sexta-feira, 23 de junho de 2006

Bancos temem explosão de 30 mil processos judiciais de correntistas questionando juros abusivos, agiotagem em contratos e tarifas

Edição de Sexta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Ouça também o Alerta Total no seu computador.
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal
Edição em áudio a partir de Meio-dia.

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

Insatisfeitos com contratos leoninos, começam a trilhar o imprevisível caminho da Justiça no Brasil os milhares de pequenos e médios correntistas que pagam altas tarifas bancárias e juros de agiota, garantindo lucros recordes aos 104 bancos que operam no Brasil. Nos três primeiros meses deste ano, só com os “tarifaços” bancários, os correntistas do Bradesco, Banco do Brasil e da Caixa Econômica já foram tungados mais de R$ 6 bilhões de reais. Até o fim do ano, os correntistas dessas três maiores instituições financeiras no Brasil terão pagado, sem sentir, quase R$ 25 bilhões de reais só em tarifas absurdas que o Banco Central finge fiscalizar.

Mas o que é fonte de lucro recorde agora se transforma em problema jurídico para o sistema financeiro. Os grandes bancos já temem a explosão de 30 mil causas judiciais contra eles, até o fim do ano, depois que o Supremo Tribunal Federal determinou que os bancos e financeiras devem obediência ao Código de Defesa do Consumidor. Até o final de 2007, grandes escritórios de advocacia que assessoram os banqueiros estimam que pode chegar ao recorde de 60 mil processos, acusando os bancos de agiotagem e usura em contratos de empréstimos, além de contestar as ilegais tarifas sobre as quais a “otoridade” monetária do BC faz vista grossa.

A Justiça já se prepara para a avalanche de ações. No Conselho Nacional de Justiça, avalia-se até a criação de varas e tribunais especiais para julgar milhares de ações “em cascata” contra os bancos – que serão os maiores apoiadores de campanha, principalmente por debaixo dos panos, da reeleição do presidente Lula da Silva. Dinheiro existe de sobra. As 104 instituições financeiras que atuam no Brasil tiveram, no ano passado, ganhos recordes de R$ 28 bilhões e 300 milhões reais. O lucro foi 36% maior que em 2004, de acordo com levantamento do Banco Central.

Os bancos e financeiras faturaram alto com a usura: juros altos e muitas taxas no crescimento das operações de crédito, principalmente na modalidade “consignada” (descontada direta da folha de pagamento). A tão lucrativa operação foi incentivada pelo governo, para dar um alívio ilusório aos cidadãos, diante do arrocho monetário. O problema é que já se começa a sentir no bolso o desespero financeiro de aposentados, pensionistas e servidores públicos.

A quantidade de dinheiro retirada de quem tem conta em bancos consegue próxima do lucro de uma das mais lucrativas empresas brasileiras, a Vale do Rio Doce, que no ano passado teve um lucro líquido de R$ 6 bilhões e 430 milhões de reais. Os clientes menos atentos às tarifas cobradas por seus bancos podem perder até 15% de sua movimentação financeira mensal pagando além da conta pelos “serviços” bancários. Em geral, os clientes nem percebem que, a cada cheque, extrato ou saque, estão perdendo divisas. As siglas que informam tais cobranças passam despercebidas.

Especialistas recomendam que agora é um bom momento para buscar tarifas bancárias menores. As constantes reduções na Taxa Selic (taxa básica de juros) favorecem a negociação. A dica para o consumidor é fazer as contas dos gastos com tarifas e ir ao banco pedir descontos aos seus gerentes. Quem não obtiver sucesso nessa operação de guerra pode trilhar o difícil caminho da Justiça, pois o Código de Defesa do Consumidor oferece grandes chances de vitória aos correntistas lesados.

A República é dos Banqueiros!

A União é uma fonte de lucro importante para os bancos – que já faturam alto com a rolagem da nossa dívida interna, comprando e vendendo títulos públicos.

Da mesma forma como a manutenção de uma conta bancária sai cara para o cidadão comum, os contratos entre a União e os bancos também oneram os cofres públicos em meio bilhão de reais por ano.

Os gastos com serviços bancários pagos, no ano passado, pelos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário foram equivalentes ao total de R$ 513 milhões desembolsados pelos Ministérios da Cultura e Esporte – conforme denunciou a ONG Contas Abertas.

Tais despesas são referentes à confecção de cartões de crédito para os beneficiados pelos programas de transferência de renda do Governo Federal, arrecadação de impostos, despesas com comissões, cofres de aluguel, dentre outras transações e taxas.

Usura e agiotagem absurdas

Desde setembro de 2005, o ortodoxo BC promoveu sete cortes na Selic e derrubou quatro pontos percentuais da taxa básica.

Mas o juro final ao consumidor recuou só 1,7 ponto.

E nem se mexeu o spread - que é a diferença entre as taxas de juros básicas (de captação) e as taxas finais (custo ao tomador do empréstimo).

Além disso, o juro médio cobrado das pessoas físicas e empresas foi de 47% ao ano, entre 2000 e abril de 2006, segundo dados fornecidos pelo Banco Central (BC).

Tal taxa garante aos bancos brasileiros o troféu de campeões mundiais da usura.

Spread recorde

De 1996 a 2005, o spread bancário médio no Brasil atingiu 25% ao ano, segundo dados obtidos no BC.

O spread total no Brasil é 2,5 vezes superior ao estrangeiro.

Por aqui: 11,8 pontos percentuais. Lá fora: 5,1%.

Uma pesquisa do Fundo Monetário Internacional (FMI) mostra que, em 2003, o Brasil liderava o ranking do spread, seguido de longe por Rússia (9%), Índia (5,4%) e Tailândia (4,6%).

No Chile, o spread era 12 vezes menor. No México, 60 vezes menos.Os números só comprovam que as instituições bancárias brasileiras são mais gananciosas que suas similares estrangeiras.

Sobrando dinheiro para agricultura?

Pela primeira vez na história do sistema de crédito rural, o Banco do Brasil deixará de usar todos os recursos da poupança rural e das exigibilidades bancárias disponíveis para empréstimo ao setor agrícola.

O BB pediu autorização ao Banco Central para remanejar R$ 2 bilhões em "sobras" do atual ano-safra (2005/06) para o próximo ciclo (2006/07).

O aumento dos depósitos à vista nos bancos, a elevação de 55% para 60% das exigibilidades e a crise dos grãos provocaram essa situação.

Os agricultores, endividados, não querem tomar novos empréstimos. Daí, sobra dinheiro...

Operação inédita

A International Finance Corporation (IFC), braço do Banco Mundial para operações com o setor privado, assina hoje o primeiro financiamento em reais de sua história.

O crédito, de R$ 115 milhões, foi concedido ao Banco BBM, que vai repassar os recursos a empresas de médio pote.

Presidido por Pedro Henrique Mariani Bittencourt, o banco BBM teve sua origem em Salvador em 1858, sob a denominação de Banco da Bahia.

Atua como banco de atacado, prestando serviços variados, e tem seu foco nas atividades de Tesouraria, Crédito e estruturação de produtos, através do seu principal escritório, no Rio de Janeiro, e das plataformas comerciais de São Paulo, Campinas, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre e Nassau (Bahamas).

Lavadores de grana, tremei!

Deu no New York Times de hoje: O Tio Sam está quebrando o sigilo bancário de todo mundo.
São alvos da “águia” os lavadores de dinheiro para financiar o terrorismo e o tráfico internacional de drogas e armas.

Um programa secreto da administração Bush, que funciona desde os ataques de 11 de setembro, vasculha registros financeiros de uma base de dados bancários internacionais.

Os espiões financeiros de Bush olham direto para as informações vindas do centro nervoso da indústria de operação bancária global: o esquema belga que transfere, aproximadamente, US$ 6 trilhões de dólares diários entre bancos e agências corretoras.

O perigo é que, correndo atrás da grana da Al Qaeda, os norte-americanos podem achar dinheiro de brasileiros importantes sendo lavado...

Jaguar dá o exemplo

O cartunista Jaguar não aceita de volta a “Medalha Pedro Ernesto” que devolveu esta semana à Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, por se recusar a ser “companheiro de medalha” do ex-deputado Roberto Jefferson – que teve o mandato cassado por corrupção no ano passado e foi condecorado na Câmara com a mesma honraria. Jaguar detonou o "herói-vilão" do Mensalão:

O sujeito é réu confesso, embolsou R$ 4 milhões e foi condecorado pela filha, num ato de nepotismo. Não deu para engolir”.

A filha de Roberto Jefferson, vereadora Cristiane Brasil, considerou a devolução da medalha uma deselegância de Jaguar com o vereador que concedeu a ele a medalha (Chico Alencar, hoje deputado do PSOL) e um desrespeito com a Câmara, que democraticamente representa o povo da cidade.

Dindim para os parlamentares

Os parlamentares das duas casas do Congresso Nacional que participaram da sessão legislativa extraordinária durante o período de 15 de dezembro de 2005 a 14 de fevereiro de 2006 devem ser indenizados (com R$ 12 mil reais) por “trabalhar” no período.

Quem bateu o martelo em favor dos políticos foi a 6ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região - que autorizou o pagamento da segunda parcela da “indenização”.

O relator, desembargador federal Souza Prudente, entendeu que os parlamentares têm direito ao pagamento da denominada ajuda de custo naquele período porque, segundo ele, o decreto legislativo não tem força normativa para revogar texto expresso na Constituição Federal.

Assim, o recém-aprovado Decreto Legislativo número 1/2006 - que determinava o não-pagamento de parcela indenizatória - estava em desacordo com o texto constitucional então vigente à época.

Mas tal situação só foi modificada com a promulgação da Emenda Constitucional 50, em 14 de fevereiro, que proibiu qualquer indenização aos parlamentares por convocação extraordinária, momento em que os seus efeitos passaram a valer.

Perigo da urna eletrônica

O engenheiro Amilcar Brunazo Filho, do movimento Voto Seguro.org , informa: Na semana passada, em 12 e 13 de junho, foram divulgados, através dos programas jornalísticos da TV Telefuturo (Canal 4 do Paraguai), trechos de um segundo vídeo onde se mostra o resultado de um teste de penetração que foi feito em urnas eletrônicas brasileiras, modelo 96, utilizadas em nosso país vizinho.

O vídeo mostra que uma urna-eletrônica teve seu software modificado para desviar votos de uma lista de candidatos para outra, ficando evidente que o resultado impresso nos Boletins de Urna (ata de escrutínio) pode ser fraudado pela própria urna antes de ser emitido.

Amilcar Brunazo Filho destaca que foi o primeiro teste de penetração divulgado sobre urnas-e brasileiras.

"Recentemente havia divulgado o teste de penetração em urnas-e da Diebold (que fabricou 90% das urnas brasileiras) utilizadas no EUA e no Canada. E o resultado foi o mesmo nos dois testes. É besteira que as urnas-e brasileiras são invulneráveis".

O engenheiro brasileiro adverte que é “impossível” dar garantias reais em urnas eletrônicas que não materializam o voto para futura recontagem.

Ouvindo os partidos?

Será que o Tribunal Superior Eleitoral vai dar ouvidos a tais denúncias, na próxima segunda-feira, quando acontece uma audiência pública com partidos políticos?

A reunião é para definir as instruções sobre propaganda, financiamento de campanhas e o calendário eleitoral para este ano – que podem sofrer modificações.

A reunião será coordenada pelo ministro Gerardo Grossi.

Prazo para denunciar candidatos picaretas

Acusações que possam resultar na cassação do registro dos candidatos só podem ser apresentadas até o dia das eleições.

A decisão foi tomada esta semana pelo Plenário do Tribunal Superior Eleitoral.

A intenção do TSE é impedir que as acusações sejam guardadas como "trunfos", utilizados conforme o resultado do pleito eleitoral.

Baixa entre sanguessugas

A investigação do Congresso sobre a Máfia dos Sanguessugas já começou com duas baixas.

Os deputados Mário Negromonte (PP-BA) e Benedito de Lira (PP-AL) pediram para sair da recém-criada CPI.

Os dois foram citados por Maria da Penha Lino, ex-assessora do Ministério da Saúde, no inquérito da Polícia Federal, como envolvidos no esquema da indicação de emendas ao orçamento da União para financiar o esquema de compras superfaturadas e com licitações viciadas de ambulâncias aos estados e municípios.

Poder divino do Bispo Rodrigues

Depois de sair da prisão por envolvimento na máfia das ambulâncias, o Bispo Carlos Rodrigues (deputado que renunciou para não ser cassado pelo escândalo do Mensalão e agora acusado de fazer parte da Máfia dos Sanguessugas) se reuniu na quarta-feira com cerca de 40 pré-candidatos, pastores e fiéis em uma Igreja Universal do Reino de Deus, no Méier, na zona norte do Rio de Janeiro.

Lideranças do PL do Rio estão se articulando para tentar reduzir a influência do Bispo Rodrigues no partido.

Ele também não é bem visto no PRB (o Partido Republicano Brasileiro), por divergências políticas e pessoais que o senador Marcelo Crivella teria com ele, desde quando Rodrigues foi punido pela cúpula da Igreja Universal.

Lula não gostou...

Soldados das três forças terão de reforçar a segurança na Praça dos Três Poderes.

Na noite da quarta-feira, 3 mil policiais civis em greve, muitos armados, estacionaram carros com sirenes ligadas em frente ao Palácio do Planalto, exigindo aumento salarial.

O presidente Lula considerou o protesto uma afronta.

E cobrou providências da governadora do DF, a quem a Polícia Civil é subordinada...

Quem avisa amigo é...

O presidente do TSE, Marco Aurélio de Mello, avisou que o presidente Lula poderá ser multado ou submetido a processo por abuso de poder econômico e político se o governo insistir em conceder reajuste aos servidores públicos, contrariando orientação da corte eleitoral.

O governo, por sua vez, oficializou sua decisão de manter o aumento, segundo o ministro das Relações Institucionais.

Tarso Genro considera que a decisão do TSE proíbe apenas a concessão de reajuste linear a menos de 180 dias das eleições, e não aumentos para carreias específicas.

Pode dar aumento?

A Advocacia Geral da União (AGU) deu ontem sinal verde para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva continuar concedendo reajustes salariais para o funcionalismo.

Em nota técnica, a AGU concluiu que a reestruturação das carreiras do serviço público não pode ser considerada revisão geral de salários, medida proibida pela legislação eleitoral.

A intenção da AGU foi pôr fim à polêmica gerada pela decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de que é proibido dar aumento a servidor dentro do período de 180 dias até as eleições.

A polêmica eleitoreira

O ato do TSE deixou dúvidas sobre a legalidade de reajustes concedidos pelo governo em 29 de maio, para 160 mil servidores do Banco Central, do Magistério e do Ministério da Ciência e Tecnologia.

Pelo calendário eleitoral, a data limite para concessão do benefício este ano seria 4 de abril.

Por causa da decisão, o governo decidiu, quarta-feira, suspender temporariamente a edição de cinco novas medidas provisórias (MPs) que, no total, vão beneficiar mais de 1 milhão de servidores civis e militares.

A jogada de Lula

O pacote de reajustes para os servidores públicos preparado pelo governo beneficia 95% dos 1.780.516 funcionários federais civis e militares.

O aumento médio de 12,5% é mais que o dobro da inflação prevista para 2006 e custará R$ 7 bilhões e 700 mil, em 2007.

O reajuste, proibido pela Lei Eleitoral nos seis meses anteriores às eleições, foi disfarçado por uma série de medidas.

Em vez de um reajuste linear, o Planalto decidiu fazer alterações nas gratificações e, só em alguns casos, mexer no salário básico.

O Tribunal Superior Eleitoral insiste que o aumento é irregular.

Chamando o Zé de novo

Amanhã, dia de formar quadrilha para festejar São João, o presidente Lula finalmente assumirá oficialmente sua candidatura à reeleição, apresentando como companheiro de chapa o vice José Alencar, do PRB.

O convite de Lula a Alencar foi feito ontem, horas depois do desabafo do vice, que se sentiu desprestigiado.

Alencar chegou a chorar e lembrou que, em 2002, foi convidado por quatro partidos para ser o parceiro de Lula.

Lula chamou Alencar para uma conversa e reanimou o amigo.

“Que é isso, Zé? Você é que vai ser meu vice”.

Depois, comunicou a escolha ao presidente do PSB, deputado Eduardo Campos (PE).

Candidata na dureza

Fazer campanha presidencial sem dinheiro é missão quase impossível.

Pré-candidata à Presidência pelo PSOL, a senadora Heloísa Helena avisou ontem que só visitará os estados em que os diretórios do partido pagarem sua passagem, hospedagem e os panfletos de campanha.

Segundo a senadora, embora as dificuldades sejam muito grandes, o partido não pretende aceitar doações de empresas.

O empresário que quiser dar dinheiro para a campanha do PSOL deverá fazê-lo como pessoa física.

Vassourinha socialista?

Heloísa Helena usou um velho slogan da campanha presidencial de 1960, do folclórico Jânio da Silva Quadros.

Não passa pela nossa cabeça disputar com as estruturas do PT e do PSDB. Será a campanha do tostão contra o milhão”.

O lançamento oficial da candidatura de Heloísa será sábado, na Serra da Barriga, em Alagoas, onde existiu o lendário Quilombo dos Palmares.

Quércia vetado

O PMDB ficou contra a parede e decidiu ontem lançar o ex-governador Orestes Quércia como candidato ao governo de São Paulo.A decisão ocorreu depois que o pré-candidato do PSDB ao governo de São Paulo, José Serra, informou a Quércia que seu nome foi rejeitado para ser vice de sua chapa.

O presidente nacional do PMDB, deputado federal Michel Temer (SP), afirmou que a unidade do partido estava ameaçada com a situação imposta pelo PSDB.

"Houve um desajuste político e não pessoal. Esta candidatura é pra valer. E o PSDB terá um concorrente e não um inimigo político".

Difícil, mas não impossívelMichel Temer adverte que a candidatura do PMDB travará uma disputa direta com o PT, que tem como candidato o senador Aloizio Mercadante, ou com quem estiver em segundo lugar.Quércia avisou que sua candidatura foi em resposta a uma pressão do partido.

"Será uma campanha difícil, mas não impossível".

O coordenador do programa de governo de Quércia será um dos fundadores honorários do PT: o deputado federal Delfim Netto (PMDB-SP).

Nos tempos em que servia ao General Golbery do Couto e Silva, no Regime Militar, Delfim Netto recolheu dinheiro na Alemanha Oriental para ajudar a fundar o Partido dos Trabalhadores que se contraporia a Leonel Brizola, para impedir o retorno do Trabalhismo no Brasil.

Cadeia federal

O Brasil passa a contar, a partir de hoje, com a primeira unidade prisional federal, em Catanduvas (PR).

Não se trata apenas da construção de mais um prédio para abrigar detentos, mas da instituição do Sistema Penitenciário Federal.

Até agora, todos os presídios existentes no país são de responsabilidade dos governos estaduais, mesmo quando construídos com recursos federais.

O advogado criminal do governo e ministro da Justiça (que não existe) Márcio Thomaz Bastos está feliz da vida...

Apaguem a fita

A 5ª Câmara do Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que o Instituto de Criminalística apague em 48 horas o conteúdo da fita do programa Fantástico, exibido pela TV Globo, em que os advogados de Suzane von Richthofen aparecem orientando sua cliente.

A decisão se refere à cópia da fita que está nos autos – é bom que se diga...

No entendimento do relator do pedido, desembargador Damião Cogan, houve quebra da incomunicabilidade, o que viola o Estatuto da Advocacia (Lei 8.906/94).

Na opinião do representante do MPF, embora tenha concordado em conceder a entrevista ao Fantástico, a conversa deveria ter sido reservada e não divulgada pela emissora.

Será que vai acontecer?

Suzane, seu namorado Daniel e o irmão dele, Christian Cravinhos, confessaram ter matado os pais dela, Marisia e Manfred von Richthofen, a golpes de barra de ferro, na casa em que a família vivia, em outubro de 2002.

Os três foram denunciados pelo Ministério Público por crime de duplo homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima.

O júri da jovem está marcado para 17 de julho, mesmo dia do julgamento dos irmãos Cravinhos.
Estuprador daqui condenado lá fora

Um brasileiro - que confessou ter estuprado 17 mulheres na Espanha - foi condenado ontem a quase 326 anos de prisão.

Conhecido como “O estuprador de Pozuelo”, região próxima à capital Madri, Juvenilson Dias da Silva, também foi condenado a pagar uma indenização milionária de 615 mil euros (R$ 1.783.500) para as vítimas.

Além dos 17 estupros, em três anos, Juvenilson, que foi criado em Maringá (Paraná), foi considerado responsável por duas tentativas, oito roubos com violência sexual e intimidação, além de cinco delitos de lesão.

Modus operandi do safado

Os estupros aconteceram perto da Praça Conde de Casal e Pozuelo de Alarcón entre 2000 e 2003.

O brasileiro agia sempre de forma semelhante: armado com uma faca, abordava mulheres em ruas da cidade e as levava para locais afastados, como um parque, onde obrigava as vítimas a tirarem as roupas.

Em seguida, estuprava as mulheres, com a faca apontada para seus pescoços.

Antes de fugir, ainda ameaçava matá-las se gritassem ou reagissem.

Coisa de louco

O primeiro caso contra o Brasil que chegou à Corte Interamericana de Direito Humanos na Organização dos Estados Americanos deve ser sentenciado nos dias 3 e 4 de julho.

É crime contra Damião Ximenes, doente mental que foi torturado e morto enquanto estava internado em clínica filiada ao SUS.

O caso foi encaminhado à CIDH — Comissão de Direitos Humanos da OEAOEA pela ONG Justiça Global e por familiares da vítima.

A barbaridade ocorreu em outubro de 1999, na Casa de Repouso Guararapes, no Ceará.
Ximenes era portador de transtorno mental, com sintomas de esquizofrenia e morreu aos 30 anos.

Em suas alegações, o governo brasileiro reconheceu sua responsabilidade na morte de Damião Ximenes em decorrência de maus tratos. No entanto, negou-se a indenizar a família.

Freiando a indústria das multas

Os motoristas que já tiverem pagado multas sem terem sido notificados podem entrar com ações individuais no prazo de cinco anos.

E quem não pagou não precisa pagar mais.

Quem bateu o martelo foi desembargador Rudi Loewenkron, da 14ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do RJ, que considerou nulas estas multas. O argumento dele:

O Código Nacional de Trânsito exige que a pessoa multada seja notificada em 30 dias para dizer se a multa é procedente ou não, para que possa se defender. Se o recurso não prevalecer é que a multa torna-se definitiva”.

Em março de 2005, o TJ havia sido anulado 6 milhões de multas, aplicadas entre 1998 e 2004.

Agora, o desembargador explicou que a decisão vale para qualquer multa, e não apenas para aquelas emitidas entre 1998 e 2004, período questionado na ação pelo Ministério Público.

Picaretagem do Detran

Além das multas anotadas entre 1998 e 2004, o Ministério Público Estadual do RJ acredita que as cobranças a partir de 2004 também estejam irregulares.

O Detran usou o mesmo formulário para negar todos os recursos, observam os procuradores.

O direito de defesa era assegurado apenas em caso de preenchimento errado ou clonagem.

Os restantes foram indeferidos sem justificativa.

Tal farsa da indústria das multas acontece em todo o Brasil...

Sabotando a Varig

Ministério da Defesa soltou ontem um alerta “reservado” para embaixadas brasileiras no exterior, advertindo sobre falência da Varig, que seria decretada nas próximas horas.

O comunicado pedia aos embaixadores e cônsules para se programarem para resolver problema de 36 mil brasileiros lá fora.

É mais um sinal da má vontade oficial contra a Varig...

O juiz Luiz Roberto Ayoub, da 8ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, responsável pelo caso, vem tentando a todo custo evitar a falência, mas a situação da empresa aérea se complica a cada dia.

Alternativa para a empresa

A Volo do Brasil, empresa do fundo americano Matlin Patterson formada para a compra da VarigLog, apresentou à Justiça proposta para compra integral da Varig.

Seriam US$ 500 milhões pela companhia, dos quais US$ 20 milhões entrariam imediatamente na empresa, para garantir a reestruturação das operações, pagar a credores e honrar a folha salarial.

Da nova Varig, da qual seriam excluídas dívidas estimadas em R$ 7 bilhões e 900 milhões, 90% ficariam com a Volo, 5% com funcionários e 5% com credores.

Mas tudo depende...

A oferta só pode ser efetivada se a NV Participações, consórcio que representa os Trabalhadores do Grupo Varig (TGV), não depositar hoje US$ 75 milhões — do total de US$ 449 milhões do lance feito no leilão do dia 8.

No entanto, o coordenador do TGV, Márcio Marsillac, já admitiu ter dificuldades para cumprir o pagamento que consumaria o negócio.

E com o governo jogando contra os empregados da Varig, fica mais difícil ainda...

Apelando aos sucatões

O comandante da Aeronáutica, brigadeiro Luiz Carlos Bueno, determinou ontem que dois Boeings-707 da Força Aérea, conhecidos como "sucatões", ficassem em solo, na Base Aérea do Galeão, no Rio, disponíveis para a eventualidade de uma operação de repatriamento de brasileiros que estejam no exterior com passagem da Varig sem possibilidade de voltar.

Os "sucatões" eram usados pela Presidência da República.

Cerca de 28 mil brasileiros estão no exterior com passagem da Varig para voltar ao Brasil até o dia 30 deste mês, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Gerando “emprego” ou voto?

A Petrobras e o Ministério do Trabalho e Emprego farão nesta sexta-feira, em Macaé (RJ), o lançamento do Programa Petrobras Jovem Aprendiz.

O evento terá início às 15 horas e será realizado no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho – Macaé Centro.

Além de autoridades, estarão presentes os 650 jovens selecionados nos municípios de Campos, Macaé, Rio das Ostras, São Francisco de Itabapoana e São João da Barra.

A região será a maior contratante de aprendizes do País, mas o Programa Petrobras Jovem Aprendiz se estenderá a todo o País, contratando 2.777 jovens no total.

Energia pré-paga

Sucesso na telefonia celular, o sistema pré-pago chegou ao fornecimento de energia elétrica.

A Ampla, distribuidora que atende 66 cidades fluminenses, será a primeira empresa do país a oferecer o novo serviço, em escala comercial, a 93 mil clientes residenciais de cinco municípios da Região Metropolitana do Rio: Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Duque de Caxias e Magé.

A expectativa é que pelo menos mil clientes adotem o sistema até o fim do ano.

Novidade

Para contratar o serviço, o consumidor terá de adquirir nas agências da Ampla um crédito equivalente a, no mínimo, R$ 15 (por 40kW/h).

O cliente será informado com 48 horas de antecedência sobre o fim do crédito e terá um prazo de 15 dias de fornecimento até a aquisição de uma nova quota.

O serviço só estará disponível às residências abrangidas pelo programa de medição eletrônica de consumo, adotado no fim de 2003 para combater o furto de energia.

Aviso aos alquimistas

Começa hoje, em Portugal, o VI Colóquio Internacional "Discursos e Práticas Alquímicas".

O evento começa oficialmente às 9h 30min, em Guimarães - cidade-berço da nacionalidade portuguesa, Patrimônio Cultural da Humanidade.

O colóquio se encerra amanhã, dia 24, com um ágape de S. João.

Além dos debates, o evento prevê a exposição "Jardins herméticos", que inclui pintura, fotografia, música e ciberarte.

Detalhes sobre o evento no site Triplo V: em http://triplov.org

Vida que segue...

Novas informações a qualquer momento.
Recramasões, ilogius ou revelasões bomba para:
jorgeserrao@gbl.com.br

Faça comentários clicando no link abaixo.

Ouça as informações clicando no link da rádio (podcast) Alerta Total:
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal/

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá! Quero parabenizar pelo brilhante trabalho. O blog é super atualizado, descobri, gostei e já faz parte do meu dia-dia. Gostaria de poder publicar algumas matérias em meu blog. Valeu!

Anônimo disse...

What a great site Information about fda approved xenical New vw bus price quotes run flat tires pay per click Management schools in europe st augustine florida plastic surgeon Credit score needed for home loan