terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Rapidinhas Políticas e Econômicas

Edição de Terça-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

Arquivo morto

Milton Luís Kruger, corretor de automóveis em Canoas (RS), foi seqüestrado em Alvorada, e executado com dois tiros na cabeça e um no peito em Canoas.

Sua morte seria uma simples notinha policial, não fosse Kruger a principal testemunha contra os deputados estaduais petistas Raul Pont e Elvino Gohn Gass – acusados de apropriação de grana do PT e também de lavagem de dinheiro em favor da DS (Democracia Socialista, grupelho trotskista que habita o PT).

Ponte e Gass foram denunciados pelo ex-tesoureiro da DS, Paulo Salazar, que promove ação judicial contra os deputados, depois que teve seus salários na Assembléia gaúcha confiscados pelo PT.

Procurava provas, achou a morte...

Quando foi sequestrado, Milton Luís Kruger estava em Alvorada buscando provas para a audiência agendada pela 9ª Vara Criminal de Porto Alegre que investiga o escândalo.

Apesar da suposta queima de arquivo, os extratos de conta corrente das contas de Paulo Salazar e de Milton Luís Kruger já estão em poder dos advogados de Paulo Salazar.

Neles os indícios de apropriações de dinheiro do ex-funcionário pelo PT são claros, bem como de lavagem de dinheiro.

Agora, Paulo Salazar, que trabalhou nos gabinetes de Raul Pont e Elvino Bohn Gass, está sob proteção policial.

Segredos imperiais

Em Janeiro, foram torrados R$ 7.520.000 (sete milhões e quinhentos e vinte mil Reais) com os cartões corporativos da família presidencial.

Como as despesas da troupe de Lula da Silva são "secretas", a prestação de contas não exige que sejam discriminadas.

Os principais gastos são com segurança – rubrica orçamentária que aceita toda e qualquer despesa.

O curioso é que, no Brasil, as despesas da Presidência são tão secretas quanto os nomes dos verdadeiros autores do sequestro, tortura, sevícia e assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel - cadáver politicamente insepulto da República Sindicalista.

Aos leões

A Secretaria da Receita Federal pode ganhar um novo titular em breve.

O filme de Lina Maria Vieira anda muito queimado com o ministro da Fazenda, ela tem tudo para ser jogada “ao leão”.

Guido Mantega joga nela a culpa pela arrecadação federal ter sofrido uma queda, por problemas de fiscalização gerados pela mudança que Lina promoveu no órgão.

Guerra aos bancos

O desgoverno petista agora usa a marketagem de guerrilha para jogar a sociedade contra os bancos - a exemplo do que o Partido Nacional Socialista de Adolf Hitler promoveu na Alemanha Nazista.

Veja no www.bcb.gov.br as minutas de textos de três circulares que vão ser adotadas para maior supervisão do sistema financeiro.

Os textos podem receber críticas e sugestões de instituições financeiras e da sociedade até o dia 31 de março.

Novos “bandidos”

As novas "reservas ambientais", estão transformando os agricultores de Minas Gerais, que seguiram os passos de seu antepassados, vivendo da agricultura, em verdadeiros bandidos.

As pequenas propriedades estão agora EM TERRAS DE RESERVAS AMBIENTAIS.

Os agricultores não podem sair do País, não podem se afastar de suas casas por mais de 8 dias (somente se obtiverem autorização do juiz), não podem beber e nem passar a noite fora de casa.

Caso ocorra, serão presos, como se fossem os piores dos bandidos.

Olho gordo na Amazônia

O Instituto Copérnico, da Universidade de Utrecht, na Holanda, produziu um estudo para calcular o valor financeiro da Amazônia.

A pesquisa foi encomendada pela ONG World Wildlife Fund – a famosa WWF, que é comandada pelo Príncipe Charles, herdeiro da Inglaterra.

No inédito estudo “Mantendo a Floresta Amazônica de Pé: Uma questão de Valores”, os pesquisadores holandeses aconselham que o Brasil poderia arrecadar R$ 226 por hectare/ano só com a venda de créditos de carbono.

O valor poderia chegar a R$ 50 bilhões por ano “para proteger a floresta” (ou seria para proteger o bolso de grandes investidores ligados ao WWF?).

Patrões chegando

O chefão Lula da Silva já está todo animado para receber a visita oficial do primeiro ministro britânico Gordon Brown, nos dias 11 e 12 de março, em Brasília.

Brown é um dos porta-vozes da Oligarquia Financeira Transnacional que age a partir da City de Londres.

Os detalhe da visita já foram acertados pelo novo embaixador britânico no Brasil, Allan Charlton, que semana passada apresentou suas credenciais a Lula, inclusive contando ao sindicalista de resultados que nasceu na cidade inglesa de Nottingham – terra do lendário Robin Hood, o que roubava dos ricos para dar aos pobres.

Coisa de Obamané

Lula também está empolgado com a visita que fará ao presidente norte-americano, Barack Obama, no dia 16 de março.

Oficialmente, os dois vão discutir o avanço de medidas protecionistas anunciadas por países ricos, para enfrentar a crise financeira internacional e pedir que a OMC fique atenta ao seu teor.

Resta saber se Lula vai mesmo ter coragem de manifestar a Obama temor brasileiro é de que algumas medidas enfraqueçam o comércio mundial e dificultem a entrada de produtos brasileiros nestes centros econômicos.

Papo dos controladores

O ministro britânico das Finanças, Alistair Darling, defende a entrada de Brasil, China, Índia e Rússia no Fórum de Estabilidade Financeira.

O FEF é mais um mecanismo multilataral, comandado pela Oligarquia Financeira Transnacional, que age desde 1999 a partir do Banco de Compensações Internacionais (o BIS) – que é o banco central dos bancos centrais, com sede na Basiléia (Suíça).

O FEF atualmente é composto pelos países do G-7 (EUA, Alemanha, Japão, França. Grã-Bretanha, Itália e Canadá), junto com Holanda, Suíça, Austrália, Cingapura e Hong Kong.

Terceiro mandado

Tem um ilustre petista trabalhando duramente nos bastidores para garantir um terceiro mandado.

Só que não é para o chefão Luis Inácio Lula da Silva não...

Sergio Rosa articula uma mudança no estatuto do poderoso fundo de pensão dos empregados do Banco do Brasil, o Previ, para permitir que ele concorra a um terceiro mandato, já que o dele se encerra em abril.

Se não conseguir, o ilustre representante da República Sindicalista petista – que controla os bilionários fundos de pensão -, se contenta em assumir a presidência de alguma empresa controlada pelo Previ...

Fazendo escola...

Quem anda fazendo escola é um outro grande aliado estratégico dos ingleses na América Latina, o Chapolim Colorado Hugo Chavez, que domingo ganhou nas urnas o direito a concorrer ilimitadamente à presidência da Venezuela.

Ontem, o presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, não apenas elogiou a vitória de Chávez, como sugeriu que pode, também, pleitear um terceiro mandato para continuar governando os colombianos.

No poder desde 2002, Uribe defendeu "um ponto de conciliação" na América Latina, para que a região deixe de se dividir entre o "estatismo" e o "liberalismo", ou entre "amigos" e "adversários" da iniciativa privada.

Se a moda pegasse...

O ministro das Finanças do Japão, Shoichi Nakagawa, cometeu ontem arakiri administrativo.

Renunciou ao cargo alegando problemas de saúde, depois de surgirem boatos de que ele estava bêbado durante uma reunião do G7 (o grupo dos sete países mais industrializados do mundo), no último sábado, em Roma, na Itália.

Imagens de TV mostraram o ministro falando com dificuldade e fechando os olhos várias vezes, como se estivesse cochilando.

Nakagawa vai tirar seu copo do ministério, assim que a Câmara Baixa do Parlamento japonês aprovar o orçamento do governo para o próximo ano fiscal.
Com moderação

O ministro japonês explicou que tomou um gole de vinho em um brinde feito durante um almoço no dia da entrevista coletiva, mas não chegou a consumir todo o conteúdo do copo.

Nakagawa jurou que, no momento da entrevista, estava sob o efeito de medicamentos e que havia tomado apenas "um gole de álcool" no dia do evento.
Nakagawa também negou alegações de que beba regularmente.

Já pensou se o exemplo deste japonês virasse moda em outros bares do poder?

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Solicitamos uma notificação sobre a publicação para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 17 de Fevereiro de 2009.

2 comentários:

Anônimo disse...

A gente não produz arroz, uva, vinho. Alguns morrem de fome ou bala em conflitos. Quanto mais "reserva" melhor, menos trabalho, com a garantia de que a Europa, capitaneada pelo príncipe herdeiro do trono inglês, vão pagar a conta ao estado brasileiro e as nações poderosas vão poder explorar e controlar, tudo... e todos. É o mandamento 1 da nova ordem mundial. Como diria um piadista: "ou dá ou desce!"

Anônimo disse...

Associação dos Arrozeiros de Roraima
Rua DI C, lote 11, q 3 - Bairro Gov. Aquilino Motta Duarte, Boa Vista - Roraima
CEP 69.309-690 - Fone: (95) 3626-7106 - Fax: (95) 3626-7108
Documento manifesto da associação dos arrozeiros de Roraima
Viemos a público para, como seres humanos, brasileiros, trabalhadores e produtores de Roraima, esclarecer e exigir basicamente idéias e atitudes baseadas no trinômio:
DEMOCRACIA - LIBERDADE - NACIONALISMO
DEMOCRACIA - Para, como população, sermos agentes e participantes da política implementada para o Estado de Roraima. Não podemos mais ser vítimas de decisões tomadas em reuniões fechadas por autoridades que substituem as demandas populares por uma agenda étnica ambiental, que a pretexto de salvar o mundo, nada mais são que ponta de lança de um neocolonialismo que as nações imperialistas impõem ao nosso país.
LIBERDADE - Para cumprirmos a missão gloriosa e necessária de, aqui, no extremo norte Brasileiro desenvolvermos a nossa região produzindo riquezas para o bem estar de nosso povo e contribuindo com o desenvolvimento nacional garantindo a territorialidade e soberania do Brasil nessa estratégica região.
Liberdade para utilizar o potencial e recursos naturais de Roraima nessa heróica tarefa.
NACIONALISMO - Para termos um projeto de desenvolvimento, centrado basicamente no interesse do povo e do país, queremos de volta nosso sonho maior de transformar Roraima em um estado rico e soberano, orgulho da federação brasileira, onde todo brasileiro possa viver dignamente e cultivar seu sentimento de amor à pátria.
GARGALOS
QUESTÃO FUNDIÁRIA - Nossos estudos, do governo de Roraima e agora da Embrapa - monitoramento por satélite, confirmam que sobram apenas 6% da área geográfica do Estado para atividade econômica. Como é possível atender as demandas crescentes da nossa população e desenvolver com 94% do estado engessado?
QUESTÃO SOCIAL - Fim da política de apartheid imposta a nossa população, fim da indústria do conflito social. As injustiças sociais e econômicas têm que serem combatidas, mas preservando a união da nossa população.
QUESTÃO POLÍTICA - Temos que reaver a capacidade de auto governo. Hoje o governo democraticamente eleito do Estado de Roraima se tornou um governo de pequenas causas, as decisões fundamentais são tomadas por interesses internacionais, representados pelas ONGs e órgãos do governo federal como FUNAI,IBAMA, INCRA que juntos submetem Roraima a uma intervenção feroz.
Reafirmamos nosso compromisso e decisão de lutar contra a inviabilização do Estado de Roraima e o caos que se avizinha. Só com trabalho, honestidade, eficiência poderemos produzir e vencer a crise.
RORAIMA QUEM AMA DEFENDE