quinta-feira, 20 de outubro de 2005

Dirceu pressiona adversários nos bastidores e dá entrevista hoje à tarde no último suspiro de defesa

Edição de quinta-feira do http://alertatotal.blogspot.com

Nos bastidores, o deputado José Dirceu (PT-SP) vem articulando para tentar o impossível: evitar a cassação de seu mandado e a perda dos direitos políticos. Dirceu ameaça disparar dossiês contra adversários, como forma de angariar apoios de políticos comprometidos com grandes esquemas. A mídia amestrada pelo Planalto será o canal para a veiculação dos ataques que tentam defender Dirceu.

Mas um dia depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) negar seu pedido de liminar e na véspera da votação de seu processo no Conselho de Ética, o ex-ministro José Dirceu convocou uma entrevista coletiva, para a tarde desta quinta-feira. Dirceu pretende contestar o relatório do deputado Júlio Delgado (PSB-MG), que recomenda cassação.

De acordo com o gabinete do deputado, ele vai apresentar documentos para comprovar que é inocente.Com a derrota no STF, até o Planalto considera que será inevitável a cassação. Nesta sexta-feira, o Conselho deve concluir os trâmites do caso do ex-ministro. A expectativa é que recomende ao plenário da Câmara a cassação de Dirceu.

Dirceu acredita que tem a possibilidade de ganhar o recurso que impetrou na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), uma vez que o parecer do relator Darci Coelho (PP-TO) é favorável ao arquivamento do processo. Mesmo que ganhe na CCJ, conseguirá no máximo ganhar tempo, antes de enfrentar o juízo do plenário. O PFL já rascunhou uma representação contra ele, se a que está em pauta for arquivada.

Pizza no forno

O PT dá mostras de que vai lutar até o fim para livrar os seus deputados de qualquer punição. Nesta quarta, o partido pediu à Mesa Diretora da Câmara a anulação da sessão em que foi apresentado o parecer que recomenda a cassação de José Dirceu.

Numa manobra regimental para atrasar o processo, o PT alega que a sessão de terça-feira do Conselho de Ética não é válida porque se estendeu além do horário permitido e, por um período, foi realizada enquanto havia sessão plenária. O regimento da Casa proíbe qualquer atividade nas comissões quando há votação no plenário.

Farsa montada

A oposição reage à tentativa do PT e do governo de transformar o mensalão em apenas um problema de caixa dois. As bancadas do PFL e do PSDB divulgaram nesta quarta-feira nota em que acusam o presidente Lula, o ministro das Relações Institucionais, Jaques Wagner, e o presidente do PT, Ricardo Berzoini, de montar uma “farsa” para “reduzir o escandaloso esquema de corrupção sistêmica descoberto no governo e no partido à simples arrecadação de recursos para campanha”. Diz que a “cínica versão” teve início quando Lula disse, em julho, na França, que caixa dois era algo “feito no Brasil sistematicamente”.

Salvem o Dirceu

José Dirceu conseguiu uma vitória provisória na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. O deputado Darci Coelho (PP-TO) deu parecer favorável ao recurso impetrado pelo petista pedindo o cancelamento do processo contra ele no Conselho de Ética. Segundo o relator, a ação deve ser arquivada, uma vez que o PTB retirou a representação contra o ex-ministro da Casa Civil. Líderes partidários reagiram e pediram vista do parecer para impedir a votação, que deve acontecer na terça-feira.

Turma do Mensalão

Coelho é membro de um dos partidos que mais receberam recursos do mensalão. Para a oposição, o PP fechou um acordo com o PT para livrar da cassação os parlamentares envolvidos com o mensalão. O líder da minoria da Câmara, deputado José Carlos Aleluia (PFL-BA), acusou o relator de adotar “uma atitude golpista”. O parecer de Coelho causou tanto constrangimento que o presidente da CCJ, Antônio Carlos Biscaia (PT-RJ), informou que discorda da tese e que apresentará um voto em separado sobre a questão.

Paga ele, Azeredo!

A campanha do candidato Eduardo Azeredo (PSDB) à reeleição ao governo de Minas, em 1998, teve caixa dois e a fonte do dinheiro foi uma agência publicitária do empresário Marcos Valério. A confirmação do que já era de conhecimento da CPI dos Correios foi feita por Cláudio Mourão, ex-tesoureiro da campanha de Azeredo.

Mourão jura que recebeu R$ 11 milhões de Valério, mas só declarou à Justiça Eleitoral gastos de R$ 8,5 milhões para uma campanha que custou R$ 20 milhões.

Mourão explicou que não foi escriturada essa diferença porque havia expectativa de recebimento de dinheiro oficial, o que não se concretizou. O ex-tesoureiro disse ainda que ele próprio tem R$ 1,6 milhão a receber de Azeredo, por conta de gastos que teve na campanha, e que chegou a apresentar uma ação na Justiça para receber o dinheiro.

Revolução do Caixa 2

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, afirmou ontem que o 'pagamento por fora' é prática corrente no Brasil que precisa desaparecer para que o crime organizado seja combatido com eficiência. O Brasil necessita de uma 'revolução cultural' para isso, disse, numa palestra sobre corrupção. 'O que se percebeu é que havia uma grande massa de dinheiro por fora, de caixa 2. Isso está instalado no Brasil. Como é que se combate? Construindo um cultura de combate à lavagem de dinheiro.'

Reforma Política Já

Para o ministro da Justiça, a crise tem raízes profundas e remete para a necessidade 'imperiosa' de uma reforma política e mais ainda de combate à lavagem de dinheiro. Na palestra, ele defendeu a rotatividade dos servidores nas comissões de licitação como 'antídoto' para a corrupção e caixa 2. Bastos também defendeu o trabalho da Polícia Federal.

Jura que a crise está sendo minuciosamente investigada pela PF. A função da PF não é servir ao governo. Não é perseguir a oposição ou ajudar os amigos. Bastos garante que a PF não serve a este governo. Tanto que está investigando este governo.

Os alvos

O sub-relator de movimentação financeira da CPI dos Correios, deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR), anunciou que pedirá o indiciamento do ex-tesoureiro petista Delúbio Soares e do publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza, principais operadores do caixa dois do PT, por crimes contra a ordem tributária e o sistema financeiro.

O indiciamento é o ato que aponta determinada pessoa como suspeita de um crime. Fruet lembra que o pedido é um instrumento de pressão, pois caberá ao Ministério Público decidir se vai denunciar.

O deputado adiantou que o pedido de indiciamento do ex-tesoureiro e do publicitário será formalizado em duas semanas, com a apresentação do relatório parcial sobre a movimentação financeira nas contas de Valério.

Invencionices?

Em sua defesa no processo interno de expulsão do PT, ex-tesoureiro Delúbio Soares dirá que não foi ele quem inventou o caixa dois no partido. Afirmará que será expulso para “purgar culpas coletivas” e que muitos dos que o acusam fizeram “bom e silencioso proveito” da prática.

No documento, Delúbio revela que apenas os diretórios estaduais do Mato Grosso do Sul, do Acre, do Maranhão e do Piauí não receberam dinheiro por fora. Declara que apenas a campanha do presidente Lula não usou caixa dois. Apesar de dividir a responsabilidade do caixa dois com outros e distribuir ameaças, o ex-tesoureiro não deve dar os nomes de outros responsáveis pelo esquema.

Empurra com a barriga

O depoimento do ex-secretário geral do Partido dos Trabalhadores, Sílvio Pereira, na Comissão Parlamentar de Inquérito dos Bingos, foi adiado para a próxima terça-feira, dia 25. A audiência estava marcada para esta quinta, mas as secretarias da Comissão não conseguiram localizá-lo para entregar o comunicado de convocação. Pela manhã, a Polícia Federal encontrou Silvinho em Ilha Bela, no litoral paulista, e fez a convocação.

Definição perfeita

A Senadora Heloísa Helena (PSOL-AL) destilou sua fina ironia contra o cheiro de pizza na CPI dos Correios e ontem à tarde usou uma frase emblemática para definir como funciona o esquema dos governistas para diluir tantas investigações nas comissões, a fim de que tudo acabe dando em nada:

“O Congresso é uma prateleira de mercadoria parlamentar!”

Amor mal resolvido

Heloísa Helena, provável candidata de seu partido à Presidência em 2006, também detonou o seu ex-partido, o PT, e esculhambou com o PSDB, seu eterno adversário.

A senadora reclamou que existe um caso de amor mal resolvido entre o PT e o PSDB, pois só isto explica o desejo de ambos partidos em esconder escândalos do passado e acobertar os do presente, a fim de que tudo seja abafado e acabe passando à população o sentimento de impunidade.

Sem licitação

O Congresso vai contar com as empresas de auditoria Ernest & Young Brasil, Villas Rodil Gourioux Faro e do consórcio Moore Stephens para ajudar a analisar o resultado das quebras de sigilos dos investigados nas CPIs dos Correios e do Mensalão. O presidente do Senado, Renan Calheiros, recebe as propostas hoje e depois o contrato será formalizado.

Detalhe: tudo foi feito sem licitação pública...

CPI do Celso Daniel

O PFL ameaça pedir a instalação de uma CPI para investigar especificamente a morte do prefeito Celso Daniel se o governo decidir recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a CPI dos Bingos.

Em entrevista na terça, o ministro das Relações Institucionais, Jacques Wagner, afirmou que setores do Planalto avaliam a possibilidade de acionar o Supremo contra os rumos que a investigação conduzida pelo Senado tomou, apurando denúncias ou suspeitas de corrupção em prefeituras do PT, especialmente Santo André, que era administrada pelo petista assassinado em janeiro de 2002.

Perito que assombra

A Polícia e o Ministério Público passam o dia analisando os 15 disquetes apreendidos ontem na residência do legista Carlos Belmonte Printes, encontrado sem vida pelo filho em seu escritório na Vila Mariana, zona sul da capital, no último dia 12.

Os disquetes estavam com os nomes dos prefeitos petistas Celso Daniel e Toninho do PT (ambos assassinados) e do seqüestrador Fernando Dutra Pinto, que seqüestrou a filha do empresário e apresentador Silvio Santos e morreu na prisão em 2001. O perito ganhou notoriedade no caso de Celso Daniel depois de ter afirmado que o petista foi torturado antes de ser morto, o que reforçaria a hipótese de crime político e vingança.

Grande Famiglia

Em depoimento à polícia, a ex-mulher do falecido perito, Vera Capelosi, e o filho do casal, Guilherme, além da segunda mulher, Luciana Plumari, que o havia deixado, repetiram a tese de suicídio.

Na carta deixada com recomendações para o enterro, o legista pediu que suas cinzas fossem colocadas ao lado do corpo do bicheiro Francisco Plumari Junior, conhecido como 'Chico da Ronda', assassinado em 2003. Explica-se: o bicheiro era seu sogro, pai de Luciana.Foram entregues à polícia duas cartas escritas por Belmontes uma semana antes da morte. Para ex-mulher e para o filho, ele deixou uma carta com informações bancárias dele e recomendações para o velório e enterro. A outra foi escrita para Luciana Plumari, a atual mulher, e o conteúdo é quase o mesmo, mas foram retiradas todas as informações sobre a situação bancária. Delmonte estava triste e se referia a Luciana como sendo "a mulher de sua vida".

Salvem o Flavinho

O Supremo Tribunal Federal julga hoje habeas-corpus para Flávio Maluf, filho do ex-prefeito Paulo Maluf. Acusados de crime contra o sistema financeiro, lavagem de dinheiro, corrupção e formação de quadrilha, os Maluf estão presos desde 10 de setembro, por ordem da Justiça Federal em São Paulo. A defesa de Flávio pede revogação da prisão sob alegação de que ele não tem ligação com a conta Chanani - remessa de US$ 161 milhões para os EUA. 'Isso tudo é uma farsa', protesta o criminalista José Roberto Batochio.

Polícia e Bandido

A Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa de Minas Gerais ouviu ontem uma mulher que acusa Daniel Rosa de Jesus, ex-policial militar, de chefiar o tráfico de drogas no centro de Belo Horizonte.

O ex-meganha já está preso. No entanto, agiria como traficante de dentro da cadeia. A mulher afirmou ainda que ele teria mandado matar outro policial, o tenente Sérgio Pinheiro de Souza, que também estaria envolvido no esquema.

Ainda bem que essas coisas só acontecem em Minas Gerais, bem longe daqui...

Celulares infernais

No momento em que o Brasil atinge a marca de 80 milhões de celulares, os prejuízos causados por problemas operacionais causados pelas operadoras de telefonia móvel aos consumidores serão tratados em audiência pública, nesta quinta-feira, na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados.

Um dos principais da reunião será a operadora Claro. Quem revela é o presidente da comissão, deputado Luiz Antônio Fleury Filho (PTB-SP). Quem tem telefone celular, segundo o parlamentar, está sendo muito mal tratado no Brasil.

E a Anatel (pretensa agência reguladora do setor), o que anda fazendo?

Cassino Brasil

A empresa de um dos maiores proprietários de cassinos e caça-níqueis da Argentina, Cristóbal Manuel López, venceu a licitação de 43 blocos de exploração da ANP. O empresário é presidente da empresa argentina Oil M&S, que faz sua estréia no mercado internacional,A empresa não revela de onde vêm os recursos que financiarão os investimentos no Brasil. Segundo seu representante no país, Marcelo da Fonseca, "isto será divulgado em momento oportuno".

Leilão chinês

Propagandas oferecendo bebês apareceram nesta semana em um site chinês ligado à empresa de leilões na internet eBay. O site, a maior plataforma de leilões online da China, retirou a propaganda logo após descobrir sua veiculação, mas depois que mais de 40 pessoas já tinham clicado nas informações, sem realizar nenhuma compra.

Os anúncios foram colocados no domingo no site EachNet e prometiam bebês com menos de 100 dias originários da província central de Henan - ao custo de 28.000 iuans (US$ 3.500) pelos meninos e 13.000 iuans (US$ 1.600) pelas meninas. A venda de crianças e mulheres é um problema nacional na China, onde rígidas regras de planejamento familiar permitem que casais tenham apenas uma criança, pelo menos nas cidades.

Hacker sifu

A Polícia Federal fisgou o hacker Wellington Tramontelli. O rapaz de 31 anos, morador de Araras, suspeito de causar prejuízo de US$ 15 milhões, cerca de R$ 30 milhões, a uma empresa de tecnologia dos Estados Unidos.

Ele é acusado de copiar ilegalmente um software de uma empresa norte-americana que é vendido nos Estados Unidos por US$ 30 mil a unidade. A venda no Brasil era feita pela internet.

Numa casa em construção, em Piracicaba, no interior paulista, foram apreendidos três computadores, vários CDs e disquetes e cópias de dois programas piratas feitos por uma empresa do Japão.

Salvem os índios

Os vereadores petistas Paulo Fiorilo e Antônio Donato devem protocolar hoje, no Ministério Público Federal, uma representação para que seja apurada a situação dos índios guaranis da Aldeia Itu, no Jaraguá, na Zona Oeste de São Paulo, onde uma criança de um ano e nove meses e dois recém-nascidos morreram na semana passada.

Os vereadores vão questionar a omissão por parte da Prefeitura e a responsabilidade por esses acontecimentos . E então caberá ao MPF decidir se instaura um inquérito.

Empreendedores, univos!

A paradisíaca Porto Seguro, onde o Brasil começou, será sede do XI Encontro Internacional de Empreendedores e o XIV Encontro Latino-Americano do Programa Empretec – capacitação oferecida pelo Sebrae que explora as qualidades empreendedoras dos participantes. Os dois eventos acontecem de 3 a 5 de novembro. É a primeira vez que os dois encontros acontecem na Bahia.

Do Faz de conta à Vertigem

Quem gosta de jogos e brincadeiras poderá se esbaldar nos cinco núcleos da exposição “Homo Ludens – Do Faz de Conta à Vertigem”. São 80 obras datadas do início do século 20 até os dias de hoje, que mostram a relação entre o jogo e a arte. O evento ocupa três pisos do Instituto Itaú Cultural, na Avenida Paulista, 149.

E o melhor: é di grátis!

400 atividades grátis

A Avenida Paulista vai ser o palco de mais de 400 atividades gratuitas, na semana que vem. Trata-se do Corredor Literário, onde acontecerão palestras, mesas redondas, workshops, apresentações teatrais, feiras de livros, oficinas de literatura e leitura, campanhas de doações, lançamentos de livros, recitais, rodas de poesia e saraus.

O super evento cultural será aberto na próxima segunda-feira, a partir das 11 horas, no MASP, pelo Governador Geraldo Alckmin e pelo Prefeito José Serra – dois tucanos que estarão se bicando, no ano que vem, na disputa pela indicação de candidato do PSDB à Presidência da República.

E o salário, oh...

O salário médio pago pelas empresas brasileiras caiu 11%, em termos reais, de 1996 a 2003, de R$ 590 para R$ 525,29, segundo estudo do IBGE. A pesquisa foi feita com base em 4,7 milhões de empresas ativas no Cadastro Central de Empresas (Cempre), mas teve como foco 1,5 milhão de companhias que possuíam pessoal empregado no período.

Vida que segue...

Novas informações a qualquer momento.

Recramações, ilogios ou revelações bomba para:
jorgeserrao@gbl.com.br

Façam comentários clicando no link abaixo.
Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

Nenhum comentário: