM QUE ESSE DINHEIRO É DELES, QUE SAI DOS BOLSOS DELES...TEMOS QUE ACABAR COM ESSE VINCULO MALDITO...ENQUANTO ISSO PERMANECER, A DEMOCRACIA SEGUIRÁ A MESMA DA VENEZUELA...ABRAÇOS.

CARLOS BONASSER

Sérgio Alves de Oliveira disse...

Avalizo o comentário do anônimo das 8:02 AM. Sem dúvida o abafamento do processo contra Temer no Supremo foi um grande mal. Mas foi um grande mal que evitou um mal maior ainda,que seria tanto a condução daquele cafajeste que preside a Câmara (Maia) à Presidência,quanto a realização de "Diretas Já",como quer o PT em peso,contando que a eleição de Lula seria certa,pois bem sabe da estupidez política que comanda o cérebro da maioria do povo,que na verdade é quem decide uma eleição.Entregar um título de eleitor para essa gente é mais perigoso que dar uma arma de fogo carregada a uma criancinha.Frente a esse espetáculo vergonhoso da classe política brasileira,os politicamente capacitados estavam num dilema": "se correr o bicho pega,se ficar o bicho come",como canta Ney Matogrosso em "Homem com H".

Anônimo disse...

Tirem, imediatamente as forças Armadas das ruas do Rio, o crime venceu mais uma em Brasília. Ficar desfilando pelas ruas não resolve nada. Tem que mudar o cérebro de tudo, que fica lá no Planalto Central. Basta gradear aquele belo prédio e fazer um pente fino. Vergonha nacional e internacional.

Maria Nirene Silva disse...

Caro Dr. Milton Pires,

Eu sempre gosto de seus posts, mas eu não saí em manifestação pelo impeachment, mas sim pela Intervenção Militar, somente ela e unicamente ela.
Não apoio impeachment, pois foi somente para legalizar as eleições de 2014, dar um boi de piranha para o povo, eles nunca vão fazer nada para atender o povo.