sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Intenção do desgoverno em bloquear US$ 2 bilhões em contas no exterior é provocar a falência do Opportunity

Edição de Sexta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão


Uma facção do desgoverno Lula resolveu investir na falência do Banco Opportunity, para se vingar pessoalmente ou diminuir o poder de Daniel Valente Dantas – que anda em silêncio obsequioso. Eis a intenção oculta por trás do espalhafatoso anúncio feito ontem pelo Ministério da Justiça que conseguiu bloquear mais US$ 2 bilhões (R$ 4,6 bilhões) em contas bancárias mantidas no exterior pelo banco, em nome de 50 investidores envolvidos na polêmica Operação Satyagraha.

O desgoverno petista comemorou ontem “o maior bloqueio financeiro da história do País”, como resultado da operação da Polícia Federal que investiga crimes de corrupção, desvio de verbas públicas, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A Secretaria Nacional de Justiça, junto com o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI), da Justiça Federal e da Polícia Federal, que determinaram o bloqueio, alegaram que não se divulgaria o local do bloqueio nem o nome dos titulares das contas, para manter o compromisso com os países que participaram da cooperação e para não atrapalhar as investigações de suspeita de envio ilegal de recursos para paraísos fiscais.

A grana bloqueada estaria nome do próprio banqueiro Daniel Valente Dantas e de um grupo de 50 outros brasileiros que aplicaram seus recursos num fundo off-shore. O bloqueio foi determinado por ordem judicial expedida em Cooperação Jurídica Internacional. O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo confirmou que US$ 450 milhões bloqueados pertencem ao Opportunity. O MPF informou que foram bloqueados US$ 46 milhões no Reino Unido e R$ 535 milhões no Brasil em setembro, além de US$ 450 milhões nos Estados Unidos.

Perguntinhas idiotas

O que todo mundo gostaria de saber é:

Por que o ministro Tarso Genro, uma das figuras mais influentes e tomadoras de decisões do petismo (junto com José Dirceu de Oliveira e Silva), tem tanta bronca de Daniel Dantas?

Será que o advogado Luiz Eduardo Greenhalgh, que foi apontado como colaborador de Daniel Dantas junto ao governo, vai interceder em favor dele desta vez?

Recordar é ficar pt da vida

Antes de deixar o comando da Operação Satyagraha, o delegado Protógenes Queiroz determinou, no relatório final da Operação Satiagraha, a abertura de inquérito específico para investigar a participação de Greenhalgh e também do publicitário Guilherme Henrique Sodré, o Guiga, na suposta quadrilha encabeçada por Dantas.

O Serviço de Inteligência da Polícia Federal investigou um grupo de lobistas suspeitos de ligação com o banqueiro Daniel Dantas — integrado, segundo a PF, pelo ex-deputado petista Luiz Eduardo Greenhalgh.

Em março do ano passado, o grupo teria exigido US$ 260 milhões para viabilizar a criação da supertele (fusão entre a Brasil Telecom e a Oi, que acabou assinada em abril) junto ao governo federal.

Quem saberia detalhes profundos de toda a história é um famoso torcedor do Flamengo que foi obrigado a tirar seu time de campo do desgoverno, e que luta agora para não perder seu vale-bacalhau.

Objetivo estratégico

O grupo, segundo o relatório, tinha acesso à ante-sala da Presidência da República, passava por ministros, deputados e senadores.

O Serviço de Inteligência da Polícia Federal descobriu que o dinheiro seria usado posteriormente para a formação de “caixa dois” para campanha eleitoral.
Conversas gravadas pela PF citavam nomes poderosos: a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (identificada como Margaret, em alusão à dama-de-ferro Margaret Tatcher), o ministro da Integração Regional, Geddel Vieira Lima, e o chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho.

O assunto está devidamente abafado, para não gerar mais problemas...

Comemoração de otário

Um especialista em gestão de recursos no exterior adverte que os tão festejados US$ 2 bilhões bloqueados são apenas uma pequena parte do que estaria investido lá fora e que as investigações conseguiram detectar oficialmente.

Logo que surgiram rumores de uma deflagração da Operação Satyagraha, quem tinha contas no exterior fez várias movimentações de emergência para não ser apanhado facilmente.

Segundo o especialista revelou ao Alerta Total, quem deixou a grana lá fora ou é “otário” ou apenas “abandonou um restinho de dinheiro”.

Inocência

O advogado do banqueiro DVD, Nélio Machado, negou todas as acusações.
Advertiu que, até agora, não existe nenhuma acusação comprovada contra Dantas:

"O que existe é uma verdadeira devassa que já se estende por alguns anos na qual se busca, a qualquer preço, imputar crimes inexistentes".

Dantas chegou a ser condenado a dez anos de prisão e ao pagamento de multa de R$ 12 milhões por uma tentativa de suborno a um delegado da PF, mas recorre da sentença em liberdade.

Perdeu...

A Justiça do Rio de Janeiro negou ontem pedido de indenização de US$ 10 bilhões feito pelo investidor Naji Nahas à Bolsa de Valores do Rio.

A juíza Márcia Cunha, da 2ª Vara Empresarial do RJ, julgou improcedente o desejo de Nahas e ainda o condenou a pagar R$ 1 milhão em honorários aos advogados da bolsa.

Nahas (que vai recorrer) tem outra ação semelhante correndo contra a antiga BM&F – atual Nova Bolsa.

Leia, abaixo, as Rapidinhas Políticas e, mais abaixo, as Rapidinhas Econômicas

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 23 de Janeiro de 2009.

4 comentários:

Anônimo disse...

Tanto segredo, tanto escondidinho só leva a inferir que muitos dos amigos da cambada governante aplicavam nas contas do Dantas.
Emfim os clientes eram políticos, empresários... E nós que pagamos a conta somos roubados e não temos nenhum meio de cobrar dos nossos "representantes" a necessária transparência que só é possível no estado democrático de direito, que só é viavel quando as instituições são conduzidas com verdadeira legitimidade e não de modo autoritário, total, tirânico.

Anônimo disse...

Serrão


olhe isto:


http://www.estadao.com.br/especiais/2009/01/cesare_batisti.pdf

Anônimo disse...

Lula envia carta ao presidente da Itália. ”O Ministério de Relações Exteriores encaminhou hoje (23), para a embaixada da Itália no Brasil, uma carta escrita pelo presidente Lula de resposta ao presidente da Itália, Giorgio Napolitano, defendendo o asilo político concedido ao ex-terrorista Cesare Battisti.”
Escrita pelo presidente Lula???
É ruim hein!!!!

Anônimo disse...

Google vai ao STF contra abertura sem ordem judicial do Orkut
Com decisão, MP e Polícia Civil do Rio teriam acesso direto aos dados.
Empresa diz que medida viola os direitos de privacidade dos usuários.

O Google Brasil recorreu de uma decisão que permite ao Ministério Público e à Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro obterem acesso a dados do Orkut sem a necessidade de ordem judicial – essas informações, segundo a Justiça, seriam usadas para investigações criminais.

A ação cautelar ajuizada pelo Google no Supremo Tribunal Federal (STF) questiona a decisão da 26ª Vara Cível da Comarca da Capital.

“O Google não se recusa a fornecer dados. A empresa já repassa essas informações para o Ministério Público do Rio, para a Policia Civil do Rio e para outras autoridades brasileiras, desde que haja para isso uma ordem judicial”, afirmou ao G1 a empresa, por meio de sua assessoria de imprensa. “Essa decisão viola os direitos de privacidade dos usuários”, continuou.

Segundo nota do Supremo Tribunal Federal, os advogados da companhia querem que o STF analise suposta violação de inciso do artigo 5º da Constituição Federal sobre intimidade e vida privada, além de inciso sobre possibilidade de quebra de sigilo de dados de comunicação telefônica.

No processo que resultou na decisão da 26ª Vara Cível, o Ministério Público do Rio alega que “a demora na concessão do provimento jurisdicional pode gerar impunidade desses usuários, uma vez que os prazos dos crimes praticados pela internet são exíguos, dando margem à ocorrência da prescrição”.
http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL969379-6174,00-GOOGLE+VAI+AO+STF+CONTRA+ABERTURA+SEM+ORDEM+JUDICIAL+DO+ORKUT.html