terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Francenildo que se lasque

Edição de Artigos de Terça-feira no Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Por Sônia van Dijck

Essa tribo de petistas, aliados, publicitários, compadres, churrasqueiros, irmão "lambari", ministro gourmet da culinária tapioqueira, aloprados, apanhados com dinheirama para comprar dossiê fajuto contra os tucanos, assessor transportador de dólares na cueca (e haja ridículo no episódio... - e se os dólares estivessem sujos de merda?! - e se o cara tivesse se masturbado no banheiro do aeroporto?) - ministra consumidora de free shop, filhotes privilegiados (um virou milionário relâmpago; a outra, titular de frota de elite...), netos com previdência paga com dinheiro público, primeira-dama recauchutada em botox, reitor metido a bacana com a grana de Fundação de pesquisa e mais outros contraventores e corruptos notórios e mais uma fauna miúda integrada por cafetina, diretores de bancos, deputados corruptos, senadores desonestos, tudo isso faz a substância e a essência - a fina flor - la crème de la crème - do governo Lula. Quem é in no governo Lula vira notoriedade na roda do crime ("olha aí, é o meu guri!").

E não quero ser exaustiva, pois a enumeração dos que mamam nas tetas do estado brasileiro é muito mais ampla. Se eu enumerar todos os afilhados da rapariga do sobrinho do delegado que encontraram uma boca livre no cartão corporativo do governo Lula, vou tomar o tempo de vocês - são cerca de 11.000 que comem, bebem, fazem sexo, compram brinquedos e artigos esportivos e chocolates finos, curtem a vida numa boa, graças ao dinheiro do contribuinte - o fenômeno, que pode ser chamado de tornado que atinge diretamente o cidadão, atravessa o Executivo, passa pelo Legislativo e aporta no Judiciário. O Brasil é um estado no qual a corrupção se tornou sistema de governo - é caráter do estado brasileiro: ser corrupto é participar do poder, é ser governo - o cidadão paga a conta da farra dos poderosos e de seus peões, aproveitadores da criminalidade.

E tem até peão com diploma de doutorado, que faz questão de ter em casa algumas lixeiras de muitas centenas de Reais - resistir, quem há-de? - afinal, se não podemos impressionar os cientistas estrangeiros pela nossa competência acadêmica, podemos impressionar pelo fausto do apartamento decorado com a verba destinada à pesquisa científica. Quem não dá valor ao saber científico, pelo menos pode mostrar competência em ser corrupto e dar lição de criminalidade aos representantes das universidades mais respeitadas academicamente no mundo, exibindo um apartamento tipo petrodólares...

E peão do PT tem que mostrar serviço, seja reitor de universidade ou terrorista do MST - peão do PT, se goza do bem bom, tem que fazer a tarefa destruidora das instituições, para que o PT possa vencer, quando se apresentar como partido salvador da pátria - essa foi a missão do reitor da UnB - e ele teve nota 10 ao desmoralizar a universidade e mais uma instituição que era vista como de pesquisa científica.

Deve ser por causa do luxo e da ostentação do Reitor da UnB que Lula nunca concedeu reajuste aos professores das IFES - Lula deve pensar que professor-pesquisador de universidade federal mora em palácio semelhante ao do reitor da UnB, com luxos pagos por fundações de pesquisa, e que os professores-pesquisadores aposentados se alimentam de manjar caído dos céus e que, por isso, devem morrer esperando a nova temporada de chuva de manjar - até para pagar com o manjar dos céus os altos impostos cobrados pelo governo Lula.

Se há lances de corrupção, cinismo e covardia, nos fatos relembrados acima, devemos nos preparar para a reprise, em grande estilo, da consagração da corrupção, da vitória do cinismo e da institucionalização da covardia.

O ex-ministro Palocci, já no Jornal Nacional (Rede Globo), tinha sua declaração de angelicalidade para ser noticiada.

Ou Palocci é um notório imbecil ou se julga o maior dos espertos. Imbecil: no caso de acreditar que alguém de bom senso e com um mínimo de ética vai acreditar em sua proclamada inocência oportuna. Esperto: porque vai usar a fragilidade da legislação brasileira para escapar impune de um crime contra a Constituição.

Na verdade, Paloccci não passa de mais um corrupto que será beneficiado pela brandura recente dos magistrados brasileiros, que fazem a leitura da Lei conforme a jogada da vez - afinal, como Deputado, ele tem forum privilegiado, pois no Brasil é assim: canalha importante é menos canalha e nem é canalha, depois de os magistrados se pronunciarem, e ficar declarado inocente. Temos o melhor sistema jurídico e o mais completo repertório de leis para prejudicar a VÍTIMA: o cidadão. E a farra com os cartões corporativos tem nossos impostos como garantia.

O caseiro Francenildo que se lasque: não passa de um honesto trabalhador sem futuro de luxo. E nós, os contribuintes, continuaremos a pagar a grande farra dos poderosos petistas, seus aliados, amiguinhos, churrasqueiros, afilhados do sobrinho da rapariga do prefeito do "cu do Judas" et caterva.

Sônia van Dijck é Professora Universitária Aposentada.

Nenhum comentário: