domingo, 13 de agosto de 2017

Como refundar o Brasil urgentemente?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Avança Brasil! Ainda bem que começa a ser hegemônica a vontade de que é preciso repensar e reinventar o Estado Brasileiro. Só os criminosos institucionais desejam a manutenção do Estado-Ladrão. O resto deseja e começa a exigir Mudanças Estruturais. O maior obstáculo é romper com a relação cultural e econômica de dependência estatal. Rompida tal relação perigosa, o Brasil avançará para uma Nação republicana, federalista e democrática, sob Segurança do Direito, com voto distrital e mecanismos de controle e fiscalização direta do cidadão sobre a máquina estatal nos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e Militar.

Caminhamos, inevitavelmente, para a constituição de uma classe política que tenha representatividade real. O processo lento e gradual já está em andamento. A velha politicagem se desmoralizou na relação de promiscuidade e parceria ilegítima com o Crime Institucionalizado – a associação orgânica e delitiva entre criminosos e máquina estatal. A maioria da sociedade brasileira, interligada livremente e mais bem informada em redes sociais, exige e merece ser representada de maneira legítima. Os debates evoluem neste espaço virtual libertário, onde a bandidagem organizada não tem hegemonia.

A necessidade e a urgência das mudanças são consensuais. O que precisa ser mudado, e como isto vai acontecer, é o alvo dos debates. Na mídia forte e nos meios acadêmicos e políticos tradicionais, as “reformas” são o foco. A maioria da sociedade, no entanto, já constata que não basta e é insuficiente “reformar” uma estrutura estatal contaminada pela Organização Criminosa. Nos livres debates virtuais, em tempo real, que evoluem para o espaço público, os debates (ás vezes apaixonados e nem tão pacíficos) focam em mudanças estruturais.

Só idiota, sanguessuga e bandido discorda que a máquina estatal precisa ser reduzida, racionalizada, controlada e fiscalizada diretamente por cidadãos, em tempo real, via Internet. A transparência total dos gastos e a qualidade deles precisam ser avaliadas pela população, sem intermediários. Não podem nem devem ser monopólio dos caríssimos conselhos ou (indevidamente chamados) “tribunais” de contas da União, estados e municípios – muitos colocados sob suspeita em recentes investigações policiais e judiciais.

O redesenho estatal na União, estados, distritos, municípios (por que não nos bairros?, onde as pessoas vivem efetivamente) precisa acontecer junto com uma profunda simplificação e redução na quantidade ou custo tributário. É insuportável sobreviver e fazer a economia prosperar em um País com quase 100 impostos, taxas, contribuições, além de infindáveis “mordidas” ou multas impostas pela Ditadura burocrática da gastança e da roubalheira. O ideal e viável é instituir um Imposto Justo.

Temos de eliminar todos os demais, exceto os impostos de importação e exportação (cujo papel é mais regulador que arrecadador). O regime de Imposto Justo seria cobrado em tempo real na compra e venda de produtos ou serviços. Seria abolida a sonegação e a necessidade de manter uma máquina de arrecadação e fiscalização – que quase sempre mais gasta que arrecada, e ainda promove a corrupção. Eliminar a fonte direta da roubalheira, com a digitalização e desburocratização dos serviços públicos, é a base do combate eficaz e efetivo ao Crime Institucionalizado.

O Pacto Federativo será refeito reduzindo a força ditatorial da União, limitando o papel dos estados e ampliando a força dos municípios e, mais ainda, dos bairros. Basta aplicar simples princípios de Planejamento Estratégico, discutidos democraticamente e em tempo real com as pessoas interligadas via rede sociais, para fazer a “revolução” produtiva e social no Brasil. Vai sobrar dinheiro para Infraestrutura, Educação, Saúde e Segurança. Tudo pode ser redifinido a partir de uma Constituição menor, simplificada, cumprível automaticamente, sem necessidade das absurdas, indevidas e quase sempre ilegítimas “interpretações” legais ou dispendiosos gastos judiciários.

O Brasil tem jeito, com base na Democracia, na Livre Iniciativa Empreendedora e na Segurança Eleitoral que garanta a representatividade do cidadão-eleitor-contribuinte. É com tal espírito que acontecerá, inevitavelmente, a Intervenção Institucional – claramente prevista no artigo 1º da nossa Constituição – que precisa ser redesenhada, após amplo e exaustivo debate, estabelecendo punições claras para quem desrespeitar a Lei Maior (a Carta Magna de 1988 tem esta falha grave: não prevê sanções para quem não a cumpre).


Vamos debater, trabalhar e mudar o Brasil para melhor. É assim que vamos incentivar e atuar em debates públicos como o I CONGRESSO ANUAL AVANÇA BRASIL – já agendado para Belo Horizonte em 18/11/17, no Ouro Minas Palace Hotel (Av. Cristiano Machado, 4001 - Ipiranga, Belo Horizonte - MG, 31160-342, Brasil / Telefone: +55 31 3429-4000)


INSCRIÇÕES ABERTAS!  acesse - http://avancabrasil.vpeventos.com


Agenda

08:00 - Credenciamento

08:30 - Abertura Oficial – Avança Brasil

Hino Nacional / Boas vindas / Missão / Princípios e Credo

Nilton Caccáos e Eduardo Resende

09:00 - Palestra de Abertura - Porque o Brasil é um país atrasado?

Luiz Phillipe de Orleans e Bragança

09:45 - Painel 1: Qual o compromisso da classe política? Quais as reformas políticas necessárias no Brasil?

Álvaro Dias, Domingos Sávio, Jaime Martins, Fernando Cabral, Luiz Phillipe de Orleans e Bragança e Nilton Caccáos

11:15 INTERVALO

11:45 - Painel 2: Precisamos Refundar o Brasil - Porque e como chegaremos lá?

Thomas Korontai, Luiz Phillipe Orleans e Bragança, Modesto Carvalhosa, José Medeiros, Julvan Lacerda, Jorge Serrão e Raphael Panichi

12:45 - ALMOÇO

14:00 - Painel 3: Transformação Cultural da Direita

Joice Hasselmann, Allan dos Santos, Bia Kicis, Hélio Beltrão, Eder Borges, Leonardo Dias e Alexandre Moroso

15:30 - Painel 4: Urna Eletrônica e Voto Impresso

Major Olímpio, José Medeiros, Hugo Hoeschl, Claudio Tonelli, Dalmo Accorsini, William Bull e Delair Gasperin

16:30 - INTERVALO

17:00 - Painel 5: Educação para um novo Brasil

Stavros Xanthopoulos, Fabiano Tolentino, Izalci Luca, Marcel Van Hattem, Bia Kicis e William Bull

18:00 - Encerramento

VAGAS LIMITADAS AOS 300 PRIMEIROS INSCRITOS

Leia o artigo de Merval Pereira: Repensar o País



 



Dias dos Pais

Aproveitando que hoje se comemora o Dia dos Pais, que tal sermos os Pais da construção de um País que seja uma Pátria de Verdade?

Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 13 de Julho de 2017.

9 comentários:

jomabastos disse...

Excelente artigo!
"Temos de eliminar todos os demais, exceto os impostos de importação e exportação (cujo papel é mais regulador que arrecadador). O regime de Imposto Justo seria cobrado em tempo real na compra e venda de produtos ou serviços. Seria abolida a sonegação e a necessidade de manter uma máquina de arrecadação e fiscalização – que quase sempre mais gasta que arrecada, e ainda promove a corrupção. Eliminar a fonte direta da roubalheira, com a digitalização e desburocratização dos serviços públicos, é a base do combate eficaz e efetivo ao Crime Institucionalizado."

Tem palestrantes aí que são gente de duas caras, preferem deixar o atual (des)governo acabar de destruir a economia e toda a estrutura do país, alegando que têm medo dos petistas. Não há que ter medo de comunistas! Há que lutar contra todos os comunistas e contra todos os corruptos.

Vitálio Bondarczuk disse...

Caso não me falhe a memória, o Sr. Álvaro Dias esposou a indicação de L. E. Facchin para o STF. Como devo entender a sua presença neste forum?

Anônimo disse...

Cleonice I Ferreira disse:
Refundar O Brasil? Não seria a MONARQUIA?

Anônimo disse...

DESSA VEZ EU NÃO VOU, MAS NUNCA É DEMAIS LEMBRAR O DISCURSO DE POSSE DA CARMEM LUCIA, NÃO ROUBAR, NÃO DEIXAR ROUBAR E SE ROUBAR POR NA CADEIA, O PAPO FURADO VIROU 171, POIS ROUBARAM, DEIXARAM ROUBAR E ALÉM DE TUDO SOLTARAM OS LADRÕES,MAIS BANDIDO DO QUE NO JUDICIARIO E NAS FFAA É SOMENTE NO INFERNO...

Sérgio Alves de Oliveira disse...

Creio que a única "refundação" possível para Brasil seria o seu desmanche completo,oportunizando aos povos de cada região organizarem-se como países independentes.Muitas gerações já foram desgraçadas tendo que pagar o preço da "união"de um país que "não deu certo".A propósito do I CONGRESSO ANUAL AVANÇA BRASIL, em BH,dia 18.09,na mesma data estará acontecendo mais uma Assembléia Geral do MOVIMENTO O SUL É O MEU PAÍS,em São Sebastião do Caí/RS,onde também estará sendo discutida a "refundação" do Brasil,evidentemente por fórmulas bem mais impactantes que as de BH. Mas com o objetivo de colaborar com esse Congresso,estou lhe enviando em separado um vídeo (google) onde um venezuelano narra os pormenores políticos que estão acontecendo por lá,paulatinamente "importados" pelo Brasil.

Martim Berto Fuchs disse...

"09:00 - Palestra de Abertura - Porque o Brasil é um país atrasado?
Luiz Phillipe de Orleans e Bragança"

Teremos inclusive proposta de voltar a Monarquia ? Vai ver que somos atrasados porque nossa Corte dispensou a dinastia dos Bragança e resolveu escolher um "rei" entre os comensais. Tudo ia mais ou menos, até que resolveram permitir a entrada na Corte (conluio entre FIESP e PMDB) dos socialistas/sindicalistas.
Estes também colocaram TODA sua grande família (cabos eleitorais, parentes, amantes e amigos) pendurada nas tetas da viúva, até que acabou o leite.
E agora, em vez de partirmos para uma República Democrática na acepção do termo, teremos propostas de voltar à Monarquia Dinástica ? Também voltaríamos às perucas e títulos nobiliárquicos ?
Bem, para quem nunca passou de uma Monarquia Republicana, quem sabe voltamos no tempo e fazemos uma nova Proclamação, e desta vez implantamos uma República Democrática, onde seja o povo que escolhe os candidatos, e não mais as elites dos monarquistas, dos conservadores, dos liberais e dos socialistas pelegos.

Anônimo disse...

Exatamente isso, a MONARQUIA, que muitos temem (sem o dizer), pois isso colocaria uma pedra em cima da possibilidade de um oportunista (Getulio, Collor, FHC), em ganhar espaço com "coversa mole", os sistemas estão corrompidos (todos), o medo (de as coisas não mudarem) de perpetuar a estabilidade social, eles não querem isso, eles querem "REVOLUÇÃO JÁ!" ...

PS: Olhem para a Inglaterra, a potência militar que foi, a cultura... agora é simplesmente isso ... E, mais, o motivo dos "mesmos grupos", que querem o fim do "IMPÉRIO" na Inglaterra, até os EUA já não levam os ingleses a sério...

Anônimo disse...

NÃO SE TEM QUE DAR NOTICIAS MAS EDUCAR(DOMESTICAR-MANIPULAR)AS MASSAS - Stálin.
Com a era das redes sociais, os comunistas perderam para sempre a hegemonia da "informação", de como continuarem processando lavagem cerebral nos simples e desinformados por meios dos JNacional e os Globo News da vida, veículos de ideologia e perversão mental!
Felizmente ele, revistas e mais super estarão cada vez mais super desacreditados, e com razão!...
Releiam o título!

Anônimo disse...

Falando da "GLOBO-GAY", as novelinhas (sem pé com a realidade histórica), enchem a cabeça de muitos (crianças em maioria), os "dias eram assim" (propaganda a favor de terroristas e comunistas, colocando o exército no papel de bandido), "novo mundo" (destruir a monarquia, ou melhor a possibilidade de se pensar na mesma, A MONARQUIA), digo "GLOBO-GAY", pois a própria emissora se colocou como representante assumida dos "gays", com seu símbolo colorido (o arco-íris, bandeira de gays e lésbicas), não se enganem os gays e as lésbicas, isso é apenas uma máscara, veja aqui mesmo no alerta total sobre guerra híbrida, muitos artigos sobre esse assunto, mais de um autor, a "GLOBO-GAY" está na mira das nossas forças armadas, e eles, sabem disso...
Um dos dois lados vai quebrar a cara em breve, vamos aguardar...