terça-feira, 20 de março de 2007

Brasil pro brejo: inglês seduz endividados pecuaristas brasileiros a venderem gado no mercado futuro

Edição de Terça-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Ouça agora o novo podcast Alerta Total no seu computador.
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

Exclusivo – Os executivos de uma poderosa transnacional australiana, controlada por investidores ingleses, assediam grandes pecuaristas brasileiros do Centro-Oeste-Sudeste para lhes propor um negócio irrecusável nestes tempos bicudos em que o agronegócio brasileiro anda devendo mais de R$ 110 bilhões.

A AWB Ltd, a maior empresa do mundo na área de produção de trigo, soja e alimentos em geral, prometem cobrir todos os custos da fazenda e da criação, adquirindo toda a produção definida previamente, a um preço pré-definido (no formato de mercado futuro). Tudo é pago adiantado, conforme promessa de Michael Wood Geld, negociador da AWB. O único risco para o criador é não conseguir entregar o gado com 17 arrobas a unidade, no final do ciclo produtivo contratado.

Os ingleses querem dominar o potencial competitivo imbatível que o Brasil tem na produção de carne. Na pecuária extensiva, o Brasil é único. Como aqui é o “País do Sol”, nosso gado tem facilidade de se alimentar e crescer. A produção de carne brasileira não concorre com a cadeia alimentar do homem – ao contrário de outros países, que dependem de plantar ou importar grãos para alimentar o gado. Os pecuaristas brasileiros dominam todas as etapas da produção do gado.

A intenção oculta dos anglo-australianos é deter, brevemente, o monopólio desta tecnologia, através do controle do processo econômico de comercialização do gado. Além disso, a AWB pretende controlar, futuramente, a cotação internacional da carne. A pecuária brasileira irá, estrategicamente, para o brejo. E o boi e a vaca vão para o controle da oligarquia financeira transnacional da City de Londres.

A AWB ganhou notoriedade no noticiário internacional ao ser investigada pelas suspeitas de ter pagado subornos de mais de US$ 200 milhões ao regime de Saddam Hussein. A manobra era para que o Iraque garantisse a compra do cereal da empresa através do programa humanitário Petróleo em troca de alimentos, promovido pelo Governo Bush. Curiosamente, a empresa contribui com 3 mil Euros por ano para a Bush Children's Education Foundation of NSW. A fundação, que homenageia a família do atual presidente norte-americano e seu pai, ajuda a financiar o transporte de crianças das áreas mais remotas do campo a chegarem em escolas rurais.

Mega fusão bancária

A compra do maior banco da Holanda, o ABN AMRO, pelo Barclays, terceira maior instituição financeira do Reino Unido, dará origem ao quinto maior grupo bancário do mundo.

No ranking europeu, a instituição que resultar da integração dos dois bancos terá um valor de mercado superior a 117 milhões de euros.

O novo banco ocupará o segundo lugar do ranking, logo depois do britânico HSBC.

Muito dinheiro

No Brasil, o banco inglês Barclays, que é presidido por Alceu Amoroso Lima Neto, tem apenas uma agência em São Paulo e 68 funcionários.

Com a fusão, no Brasil, se juntará ao Banco Real.

O grupo britânico Barclays pagará 31,3 euros por cada acção do ABN, num investimento total de 60 mil milhões de euros.

Meses atrás, o banco holandês ING, o espanhol BBVA e o francês BNP Paribas tenraram adquirir o ABN.

Coroa falsa?

O Ministério Público Federal de Petrópolis apura denúncia sobre uma suposta troca de pedras preciosas da Coroa Imperial, avaliada em um milhão de dólares (R$ 2,1 milhões), exposta no Museu Imperial de Petrópolis.

Segundo denúncia ao MPF, a substituição teria ocorrido na confecção de réplica feita pela joalheria Amsterdam Sauer em 2004.

O procurador Fabiano de Moraes enviou ofício ao Museu e ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) solicitando informações sobre a réplica.

A coroa reserva (feita maior do que a original, para não ser confundida) demorou 18 meses para ficar pronta e custou R$ 1,3 milhão.

Foram utilizados 2,77 kg de metal precioso, 596 pedras, totalizando 911,84 quilates, e 80 pérolas de 8 mm.

Disputa de cargo?

A diretora do Museu Imperial, Maria de Lourdes Parreiras Horta, assegura que a denúncia não tem fundamento.

A dirigente atribui o factóide à tentativa de retirá-la do cargo, que ocupa há 16 anos.

Mas o Ministério Público insiste que ouvirá funcionários do Museu Imperial e da joalheria que produziu a cópia da coroa de D Pedro II.

CPI voando

Quatro relatórios preliminares do Tribunal de Contas da União apontam irregularidades na Infraero.

Direcionamento de licitação, contratos turbinados com aditivos sucessivos de 25%, e o pagamento por serviços não concluídos - como R$ 8 milhões para que uma empreiteira realizasse obras nos aeroportos de Congonhas e Viracopos.

Também é relatado o pagamento de R$ 150 mil para custear a Conferência Nacional Terra e Água, promovida pelo MST em 2004.

Em sua defesa a Infraero alegou estar cumprindo “função social”...

Tô fora

Convidado pelo presidente Lula a reassumir a pasta do Desenvolvimento Agrário, o ex-ministro Miguel Rossetto tirou o corpo fora.

Prefere disputar a eleição, em 2008, para a prefeitura de Porto Alegre.

O plano dele é retomar a hegemonia na cidade que o PT governou durante 16 anos.

Passa fora, cachorro

Um problema animal fez o Aeroporto de Congonhas parar ontem.

Um cachorro que invadiu a pista que teve de ser fechada para pousos e decolagens.

Lula convocou reunião de emergência e cobrou providências do Ministro da Defesa, Waldir Pires.

Precisa entender alguma coisa?

A ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy aceitou comandar o Ministério do Turismo, depois de conversa ontem à noite com o presidente Lula da Silva.

Ela tomará posse na sexta-feira, mesmo dia em que Walfrido Mares Guias deixará o Turismo e assumirá as Relações Institucionais - pasta que cuida da coordenação política do governo.

O único probleminha é que a sexóloga Marta confessou não conhecer o setor que vai comandar, admitindo:

"Estou querendo é entender da área, escutar muito".

Pressão pelo emprego de deputado

Filho do empreiteiro Cecílio do Rego Almeida, o engenheiro Marcelo Almeida pressiona o governador do Paraná, Roberto Requião a garantir a nomeação de um deputado pemedebista do Estado para o Ministério da Agricultura.

Suplente de deputado federal, Marcelo quer para assumir a vaga na Câmara para defender os interesses dos empreiteiros.

Com patrimônio declarado de R$ 85 milhões, Almeida obteve 84,6 mil votos em 2006 com gastos de R$ 1,16 milhão.

Figura importante

Marcelo Almeida foi doador da campanha à reeleição de Requião ao governo.

Ex-diretor-geral do Detran-PR, ele ocupa hoje a Secretaria Estadual de Obras Públicas.

Ele faz toda pressão para que seja indicado para o ministério o nome do deputado Reinhold Stephanes, ex-ministro da Previdência do governo Fernando Henrique Cardoso.

Quem saiu ganhando?

O Alerta Total já havia antecipado ontem: a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) considera haver "fortes indícios" de que houve vazamento da informação sobre a venda da Companhia de Petróleo Ipiranga a Petrobras, Ultra e Braskem.

A CVM suspeita que investidores usaram informação privilegiada para lucrar com operações na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo).

Os indícios foram as altas de 33,33% das ações ordinárias (com direito a voto) da Distribuidora de Produtos de Petróleo Ipiranga e de 8,31% na cotação das ações ordinárias da Refinaria de Petróleo Ipiranga, ocorridas na sexta-feira.

Haja álcool

O ministro das Relações Exteriores da Itália, Massimo D'Alema, proclamou aos quatro ventos, em Roma, que acredita na possibilidade de uma joint venture entre a italiana ENI e a Petrobras, para a produção de etanol na África.

O primeiro-ministro Romano Prodi vem ao Brasil na próxima semana para negociar a parceria com o governo petista.

Como é bom negociar com um presidente que entende de álcool como o nosso...

Terrorismo ambiental

A organização ambientalista WWF acusa os governos de Brasil, Bolívia e Paraguai de planejar hidrovia na Bacia do Prata sem análise de impacto ambiental.

A Bacia do Prata é uma das 10 maiores fontes de água doce do mundo que mais correm riscos, segundo o World Wide Foundation.

A verdade, neste caso, é só uma: a WWF, que representa os interesses da oligarquia financeira européia, não quer que o Brasil se desenvolva na área de geração de energia ou de transporte da produção agropecuária.

Por isso, seus eco-terroristas fazem todo esse carnaval contra os empreendimentos brasileiros, acusando-os de “ferir o meio ambiente”.

Dinheiro sobrando

Há cerca de R$ 1 trilhão e 900 bilhões de reais sobrando nos bancos para ser resgatado pelos brasileiros.

O valor é referente à diferença de indexadores da remuneração da poupança com a entrada em vigor do Plano Bresser, em 12 de junho de 1987.

O prazo para reaver a diferença de rendimento termina no dia 31 de maio.

Os bancos torcem para que ninguém apareça por lá para apanhar sua graninha...

Quem quer dinheiro?

Quatro integrantes de uma quadrilha especializada em falsificar dinheiro foram presos em Brasília e no Mato Grosso do Sul.

O bando estava com R$ 595 mil em cédulas de R$ 20 e R$ 50.

As notas eram impressas no Paraguai, gravadas em Ponta Porã (MS) e trazidas em ônibus interestaduais para o Distrito Federal.

Super Substituição

O técnico Lula quer mexer no time da Super-Receita.

Entre os nomes em análise pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, para substituir o atual secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, está o do atual superintendente da oitava Região Fiscal (São Paulo).

Edmundo Rondinelli Spolzino é responsável pelo maior volume da arrecadação de tributos e contribuições federais, gerada pela economia do Estado de São Paulo.

Quem aconselha amigo é

O presidente da Colômbia, Alvaro Uribe, adverte que o narcotráfico é um problema do Estado.

Avisou que, se o presidente Lula lhe perguntasse, recomendaria que ele chamasse para si a questão.

E utilizasse as Forças Armadas no combate aos comerciantes ilegais de drogas.

Novo blogueiro

Sem mandato, o ex-governador do Rio e presidente regional do PMDB, Anthony Garotinho, caiu na blogosfera.

Seguindo uma trilha já explorada pelo prefeito César Maia (PFL) e pelo deputado cassado José Dirceu (PT), Garotinho usa o ciberespaço para divulgar suas brilhantes idéias.

O endereço do blog é www.blogdogarotinho.com.br.

A Globo vai deixar?

A atriz Fernanda Montenegro, uma das principais da constelação Global, está mesmo nos planos da Record.

O autor da futura novela ‘Caminhos do Coração’, Tiago Santiago, resolveu criar uma personagem especial para a atriz.

Fernanda interpretará a doutora Júlia, cientista que cria mutantes em sua clínica do Guarujá, se fechar mesmo contrato com a emissora do Bispo Macedo.

Vida que segue...

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

Um comentário:

Anônimo disse...

Realmente é uma desgraça o que essas ONGS fazem com o Brasil... fazem terrorismo frente a opnião pública, conseguindo espaço nos jornais visando impedir que o país se desenvolva, ou que prenda seus bandidos ou que se instale uma (salvadora?) pena de morte!