segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Bisbilhotagem e grampo: Quadrilha teve acesso a informações sigilosas na rede de informática do STF

Edição de Segunda-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Ouça agora o podcast Alerta Total no seu computador.
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

Exclusivo - A gang que resolveu bisbilhotar a vida dos ministros do Supremo Tribunal Federal – não se sabe ainda com que interesses – conseguiu acesso a dados sigilosos até da intranet (a rede interna de computadores) do STF. Os invasores obtiveram, antecipadamente, os textos de sentenças que seriam proferidas naquela Corte Constitucional. Este gravíssimo vazamento de informações sobre processos é mantido em sigilo. Não foi divulgado pela reportagem deste fim de semana da revista Veja, em que ministros do Supremo resolveram disparar contra um suposto complô de grampos telefônicos promovido por uma “banda podre” da Polícia Federal.

Agora, o maior temor de alguns ministros é que apareçam na mídia, esta semana, dados sigilosos sobre o julgamento do caso do mensalão, que será apreciado a partir desta quarta-feira até o dia 31 de agosto. A invasão dos computadores do STF foi descoberta pela empresa de segurança e inteligência contratada por um ministro daquela corte para confirmar se realmente a instituição era alvo de “grampos” (escutas telefônicas ilegais). Os ministros estão intrigados porque não sabem identificar, realmente, de onde ou de quem parte o comando da bisbilhotagem ilegal contra eles.

Ontem, o caso ganhou novos ingredientes de desmentidos oficiais. A Polícia Federal divulgou que era falsa a denúncia de que agentes federais estariam negociando escutas telefônicas com conversas de ministros do Supremo Tribunal Federal. A investigação mostrou que os e-mails apócrifos recebidos pelo ministro Marco Aurélio de Mello, relatando o suposto grampo, faziam parte de uma vingança pessoal. Um funcionário do INSS exonerado por corrupção tentou incriminar o delegado da PF que o investigou.

O ministro Marco Aurélio deu por encerrado o episódio. Ele recebeu o resultado da investigação do ministro da Justiça, Tarso Genro, e o encaminhou ao procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza. Será mais uma denúncia para acabar em pizza.

A denúncia da revista

Dos sete ministros ouvidos pela revista "Veja", apenas Eros Grau e Carmem Lúcia Antunes Rocha afirmaram não suspeitar de grampos em seus telefones.

O ministro Sepúlveda Pertence disse ter acelerado seu pedido de aposentadoria por causa das suspeitas de que a PF estaria manipulando gravações em suas linhas telefônicas.

O ministro Gilmar Mendes apontou a PF como um braço de coação política que afronta os outros poderes.

E Marco Aurélio Mello confirmou as suspeitas de escutas.

Nas eleições passadas, ele chegou a pedir a investigação de grampos nos telefones de seu gabinete, mas os indícios não foram confirmados.

De repente, tudo que a Veja denunciou no final de semana não vale mais nada?

Os ataques diretos

Os ministros do STF pegaram pesado na matéria da revista Veja.

"É intolerável essa atmosfera que vivemos, com a conduta abusiva de agentes ou órgãos entranhados no aparelho de estado. A interceptação telefônica generalizada é indício e ensaio de uma política autoritária". (CELSO DE MELLO, ministro do STF)

"A Polícia Federal se transformou num braço de coação e tornou-se um poder político que passou a afrontar os outros poderes. Basta ver o caso Vavá. Constrangeram até o presidente. Hoje, falo ao telefone sabendo que a conversa é coletiva". (GILMAR MENDES, ministro do STF).

Os temores de grampo telefônico com patrocínio da banda podre da PF começaram a tomar forma em setembro de 2006, em plena campanha eleitoral.

Na época, o ministro Cezar Peluso queixou-se de barulhos estranhos nas suas ligações e uma empresa especializada foi chamada para uma varredura.

Ela detectou indícios de monitoramento ilegal nos telefones de Peluso e do ministro Marco Aurélio Mello e na linha de fax do ministro Marcelo Ribeiro, do Tribunal Superior Eleitoral.

Rapidez inusitada

Com a divulgação do caso, a PF entrou em cena.

Em apenas nove dias, com agilidade incomum, os agentes concluíram que não havia grampo e indiciaram o dono da empresa por falsa comunicação de crime.

O empresário Enio Fontenelle, que reafirma a existência de indícios de grampos, foi interrogado durante três dias pela PF.

Ordem na zona dos grampos

O deputado federal Otávio Leite (PSDB-RJ) quer pressa na votação do projeto de sua autoria, que determina uma auditoria periódica nos equipamentos usados pela PF:

Eu acho que vai fortalecer, vai blindar, vai tornar esse mecanismo, que é importante do ponto de vista penal, mais invulnerável a qualquer tipo de influência ou ilegalidade. O que não pode é uma autorização judicial ser vulnerável a qualquer tipo de introdução de números de terceiros para serem grampeados”.

A nova regulamentação, num País sem democracia como o nosso, terá o mesmo efeito de uma legislação para revogar a lei da gravidade na Terra.

Suprema Pizza?

O Supremo Tribunal Federal reservou seis dias, entre 22 e 31 de agosto, para decidir sobre a abertura de ação penal contra os denunciados apontados como integrantes do mensalão.

A tendência é que o STF aceite a denúncia e dê prosseguimento à ação contra a “Quadrilha dos 40”, o esquema de mesadas para parlamentares montado pelo PT e operacionalizado pelo publicitário mineiro Marcos Valério, em troca de apoio político ao governo Lula.

O relator do pedido, ministro Joaquim Barbosa apresentará um relatório de 300 páginas.

Os petistas denunciados

José Dirceu – deputado cassado do PT e ex-ministro da Casa Civil: Formação de quadrilha, peculato e corrupção ativa

José Genoino – deputado federal do PT-SP e ex-presidente do partido: Formação de quadrilha, peculato e corrupção ativa

Delúbio Soares – ex-tesoureiro do PT: Formação de quadrilha, peculato e corrupção ativa

Silvio Pereira – ex-secretário-geral do PT: Formação de quadrilha, peculato e corrupção ativa

João Paulo Cunha – deputado federal do PT-SP: Corrupção passiva, lavagem de dinheiro, peculato

Luiz Gushiken - Ex-ministro da secretaria de Comunicação e Gestão Estratégica e quadro do PT: Peculato

Henrique Pizzolato – Ex-diretor do Banco do Brasil e membro do PT: Pecultado, corrupção passiva, lavagem de dinheiro

Paulo Roberto Galvão da Rocha – Deputado federal (PT-PA): Lavagem de dinheiro

Anita Leocádia – Ex-assessora de Paulo Rocha: Lavagem de dinheiro

Professor Luizinho – Ex-deputado (PT-SP): Lavagem de dinheiro

João Magno – Ex-deputado (PT-MG): Lavagem de Dinheiro

Mensalão tucano

O Supremo Tribunal Federal vai receber a denúncia do chamado “mensalão tucano” original.

Será denunciado o esquema de “mensaleiros” pioneiro na história política do País que foi descoberto em Minas Gerais nas eleições de 1998.

Como o principal protagonista do chamado “mensalão tucano” é o senador Eduardo Azeredo, ex-presidente do PSDB e que tem direito ao tal “foro privilegiado” , o procurador-geral da República dará entrada na denúncia no STF, até a próxima semana.

Assim, fica diluído o ataque unicamente ao pessoal do PT...

A crise como ela é

O Banco Central enviou ao Palácio do Planalto e para o ministério da Fazenda, Guido Mantega, um relatório reservado em que se comprova a real dimensão da crise de crédito que abala o mercado norte-americano e europeu, com reflexos diretos aqui.

Analistas de mercado e agências de risco advertem que se o pânico financeiro mundial persistir, a perspectiva do BC brasileiro é perder pelo menos 30% das reservas em dólares atuais.

Se as bolsas continuarem oscilando tanto, subindo e descendo freneticamente, e com o dólar ficando acima de R$ 2,10, pode haver um movimento para os juros subirem de novo.

Previsão de Caos

Analistas apontam os efeitos da crise no setor imobiliário americano e prevêem estragos maiores do que o estouro da bolha de internet, em 1999.

Os Estados Unidos devem crescer menos que o previsto e afetarão a economia de outros países.

Estima-se que, em 2008, o PIB da América Latina será reduzido entre 1 e 1,5 ponto percentual.

Grandes perdas

Muitos fundos de renda fixa de grandes bancos voltados para pequenos investidores, normalmente mais conservadores, tiveram perdas nas cotas no dia 16, quando a média dos renda fixa do mercado ficou negativa em 0,14%.

As carteiras de ações perderam 6,14% e os multimercados 0,66%.

A alta dos juros reduziu o valor dos títulos prefixados e dos papéis indexados à inflação.

Crédito ainda mais arriscado

O estouro na bolha imobiliária nos EUA puxou para cima os juros cobrados nas linhas externas de capital de giro para tomadores brasileiros na mesma proporção da alta do risco-Brasil.

Bancos e empresas brasileiras têm evitado ao máximo tomar essas linhas para não referendar a alta, de até 100% em relação a meados de junho.

O agente dos controladores vem aí

O prefeito do distrito financeiro de Londres, Lord Mayor John Stuttard começa visita o Brasil a partir desta terça-feira.

O objetivo dele é tentar atrair mais empresas brasileiras para atuarem no maior centro financeiro da Europa.

A visita do poderoso inglês, que é o xerife da Oligarquia Financeira Transnacional que dirige a economia planetária, coincide com o momento de turbulência vivida pelo mercado financeiro internacional.

Muitos contatos

Além de instituições financeiras como a Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F) e a Bovespa, e federações da indústria como FIESP, FIERGS e FIRJAN, Lord Mayor Stuttard também será recebido por prefeitos, governadores e ministros nas capitais que visita.

A mensagem do inglês para o Brasil é que Londres reconhece a importância crescente do País no cenário econômico internacional e se coloca como um centro de serviços valiosos para as empresas brasileiras.

O cargo de Lord Mayor existe desde 1189 e sua função primordial é promover os serviços financeiros da City para empresas e governos de todo o mundo.

O poder da City

O distrito financeiro da capital da Inglaterra é reconhecidamente o maior centro financeiro da Europa, com números que também a colocam na liderança mundial em diversos aspectos:

A City conta com a maior carteira de empréstimos internacionais, com mais de 5 trilhões de libras esterlinas em ativos;

- US$ 643 bilhões diários em derivativos de balcão (42% do mercado mundial);
- US$ 753 bilhões diários em câmbio de moeda estrangeira (31% do movimento mundial);
- 70% dos eurobonds negociados;
- 519 empresas listadas na Bolsa de Londres.

Tucanagem

Por causa da pressão de seus governadores, os tucanos também terão de enfrentar a pressão de contribuintes, irritados com a falta de transparência na aplicação dos recursos arrecadados da CPMF.

Também vai se transformar em alvos do empresariado, que lidera uma campanha popular contra a taxa.

Tudo porque, em troca da prioridade na liberação das verbas do Programa de Aceleração do Crescimento, a cúpula do PSDB resolveu costurar um acordo com o PT no Senado para votar a favor da prorrogação da CPMF.

Será a primeira vez, em quase cinco anos de mandato do presidente Lula, que a principal legenda de oposição muda de lado para votar de acordo com as orientações do Planalto.

Lei de Imprensa do Zé

Ao criticar o que chamou de “Estado Policial de Diogo Mainardi”, colunista da revista Veja que revelou detalhes da (A a J) de uma agenda telefônica dos tempos de Ministro Chefe da Casa Civil do governo Lula, José Dirceu soltou mais uma pérola que revela o seu modelo nada democrático de lidar com a liberdade de expressão:

Mas não posso deixar de registrar a infâmia e ignomínia que só reforça a necessidade de uma lei que defenda as pessoas dos ataques de jornalistas que ofendem, caluniam e difamam sem apresentar provas do que dizem. E que puna os que publicam informações sigilosas, o que é ilegal e criminoso”.

Calma, Zé. A Ditadura dos bolcheviques tupuniquins está cada vez mais próxima, e você terá o orgasmo de editar sua lei de imprensa no melhor estilo stalinista.

Caem as máscaras

Um vídeo institucional do PT, divulgando seu do seu 3o congresso nacional, gera mais polêmica.

Os petistas se mostram tão seguros da irreversibilidade de sua tomada de poder, que se desmascaram e falam claramente tudo aquilo que andaram negando nos últimos anos.

Deixam claro que pretendem mesmo uma reforma socialista no País, e que atuam em conjunto com o Foro de SP, para a hegemonia do proletariado.

Veja o vídeo no link:

http://www.youtube.com/watch?v=VNPjm0qfByc

Definição clássica

Do ex-ministro da Educação de Lula e senador da república Cristovam Buarque (PDT), uma definição perfeita do atual papel de Nelson Jobim:

O Ministro da Defesa, recém-chegado, não passa hoje do gerente do tráfego aéreo brasileiro”.

E a gente que só pensava que ele apenas ocupava o cargo General de quatro estrelas de mentirinha...

Lula e luto

"O Brasil em luto, luta!".

Com este slogan, trabalhadores e aposentados do Grupo Varig se reuniram sexta-feira passada, em frente ao Aeroporto Santos Dumont (SDU), no Rio, para protestar contra a incompetência do governo federal na condução das questões ligadas ao setor aéreo.

O protesto fez parte do Dia Nacional de Luto e de Luta, programado por entidades civis de segmentos sociais e realizados em várias outras capitais, como Porto Alegre e São Paulo.

Veja momentos do ato acessando o link:
http://br.youtube.com/watch?v=urx0kMWWROs

Solidariedade necessária

Três aviões Hércules C-130 da FAB, carregados com 46 toneladas de alimentos enviados pelo Brasil, aterrissaram ontem na Base Aérea de Pisco, a cidade mais afetada pelo terremoto de 8 graus que atingiu o Peru na noite de quarta-feira e deixou mais de 500 mortos.

O carregamento seria o suficiente para alimentar 10 mil pessoas por 15 dias.

Segundo o Itamaraty, trata-se da maior operação de ajuda internacional já realizada pelo governo brasileiro.

Vida que segue...

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

3 comentários:

Raphael Nascimento disse...

Jorge, desculpe fugir do assunto mas o momento pede. Os bastidores da segurança
pública estão pegando fogo. PMs insatisfeitos, aqueles que vivem do contra-cheque, já
marcaram até o dia para começar a Operação "Tolerância-Zero". A grande maioria dos
Oficias apoia ou lidera esse movimento. Pela primeira vez todas as patentes estão
juntas pelas mesmas reivindicações, reivindicações essas que só trarão benefícios para a população do Rio. Brigam por melhores salários e melhores condições de trabalhos.
Esses verdadeiros Policiais também prometem cumprir a lei nós seus mínimos detalhes,
limpando as ruas de apontadores do bicho, flanelhinhas, caça-niqueis, acabando com o
"arrego" do tráfico de drogas e outros tantos crimes e desvios que enfestam nossa
cidade e que tanto contribuem para a desordem urbana.

Nesse momento histórico, onde um grupo organizado começa uma guerra pela população do
Rio, os meios de comunicação deveriam apoiar com todos as formas possíveis mas não é
isso que estamos vendo.
De que lado os profissionais de comunicação estão? Pelo desarmamento foi feito muito
mais e agora? Na hora em que os verdadeiros "linhas-de-frente" do combate ao crime
resolvem resgatar a honra de uma instituição secular, com a Polícia Militar, os jornalistas
se calam diante dos fatos? Jorge, nem o blog está dando destaque ao movimento, por que?

A Secretaria de Segurança não precisa de mapa do crime, eles já sabem muito bem onde cada coisa acontece. Ela só precisa de gente honrada trabalhando em prol da população.

É fundamental que a população esteja do lado da Polícia nesse momento da história.

Para aqueles que almejam uma Polícia que combata todos os tipos de crimes, daqueles de menor poder ofensivo, ao colarinho branco, convido a todos a apoiarem esse movimento.

Aos que não estam preparados para uma polícia honesta, é melhor se preocuparem.

O lema do movimento é: Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, juntos somos fortes.

O meu é: Sociedade Civil Organizada, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, juntos somos invencíveis.

No dia 26, às 10h, em Ipanema, com concentração no Posto 10, vai acontecer uma manifestação organizada por esse movimento. Não sou Policial mas com certeza estarei lá, se tudo der certo minha família será a grande beneficiada no futuro.

bastilha disse...

A NECESSIDADE DA DEPOSIÇÃO DO GOVERNO PETISTA

20 de agosto de 2007



Por Geraldo Almendra (*)

Hitler e Mussolini foram colocados no poder pelo povo. O petismo também. O que aconteceu depois com aqueles povos, irá se repetir no nosso país se não reagirmos. O terceiro mandato já está a caminho...

No Brasil não existe uma democracia, pois estamos vivendo uma grande farsa. Uma farsa que começou com o fim do regime militar.

Apesar dos erros cometidos – muito menores do que os acertos –, os militares fizeram do Brasil uma Nação para ser respeitada, mas que agora é motivo de chacota no mundo civilizado, além de ter sido transformada pelos desgovernos civis em uma ilha da fantasia da prostituição da política e da exploração de uma sociedade pelos banqueiros.

Estamos vivendo em tempos de um desgoverno populista socialista, uma farsa de um regime político rigorosamente delinqüente a serviço de oligarquias prostitutas, da nova burguesia petista, e de suas conexões com a sociedade, sob a regência dos dirigentes do Foro de SP.

De maneira geral as parcelas mais esclarecidas da sociedade organizada estão aceitando que seu país seja conduzido na direção socialista mais decadente, sendo motivados pela cumplicidade do corporativismo protetor dos canalhas da corrupção, ou pela covardia de reagir sem o respaldo das suas Forças Armadas, que estão, há décadas, sendo vítimas de um revanchismo antipatriótico, que confunde mágoas pessoais com a destruição da segurança nacional e dos nossos sonhos de democracia..

Leia mais...

http://brasilacimadetudo.lpchat.com/

SARGENTO DA MARINHA disse...

É chega a hora do Rio de Janeiro, povo do RIO, não percam essa oportunidade de dar um voto de confiança e de apoio a Polícia Militar do Rio de Janeiro. Vamos nos juntar aos Policiais, vamos apoiar esse movimento que eles estão fazendo, esse negócio de vestir preto,vestir branco, acender velas,nunca deu nem vai dar em nada, pois BANDIDO não tem consciência, pois se à tivesse, não seria BANDIDO.

Povo do RIO e do BRASIL, vamos apoiar suas Polícias Militares, Pois a nossa gloriosa FFAA, vive momento letárgico e de decadência, e seus militares não tem coragem parar tomar a mesma inciativa dos Policiais Militares do Rio de Janeiro, verdadeiros herois do dia-a-dia.

Vamos à Luta,a hora é agoraa!!

Viva o BRASIL!!!!