sábado, 29 de outubro de 2005

Veja acusa Lula de receber ajuda milionária de Fidel Castro dentro de garrafas de rum

Edição de final de semana do http://alertatotal.blogspot.com/

A campanha de Lula em 2002 teria recebido dinheiro enviado de Cuba pelo ditador Fidel Castro. Seriam US$ 1 milhão 400 mil, que teriam chegado ao Brasil em engradados de rum. A transação envolveria dois assessores do ministro Antonio Palocci, então prefeito de Ribeirão Preto e coordenador do programa de governo do candidato petista.

A suposta “blindagem” do presidente Lula sofre mais um abalo com essas revelações divulgadas em reportagem da revista Veja deste final de semana. A publicação tem outra matéria que detona o governo: o próprio presidente Lula teria feito gestões em favor da solução ambicionada por Marcos Valério para a liquidação do Banco Econômico, uma instituição que está de portas fechadas há dez anos.

Em julho deste ano, a mesma revista Veja já havia publicado uma reportagem revelando que Valério pretendia intermediar o fim da liquidação. Por esta ajudinha, ele pretendia ganhar uma comissão de R$ 200 milhões. Nesta matéria, o publicitário era retratado como alguém que exigia ajuda do PT e do governo e ameaçava fazer revelações constrangedoras.

“Vocês vão se ferrar. Avisa o barbudo que tenho bala contra ele” – foi o que teria dito Valério ao deputado João Paulo Cunha (PT-SP).

Acredite se quiser!

O empresário Marcos Valério divulgou “nota” (nota oficial, por favor) na qual nega “veementemente” teor de reportagem publicada no jornal Folha de S.Paulo, segundo a qual ele estaria chanteagendo o governo para não fazer novas denúncias.

A chantagem consistiria em exigir que o PT saldasse pelo menos parte da suposta dívida que tem com ele, no valor total de R$ 55 milhões 900 mil.

Valério informa que o escritório Rodolfo Gropen Advocacia é quem cuida de seus interesses nesse caso, inclusive da cobrança do PT.

A reportagem informa ainda que o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares também estaria fazendo exigências para calar: ele pediria recursos para sobreviver, já que está desempregado, e cobraria a responsabilidade do partido no pagamento de seu advogado.

PFL arma o tiro

O líder do PFL no Senado, José Agripino (RN), avisa que vai consultar a direção do seu partido, que se reúne na próxima semana, sobre a oportunidade de ingressar no Ministério Público com queixa-crime contra o presidente Lula.

A idéia é que se apure se a campanha presidencial de 2002 usou recursos ilegais, provenientes de caixa dois.

Nova CPI

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou nesta sexta que deve instalar na semana que vem a CPI do Caixa Dois, cujo pedido foi protocolado pelo líder do PSDB na Casa, Arthur Virgílio (PSDB-AM), na quinta-feira.

A comissão terá como objetivo investigar o uso de caixa dois nas campanhas eleitorais realizadas entre 1998 e 2004.

Azeredo é o alvo petista

Na primeira reunião de sua nova Executiva, nesta sexta, em São Paulo, o PT debateu o que chamou de “ofensiva política” contra tucanos e a oportunidade de entrar no Senado com representação contra o ex-presidente do PSDB, o senador Eduardo Azeredo (MG).

A idéia é que Azeredo seja cassado e passe a ser o símbolo de que a oposição ao governo Lula também bebeu nas águas do Valerioduto.

Contas abertas

O deputado distrital Augusto Carvalho (PPS-DF) colocou no ar um site que abre as contas do governo federal e do Distrito Federal a todos os cidadãos brasileiros.

Todas as informações estão no site http://www.contasabertas.com/asp, divididas por tipo de despesa (salário, passagens, diárias, por exemplo), natureza do gasto (pessoal, investimentos) e por órgão responsável pelo gasto (ministérios, Justiça, Legislativo, Presidência da República). Além disso, cada tabela é dividida em dotação prevista, empenhada e paga.
O usuário tem também 27 formas de fazer a pesquisa diretamente por órgão, atrás de alguma informação específica.

Nota errada do Dirceu

A Assessoria do deputado José Dirceu deu mole ao divulgar uma “nota oficial”, nesta sexta, questionando a ação civil que o Ministério Público Federal move contra ele por improbidade administrativa, juntamente com seu filho José Carlos Becker, o Zeca Dirceu, e seu ex-assessor parlamentar na Casa Civil Waldomiro Diniz.

No texto, Dirceu - ou quem escreveu por ele - cometeu um equívoco e cravou que “não há nada de regular” em sua declaração de renda apresentada à Receita Federal. O texto está lá:

“Tenho certeza de que não há nada de regular (sic) em minhas declarações”.

Olha que os opositores acabam acreditando em você, Zé Dirceu...

Medo da defesa dele

O presidente do Conselho de Ética da Câmara, Ricardo Izar (PTB-SP), vai pedir a prorrogação do prazo para a conclusão do processo de cassação do mandato de José Dirceu (PT-SP).

Ele quer que o limite de 90 dias seja estendido por mais 30. Izar deve encaminhar o pedido à Mesa da Câmara na segunda-feira.

Data fatal

O presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PC do B-SP), confirmou que pretende colocar a cassação em votação no dia 9 de novembro (dentro do prazo).

Momento doloroso

A segunda vice-presidente nacional do PT, deputada Maria do Rosário (RS), admitiu que o partido vive um momento doloroso por causa do processo por quebra de decoro parlamentar de que é alvo José Dirceu (PT-SP).

Maria do Rosário avalia que Dirceu “vive uma situação difícil”, e isso “é doloroso” para os petistas.

Trabalho contra o Zé

O PSDB e o PFL decidiram mobilizar suas bancadas na Câmara para garantir a realização das sessões em plenário na semana que vem, quando há um feriado na quarta-feira, e impedir que haja novos adiamentos na tramitação do processo de cassação de José Dirceu.

Risco de caducagem

Se o processo de cassação de José Dirceu (PT-SP) não for votado no plenário da Câmara até o dia 9 de novembro, quando se completam 90 dias de sua instauração, a ação contra o deputado petista poderá caducar
.


De acordo com o parágrafo primeiro do artigo 16 do Código de Ética da Câmara, os processos instaurados no Conselho de Ética o prazo para deliberação do plenário em caso de proposta de cassação de mandato não podem exceder 90 dias.

Esse limite pode ser ultrapassado caso não haja quorum para a realização de sessões na terça e na quinta da semana que vem.

Cortando o ponto

O presidente da Câmara, Aldo Rebelo ameaça punir os parlamentares que faltarem às sessões marcadas para segunda e terça da semana que vem, quando há um feriado na quarta.

A gente acredita em Papai Noel. E, coincidência, a roupa dele também é vermelha...

TCU versus MST

O Tribunal de Contas da União (TCU) enviou à CPI da Terra relatório no qual aponta irregularidades no repasse de recursos do governo federal ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). A informação é do presidente da CPI, senador Alvaro Dias (PSDB-PR).

De acordo com ele, o TCU poderá pedir que sejam ressarcidos aos cofres públicos R$ 15 milhões, que teriam sido repassados indevidamente. O caso envolveria o ex-ministro da Educação Tarso Genro (PT), que teria autorizado um desvio de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para custear a festa de comemoração dos 20 anos do MST.

Cadeia de novo para o Rainha

O juiz Maurício Ferreira Fontes, da cidade de Teodoro Sampaio, no Pontal do Paranapanema, condenou a dez anos de prisão em regime fechado o líder do MST José Rainha Junior e outros três companheiros dele.

Rainha está foragido. A sentença foi proferida na noite de quinta-feira. Os quatro foram condenados pela invasão, seguida de incêndio na sede, da fazenda Santa de Alcidia, há cinco anos.

Suprema bondade

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), reclamou que discorda da liminar Supremo Tribunal Federal que determinou o retorno de João Capiberibe (PSB-AP) ao Senado.

No entanto, vai acatar a decisão do STF. Renan afirmou que dará um prazo de cinco sessões para o senador, que fora cassado sob a acusação de compra de votos, se explicar, apesar de Capiberibe já ter feito isso na Justiça.

Pergunta idiota?

Essa decisão não foi uma interferência de um poder em outro?

Carequinha faz escola?

O relator da CPI dos Correios, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), disse que as agências de publicidade Lowe, Grottera, Ogilvy, DNA e D+ deram um prejuízo de R$ 90 milhões aos órgãos públicos e estatais com os quais têm contratos.

Com base em informações do Tribunal de Contas da União, Serraglio diz que, durante cinco anos, essas agências se apropriaram da chamada bonificação de volume (BV), um desconto que deveria ser repassado aos seus clientes públicos.

Nada de apagão

A Light — Serviços de Eletricidade S/A está proibida de suspender o fornecimento de energia para as agências do INSS no estado do Rio de Janeiro.

A decisão é da Justiça Federal do Rio, confirmada pela 6ª Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região.

Salvem os negócios do Maluf

A juíza Renata Cristina Rosa da Costa e Silva, da 3ª Vara da Comarca de Salto, interior de São Paulo, acolheu o pedido de recuperação judicial da Eucatex S/A Indústria e Comércio, empresa controlada pela família do ex-prefeito Paulo Maluf.

Com a decisão, a empresa migra da concordata para a recuperação judicial.

Não parece o Brasil?

O chefe de gabinete do vice-presidente Dick Cheney, Lewis Libby, pediu demissão ontem, após a apresentação de cinco acusações contra ele no caso do vazamento da identidade de uma agente da CIA à imprensa, o chamado “Plamegate”.

Libby, de 55 anos, foi acusado de obstrução da justiça, perjúrio e falso testemunho. Caso seja condenado nas cinco acusações, ele poderá pegar até 30 anos de prisão e pagar multas que podem chegar a US$ 1,25 milhão. Karl Rove, o principal assessor político do presidente Bush, não foi incriminado por enquanto, mas continua sob investigação.

Com o rolo, o vice Cheney está ameaçado no cargo...

Maradona Castro

O ex-jogador argentino Diego Maradona entrevistou o presidente de Cuba, Fidel Castro, para o seu programa de TV, o La Noche del 10. Durante o programa, Maradona criticou o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse que vai liderar protestos na Argentina contra Bush na Cúpula das Américas e chamou-o de “assassino”.

Fidel elogiou a atitude de Maradona. Protestos contra a presença de Bush estão marcados em pelo menos mil cidades da Argentina.

Exemplo de mãe

Uma mãe, estudante de 20 anos deixou a filha de apenas cinco meses de idade, no porta-malas do carro, para poder entrar em uma casa noturna em Balneário Camboriú, Santa Catarina. A cena horrorizou de pedestres que passavam pela Avenida Brasil, por volta das 2h.
A criança dormia dentro do porta-malas (sem tampão) de uma Parati, com os vidros fechados. Com a ajuda de moradores, os policiais militares arrombaram o carro e retiraram o bebê, que foi entregue ao Conselho Tutelar do município. Logo em seguida, a mãe e um casal de amigos apareceram no local e foram presos.

Vida que segue...

Novas informações a qualquer momento.

Recramações, ilogios ou revelações bomba para:
jorgeserrao@gbl.com.br

Façam comentários clicando no link abaixo.
Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

Nenhum comentário: