quarta-feira, 6 de março de 2019

Cinzas



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Há mais de cinquenta tons e diversos significados.

Uma das mais elegantes manifestações foi a vestimenta de jóqueis dos cavalos do senhor Marcel Boussac (laranja, boné cinza).

Os mais refinados fraques (morning coats) também são cinzas.

Para pullovers e sweaters a cor mais indicada é flannel grey.

O que seria da vida não foram os insignificantes momentos de verdadeiro e discreto luxo.

Entre as gráficas mais prestigiosa está a Ditta Raimodi de Petinaroli (http://www.pettinaroli.it/) fundada em 1.776. Não é coisa para emergentes (parvenues)! Seu logo também é cinza.

Talvez o melhor chocolate do mundo esteja em Bruxelas, onde o céu é quase sempre cinza.(https://eu.marcolini.com/fr/)

Por acaso nosso cérebro não é conhecido por massa cinzenta?

E uma das mais deliciosas óperas não é a Cenerentola?

As fronteiras mal assinaladas não são chamadas de zona cinzenta?

Não se julga a qualidade de um charuto por suas cinzas?

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: