segunda-feira, 9 de abril de 2018

A falsa convicção de Lula é sua prisão


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

O filósofo G. K. Chesterton pregava que “toda convicção é uma prisão”. O advogado do prisioneiro Luiz Inácio Lula da Silva se diz convicto de que seu cliente e amigo será solto, brevemente. Cristiano Zanin tem certeza de que a maioria apertadinha do Supremo Tribunal Federal irá rever a decisão que manda cumprir a pena de prisão a partir de órgão colegiado judicial de segunda instância. A tendência é que a regra do encarceramento passe a valer depois de uma decisão do Superior Tribunal de Justiça, a terceira instância.

O supremo ministro Marco Aurélio Mello tem a convicção de que o STF começará a discutir, na próxima quarta-feira, as duas Ações Declaratórias de Constitucionalidade sobre o “trânsito em julgado” para efeito prisional ou não. Mello promete que usará os primeiros minutos da próxima sessão plenária do STF para “colocar em mesa” o assunto. Novamente, o Guardião da Constituição-Vilã de 1988 se vê pressionado pelo lopetralhismo a debater o tema que a Carta Magna do Brasil dá margem a variadas interpretações.

Uma decisão que mande soltar o condenado Lula, agora, vai rachar o Brasil. Além de forçar a barra para libertar seu poderoso chefão, o PT tem a convicção de que Luiz Inácio Lula da Silva terá sua candidatura presidencial registrada em 15 de agosto. Lei da Ficha Limpa não vale para o ex-Presidente que aposta ser favorito para vencer a sucessão de Michel Temer – candidato provável à reeleição e a uma futura condenação (com prisão) por crimes ligados à corrupção.

A sempre arrogante Gleisi Hoffmann, presidenta do PT, gostaria até de roubar o papel da Cármen Lúcia para definir a pauta de julgamentos do STF. Gleisi também só faltou dar ordens para a ministra Rosa Weber – uma das indicadas pelo partido para o emprego no STF: “O Supremo é a última instância que nós temos. É o Supremo que vai dar a decisão final sobre isso. Temos expectativa para que na quarta-feira a ministra Rosa Weber cumpra com aquilo que falou no último julgamento”.

A pressão petralha sobre o Supremo é tão real que a própria Gleisi tirou onda que advogados do PT fizeram “vários contatos” com Rosa Weber e os demais magistrados da corte sobre o assunto. O advogado Cristiano Zanin resumiu sua tese ontem, na saída de uma rápida visita a Lula no cárcere curitibano: “Nós vamos reverter essa decisão porque nem a condenação nem a prisão para cumprimento antecipado da pena são compatíveis com a lei”. Zanin tem outra “tese”, também compartilhada por Lula: “O Presidente se considera um preso político”.

O caso Lula deve chegar ao Superior Tribunal de Justiça em junho, A terceira instância tem tudo para tomar uma decisão final até o final do ano. Se a condenação de Lula for confirmada, nem adiantarão as manobras supremas para mudar a regra da prisão em segunda instância. O companheiro $talinácio puxará longa cana, privado do vício de tomar muita cana. Ficará privado do direito de confundir água mineral com aguardente mineiral.

A situação de Lula racha a esquerda. PDT e PSB, que desejam lançar as candidaturas presidenciais de Ciro Gomes e Joaquim Barbosa, vacilam em aderir ao papo furado de que “eleição sem lula é fraude”. O PSOL e o PC do B, que pretendem disputar o Palácio do Planalto com Guilherme Boulos e Manuela D’Avila, insistem na mentirinha, e deixam claro que a união deles com o PT não é eleitoral, mas apenas para “defender os direitos de Lula”.

A tal Frente Brasil Popular, espécie de sucursal do Foro de São Paulo que reúne todos os partidos de esquerda, se reúnem para defender “eleições livres, soberania nacional e combate à violência da extrema direita”. Apenas o PT tem clareza sobre a candidatura presidencial de Lula. Os demais partidos querem jogar sozinhos. Um “torcedor” da candidatura Lula é Jair Bolsonaro. Bem nas pesquisas, o “mito” aposta nos benefícios da polarização com Lula.

O Estadão dá a notícia boa de que o responsável pela delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros em São Paulo (Delecor), o delegado da PF Milton Fornazari Junior escreveu numa rede social que “agora é hora de serem investigados, processados e presos os outros líderes de viés ideológico diverso que se beneficiaram dos mesmos esquemas ilícitos que sempre existiram no Brasil (Temer, Alckmin, Aécio etc)”. O delegado cuidou de casos que envolvem tucanos em corrupção: o Cartel do Metrô de São Paulo e o superfaturamento no Rodoanel – que levou o famoso Paulo Preto para o xilindró.

O pensamento de Fornazari Júnior parece consensual na PF. Associação Nacional de Delegados Federais publicou uma nota na qual dizia que a PF “não tem cor, nem partido – tem missão! E exerce seu papel independentemente de quem seja o investigado, com equilíbrio, moderação e responsabilidade”.

O Movimento Avança Brasil repete seu apelo lançado  após a histórica prisão de Lula: “Petistas, quando passar a sua mágoa, juntem-se a nós e vamos pedir a prisão de Temer, Aécio, Renan e outros corruptos”. Delata, $talinácio...

Lição do Deltan Dallagnol

Vale a pena assistir até o final a palestra “Sonhar, ousar e permanecer na luta” proferida pelo coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol. Fonte: https://youtu.be/Mt3HG4g1A_c

Releia o artigo de domingo: Só golpe no STF pode soltar Lula





Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 9 de Abril de 2018.

Um comentário:

Luiz Carlos Soprano disse...

INTERVENÇÃO MILITAR ... MILITAR... CASO CONTRÁRIO, VAI SER BOLSONARO. AÍ O BICHO, QUE É GRANDE E PISA FORTE, IRÁ PROVOCAR O CAOS. ESPERO ESTAR ENGANADO.