terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Rapidinhas Políticas

Edição de Terça-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

Queda global

A Rede Globo fechou 2008 com média de 14,2 pontos na audiência diária.

A Record teve audiência média de 6,6 pontos, em segundo lugar.

A Globo amargou queda de 6%, enquanto a Record apresentou crescimento de 17% em relação ao ano anterior.

O SBT perdeu a segunda posição e hoje é a terceira emissora do País, com 5,4 pontos de média na medição do Ibope.

Computador de cabeça

O Tribunal de Contas da União resolveu implicar com o processo de compra de 150 mil notebooks educacionais pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC).

O TCU pediu mais informações sobre os detalhes técnicos do edital ao ministério, o que interrompeu a fase de testes feitos pela empresa vencedora da licitação – a Comércio Representação Importação e Exportação (Comsat).

O MEC tem até quinta-feira para encaminhar as respostas às perguntas do tribunal.

O valor total da compra é de R$ 82 milhões e 500 mil reais (R$ 550,30 por equipamento).

Ida e vinda

No final de 2007, o governo já havia realizado um pregão para adquirir notebooks educacionais, mas o menor preço ainda foi considerado alto demais e, por isso, o processo foi cancelado.

A Positivo Informática foi a vencedora na ocasião e reduziu seu preço a até R$ 580, mas não conseguiu o contrato.

Desta vez, a Positivo também participou da licitação, mas ficou em terceiro lugar, atrás da Comsat e da CCE, com uma oferta de notebooks a R$ 668,26.

País virtual

O Brasil já tem 43 milhões de inter­nautas - mais que a população da Es­panha ou da Argentina.

O número dos co­nectados à rede quase dobrou desde o fim de 2003, quando eram 22 milhões de pessoas.

Para 2009, segundo dados do Ibope/NetRatings, a expectativa é de que o volume ultrapasse a barreira dos 50 milhões de usuários.

Presidenta interina

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, que se recupera de uma operação plástica, é a única que despachava ontem no Palácio do Planalto.

Grande parte dos ministros, segundo informações das assessorias, não voltou ao trabalho nesta primeira semana de 2009, esticando o descanso até o próximo dia 12.

Todos aguardam que o chefão Lula retome suas atividades, depois de 12 dias de férias.

Descansem em paz...

Pelo menos 15 ministros resolveram emendar o feriadão e estão fora da Esplanada.

Apenas dez mi­nistros estavam ontem trabalhando em Brasília

São eles: Guido Mantega (Fazenda), Tarso Genro (Justiça) - que viajara para a França -, Patrus Ananias (Desenvolvimento Social), José Pimentel (Previdência), Fernando Haddad (Educação), Carlos Lupi (Trabalho), Alfredo Nascimento (Transportes), Reinhold Stephanes (Agricultura) e José Antônio Dias Toffoli (Advogacia Geral da União).

Já Márcio Fortes (Cidades) participou de solenidade relacionada ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Rio.

Reeleição para todos

A petralhada deve sentir a maior inveja dos venezuelanos.

O chapolim colorado Hugo Chávez defendeu ontem a possibilidade de reeleição indefinida não só para presidente da Venezuela, mas também para os cargos de governador, prefeitos e deputados.

Chávez prega que “é hora de terminar com o modelo liberal clássico de democracia”.

É com tal argumento que Chávez espera aprovar a emenda constitucional que lhe garantiria a possibilidade de novos mandatos, daqui para frente.

Imprensa estatal

O governo da Bolívia vai lançar um jornal estatal diário no dia 22 de janeiro – data que coincide com o terceiro aniversário da posse de Evo Morales, primeiro indígena a governar a Bolívia.

O governo boliviano já controla uma agência de notícias, uma TV, um semanário e uma rede de rádios.

O cacique Morales planeja criar, com ajuda dos aliados Venezuela e Irã, um canal de TV voltado para sindicatos e grupos indígenas

Briga feia

Morales acusou parte da imprensa local de atacar seu governo gratuitamente, e afirmou que a missão do novo jornal será "recolher a verdade".

No mês passado, Morales ameaçou cancelar as entrevistas coletivas a jornalistas locais, alegando que a maioria das rádios, TVs e jornais privados tenta macular sua imagem.

O presidente também já manifestou desprezo por repórteres que, segundo ele, agem como fantoches de empresários das comunicações alinhados com a oposição de direita.

A Associação Nacional de Jornalistas reclamou no final de 2008 que algumas declarações de Morales contra a mídia são uma forma de "abuso verbal".

Mafianet

Milhares de usuários italianos do Facebook se rebelaram contra a presença de grupos que rendem culto a chefes mafiosos.

Os manifestantes pedem que a rede social tire esses grupos do ar.

Associações de vítimas da Máfia já expressaram sua indignação contra a existência desses "clubes de seguidores de mafiosos".

Ainda bem que no Brasil ninguém cultua os mafiosos...

Quem mandou denunciar?

Um membro do comitê organizador da Copa do Mundo de 2010 foi assassinado a tiros nesta segunda-feira em Nelspruit, cidade ao norte da África do Sul.

Jimmy Mohlala havia acusado membros do Congresso Nacional Africano, partido do atual governo, de quererem sua destituição do cargo, por ter acusado um outro integrante de ter recebido benefícios na construção de um estádio no município de Mbombela.

O presidente do comitê organizador da Copa de 2010, Danny Jordaan, considerou o assassinato um "duro golpe" contra o Mundial e prometeu apurar as denúncias de corrupção.

Ainda bem que no Brasil, organizador da Copa de 2014, nada dessa corrupção mortal vai acontecer.

Leia, abaixo, Rapidinhas Econômicas

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 06 de Janeiro de 2009.

Um comentário:

Anônimo disse...

Assunto: PESQUISA DO ESTADÃO

"Enquete O Estadão

Olá meu amigo, minha amiga!

Me responda, por gentileza, você foi questionado em alguma pesquisa sobre a popularidade do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva? Se ele faz um bom ou mal governo?

Bem, eu não fui!

E você também não acha estranho que o resultado de tais pesquisas o apontem com uma aprovação superior à 70%?

Pois é, tem muita gente que duvida desses números.

O jornal "O Estadão" lançou uma enquete prá comprovar se o que foi divulgado pelos institutos de pesquisa tem ou não razão.

VOTE e divulgue:

http://www.estadao.com.br/pages/enquetes/default.htm?id_enquete=361