segunda-feira, 18 de março de 2019

Estultos Inultos

Protesto no STF, no domingão...

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Chega-se a um ponto na vida em que começamos a entender o sentido da existência.

Há um lindo provérbio: “Nascemos chorando para, enfim morrer, após muito chorar”.

O pranto e o riso servem tanto nos bons como nos maus momentos.

Quem de nós já não chorou de rir?

Os soldados medievais portugueses choravam copiosamente antes das batalhas. 

Vencendo-as, construíam igrejas em gratidão a Deus.

Assim foi com o convento da Batalha.

Nós, brasileiros patriotas, no momento, espumamos de indignação.

Não sei se as manifestações convocadas para protestar contra o urubusário terão massiva concorrência. O povo já está de saco cheio e prefere “terceirizar” as providências necessárias para Dona Onça.

Então veremos sobre o juramento de salvar a Pátria.

Em ato falho, um dos “deuses” moribundos disse defender a corrupção.

Não se muda o presente estado de coisas com belas palavras.

Melhor será que a ira popular se encarregue de punir os pecadores.

O excelentíssimo senhor Presidente da República parece que caiu no golpe do “boa noite Cinderela” aplicado pelos bancos.

Sua atividade parasitária emprestando, sem autorização, o dinheiro dos outros (que chamam eufemisticamente de “alavancagem”) agora nos impõe uma Reforma da Previdência, inoportuna, antes do recadastramento geral e a cobrança dos devedores.

Não temos ilusões de poder conter o tsunami da volúpia predatória da banca.

Preservaremos, no mínimo, nossa consciência tranquila.

Se os que tem armas se omitirem, estaremos num mato sem cachorro e sem onça.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

4 comentários:

Anônimo disse...

Sobre estarmos no mato sem cachorro e sem onça, um comentarista disse que seu avô, estudioso da história militar, dizia que o Exército brasileiro tem soldados, mas não tem guerreiros como o norte-americano e o israelense.

Anônimo disse...

Acho que a Onça que tanta esperança nos dava,está escondida esperando o tempo melhorar.O Presidente, sob efeito do boa- noite- Cinderela, não dará ordens à dona Onça que finge que não é com ela. E o Brasil nas mãos de um vice desalinhado com o chefe, só tem uma saída:Apelar para Dona Onça!

Anônimo disse...

Acho que a Onça que tanta esperança nos dava,está escondida esperando o tempo melhorar.O Presidente, sob efeito do boa- noite- Cinderela, não dará ordens à dona Onça que finge que não é com ela. E o Brasil nas mãos de um vice desalinhado com o chefe, só tem uma saída:Apelar para Dona Onça!

Anônimo disse...

Que desperdício! Esse papel higiênico seria muito útil na Venezuela. Deveriam é jogar o que seria limpo pelo papel!!!