domingo, 30 de setembro de 2018

Petecúndio ou Peteleco?



“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Em grande plenibúndio, algumas “otoridades” começam a “pavimentar” a fraude pro Maldade.

"Pesquisas que à realidade não fazem eco e incensam um “poste”, poderiam ser chamadas de peteleco?

Há quem goste. Por exemplo, o cachorro adora um preboste.

De mal en pis vai o meu país!

Já comentei com os amáveis leitores que em francês tudo fica mais “chique”. É por esse motivo que o efecagácê tem um apartamento em Paris, muito embora ser-lhe-ia mais adequado ir a P. Q. Paris.

O partido dos petelhos pensam em tirar da cartola (versão moderna: urna eletrônica) inúmeros coelhos.

Do gigante de Flandres ao da Páscoa.

No tempo em que as cortes europeias ainda não utilizavam talheres para comer, o peludos coelhinho substituía um guardanapo de linho.

Em tempos do “revival” da “Lei, ora a Lei...” voltamos à estaca zero.

Antes eram dois pesos e duas medidas; agora, o império do “achismo” e o país à beira do abismo.

Mas o mais patético (gansético ?, cisnético ?) é o auto-ilusionismo.

Que as “InstituiCães estão funcionando ...” dizer, é da cara do povo, escarnecer.

Vira-bosta, moribundo e companheiros de medialuna, verão como muda a roda da fortuna.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: