terça-feira, 18 de setembro de 2018

Urnas Cãofiáveis



“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Uma “auautoridade” perdeu uma ótima oportunidade de ficar quieta.

Em primeiro lugar, a mais alta corte eleitoral “decidiu” NÃO cumprir a LEI do voto impresso.

Daí em diante é todo um jogo de mentirinha. Sem a possibilidade de auditoria e/ou de conferência de votos, estamos à mercê de um pascácio detentor do código fonte do sistema de voto eletrônico. Seu nome NÃO é divulgado ! Talvez seja apenas um unicórnio.

Anestesiada com clorofórmio, a populaCão votante entra no faz-de-conta das “pesquisas”.

Todas fajutas, pagas pelos filhos da rima.

O que os traidores e/ou ladrões não contavam é com a capacidade de o Mito se comunicar com o povo.

As grandes “inimigas” da porcada são as redes sociais.

Não adianta mais tentar censurá-las. O rombo no casco da nau dos insensatos já está feito. Nem um primo do iceberg, dono da foicebook, consegue mais deter o avanço das águas que irão sepultar os sonhos ditatoriais dos implantadores da Nova Ordem Mundial.

Como diria o caboclo (com rudimentos de francês) : “Zé fini”.

O escândalo da Cambridge Analytics foi temporariamente “esquecido” bem como a apuraCão sobre os mandantes do atentado contra o messias.

Diria um militante vermelho:” Tô folidido !

A coisa mais inteligente que ouvi esta semana foi a orientação de irmos votar com camisa amarela. Sem legendas e sem outras providências que podem anular o voto.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: