quarta-feira, 30 de maio de 2018

Por uma Nova Liberdade!


Manifesto no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Movimento Avança Brasil

 A Todos os Brasileiros,

O Movimento Avança Brasil, fundado em 15/02/2015 por um grupo de cidadãos livres e de bons costumes vem trabalhando para a TRANSFORMAÇÃO do Brasil em um ESTADO LIBERAL, com uma sociedade próspera, livre e aberta, permeado pela TRANSPARÊNCIA e EFICIÊNCIA de tudo que é público, com LIMITAÇÃO e SEPARAÇÃO clara de poderes.

Trabalhamos pela implantação do Federalismo Pleno no Brasil, pela total descentralização do poder político e de recursos, gerando autonomia administrativa e jurídica para estados e respectivos municípios. Somos liberais na economia e conservadores das melhores tradições da família brasileira, da ética, moralidade, liberdade individual, transparência e democracia. Acreditamos em nossos princípios e deveres, para com a nossa família, nossa Pátria e para com a Humanidade.

O combate à tirania, à ignorância, aos preconceitos e aos erros é tema constante em nossa agenda. Não temos nenhum vínculo partidário, mas repudiamos os partidos que possuem ideologia que propagam a tirania como forma de poder, tais como Nazistas, Fascistas, Socialistas, Comunistas e Globalistas.

Constatamos há muito tempo que não existe caminho fácil para sair do buraco no qual nos metemos. Mas, esse poço fundo pode ser a maior oportunidade da nossa história. Após mais de 30 anos de governos socialistas horríveis, marcados pela oficialização da entrega de todos os “galinheiros brasileiros às raposas”, e por gestões trágicas de nossa Educação, de nossa Saúde e de nossa Economia, vemos a chocante constatação de que nossos Três Poderes, os mais caros do mundo, são também os piores.

Quatro em cada cinco membros de nossos poderes não têm moral alguma para lutar por JUSTIÇA, e quase nenhum liga para o interesse público.

O Povo tem que ter poder sobre todos os agentes do Estado que tem poder sobre o Povo. O cidadão não pode mais ser submetido à humilhante e excessiva burocracia, que também é mãe dileta da corrupção. É por isto que todas as estruturas de governo, dos Três Poderes, devem ser reformuladas, diminuindo gastos, privilégios e a insanidade documental que trava a vida de todos e o País. Vivemos um momento extremamente delicado que veio à tona com a paralisação de nossos irmãos caminhoneiros.

Por isso, conclamamos nosso povo para irmos às ruas pedir que nossos TRÊS PODERES SEJAM IMEDIATAMENTE DESTITUIDOS e que uma junta CÍVICO-MILITAR composta por um Comitê de Notáveis do Povo assuma o comando do país, escreva uma nova Constituição Federal, a submeta ao Povo por meio de um referendo e em seguida a promulgue. Será a oportunidade de transferir ao verdadeiro dono do país, o Povo Brasileiro, o direito inalienável de escrever e aprovar a sua própria Carta Magna. O rascunho desta nova Carta Magna pode ser visto no seguinte link:  


Não abriremos mão dos seguintes pontos:

1. Defesa do direito à propriedade privada como uma das formas de assegurar a liberdade individual, assim como o direito à autodefesa individual, um direito que deve ser constitucional.

2. Liberdade com igual dose de responsabilidade, sendo a autonomia individual decorrente disso.

3. As decisões devem ser tão próximas quanto possível do cidadão. Dentro da União, a esfera superior só pode interferir na inferior em emergências, em graves crises locais, com respeito à autonomia estadual.

4. Decisões de natureza moral e de costumes devem ser tomadas por munícipes e não impostas por diretrizes e ideologias dos governantes da esfera federal.

5. Somos contra o Estado unitário, centralizador de poder, de recursos, e que impõe leis e regras aos estados e municípios. O Estado deve se reger por princípios consignados em uma Constituição sintética, simples e clara. Tudo o que não estiver previsto constitucionalmente à União, caberá aos estados e cidades,subsidiariamente.

6. A única forma de eliminar o risco da existência de um Estado Totalitário e interventor é a descentralização dos poderes e recursos.

7. Defendemos, portanto, uma nova Constituição assentada em princípios claros e sucintos que definam e estabeleçam claramente os limites entre os poderes, descreva o federalismo e as responsabilidades da esfera estadual e federal. Que limite claramente a ação de governos e das instituições do Estado na sociedade.

8. A Constituição Federal, em um Brasil sob um Federalismo Pleno, só poderá ser alterada se aprovada por 80% dos estados federados, sem direito a veto presidencial.

9. Acreditamos que um Estado Forte só tem como se realizar nas suas funções mínimas de garantia dos contratos, da Educação e Saúde básicas, da Segurança e Soberania, além de inteligente atuação no teatro das nações neste novo Milênio.

10.A geração de indicadores para orientar as administrações locais de forma a fomentar o pleno desenvolvimento, evitar distorções e formação de governos ilegítimos, é uma das poucas funções de um Governo Central Federal.

11.Municípios são entes do respectivo estado federado, nunca como entes federados e parte do Estado Central. E devem ter autonomia plena para a sua gestão, de forma que possam até mesmo escolher pela contratação de administrador urbano no lugar de um prefeito, ou um prefeito eleito sem partidos e, conselheiros voluntários no lugar de vereadores remunerados.

12. Descentralização e fragmentação completa do poder político.

13.O sistema eleitoral tem de ser construído de forma que os votos sejam contados publicamente e o eleitor tenha o controle sobre o seu voto (voto livre, facultativo e distrital puro) regulado por cada estado federado. A eleição do presidente da República deverá obedecer ao peso eleitoral dos estados federados, em respeito ao equilíbrio da Federação.

14.O eleitor deve ter o direito de recuperar (recall) o seu voto sempre que o seu representante não esteja agindo de forma coerente com os interesses do povo.

15.Acreditamos e estimulamos a livre iniciativa. O Estado não é o agente, é apenas o garantidor dos contratos por meio de instituições ágeis, sem excessos regulatórios que impeçam a livre competição entre empresas. Somos contra a concentração econômica de qualquer natureza.

16.A perspectiva de um Estado com Federalismo Pleno é de estabilidade jurídica, com cada estado e municípios estabelecendo suas regras funcionais.

O Brasil tem jeito, depende de nós!!!

Movimento Avança Brasil! – 26 de Maio de 2018.

3 comentários:

Anônimo disse...

ANALIZANDO ESSE LIXO A CONCLUSÃO É QUE OS SEUS BONS COSTUMES SÃO OS MESMOS DOS PIORES BANDIDOS... O QUE INTERESSA É BATER DE FRENTE COM O QUE NOS ESMAGA. PARA SER BREVE VOU CITAR UM TAL DE DIREITOS ADQUERIDOS, ISTO MESMO,OS SALARIOS E PREVILÉGIOS MILIONARIOS DO JUDICIARIO,FFAA,POLITICOS E OUTROS SERVIDORES E HERDEIROS QUE ACUMULAM DIREITOS ADQUERIDOS POR ELES MESMOS,ENTÃO ADQUERIR ALGUM DIREITO POR CONTA PRÓPRIA É ROUBO E QUEM FINGE QUE NÃO SABE E NÃO VÊ É LADRÃO TAMBÉM...O NOSSO JUDICIARIO,E POLITICOS NÃO SE INTERESSAM PELA QUESTÃO POIS HERDARÃO TODOS ESSES DIREITOS ADQUERIDOS NA MÃO GRANDE... O MOVIMENTO AVANÇA BRASIL ESTÁ FAZENDO O BRASIL AVANÇAR PARA O BURACO... MAÇONARIA A MAFIA MALDITA...

FOTO DO FATO disse...

Parece ser o ideal, seria o possível? Há tanta falta de educação e consciência coletiva que nos deixa muito taciturnos diante da realidade. Entretanto, tentemos!

Anônimo disse...

Gostei!