quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Jogadas de petistas em ONGs e no escândalo da Cisco obrigam governo a negociar perdão mútuo com tucanos

Edição de Quarta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Breve, a Rádio Alerta Total no seu computador.

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

O sinal vermelho, de pânico, acendeu na cúpula petista. A CPI das ONGs no Senado decidiu ontem que vai priorizar a investigação de 50 organizações que receberam pelo menos R$ 2 milhões do governo federal. Quem não gostou nada disso foi a senadora petista Ideli Salvati (SC). Algumas ONGs de Santa Catarina – que tem petistas na administração – ficam enquadradas no critério “para investigação”. O objetivo oculto da CPI é investigar se as ONGs repassam dinheiro para esquemas político-eleitoreiros ou se fazem pagamentos em esquema idêntico ao mensalão.

A Polícia Federal gravou, na investigação da Operação Persona, conversas telefônicas de empresários do setor de informática que comprometem o partido político no poder. Nas conversas grampeadas, os investigados relatam "doação" de R$ 500 mil ao PT. Os interlocutores sugerem que o dinheiro seria contrapartida de algum tipo de benefício em licitação da Caixa Econômica Federal. A operação Persona deteve 42 acusados de envolvimento na sonegação de R$ 1 bilhão e 500 milhões – envolvendo, principalmente, os dirigentes da transnacional Cisco Informática.

O pânico petista obrigou o governo a jogar pragmaticamente no Senado. Não foi de graça que a Mesa Diretora decidiu ontem, por unanimidade, arquivar a representação contra o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG). O tucano é acusado de envolvimento no escândalo do mensalão mineiro. O argumento dos membros da Mesa foi de que uma representação de conteúdo idêntico já fora arquivada na legislatura passada.

O PT e sua base governista amestrada deram sinais de tolerância com o PSDB, para indicar que futuras investigações no Congresso não peguem tão pesado contra o governo ou seu partido príncipe.

Novas aves governistas

Tudo indica que a salvação de Azeredo teve um preço bem alto para a oposição – e nós vamos pagar a conta.

Maior bancada de oposição ao governo Lula, os tucanos do PSDB resolveram, de repente, voar em direção à aprovação da CPMF.

Negociam maior fatia do tributo para a saúde, redução progressiva da alíquota do imposto do cheque, hoje em 0,38%.

Mais favoráveis

O senador Artur Virgílio comenta que a bancada tucana está mais favorável ao governo do que há uma semana.

Os senadores Eduardo Azeredo e Sérgio Guerra (PSDB-PE), negaram enfaticamente qualquer acordo com o PT.

Mas Guerra reconheceu que, em caso de abertura de processo, o clima ficaria mais quente.

Receita ruim

Na Internet, também circula uma “receita” de como se cria um Deputado:

1 Nota de dólar
1 Dose de falta de caráter
1 Dose de ganância
1 Dose de mentira
1 Pitada de merda

Obs: Não exagerar na merda, senão você cria um presidente.

Salvando Renan

A Mesa Diretora do Senado decidiu sobrestar (suspender temporariamente) a sexta representação contra Renan Calheiros.

Ela trata da denúncia de que o presidente licenciado do Senado teria feito emendas ao Orçamento em favor da empresa de um ex-assessor.

Calheiros promete entregar sua defesa hoje ao Conselho de Ética.

O presidente interino do Senado, Tião Viana (PT-AC), informou que a sexta ação contra Renan poderá ser encaminhada ao Conselho de Ética a partir do momento em que o terceiro processo contra o peemedebista já esteja finalizado.

Mudanças de trâmite

Foram aprovados dois projetos de resolução que altera os trâmites de casos de investigação de senadores.

O primeiro deles permite que as representações sigam direto para o Conselho de Ética, sem a necessidade de passarem pela Mesa.

O segundo projeto estabelece o afastamento de senadores investigados dos cargos de comando da Casa.

Pela alteração no Regimento Interno, os sete integrantes da Mesa terão papel apenas "carimbador", enquanto o conselho decidirá se denúncias serão investigadas.

Propaganda socialista importada

O presidente venezuelano Hugo Chávez envia 15 diplomatas ao Brasil para incentivar os círculos bolivarianos e transformar o país numa "democracia socialista".

Esses grupos, infiltrados em organizações sociais e políticas, promovem a "luta ideológica frontal" para a tomada do poder.

Enquanto isso, em Caracas, cinco mil estudantes venezuelanos e a polícia entraram em conflito ontem.

Foi a primeira manifestação contra a reforma constitucional proposta por Hugo Chávez para implantação no país do "socialismo do século 21", que será submetida a referendo em dezembro.

Estado novíssimo

A Secretaria de Comunicação do governo federal decidiu contratar uma agência para fazer o trabalho de relações públicas do Brasil no exterior.

O governo concluiu que só publicidade não basta para enfrentar campanhas pesadas feitas contra produtos brasileiros como a carne.

O Departamento de Imprensa e Propaganda (o temido DIP) do Estado Novo de Getúlio Vargas fazia a mesma coisa – só que sem terceirizar o serviço.

Plano de cooptação

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reúne hoje, às 10h, no Palácio do Planalto, com cerca de cem maiores empresários do País.

O argumento oficial é que Lula pretende incentivá-los a aumentar os investimentos no Brasil.

Mas o objetivo principal será o de pedir o apoio à aprovação da prorrogação da CPMF.

Além das negociações com a classe política, Lula também decidiu fazer pressão junto aos empresários.

Velha leniência

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, responsabilizou a Agência Nacional de Aviação Civil pelo caos aéreo nos últimos dias em São Paulo.

"Continua naquela leniência".

Foi a reclamação do genérico Jobim, que tenta, sem sucesso, tirar Milton Zuanazzi da presidência da Anac.

Lavanderia religiosa

O Ministério Público Estadual de São Paulo denuncia que os líderes da Igreja Renascer em Cristo, Estevam e Sônia Hernandes, exploram instituições filantrópicas com a desculpa da religião para lavagem de dinheiro.

Com a ajuda da Polícia Federal, os promotores da Justiça Estadual inspecionaram três instituições sociais mantidas pela Renascer, para investigarem se o dinheiro doado pelos seguidores da igreja era realmente aplicado em filantropia.

Mas, ao contrário do que se imaginava, as condições nos locais eram precárias, o que mostra que dinheiro nenhum da Igreja ia para estas entidades.

Mentir é pecado

No ano passado, os bispos disseram, em depoimento, que o dinheiro recebido nas doações dos cultos da Renascer seriam destinados às instituições 'Casa Lar', em Franco da Rocha, 'Núcleo Assis', em Heliópolis, na capital paulista, e 'Casa de Recuperação', em Santana do Parnaíba, na Grande São Paulo.

O casal está preso nos Estados Unidos e já têm prisão preventiva decretada no Brasil

Estevam e Sonia Hernandes foram presos no início de janeiro deste ano ao entrarem nos Estados Unidos com dinheiro não declarado - US$ 56 mil, de acordo com a polícia americana.

Deputado enrolado

O deputado federal Geraldo Tenuta Filho (DEM-SP), conhecido como Bispo Gê, será alvo de um inquérito no Supremo Tribunal Federal, aberto pelo ministro Celso de Mello a pedido do procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza.

Bispo Gê será investigado por ter contratado como funcionários fantasmas de seu gabinete, ainda quando era deputado estadual, Fernanda Hernandes Rasmussen e Douglas Adriano Rasmussen.

Fernanda é filha dos fundadores da Igreja Renascer em Cristo - Estevam e Sonia Hernandes -, e casada com Douglas.

Bem pagos e satisfeitos

Fernanda foi funcionária fantasma da Assembléia Legislativa de São Paulo de fevereiro de 2005 a setembro de 2006 e recebeu salário-base R$ 5.754,78, sem contar as gratificações

Douglas constava na folha de pagamento da Assembléia desde 20 de março de 2003 e recebia vencimentos de R$ 7.412,93.

O caso foi revelado em fevereiro de 2007 em reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Pânico dos Comerciais

O programa Pânico na TV! aumentou seu tempo no ar. Há pelo menos três semanas, o programa Pânico na TV!está sendo exibido com 15 minutos a mais na RedeTV!.

Os 15 minutos a mais que o humorístico ganhou vieram para tentar desafogar a atração, que está repleta de inserções comerciais.

Nas duas últimas edições, o Pânico na TV! teve mais de 15 merchandisings por programa.

Isso sem contar a promoção do 'lance mínimo' que promete dar carros aos participantes, o que toma muito tempo da atração.

Tudo em casa

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) aprovou a compra de Telecom Italia pela Telefônica.

Só que impôs restrições para que as duas empresas continuem a atuar de forma separada no mercado brasileiro de telefonia celular.

A Telefônica é sócia da Vivo (tem 50% de participação na empresa, mesmo percentual da Portugal Telecom), e a Telecom Italia, dona da TIM.

As duas operadoras que atuam na área de telefonia móvel em todo País e, juntas, têm 53% do mercado.

A Anatel deu sinal verde às aquisições da WayTV pela Oi e também da Telemig Celular pela Vivo.

Jogada do iPhone

A Apple estima que 250 mil usuários compraram o iPhone para destravá-lo.

Embora o aparelho só esteja sendo vendido oficialmente nos Estados Unidos e só possa ser habilitado pela operadora AT&T, usuários de todo o mundo - inclusive do Brasil – conseguem driblar o bloqueio do aparelho, usando software piratas encontráveis na Internet.

Segundo a Apple, o aparelho superou a marca de 1 milhão de unidades vendidas apenas 74 dias após o seu lançamento.

Piratas apanhados

As polícias britânica e holandesa desmantelaram o site OiNK.

Com 180.000 sócios, o portal era considerado a principal fonte mundial de downloads de álbuns pirateados.

Desde o início de 2007, o site disponibilizou na internet mais de 60 álbuns, às vezes semanas antes de seu lançamento oficial no mercado.

Elite das drogas

A elite - formada pelas classes A e B - representa 72,54% dos usuários assumidos de drogas.

É o que revela uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, com dados do IBGE.

O perfil básico do usuário de drogas no Brasil é homem, jovem, rico, com acesso à universidade e que sustenta o tráfico comprando entorpecentes.

A média de gastos com drogas dos que se declaram usuários é de R$ 75 por mês, em valores corrigidos.

Capitão Nascimento, o herói brasileiro

Piada que já circula na Internet mostrando a força do personagem central do filme Tropa de Elite.

A Associação Internacional dos Agentes Secretos, Arapongas e afins resolveu promover um sistema de provas para definir quem era o melhor: MacGyver, Jack Bauer, ou Capitão Nascimento.

Or organizadores do teste chegaram pro MacGyver e falaram:

- "A gente soltou um coelho nessa floresta. Encontre-o mais rápido que os outros e você será considerado o melhor!"

MacGyver pegou uma moeda de 5 centavos no chão, um graveto e uma pedra e entrou na floresta.

Demorou 2 dias pra construir um detector de coelhos em floresta e voltou no terceiro dia com o bicho.

Daí chegaram pro Jack Bauer e falaram a mesma coisa. Ele entrou correndo na floresta, e 24 horas depois apareceu com o coelho.

Durante a operação, desarmou 5 bombas nucleares, recuperou 10 armas químicas, escapou de um navio cargueiro (certamente no Rio Amazonas) e foi pra China matar 100 terroristas.

Os testadores pediram então para o Capitão Nascimento ir buscar o coelho. Se ele demorasse menos de 24 horas, seria o melhor.

E o capitão respondeu:

— Tá de sacanagem comigo, 05? Ce tá de sacanagem comigo? Você acha que eu tenho um dia inteiro a perder com essa porra de coelho, 05? Tu é um mo-le-que! MO-LE-QUE, 05!!! Virou-se para a floresta e gritou:

— Pede pra sair! Pede pra sair, cambada!Em menos de cinco segundos, já tinham saído da floresta 300 coelhos, 20 jaguatiricas, 50 jacarés, Robin Hood, 1000 paca-tatu-cotia-não, o Shrek e uma preguiça correndo a 40 km por hora!

Daí o capitão Nascimento gritou, novamente:

— 02, tem gente com medinho de sair da floresta, 02! Tem gente com medinho de sair da floresta, 02!!! 07, traz a "ponto 30".

Nisso, o Osama Bin Laden saiu da floresta. Chorando, é claro!

Vida que segue...

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

5 comentários:

Anônimo disse...

ALÔ PSDBOSTAS

Vocês são sórdidos, abaixo da linha da miséria moral e terão a resposta do povo brasileiro nas próximas eleições... Aguardem

Corja de vagabundos !!!

leia aqui, a opinião do Aluizio Amorim
http://oquepensaaluizio.zip.net/

Anônimo disse...

Venezuela
Ameaça à soberania

Hugo Chávez envia 15 diplomatas para municiar organização política antiimperialista que deseja transformar o Brasil numa “democracia socialista”
Claudio Dantas Sequeira da equipe do Correio

A infiltração ideológica do governo de Hugo Chávez no Brasil vai muito além do lançamento do livro Simón Bolívar – o Libertador. O Correio descobriu que o mandatário venezuelano tem um projeto político especial para o país, no qual assenta as bases de uma luta revolucionária em prol do socialismo do século 21. Parece piada, mas não é. O trabalho de campo está sendo coordenado pelo venezuelano Maximilian Arvelaiz, homem de confiança de Chávez. Há quase um mês, ele percorre várias capitais brasileiras com a missão de reorganizar os Círculos Bolivarianos e outras unidades de apoio à causa chavista.

Essa articulação culminará na realização da primeira Assembléia Bolivariana Nacional em dezembro, no Rio de Janeiro. No encontro, será lançada a versão tupiniquim do Movimento Bolivariano. Trata-se de uma frente antiimperialista dedicada a transformar o Estado numa “democracia socialista”, como consta do próprio estatuto desse futuro organismo, obtido com exclusividade pela reportagem. As linhas teóricas do documento repetem, sem timidez, o ideário da Reforma Constitucional chavista e sua meta de construir um “poder popular” para formar uma “federação socialista latino-americana”.

O Movimento terá hino, símbolo e bandeira próprios, e prevê cooptação de posições estratégicas em partidos, sindicatos, associações de bairros, grupos religiosos, ligas camponesas e empresas. Arvelaiz não está sozinho. Para apoiá-lo, Caracas enviou mais 15 diplomatas à embaixada em Brasília e consulados, inclusive um adido de inteligência. Para não despertar suspeitas, o Palácio de Miraflores deu a justificativa oficial de que se trata de um “reforço diplomático” para impulsionar as relações bilaterais.

Nada mais coerente quando o próprio presidente Lula classifica Chávez como parceiro importantíssimo e força a imediata aprovação no Congresso do Protocolo de Adesão da Venezuela ao Mercosul. De fato, hoje será votado o parecer do deputado Dr. Rosinha (PT-RR) sobre o assunto na Comissão de Defesa Nacional e Relações Exteriores da Câmara.

Círculos
O enviado especial de Chávez tem se reunido com os coordenadores dos vários Círculos Bolivarianos espalhados pelo Brasil para instruí-los da mudança de status dessas células sociais. Deixam de ser apenas unidades para a disseminação da doutrina bolivariana e se tornam parte de uma estrutura nacional, uma frente política aparelhada. O documento trazido por Arvelaiz e que sofreu adaptações à realidade nacional orienta à “formação de mulheres e homens dispostos a assumir a responsabilidade de conduzir a pátria brasileira e latino-americana até nossa definitiva independência”.

“Para nós, a construção do socialismo no Brasil tem de recolher de forma crítica e inovadora experiências históricas de larga duração, oriundas dos setores nacionalistas revolucionários do velho PTB, de correntes dos velhos PCB e PSB, da Organização Revolucionária Marxista-Política Operária (ORM-POLOP) e da chamada ‘nova esquerda’”, informa o texto de apresentação do evento no site http://assembleiabolivariananacional2007.blogspot.com. A página é mantida pelo Círculo Bolivariano Leonel Brizola (fundacional), cujo coordenador é o jornalista Aurélio Fernandes, membro da CUT-RJ e do diretório nacional do PDT.

Fernandes criou a chamada Casa Bolivariana, que reúne todas organizações similares do Rio. É o caso do Círculo Bolivariano Che Guevara, que reúne universitários. Eduardo, um dos responsáveis, confirmou à reportagem que o Movimento Bolivariano recebe apoio do Consulado Geral da Venezuela, capitaneado pelo embaixador Mario Guglielmelli Vera. “A gente conta com a ajuda deles, não só formando uma base de solidariedade à revolução na Venezuela e em Cuba, mas ajudando na construção de uma revolução no Brasil.” Ele ressaltou o trabalho intenso do novo cônsul, mas garantiu que se trata de apoio político e não financeiro.

Segundo ele, quem banca os Círculos são os próprios integrantes e não há financiamento externo. No entanto, o capítulo novo do estatuto do Movimento determina que as finanças terão origem em contribuições não só dos militantes, mas “doações de pessoas e entidades jurídicas” — o que inclui qualquer tipo de patrocinador. Cada instância do Movimento deve anualmente “preparar um plano de arrecadação de fundos” e “tomar iniciativas com empreendimentos econômicos e financeiros, de propriedade coletiva, que venham representar entrada de recursos”.

O Movimento terá como fachada jurídica a Associação Nacional pela Educação Popular e a Cidadania. Em nome dela estarão todas as propriedades e documentos legais. O petista Afonso Magalhães, diretor do Círculo Bolivariano de Brasília, simpatiza com a iniciativa, mas pondera. “Temos de conduzir isso com os movimentos populares, sem se afastar da base social do PT e do Lula, senão a gente fica isolado, com um discurso ideologizado”. Magalhães, que esteve com o enviado de Chávez, orientou a Caracas evitar a radicalização com o governo. “Se alimentar antagonismo com Lula, vai dividir em vez de unir”.

Os Círculos Bolivarianos reúnem em sua direção intelectuais, políticos, sindicalistas, empresários e estudantes. Há membros do PT, PSol, PDT, CUT e MST. O Rio de Janeiro é o estado com maior números de unidades bolivarianas (sete), grande parte sob o guarda-chuva do Círculo Bolivariano Leonel Brizola. Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Bahia e Amazonas também têm organizações.
________________________________________
Trechos
Estatuto do Movimento Bolivariano do Brasil

“É uma organização política que se define como bolivariana, guevarista e brizolista. Fundamenta na teoria marxista sua visão crítica e revolucionária, contra o capitalismo (…) Se propõe a combater por meio da luta ideológica frontal. Utilizaremos todas as formas de luta tendentes à resolução da luta de classes que tem como objetivo a tomada do poder”

“Lutamos por uma sociedade socialista que prepare as condições para uma sociedade sem classes e sem estado: a sociedade comunista. Um movimento da luta socialista pela libertação nacional brasileira, pela unidade e independência da América Latina”

“O povo trabalhador deve se organizar e lutar para construir o Poder Popular através da conquista do Estado e o controle dos meios de produção. Precisamos de uma educação política que garanta a unidade da teoria à prática local concreta”

“O Congresso Bolivariano Nacional é a instância máxima do Movimento. Reúne delegados de todos os círculos bolivarianos dos estados e municípios”

“A Assembléia Bolivariana Nacional reunirá a Coordenação Nacional, os coletivos e equipes nacionais e dois representantes por estado”

“As principais missões que deverão agrupar os companheiros e ter planos de ação são: Educação Política, Comunicação e Propaganda, Finanças, Mobilização. Haverá ainda o Coletivo de Relações Internacionais”

“O Movimento deverá implementar e organizar seus militantes na forma de círculos bolivarianos, agrupando os companheiros, desde a base, em seus locais de luta no trabalho, na moradia e no estudo. Para o melhor funcionamento dos círculos, a coordenação nacional elaborará normas de funcionamento específicas”

“Em todas as atividades do Movimento devem estar presentes a Bandeira e o Hino (a serem definidos). Todos os meios de comunicação possíveis, como rádio, folhetos, filmes, vídeos serão utilizados para divulgação”
________________________________________
Protesto em Caracas
Fernando Llano/AP

Manifestantes ostentam cartaz com imagem do presidente Hugo Chávez e a frase “Hugo I em traje democrático”. Milhares de pessoas protestaram ontem em Caracas contra as reformas constitucionais que permitiriam ao chefe de Estado venezuelano se reeleger por mandatos consecutivos. A polícia atirou bombas de gás lacrimogêneo contra a multidão, depois que um pequeno grupo lançou garrafas contra os agentes perto da Assembléia Nacional.
________________________________________
análise DA NOTÍCIA
Regras rasgadas

A organização de Círculos Bolivarianos no Brasil teve início em 2004, no rastro da virada diplomática do presidente venezuelano, Hugo Chávez, para angariar apoio a seu projeto político no exterior. Mas, sob a fachada de inocentes unidades de divulgação da doutrina bolivariana e dos fundamentos do Socialismo do Século 21, se descobre uma articulação política com ares de ingerência e risco à soberania.

Ao prever “o uso de toda forma de luta” para transformar o Estado brasileiro em parte de uma “federação socialista”, o Movimento Bolivariano rasga as regras de convivência democrática e traz à memória o fantasma da guerra ideológica que animou duas décadas de ditadura militar no país. Poderiam ser palavras ao vento, não fossem as gestões diplomáticas realizadas pelo Palácio de Miraflores, ganhando eco no seio de partidos políticos, organizações sociais e grupos juvenis.

Esses círculos brasileiros se espelham em seus similares venezuelanos, que são financiados pelo governo. Lá, eles chegam a 1,2 mil e funcionam como uma interface essencial entre o presidente e o povo, solapando a representatividade do Legislativo. Em seis dias, será lançado em Brasília o livro Simón Bolívar, o Libertador. Em dezembro será a vez do “Movimento Bolivariano”. Qual será o próximo passo? (CDS)
Correio Braziliense, 24/10/2007

Anônimo disse...

Saudações.

Paraná sai na frente quando o assunto é censura !!!

O PSDB mostra explicitamente que é um partido da situação (é propriedade do governo lula) , e orgulhosamente mostra a sua laia de colaboradores do “Totalitarismo Tupiniquim”.

Os Deputados estaduais do Paraná aprovam o fim da denúncia anônima.

CONFIRMANDO: A “Lei da Mordaça” é do deputado Ademar Traiano (PSDB)

A Assembléia Legilativa aprovou praticamente o texto original da lei.

Assim, foi aprovado o projeto de lei do deputado Ademar Traiano (PSDB) que impede a instauração de procedimento administrativo a partir de denúncias anônimas, com alcance no âmbito dos três poderes:
Executivo,
Legislativo
e
Judiciário.

Os deputados do Bloco do PSB, PV, PRB e PR se abstiveram covardemente da votação do projeto de lei.

Ou seja, os deputados do Bloco do PSB, PV, PRB e PR foram favoráveis à “Lei da Mordaça”.

“Além de exigir a identificação do denunciante, a proposta pretende arquivar todos os procedimentos abertos a partir de denúncias anônimas em tramitação no Estado”.

Atenciosamente.

Anônimo disse...

inacreditável... veja a corte nababesca de Lula.
Preste atenção nos nomes inventados pelo governo Lula para os
contratados em 21/08/07.
Tais nomeações são frequentes nesse governo.

É...só no Brasil!!!


E PENSAR QUE ELE CHEGOU AO BRASIL "MUNTADO" NUM PAU DE ARARA... VIVA A DEMOCRACIA!!!





Só acreditei porque foi publicado no Diário Oficial de 21/08/07. inimaginável o que a trupe do nosso presidente (e ele próprio) inventa para "subtrair" da população e entregar aos seus "companheros".

É por esta e por outras que Lula quer a prorrogação da CPMF.

Sr. SENADORES! ATENÇÃO PARA MAIS ESTE ABUSO, FINANCIADO COM O DINHEIRO DA NAÇÃO.



Você gostaria de ser o...

Diretor de Gestão Interna do Gabinete-Adjunto de Gestão e Atendimento, do

Gabinete Pessoal do Presidente da República?



ou então um...

Assessor Especial no Gabinete-Adjunto de Gestão e Atendimento, do

Gabinete Pessoal do Presidente da República ?



Resistiria à oportunidade de se tornar o:

Chefe de Gabinete-Adjunto de Gestão e Atendimento, do
Gabinete Pessoal do Presidente da República?



ou talvez um:

Assessor Especial no Gabinete-Adjunto de Informações em Apoio à Decisão, do

Gabinete Pessoal do Presidente da República ?



Já se imaginou entrando em casa e dizendo:

- MAMÃE, eu sou agora o...

Chefe de Gabinete-Adjunto de Agenda, do Gabinete Pessoal do Presidente da República ?





Nomeados somente no dia de hoje ( Diário Oficial 21/08/07 ), exclusivamente para o GABINETE PESSOAL do Presidente da LULA:

18 cargos de DAS 5 com salário de 8.400 reais por mês cada = gasto de R$ 151.200,00 por mês


03 cargos de DAS 6 com salário de 10.448 reais por mês cada = gasto de R$ 31.334,00 por mês

Total de 21 cargos com gasto mensal de R$ 182.534,00 fora todos os outros cargos que já existiam
no Gabinete Pessoal do Presidente LULA.

Nº 892 - N O M E A R
FANIE OFUGI RODRIGUES MIRANDA, para exercer o cargo de
Diretor de Gestão Interna do Gabinete-Adjunto de Gestão e Atendimento,
do Gabinete Pessoal do Presidente da República, código
DAS 101.5, ficando exonerada do que atualmente ocupa.
Nº 893 - N O M E A R
JOSÉ HENRIQUE OLIVEIRA DE SOUZA, para exercer o cargo de
Assessor Especial no Gabinete-Adjunto de Gestão e Atendimento, do
Gabinete Pessoal do Presidente da República, código DAS 102.5,
ficando exonerado do que atualmente ocupa.
Nº 894 - N O M E A R
ROGÉRIO AURÉLIO PIMENTEL, para exercer o cargo de Assessor
Especial no Gabinete-Adjunto de Gestão e Atendimento, do Gabinete
Pessoal do Presidente da República, código DAS 102.5, ficando exonerado
do que atualmente ocupa.
Nº 895 - N O M E A R
BISMARCK DE MOURA ALCÂNTARA, para exercer o cargo de
Assessor Especial no Gabinete-Adjunto de Gestão e Atendimento, do
Gabinete Pessoal do Presidente da República, código DAS 102.5,
ficando exonerado do que atualmente ocupa.
Nº 896 - N O M E A R
JULIO CEZAR BERSOT GONÇALVES, para exercer o cargo de
Assessor Especial no Gabinete-Adjunto de Gestão e Atendimento, do
Gabinete Pessoal do Presidente da República, código DAS 102.5,
ficando exonerado do que atualmente ocupa.
Nº 897 - N O M E A R
RICARDO DE ALMEIDA COLLAR, para exercer o cargo de Assessor
Especial no Gabinete-Adjunto de Gestão e Atendimento, do
Gabinete Pessoal do Presidente da República, código DAS 102.5,
ficando exonerado do que atualmente ocupa.
Nº 898 - N O M E A R
SWEDENBERGER DO NASCIMENTO BARBOSA, para exercer o
cargo de Chefe de Gabinete-Adjunto de Gestão e Atendimento, do
Gabinete Pessoal do Presidente da República, código DAS 101.6,
ficando exonerado do que atualmente ocupa.

Nº 899 - N O M E A R
RONALDO LUIZ CABRAL, para exercer o cargo de Assessor Especial
no Gabinete-Adjunto de Informações em Apoio à Decisão, do
Gabinete Pessoal do Presidente da República, código DAS 102.5,
ficando exonerado do que atualmente ocupa.
Nº 900 - N O M E A R
MAYA TAKAGI, para exercer o cargo de Assessor Especial no Gabinete-
Adjunto de Informações em Apoio à Decisão, do Gabinete
Pessoal do Presidente da República, código DAS 102.5, ficando exonerada
do que atualmente ocupa.
Nº 901 - N O M E A R
ALBERTO NOBRE MENDES, para exercer o cargo de Assessor
Especial no Gabinete-Adjunto de Informações em Apoio à Decisão,
do Gabinete Pessoal do Presidente da República, código DAS 102.5,
ficando exonerado do que atualmente ocupa.
Nº 902 - N O M E A R
MARISETE APARECIDA BEU RIBEIRO, para exercer o cargo de
Assessor Especial no Gabinete-Adjunto de Agenda do Gabinete Pessoal
do Presidente da República, código DAS 102.5, ficando exonerada
do que atualmente ocupa.
Nº 903 - N O M E A R
CLARA LEVIN ANT, para exercer o cargo de Chefe de Gabinete-
Adjunto de Informações em Apoio à Decisão, do Gabinete Pessoal do
Presidente da República, código DAS 101.6, ficando exonerada do
que atualmente ocupa.
Nº 904 - N O M E A R
NELSON AKIO FUJIMOTO, para exercer o cargo de Assessor Especial
no Gabinete-Adjunto de Agenda do Gabinete Pessoal do Presidente
da República, código DAS 102.5.
Nº 905 - N O M E A R
LEONILSE FRACASSO GUIMARÃES, para exercer o cargo de
Assessor Especial no Gabinete-Adjunto de Agenda do Gabinete Pessoal
do Presidente da República, código DAS 102.5 , ficando exonerada
do que atualmente ocupa.
Nº 906 - N O M E A R
CEZAR SANTOS ALVAREZ, para exercer o cargo de Chefe de Gabinete-
Adjunto de Agenda, do Gabinete Pessoal do Presidente da República,
código DAS 101.6, ficando exonerado do que atualmente ocupa.
Nº 907 - N O M E A R
SANDRA PROCÓPIO DA SILVA, para exercer o cargo de Assessor
Especial no Gabinete Pessoal do Presidente da República, código
DAS 102.5, ficando exonerada do que atualmente ocupa.
Nº 908 - N O M E A R
WILLIAN SILVA BONFIM, para exercer o cargo de Assessor Especial
no Gabinete Pessoal do Presidente da República, código DAS
102.5, ficando exonerado do que atualmente ocupa.
Nº 909 - N O M E A R
VERA LÚCIA LOUREDO BARRETO, para exercer o cargo de Assessor
Especial no Gabinete Pessoal do Presidente da República,
código DAS 102.5, ficando exonerada do que atualmente ocupa.
Nº 910 - N O M E A R
MEIRY ANDRÉA BORGES DAVID, para exercer o cargo de Assessor
Especial no Gabinete Pessoal do Presidente da República,
código DAS 102.5, ficando exonerada do que atualmente ocupa.
Nº 911 - N O M E A R
JÚLIO HECTOR MARÍN MARÍN, para exercer o cargo de Assessor
Especial no Gabinete Pessoal do Presidente da República, código
DAS 102.5, ficando exonerado do que atualmente ocupa.
Nº 912 - N O M E A R
JOÃO FERREIRA SANTIAGO, para exercer o cargo de Assessor
Especial no Gabinete Pessoal do Presidente da República, código
DAS 102.5, ficando exonerado do que atualmente ocupa.

Anônimo disse...

Será que esse pessoal do PSDB acredita que conseguirá ser governo um dia, praticando essa oposição de araque e de costas para os seus eleitores?

Os vagabundos ainda não se deram conta que o eleitorado tucano é a classe-média bem informada e não os clientes do bolsa-esmola!

Eduardo Azeredo, o pilantra-mensaleiro, conseguiu se safar ferrando com todos os brasileiros!

Se não fôssemos um povo de faísca atrasada e com a auto-estima tão baixa, esse FDP não poderia mais andar em público impunemente!!

PAU NELE!!!