quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Treino é treino; jogo é jogo...


“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

A escalação está completa; desde os craques até o pateta !

Não se preocupem, amáveis leitores, com eventuais gols-contra logo no início da partida. Um idiota resolve recuar sem perceber a perigosa aproximação do adversário. A torcida vaia, xinga mas não abandona o estádio (hoje chamado de arena, onde os leões devoravam os cristãos).

Um brilhante senhor escreveu numa rede social que há ministérios descartáveis. Concordo; no entanto nos jogos do interior, no século passado, sempre alguém perna-de-pau era escalado por ser parente de quem deu o jogo de camisas, cedeu o campinho ou pagou o lanche.

Isto chama-se gratidão. Quando o Mito estava sozinho, “igual que nem” cachorro em dia de mudança, alguns poucos o ajudaram numa missão aparentemente impossível: derrotar a mídia amestrada e o urubusário manipulador das urnas fraudáveis. É verdade que a Onça deu providencias bafos.

Mas as rapinas são tinhosas. Uma delas posicionou-se de costas na solenidade de diplomação, ao início da execução do Hino Nacional. Outra, em cerimônia oficial, agradeceu ao molusco em cativeiro, sua ascensão ao Olimpo; no caso, Osujo.

É claro que o “controlador” conseguiu “emplacar” agentes seus no time dos vinte e dois escalados. A única diferença (para melhor) é que os mesmos já foram tintos por nitrato de prata, mercúrio cromo ou azul de metileno como manda a boa prática médica.

Que em janeiro comece a limpeza para tudo voltar a ser chuchu-beleza.

Deus permita que sejam extirpados os tumores remanescentes, no cão egresso e no judas ciário. Se isso não ocorrer, o sonho de uma noite de verão tornar-se-á pesadelo.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: