segunda-feira, 9 de abril de 2018

Golpe? Só se for do Lula, do Temer ou do STF...


2ª Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Sem citar a tão aclamada prisão de Lula, o Presidente Michel Temer reclamou que o Brasil vive um momento politicamente perigoso. Nada custaria se Temer admitisse sua culpa e dolo para tamanha desgraça. Temer é candidato a ser o Lula de amanhã: corre risco de condenação e prisão por crimes ligados à corrupção.

Alias, o povo já pergunta sem maldade: Por que o Supremo Tribunal anda tão devagar no julgamento dos bandidos com foro privilegiado, porém tem pressa súbita para rever a decisão sobre prisão após decisão por órgão colegiado em segunda instância judicial? Por que tanta velocidade para agradar às bancas milionárias de advocacia – interessadas no lucrativo trabalho na terceira instância?

Na verdade, Presidente Temer, vivemos um momento juridicamente perigoso. Insegurança do Direito, rigor seletivo, regramento excessivo, lentidão processual e muita impunidade são os vícios e defeitos mais evidentes da atual conjuntura. Tudo se judicializa, enquanto a mais Alta Corte do Poder Judiciário se torna impopular e, claramente, se desmoraliza perante o cidadão comum.

No País do futebol, a maioria não sabe a escalação do time do Tite para a Copa do Mundo da Rússia. Aliás, a coisa está tão russa por aqui que a maioria sabe, de cor, a escalação dos 11 do STF. O problema é que o time anda em baixa com a galera. O futebol do Supremo tem marcado gols contra a sociedade brasileira. A galera do time dos militares tem reclamado na caserna e nas redes sociais da Internet.

Apesar dos protestos explícitos ou implícitos, não há risco de Golpe Militar. Se houver golpistas, eles se chamarão Lula, Temer, Aécio, Renan, Jucá, Sarney e alguns dos poderosos aliados deles na equipe do Supremo. Os militares brasileiros, patriotas por tradição, são, justamente, os defensores da Democracia – a prática da Segurança Jurídica, Institucional e Individual. Os Generais não darão golpe. Ingênuos, equivocados ou esquerdistas que raciocinam com o intestino precisam parar de repetir tamanha mentira.

O que os militares farão é apoiar, integralmente e com todas as suas forças, aqueles que promoverão a legítima e inevitável Intervenção Institucional. Só quem pode dar o golpe contra o Governo do Crime é o cidadão. O Povo tem o poder instituinte (originário) para criar, revogar e mudar as instituições da Nação. Nós temos a capacidade moral e legal de exigir que o Estado cumpra a missão fundamental de proteger as pessoas.

O Alerta Total repete: Aproxima-se o momento de a Onça beber água. O povo só precisa colaborar com o “canudinho”. Os militares não aceitam tutelar a Nação. Ao mesmo tempo, se recusam a aceitar a tutela do Crime sobre nossas instituições. Simples, assim...

Leia o artigo de Antônio José Ribas Paiva que só falta desenhar o que o povo brasileiro espera de suas Forças Armadas: Instituir: Direito Natural


Vamos colocar um ponto-final nesta balela de “golpe militar” – e vamos ficar atentos aos outros golpes verdadeiros que os criminosos armam contra a gente. Não se combate e neutraliza o crime com ódio, mas sim com inteligência, justiça e, sobretudo, Democracia.

A saída é definir um Projeto Estratégico de Nação, a partir desta base elaborar uma Nova Constituição e, assim, desenhar um modelo de Estado ideal para o Brasil verdadeiramente federalista, com voto distrital, regime justo de impostos e liberdade responsável para cumprir deveres e exercer direitos.   

Leia o artigo de Gaudêncio Torquato: Longe da Pátria

Confira também o do General Rômulo Bini: CREDIBILIDADE

E o do General Santa Rosa: Ecos do Passado

Reveja o artigo: A falsa convicção de Lula é sua prisão


Seita Maluca?



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 9 de Abril de 2018.

Um comentário:

Anônimo disse...

É evidente a dissociação entre a competência e que realmente o STF faz.
Foi completamente aparelhado pelos políticos e, acreditem, foi criado com esse propósito.
É como a artéria que mantém alimentado o câncer em metástases.