sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Brasileiros desconfiam de candidatos e Presidentes



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

O primeiro debate presidencial, na BAND, foi extremamente chato – na avaliação geral. Dos 13 candidatos na disputa, foram convidados apenas os filiados a partidos ou coligações que tenham pelo menos cinco congressistas. Nenhuma novidade foi apresentada por Jair Bolsonaro, Geraldo Alckmin, Ciro Gomes, Guilherme Boulos, Cabo Daciolo Marina Silva, Álvaro Dias e Henrique Meirelles. Lula não pôde ir porque está preso... E nem poderia ser candidato se cumprissem a Lei da Ficha Limpa... O PT fez um debate fake, paralelo, que quase ninguém viu...

Já deu para sentir que tais programas serão inúteis. Não servirão para o livre debate de idéias. A tendência dos próximos é ter apenas meros bate-bocas. As regrinhas são muito engessadas. Tudo fica teatralmente formal. O suposto “debate” em primeiro turno dá até audiência. Nada mais que isto... Confronto real só no segundo turno... O encontro, dificilmente, tem vencedor. O derrotado, com certeza, é sempre o eleitor que perde tempo assistindo.

Veja que problema... As instituições brasileiras perderam a confiança da população. A confiança na instituição presidente é a menor de todas: em uma escala de 0 a 100, atinge 13 pontos, índice nunca registrado por nenhuma instituição. O seu auge foi em 2010 quando alcançou 69 pontos. Os partidos políticos, com 16 pontos, amargam a segunda colocação nesse ranking, ficando com metade da confiança alcançada em 2010 (33 pontos).

Em 10 anos, nunca foi tão baixa a confiança do brasileiro em 20 instituições pesquisadas pelo IBOPE Inteligência no Índice de Confiança Social (ICS). Outra medida do ICS é a confiança da população nas pessoas e na sociedade em geral. Neste ano, a confiança nas pessoas da família oscila negativamente em relação a 2017, passando de 85 para 82 pontos. Amigos, vizinhos e brasileiros de um modo geral permanecem estáveis na confiança, com 65 pontos (66 no ano passado).

Assim, o Índice de Confiança Social em 2018 fica em 48 pontos, quatro pontos abaixo do indicador do ano passado (52), o que o torna o índice mais baixo de toda a série histórica. Contribui para a diminuição do índice o fato de todas as instituições terem apresentado redução de confiança, situação diferente do ano passado, quando a queda da confiança nas instituições políticas foi compensada pelo crescimento na confiança das igrejas, polícia, bancos, meios de comunicação e escolas públicas.

O Corpo de Bombeiros mantém-se no topo do ranking pelo 10º ano seguido, entretanto registra decréscimo de quatro pontos na confiança da população, passando de 86 em 2017 para 82 pontos neste ano. O mesmo movimento ocorre com as igrejas que mantêm a segunda colocação, mas recuam de 72 para 66 pontos, voltando ao patamar de 2013 e 2014. Na terceira posição, aparece a Polícia Federal, presente no ICS desde 2016 e que registra retração de cinco pontos na confiança em relação ao ano passado (de 70 em 2017 para 65 em 2018). 

Na sequência, estão Forças Armadas (62 pontos), Escolas Públicas (57) e Polícia (53), que assume a quinta colocação dos Meios de Comunicação (51), que perdem uma posição e vão para o sexto lugar. O Ministério Público, instituição que também integra o índice desde 2016, mantém a 11ª posição, com 49 pontos (eram 54 em 2017). O Poder Judiciário/Justiça aparece em 12º lugar com 43 pontos, queda de 5 pontos em relação ao ano passado.

Voltando à eleição, o jurista patriota Antônio José Ribas Paiva é um amigo que define de forma justa e perfeita nosso processo eleitoreiro: “O regime político brasileiro é de Pareado Medieval: democracia só para os pares do reino. Para nós, o povo, vigora a Ditadura do Proletariado. As eleições são meros instrumentos para manter essa ditadura”.

Tem razão o livre-pensador... Ser obrigado a votar é uma aberração Democrática. A coisa fica ainda pior com o modernoso sistema eleitoral eletrônico. Somos forçados a confiar, cegamente, na segurança absoluta das urnas eletrônicas e do processamento de votos sem direito a uma recontagem (total ou por amostragem) por voto impresso. O STF e o TSE deram ordem para descumprir a Lei do voto impresso... Pode isso, Arnaldo Cezar Coelho? Sem-duvidamente, não phode...

O processo é viciado. As pesquisas de intenção de voto são outra fraude prévia: quem assegura que eles não induzam tendências do eleitorado? As amostragem de ouvidos é ridícula. Sem falar na evidente presença do crime institucionalizado investindo alto e influindo no patrocínio de candidaturas suspeitíssimas. Enfim, o Brasil é uma grande “Zona” eleitoral.

Os segmentos esclarecidos da sociedade brasileira, cada vez mais de saco cheio e a ponto de explodir, precisam exigir mudanças estruturais efetivas. A mudança Política é urgente urgentíssima. Fim do voto obrigatório, implantação do voto distrital e distrital misto, fim da ditadura cartorial dos partidos, permitindo livres candidaturas avulsas de cidadãos. Votação eletrônica, porém com recontagem obrigatória por voto impresso.

Redução do número de vereadores, deputados e senadores. Racionalização da máquina pública que serve aos eleitos. Adequação de gastos com todo esse pessoal da “política profissional”. Acompanhamento transparente sobre a atuação dos políticos, usando a tecnologia disponível nas redes sociais. Possibilidade de “recall” para eleitores impedirem os políticos que infringirem as leis. Eis as mudanças básicas, fundamentais.

Inegavelmente, o processo político reflete, diretamente, a baixa qualidade cidadã e educacional dos brasileiros. O mal funcionamento da sociedade já incomoda a maioria, porém ainda não atingiu o nível insuportável para detonar as mudanças de modo mais rápido. Lentamente, no entanto, algumas coisas mudam.

Felizmente, a pressão popular tirou até uma “Presidanta”. O criador dela acabou na cadeia junto com muitos comparsas que enriqueceram ilicitamente na vida pública. No entanto, a maioria do eleitorado também constata que ainda falta mudar muita coisa para melhorar o Brasil.

É com essa motivação que muita gente, obrigada ou não, sairá de casa em busca do voto perdido. O ato pode até ser, na prática, uma grande ilusão ou um imenso autoengano. No entanto, no atual estágio de um País dominado pela ação do crime institucionalizado, toda atitude que supere a passividade é bem vinda.

Como diria o famoso Capitão Nascimento, do Tropa de Elite, “vamos sentar o dedo”... Só é recomendável pesar os prós e contras diante do botão da urna eletrônica no processo eleitoreiro com honestidade e confiabilidade questionável.

Uma coisa é certa... O Brasil precisa parar de ser conjugado no pretérito do futuro... Façamos o possível e o impossível para mudar, para melhor, no presente... Quem for votar só não pode votar erradamente...

Qualquer um que vencer a eleição pegará um pepino gigante a partir de 2019. A governabilidade é a grande dúvida nos próximos quatro anos...

Pedido de socorro aos leitores

Ontem à noite, por volta das 20, este Editor-chefe do Alerta Total teve seu celular roubado na pacata cidade de São Paulo.

Um euroafroameríndio, de bicicleta, arrancou o Sansung S 8 da minha orelha, quando encerrava uma reunião de trabalho, caminhando pela Rua Pedro de Toledo, na Vila Clementino, perto do metrô Santa Cruz.

O jovem, com capacidade física de atleta, lamentavelmente tem vocação para ladrão – coisa normal no Pais da impunidade, da roubalheira e da falta de Educação (formação familiar ética + ensino de qualidade).

Assim, privado do meu instrumento de trabalho essencial, humildemente, pelo aos leitores, amigos e inimigos que colaborem, na vaquinha, para a aquisição de um novo smartphone, para que n;ao fique muito tempo incomunicável...

Quem quiser e puder, favor depositar qualquer contribuição nas seguintes contas:


Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.








Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 10 de Agosto de 2018.

8 comentários:

Sempre Mais do MESMO disse...

Eu não entendo a incompetência dos adversários da esquerda.

Se tem cogitado que Lula seja ou não candidato e isso é algo que poderia ser usado contra a esquerda e seus sicários do stf que apunhalam pelas costas toda a nação.

Teori Zavascki, DITATORIALMENTE, cassou a presidência da câmara de Eduardo Cunha alegando que "NÃO SE PODERIA CORRER O RISCO DE TER UM PRESIDENTE INVESTIGADO" ...já que Eduardo Cunha como presidente da câmara estava na linha sucessória.

Todo o stf apoiou a autocracia de Zavascki que,cassando Cunha, vingou-se por ele ter colocado o impeachment em votação e sobretudo ameaçado colocar em votação leis que contrariavam o PT e esquerda em geral.

Zavascki não negou que NÃO SE BASEAVA EM LEI ALGUMA para tomar tal safada decisão. Mesmo assim, assumindo que apenas vingava-se de Cunha e impedia que este colocasse em votação algo contra interesse do PT e da esquerda, o stf o apoiou CONTRA A LEI.

Como agora aceitam o risco de ter um CONDENADO em SEGUNDA INSTÃNCIA como presidente???

Trata-se de aberração e, só pelo apoio a Zavascki, todo o stf deveria se cassado e processados ESSES TOGADO VIOLADORES CONTUMAZES das LEIS.

Anônimo disse...

A Marta Suplicy já está bajulando para querer algum cargo, mas vai quebrar a cara;
Os militantes, sem mortadela, recebidos pelo ministro, devem ter tido um lanche reforçado antes da audiência. Assim vão aguentar mais alguns dias de greve de "fome". A fome deles é outra: verbas públicas;
O Lula deveria trabalhar em um circo(Tiririca que se cuide). Produziu a marioneTA, Dilma, com seu "show" de stand up comedy, fazendo a nação dar gargalhadas e, agora, o marioneTO, Haddad. No elenco já tem o palhaço da corte, Suplicy, a PinóQUIA (Narizinho) e uma que gosta de dançar em plenário. O elenco é grande.

Manoel Meirinho disse...

o que esta me deixando pasmo e realmente desapontado com o povo e alguns que se apresentam para questionar absurdos, é que o superior tribunal, aumentou o próprio salario polpudo em 16% que com certeza será aprovado pelo congresso corrupto e sem moral, e ninguem, ninguem, ninguem comenta, ninguem se rebela, ninguem se revolta, ninguem sequer questiona. é de chorar.

Manoel Meirinho disse...

o que esta me deixando pasmo e realmente desapontado com o povo e alguns que se apresentam para questionar absurdos, é que o superior tribunal, aumentou o próprio salario polpudo em 16% que com certeza será aprovado pelo congresso corrupto e sem moral, e ninguem, ninguem, ninguem comenta, ninguem se rebela, ninguem se revolta, ninguem sequer questiona. é de chorar.

Loumari disse...

Brasileiros: Estamos com uma pergunta de tamanho dantesco: Digam-nos: O Lula, no percurso de sua carreira política votou leis que foram homologadas judicialmente e legiferadas na constituição da república?
Porque, se a resposta é sim, então, este homem está no direito de rasgá-las todas. Pois a tais leis não podem permanecer vigentes na constituição se o legislador retratar-se e retirar a sua assinatura do livro de direitos.

Sandra disse...

Peço confirmação por e-mail da conta BB
ag. 722-6
c/c 209042-2
Jorge Serrão B Serrão
valor 57 reais
em 09/08/2018
informada pelo funcionário do banco de que a conta
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão era inexistente

Jorge Serrão disse...

Cara Sandra. Cousas do Banco do Brasil. Eles mudaram a conta da agência e não informaram a nova... Agora, a correta é AG 722-6 C/C 209042-2. Muito obrigado pela colaboração.

Anônimo disse...

O nosso infeliz país já se transformou numa Brazuela e o povão ignaro ainda não se deu conta e continua preocupado apenas com futebol e putaria. O primeiro debate feito pela Band foi um fiasco completo, pelos prazos dados aos participantes, com um minuto e meio para apresentação e 45 segundos para réplica e tréplica. Razão tem o Bolsonaro ao dizer que tudo não passou de um teatro de picadeiro de circo. O famigerado Boulos, apelidado de roubos, ofendeu moralmente o Bolsonaro que devolveu chamando-o de desclassificado e abrindo mão da tréplica. Os demais foram hilarios como o Ciro que prometeu acabar com a inadimplência de 72 milhões de brasileiros. O picolé de xuxu, continua como um lorde inglês na câmara dos comuns da Inglaterra falando uma linguagem inacessível para o povão e já botou a corda no próprio pescoço se aliando ao Centrão junto com sua vice de triste memoria. Abstenho-me de comentar sobre as excrescências do STF depois de aprovar e desaprovar o decurso de prazo depois de cinco anos para os desvios de verbas da corja dos treis poderes. Haja saco.