sábado, 10 de março de 2018

Carta Aberta (a la Temer) sobre Livro Censurado



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por José de Abreu

SE TEMER (atualmente um Maçom irregular e adormecido) PODE, OUTRO MAÇOM (totalmente regular) TAMBÉM PODE...

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO dr. ROMULO GARCIA BARROS SILVA, da COMARCA de MANAUS-AM:

Estimulado pela carta de “MERO INTERESSE ACADÊMICO” que o presidente MICHEL TEMER enviou quinta-feira passada à procuradora-geral da República, torno público a minha, para registrar que através de notícia publicada no SITE SENSACIONALISTA AM POST, tomei conhecimento de que, durante o recesso do judiciário, como JUIZ PLANTONISTA, V. Excia.  - jovem promissor, com idade para ser meu filho, quiçá meu neto - passando ao largo da leitura apurada de um trabalho AUTOBIOGRÁFICO,DIDÁTICO, PURAMENTE DOCUMENTAL, HISTÓRICO e fiando-se em premissa equivocada quando de sua tomada de prumo, numa decisão esdrúxula, inusitada e inconstitucional, DETERMINOU APREENSÃO DOS EXEMPLARES do meu livro intitulado “O PEQUENO ARQUITETO DA MAÇONARIA AMAZONENSE” que encontrava-se à venda numa Banca de Revistas da cidade de Manaus. O magistrado acatou o falso argumento de que “O livro busca simplesmente ofender alguns integrantes do referido grupo, com imagens grotescas, sem qualquer conteúdo de interesse público”.

Conforme lhe informei através de e-mail na data de 22 de janeiro, o referido site Sensacionalista publicou IMAGENS fora de contexto e que não constam do livro que deveria ter sido analisado no seu todo. Quem pediu a  censura e apreensão da obra agiu com LITIGANCIA de MÁ-FÉ. INTENCIONALMENTE ALTEROU A VERDADE DOS FATOS, quero crer, com o objetivo de INDUZIR A ERRO um representante da nossa combalida Justiça. Em que pese toda sapiência magistratal, aparentemente o jovem juiz não teve tempo ou cuidado de analisar o conteúdo do livro que, dentre lições e artigos de MAÇONS DA MAIS ALTA CATEGORIA, registra as agruras e humilhações pelas quais passei nos últimos 4 anos como Mestre Maçom do GOB – GRANDE ORIENTE DO BRASIL, por conta de um inescrupuloso VENERÁVEL MESTRE (Presidente de Loja Maçônica) devidamente acobertado por mais três asseclas. Tudo fizeram para me afastar da ordem milenar que alardeia somente admitir em seus quadros, homens retos, honrados, dignos, de bom senso e rigorosa moral.
No final do livro - que representa apenas 4.5% do seu conteúdo -, num capitulo que poderia ser considerado como encarte, sob o subtítulo CAMARA DE REFLEXÃO ILUSTRADA POR MEMES QUE FAZEM RIR E SE INDIGNAR, explico o que são MEMES e como estou inserido neste contexto há mais de 15 anos combatendo diariamente a CORRUPÇÃO e a IMPUNIDADE que ASSOLA o BRASIL. Também explico o PACOEPA – PACTO CORRUPTÔNICO QUE ENVERGONA O PAÍS, através do facebook e sites: www.politicatipica.com.br e www.alertatotal.net.
Certamente, minha atividade diária INCOMODA MUITA GENTE nas três esferas de poder, EXECUTIVO, LEGISLATIVO e JUDICIÁRIO.
DECISÃO JUDICIAL CUMPRIDA - que já causou dano psicológico e material de impossível ou difícil reparação - e a fim de que a verdade não continue sufocada, informo que acabo de publicar um NOVO LIVRO, com subtítulo “ARAUTOS DA MAFIONARIA BRASILEIRA INFILTRADOS NA ORDEM MILENAR UNIVERSAL” e título pluralizado “OS PEQUENOS ARQUITETOS DA MAÇONARIA” - cujo conteúdo interessa a todas as profissões especialmente da área jurídica - que pode ser adquirido por US$ 9,99 (mais taxa correio), diretamente dos Esta­dos Unidos da América. Felizmente, existe um país que respeita o direito de expressão e as liberdades democráticas conforme detalhes no site a seguir:
Estamos recorrendo ao Judiciário para que seja reparado o hediondo e inconstitucional crime de censura.
José Hilcério Campos de Abreu, (70), ativista das redes sociais conhecido como Johil Camdeab, recordista de MEMES no Brasil, e-mail: camdeab@gmail.com

Nenhum comentário: